Translate

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Manual Católico, formação, confirmação e convite a verdadeira conversão.


BAIXAR VERSÃO PDF               BAIXAR VERSÃO ÁUDIO              BAIXAR VERSÃO DOC





MANUAL CATÓLICO, FORMAÇÃO, CONFIRMAÇÃO E CONVITE A VERDADEIRA CONVERSÃO
O Senhor Jesus só volta após os 3 dias de escuridão/trevas (Amós 5, 20) (Sofonias 1, 15) (Daniel 12, 1) (Marcos 13, 24-27). Tenham uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria e rezem o Santo Rosário diariamente. Pratiquem e recuperem a verdadeira e tradicional Igreja e Fé Católica por toda parte. DEUS VULT (Deus o quer)!!!







Manual Católico, formação, confirmação e convite a verdadeira conversão.

Prefácio


 Obrigado meu Deus pela Sabedoria, pelo dom de ensinar a verdade e o caminho correto, obrigado Senhor por ser meu escudo e broquel, meu refúgio de todos os meus medos e tentações, Senhor tu conheces o meu coração e tu sabes todos meus pensamentos e observa todos os meus atos, Deus de amor e bondade me reveste sempre com tua justiça e verdade, os séculos passaram, mas teu nome não passará. Amém.


Introdução

 O FIM DOS TEMPOS/MUNDO ESTÁ MUITO PRÓXIMO E ESSE LIVRO VAI TE AJUDAR, MOSTRAR E ENSINAR COMO SALVAR SUA ALMA E A ALMA DE MUITOS. FAÇA PARTE DESSA CRUZADA PELA SALVAÇÃO DO MAIOR NÚMERO POSSÍVEL DE ALMAS.
 Estamos vivendo a grande Apostasia, esse livro é um remédio amargo para as pessoas que não compreendem ou não querem aceitar a verdade, mas é um doce mel a àqueles que querem salvar suas almas e viverem juntos de Deus. A Sabedoria da Cruz e sua virtude oculta é loucura para os que são desse mundo. E aqueles que realmente amam a Deus seguem seus mandamentos. Leiam, ouçam, divulguem, difundam aonde puderem por meio físico e virtual essa obra, esse livro tem caráter EMERGENCIAL. ISSO É URGENTE.
 Este livro lhe dá a oportunidade de se preparar e saber que o fim dos tempos está próximo, conhecer a verdade. O mundo não vai acabar em um piscar de olhos, mas sim vai ocorrer uma sequência de acontecimentos e fatos que levarão a isso, a volta do Senhor Jesus. O Manual Católico quer ajudar vocês, ele é gratuito por amor às almas e para a salvação do maior número possível delas. O Manual Católico cura vidas, cura almas, as regenera e resgata das garras de satanás e as faz se voltarem novamente para Deus.
 Um livro escrito por um leigo e para principalmente leigos, mas também se trata de um convite a verdadeira conversão de ateus, pagãos, protestantes, espíritas, hindus, muçulmanos, ortodoxos, judeus, budistas, gnósticos, agnósticos, satanistas, maçons, a seguidores de seitas, outras religiões, a todos aqueles que estão afastados da Igreja ou que não façam parte dela e para a também confirmação da fé em muitos.
 Este livro lhes mostrará a verdade
 (João 16, 7-15), o que é a verdadeira e tradicionalista Igreja e Fé Católica. O que aconteceu, está acontecendo e irá acontecer em um futuro próximo. O livro é gratuito e saibam o que fazer para salvar suas almas e as almas de muitos. E dessa forma se preparem pelo o que está por vir. Não se enganem, o fim está próximo. Satanás reina na terra. O Anticristo vem aí e pouco tempo depois a volta do Senhor Jesus, que será apenas após os 3 dias de escuridão (Amós 5, 20). Aquele que divulgar será abençoado e aquele que zombar fará penitência.
 É apenas uma pequena amostra do que é a verdadeira Igreja Católica, sua doutrina, tradição e história, esse é um incentivo para que as pessoas que ainda não conhecem ou que já conhecem a Igreja adquiram esse pequeno, mas muito importante e valioso conhecimento.
 Com base em muitos estudos e pesquisas, da história da Igreja e sua doutrina, da bíblia e por muitos escritos dos Santos, esses gigantes que trilharam o caminho sagrado antes de nós.
 Abordando temas valiosos e importantes para a formação da fé católica, de forma objetiva, buscando esclarecer muitas questões, ensinando o que é o correto e desmistificando e corrigindo muitas heresias que levam muitos ao erro. Deus assinou essa como a única religião verdadeira com seus milagres.
 O objetivo aqui proposto é informar, e essa informação acaba em determinados momentos sendo superficial, mas mesmo assim muito prestativa, o que também desperta o desejo das pessoas pesquisarem a verdadeira história da Igreja, que é muito rica e com isso aprender a amar cada vez mais essa Santa Igreja. Muitas informações úteis, reunidas talvez apenas aqui.
 Fortalecendo a fé daqueles que já trilham a estrada da vida, agregando conhecimento e um convite a verdadeira conversão.
 Sem fazer citações bíblicas diretas constantemente, porque não se separa as Sagradas Escrituras da Sagrada Tradição, e tudo que aqui for escrito em matéria de doutrina está ligado aos ensinamentos bíblicos.
 Essa obra está interligada a todos os tópicos, é necessário ler e prestar atenção em todos porque cada um complementa o outro.
 Com muito material de fontes diversas. Este livro está distribuído em 62 capítulos.
 Esta obra tem caráter EMERGENCIAL e deve ser traduzida para todas as línguas, e chegar a todos os povos de todas as nações.
 Todos devem conhecer a verdade! O Manual Católico, formação, confirmação e convite a verdadeira conversão salvará muitas almas para a honra e glória de Deus Uno e Trino e será um duro golpe no império de maldade, iniquidade e trevas de satanás e dos seus.

 Essa obra deve ser disponibilizada e distribuída gratuitamente, e não deve ser vendida.
 Oração, Penitência e mudança de vida.
 As profecias católicas e bíblicas apontam para a grande apostasia que vivemos agora e que já vem desde o Concílio Vaticano II, para o grande castigo de Deus que virá logo e por isso é tempo da verdadeira conversão a única e verdadeira Igreja de Cristo e a única religião verdadeira, a Fé Católica tradicionalista. Os inimigos se aproximam. Levantai-vos soldados de Cristo! Sobre o símbolo da Santa Cruz venceremos, lutemos o bom combate, uma guerra entre o bem e o mal, uma nova Cruzada. DEUS VULT (Deus o quer).
 No final a verdadeira e tradicional Igreja e Fé católica vencerá, e com Cristo, por Cristo e em Cristo venceremos. Confiemos em Deus, lutemos o bom combate. Levantai-vos Soldados de Cristo, o inimigo se aproxima.
 Eu sou católico, católico tradicionalista, e posso garantir, essa Igreja Católica atual que vem atuando desde o início do concílio Vaticano segundo em 1962 não tem nada a ver com os verdadeiros Pontífices romanos, a verdadeira Igreja e fé Católica é tradicionalista.
 Essa história de que todas as religiões são boas e louváveis e que todas devem se unir em apenas uma sem ser a verdadeira e tradicional fé católica, com esse ecumenismo pós concílio vaticano segundo que é uma fraude, se trata da religião do Anticristo. Os globalista e senhores desse mundo, querem fazer isso, implantar na terra o Reino do Anticristo, do demônio.
 A Igreja Católica atual funciona como um satélite, por ela ser tão grande e influente é usada como carro chefe da união de todas as religiões em apenas uma, um corpo que não é de Nosso Senhor e único Salvador Jesus Cristo. E após essa união muito provavelmente vão destruir as Igrejas e templos católicos, tudo o que for do catolicismo.
 O combate será duro e terrível mas vamos sustentar no alto o estandarte da Santa Cruz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo até o final e se necessário até a morte. “Eis a Cruz do Senhor! Fugi forças inimigas! Venceu o Leão de Judá, A raiz de Davi. Aleluia! ” Pequeno lema exorcista de Santo Antônio de Pádua o “martelo dos hereges.”
 Junto da Virgem Maria, junto dos Arcanjos São Miguel, São Rafael, São Gabriel e todos os exércitos de anjos bons, de todos os Santos e Santas, com toda a verdadeira Igreja de Jesus Cristo e com a graça de Deus Uno e Trino.
 “Muitos homens odeiam a verdade, por amor daquilo, que tornaram por verdadeiro. ” (Santo Agostinho)

Sumário
Prefácio .............................................................................................................. 3
Introdução .......................................................................................................... 3
Sumário .............................................................................................................. 5
Capítulo 1. A Igreja ........................................................................................... 7
Capítulo 2. A Bíblia ......................................................................................... 11
Capítulo 3. Os 10 mandamentos .....................................................................12
Capítulo 4Os Dogmas da Santa Igreja Católica ............................................14
Capítulo 5. A Trindade .....................................................................................15
Capítulo 6. Jesus Cristo .................................................................................. 15
Capítulo 7. A Virgem Maria ............................................................................. 17
Capítulo 8. Os Sacramentos ........................................................................... 20
Capítulo 9. Os Santos e sua intercessão ........................................................ 21
Capítulo 10. Fé e Boas Obras ........................................................................ 21
Capítulo 11. O Papado e a hierarquia da Igreja ............................................. 22
Capítulo 12. A Cruz ......................................................................................... 23
Capítulo 13. O Céu, Purgatório e o Inferno .................................................... 24
Capítulo 14. O Sagrado Magistério, Sagradas Escrituras, Sagrada Tradição e a catequese ........................................................................................................ 25
Capítulo 15. A diferença entre as Imagens Sacras e os Ídolos ...................... 26
Capítulo 16. Contra as Heresias ......................................................................27
Capítulo 17. Nascimento da Igreja e seus primeiros séculos ......................... 28
Capítulo 18. A Igreja na Idade Média e a cristianização da Europa ............... 30
Capítulo 19. Cisma de 1054 D.C. e o surgimento dos ortodoxos ................... 30
Capítulo 20. Explicando a Inquisição .............................................................. 31
Capítulo 21. As Cruzadas ............................................................................... 32
Capítulo 22. Reforma protestante, Lutero, Calvino e demais reformadores e a multiplicação da fé ........................................................................................... 35
Capítulo 23. O renascimento e a reestruturação da Igreja ............................. 37
Capítulo 24. Guerras entre católicos e protestantes ....................................... 37
Capítulo 25. Inquisição protestante e a perseguição a católicos em países de dominância protestante .................................................................................... 37
Capítulo 26. Adulterações bíblicas e distorções ............................................. 39
Capítulo 27. Igreja no século XX (20) e na atualidade ................................... 39
Capítulo 28. A Igreja na América Latina e no Brasil ....................................... 41
Capítulo 29. A Igreja pelo Mundo ................................................................... 43
Capítulo 30. Fé Católica, a verdadeira fé cristã .............................................. 45
Capítulo 31. O Livro Apocalipse e as profecias de Daniel .............................. 46
Capítulo 32. “Eu venci o mundo” .................................................................... 46
Capítulo 33. Busquemos a Santidade e nos esforcemos na luta contra o pecado ............................................................................................................. 46
Capítulo 34. Orações, devoções, penitência e os benefícios da Santa Missa .......................................................................................................................... 47
Capítulo 35. O demônio e o mal ..................................................................... 55
Capítulo 36. A batalha espiritual e o exorcismo .............................................. 56
Capítulo 37. Os Anjos ..................................................................................... 60
Capítulo 38. O papel do cristão ...................................................................... 61
Capítulo 39. Amar uns aos outros .................................................................. 63
Capítulo 40. O Perdão .................................................................................... 63
Capítulo 41. Sagrada Família e seu exemplo ................................................. 64
Capítulo 42. A riqueza que é fazer parte do corpo místico de Cristo e o colosso teológico que é a Santa Igreja Católica Apostólica Romana. A Igreja que vem dos Apóstolos e que deve se manter fiel as suas tradições e a uma fé católica tradicionalista ................................................................................................... 66
Capítulo 43. Guardar os Domingos, dias Santos e de comemorações católicas .......................................................................................................................... 66
Capítulo 44. Perante a justiça de Deus nada ficará oculto ............................. 67
Capítulo 45. Crimes praticados por sacerdotes, entre eles a pedofilia e a infiltração de forças externas na Igreja, o Concílio Vaticano II (segundo), Alta Vendita e o Master Plan .................................................................................................................. 68
Capítulo 46. Sejamos verdadeiros cristãos e vivamos verdadeiramente o evangelho ......................................................................................................................... 77
Capítulo 47. As pessoas e suas paixões, as tecnologias e as mídias ............ 79
Capítulo 48. Preencha sua vida e seu coração de Deus e das coisas Sagradas .......................................................................................................................... 81
Capítulo 49. Catolicismo, a verdadeira religião .............................................. 83
Capítulo 50. Os milagres .................................................................................84
Capítulo 51. As aparições .............................................................................. 85
Capítulo 52. A Igreja e a ciência ..................................................................... 85
Capítulo 53. O ser humano e a natureza ........................................................ 86
Capítulo 54. Por que tu negas o Senhor? ....................................................... 87
Capítulo 55. Deus é amor ............................................................................... 88
Capítulo 56. Meu testemunho ......................................................................... 89
Capítulo 57. Os Papas da antiguidade e dos séculos passados demonstram e ensinam o que é a verdadeira Igreja e Fé Católica ......................................... 91
Capítulo 58. Falso Papa, Falsa Igreja Católica e o Anticristo ......................... 97
Capítulo 59. A grande apostasia ................................................................... 102
Capítulo 60. Os Apóstolos dos últimos tempos e as devastadoras e esmagadoras visões e revelações da Beata Anna Katharina Emmerick ............................. 127
Capítulo 61. Os 3 dias de escuridão, o dia do Senhor e o juízo final ........... 145
Capítulo 62. O Reino Eterno de Deus .......................................................... 149
Conclusões finais e agradecimentos ............................................................. 150
Referências .................................................................................................... 152
Autor .............................................................................................................. 152


Capítulo 1. A Igreja.

 Existe apenas uma Igreja verdadeira, apenas uma verdade, apenas um caminho, apenas uma religião verdadeira que é a Santa Igreja Católica Apostólica Romana, Jesus fundou a Igreja e não as Igrejas, as demais Igrejas que se dizem ser a verdadeira Igreja de Cristo não passam de falsas Igrejas e praticam a falsificação da fé, as múltiplas heresias buscam desviar as pessoas do caminho correto a se seguir, a Igreja Católica é a esposa imaculada do Cordeiro, ela é Santa pois ela faz parte do corpo místico de nosso Senhor Jesus Cristo.
 É católica pois está em todo o mundo. É Apostólica pois vem diretamente dos apóstolos. Romana, pois, tem em Roma sua sede episcopal, e sendo que a comunidade romana é superior as demais. Una, em unidade de culto e doutrina. Santa, pois, faz parte do próprio corpo místico de Cristo.
 ATENÇÃO! A verdadeira Igreja Católica sempre será fiel aos ensinamentos de Cristo, e as tradições que vem dos Apóstolos, dos Santos Padres dos primeiros séculos da Igreja e a autoridade dos Papas da antiguidade e dos séculos passados. Um ou um Falso Papa é um herege que usurpa o trono da Cátedra de São Pedro, e prega um evangelho totalmente contrário ao de Jesus e o nega como único Deus verdadeiro. O Anticristo negará abertamente que Jesus Cristo é o verdadeiro Messias e ele próprio se
colocará como verdadeiro messias e será e auto proclamará como sendo Deus. O Anticristo exigirá ser adorado e também exigirá que todos tenham sua marca na mão ou na testa e por isso, prefiram ser martirizados ou morrer por falta de alimento e água por amor a Jesus Cristo e receberão a coroa da vida eterna, do que adorá-lo e aceitar sua marca e irem para o inferno. A verdadeira Igreja Católica estaria eclipsada por uma Igreja Católica falsa. As pessoas devem ter uma fé católica tradicional, e uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria, a Santa Cruz, rezar o Santo Rosário, o Ofício da Imaculada Conceição, as demais orações católicas, as novenas e junto dos demais devocionais, imagens Sacras e retratos sagrados, escapulário de Nossa Senhora do Carmo, velas bentas, medalha de São Bento e a medalha de Nossa Senhora das Graças. Deverão manter firme a fé católica verdadeira em suas casas. Jesus disse: “ Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos Céus.” E por fim diz: “Sejam fiéis até a morte, e eu vos darei a coroa da vida.”
 A sagrada escritura menciona apenas uma igreja.
 Católica – Apostólica – Romana
 • Chamada “Igreja de Deus” (1 Timóteo 3, 15).
 • Comprada pelo sangue de Cristo: (Atos 20, 28; Efésios 5, 25; Hebreus 9, 12).
 • Cristo Amou a Igreja (Efésios 5, 25-26).
 • Cristo é a cabeça da Igreja: (Efésios 1, 22; 5,23; Colossenses 1,18).
 • Cristo é a pedra angular: (Salmos 117, 22; Mateus 21, 42; Marcos 12, 10; Lucas 20, 17; Atos 4, 11; Efésios 2, 20; 1 Pedro 2, 4-7).
 • Cristo protege a Igreja (Mateus 16, 18; 28, 20).
 • Doutrina, comunidade e rito sagrado (pão): Atos 2, 42.
 • É a coluna e fundamento da verdade: (1 Timóteo 3, 15).
 • É infalível: (Mateus 16, 18; 28, 20; Lucas 10, 16; 1 Timóteo 3, 15).
 • É o Corpo de Cristo (Romanos 12, 5; 1 C
oríntios 12, 12; Efésios 1, 22-23; 5, 23; Colossenses 1, 18).
 • É perpétua: (Mateus 16, 18; 28, 20).
 • É visível: (Mateus 5, 14-15; Marcos 4, 30-32; Efésios 2, 19-22).
 • Edificada sobre os Apóstolos: (1 C
oríntios 3, 10; Efésios 2, 20; Apocalipse 21, 14).
 • Expansão no mundo (Mateus 28, 19; Atos
2, 47; 5, 14; 6, 7; 11, 24).
 • Fundada por Cristo: (Mateus 16,18; 28,19; Marcos 16, 15; 1 C
oríntios 3, 11; Efésios 2, 20; 1 Pedro 2, 6; Isaías 8, 14).
 • Presbíteros são ordenados, cuidam do rebanho e administram os sacramentos: (1 Timóteo 4, 14; 5, 17; Tiago 5, 13-15).
 • Prevista no Antigo Testamento: (Tobias 13, 11-18; Isaías 2, 2-4; Miquéias 4, 1-3).
 • Seus membros são chamados à santidade: (1 Pedro 1, 15,16; Colossenses 3, 12).
 • Sucessão apostólica: (Atos 1,15-26; 2 Timóteo 2, 2; Tito 1, 5).
 • Tem autoridade: (Mateus 16, 18-19; 18, 18).
 • Tem bons e maus membros: (Mateus 13, 41-48; 22, 10).
 Vamos iniciar pelas Sagradas Escrituras: Jesus que é Deus disse: “Eu Sou a Luz do Mundo”; “Quem Me segue, não andará nas trevas”; “Eu Sou o Caminho, a Verdade, e a Vida”; “Pedro tu és pedra, e sobre esta pedra, Eu construirei a Minha Igreja, e as portas do inferno jamais poderão vencê-la”; “Assim como o Pai me enviou, eu vos envio”; “Eu Vou para o Pai, mas vos enviarei o Espírito da Verdade, que vos guiará por toda a Verdade”; “Quem vos ouve, a Mim ouve; e quem vos rejeita, rejeita Aquele que Me enviou”; “O que ligares na terra, será ligado no Céu”; “Os pecados que perdoardes serão perdoados, e os pecados que retiverdes, serão retidos” “Eu estarei convosco, todos os dias, até a consumação dos tempos”
 A Igreja é a Coluna e sustentáculo da Verdade “Pedro, apascenta as minhas ovelhas 3x...” “Eu sou, O Caminho, a Verdade, e a Vida” “Ninguém vem ao Pai senão por mim.”
 A Igreja Católica tem como seu fundador o próprio Jesus Cristo (Mateus 16,18-19).
 A Igreja Católica é governada segundo a forma bíblica: bispos (Atos 20,28; Filipenses 1, 1; Tito 1, 8), presbíteros = anciãos (Atos 15, 26, 21,18; 1 Pedro 5, 1) e diáconos (Atos 6, 1-6).
 A Igreja Católica comprova a sua autoridade com a sucessão apostólica.
 A Igreja Católica foi confirmada por Deus e inaugurada para o mundo com a vinda do Espírito Santo em Pentecostes (Atos 2,1-13).
 A Igreja Católica segue a advertência bíblica contra as divisões, cismas e sectarismo (Mateus 12, 25; 16, 18; João 10,16; 17, 20-23; Atos 4, 32; R
omanos 13,13,14; 1 Coríntios 1, 10-13; 3, 3-4; 10, 17; 11, 18-19; 12, 12-27; 14, 33...)
 A Igreja Católica está fundamentada na autoridade da Bíblia (Hebreus 4, 12-13; 2 Timóteo 3, 16-17; da Tradição, isto é, o conteúdo da doutrina cristã vindo desde o começo do cristianismo que garante a continuidade da única e mesma mensagem de Cristo (2 Tessalonicenses 2, 15 consultar Bíblia de Jerusalém e a versão protestante João Ferreira de Almeida; (1 Coríntios 11, 2) e do Magistério, isto é, a palavra do papa e dos bispos unidos a ele (Mateus 16, 19; Lucas 10, 16).
 A Igreja Católica recebeu a missão de ensinar a verdade e cuidar da sã doutrina (Mateus 28, 19-20 e Atos 2, 42), e assim evitar o erro das interpretações particulares que provocam discussões e diversidades. Ela é “coluna e sustentáculo da verdade” (1 T
imóteo 3, 15).
 A Igreja Católica conservou a Bíblia com todos os livros do antigo Testamento (46 livros), conforme o uso dos primeiros cristãos e confirmado pelos Concílios regionais de Hipona (393), Cartago século III (4) (397), Cartago século IV (5) (419) e Trulos (692). E, quanto ao Novo Testamento, inspirada por Deus, estabeleceu os 27 livros. Foi ela também quem dividiu a Bíblia em capítulos e versículos para facilitar a sua leitura.
 
A Igreja Católica tem os sete sinais da graça de Deus: os sacramentos. O Batismo (Mateus 29, 19), Crisma (Atos 8, 18), Eucaristia (Mateus 26, 26-29), Matrimônio (Mateus 19, 3-9), Enfermos (Tiago 5, 13-15), e a Ordem que foi instituída por Jesus durante a Última Ceia, quando disse aos seus apóstolos: "Fazei isto em memória de mim" (Lucas 22, 19).
 A Igreja Católica acredita que o batismo é necessário para receber a salvação (Marcos 16, 16), o perdão dos pecados, o Espírito Santo (Atos 2, 38) e tornar-se membro da Igreja (Atos 2, 41).
 A Igreja Católica continua a conceder o sacramento da Crisma do mesmo modo como no passado (Atos 8,18) isto é, pelos bispos, sucessores dos apóstolos.
 A Igreja Católica crê na presença real de Jesus na Eucaristia (João 6, 5; 53-58). Ela vive fielmente as palavras da Última Ceia: "Isto é o meu corpo, que é dado por vós... Este cálice é a Nova Aliança em meu sangue, que é derramado por vós" (Lucas 22, 19-20).
 A Igreja Católica mantém a prática de dar uma nova oportunidade de perdão dos pecados através dos sacramentos da penitência ou confissão, conforme a vontade de seu fundador (João 20, 23).
 A Igreja Católica professa ser o matrimônio indissolúvel, conforme o ensino de Seu fundador (Mateus 19, 3-9) e ao mesmo tempo tem misericórdia e acolhe com amor aqueles (as) que passaram pela dura experiência da separação.
 A Igreja Católica continua o sacerdócio instituído por Jesus Cristo na Última Ceia (Lucas 22,14-20), e continuado desde a Igreja primitiva (Atos 6, 6; 14,22; 1 Timóteo 4, 14; 2 Timóteo 1, 6) até os nossos dias.
 A Igreja Católica continua a prática da Unção dos Enfermos para pedir a cura para o espírito, alma e corpo, conforme o ensino bíblico (Marcos 1, 13; 1 Coríntios 12, 9; Tiago 5, 14-15) e a prática dos primeiros cristãos passada de geração em geração até aos nossos dias.
 A Igreja Católica venera a Virgem Maria conforme uma profecia bíblica (Lucas 1, 48) e a vontade do próprio Jesus (João 19, 25-27).
 A Igreja Católica professa quatro verdades fundamentais sobre Maria: ela é a Mãe de Deus (Lucas 1, 43); permaneceu virgem antes, durante e depois de dar à luz ao filho de Deus (Mateus 1, 23-25); em vista do seu divino Filho foi concebida sem pecado (Imaculada Conceição) (Lucas 1, 28); terminado o seu tempo na terra foi elevada ao céu em corpo e alma (Assunção) (Apocalipse 12, 1-14).
 Os homens daquele tempo saudavam César, e apenas César como seu senhor; dizendo: Ave César! Que se assemelha em dizer Salve César! Então Deus mandou o Arcanjo mostrar-nos quem aqui na terra merecia uma saudação especial, não era César; então o anjo (mandado por Deus) disse: Ave, Cheia de Graças (não há espaço para pecado), O Senhor É convosco; então o Espírito Santo com Santa Isabel disse: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre!!! (Jesus).
 A Igreja Católica aceita a autoridade dos Concílios Ecumênicos realizados desde o início do Cristianismo (Atos 15,4-35), e no decorrer dos séculos foram definindo a doutrina cristã.
 A Igreja Católica crê na doutrina bíblica do céu (1 Coríntios 2, 9; Apocalipse 21, 3-4), inferno (Marcos 9, 43-44) e no valor da oração pelos mortos (2 Macabeus 12, 39-45; 1 Coríntios 15, 29; 2 Timóteo 1, 16-18).
 A Igreja Católica acredita na eficácia da intercessão da Virgem Maria e dos santos, conforme o testemunho apresentado pela própria Escritura (Gênesis 18, 23-31; Êxodo 32, 11-14; Romanos 1, 9; Tiago 5, 16), e o testemunho de cristãos que atribuem as graças alcançadas à intercessão dos santos e santas.
 A Igreja Católica crê na existência dos anjos, e também na eficácia do seu auxílio. (Êxodo 23, 20-23; Tobias 3, 25;).
 A Igreja Católica acredita que cada pessoa tem um anjo da guarda. (Mateus 18, 10; Atos 12, 15).
 Na nova aliança a chaves da casa de Davi (chaves do reino) foram entregues a uma só liderança (Mateus 16, 19) e a sede desse reino será uma nação (Vaticano).
 Quero concluir convosco uma eterna aliança, outorgando-vos os favores prometidos a Davi (Isaías 55, 3).
 Farei de ti um testemunho para os povos, um condutor soberano das nações (Isaías 55, 4). Assim, tu chamarás por uma nação que não conheces” (Isaías 55, 5). Logo depois o profeta Isaías confirma que essa nação será sede de todos os povos. “Minha casa será chamada casa de oração para todos os povos” (Isaías 55, 7). Essa mesma passagem de Isaías “56, 7” está em “Mateus 21, 13” e logo depois Jesus diz a Israel que entregará seu reino a outra nação (Mateus 21, 43) Jesus usa o termo Nação do
grego “Εθνι ”.
 A Igreja de Jesus é Católica (do
grego καθολικος, translit. katholikos; com o significado de “geral” ou “universal Igreja de todos para todos”). Porque congregam em um só corpo (Efésios 4, 4-5) todos os cristãos do mundo. (João 11, 52).
 É Apostólica, porque foi fundada por Cristo sobre os apóstolos (Efésios 2, 20) e não por outros homens o que é inadmissível para Deus.
 É Romana, porque Roma foi enxertada no lugar de Israel (Romanos 11, 17) Por isso a Igreja única com base em Roma é tida como eleita segundo as escrituras (1 Pedro 5, 13 ) “Por isso vos digo: ser-vos-á tirado o Reino de Deus, e será dado a outra nação que produzirá os frutos dele.” (Mateus 21, 43) “Se alguns dos ramos foram cortados, e se tu, oliveira selvagem, foste enxertada em seu lugar e agora recebes seiva da raiz da oliveira.” (R
omanos 11, 17) E em 1929 o Vaticano se torna uma nação independente porque não há uma profecia de Jesus que não se confirme na terra.
 Veja alguns relatos das epístolas dos primeiros bispos da Igreja, “os patrísticos”.
 Onde está Cristo Jesus, está a Igreja Católica. (Santo Inácio de Antioquia. Carta aos Esmirnenses 8, 2 +100 d.C.) Cipriano (200-258): atrevem-se estes a dirigir-se à cátedra de Pedro, a esta Igreja principal de onde se origina o sacerdócio... esquecidos de que os romanos não podem errar na fé (epist. 59, n.14, hartel, 683) Jesus orou ao pai para que a sua Igreja fosse (Una).
 “Para que todos sejam um, assim como tu, pai, estás em mim e eu em ti, para que também eles estejam em nós e o mundo creia que tu me enviaste. Dei-lhes a glória que me deste, para que seja um, como nós somos um” :(João 17, 21-22) O Espírito Santo é um só. Ele é o unificador.
 “Fomos batizados num só Espírito para sermos um só corpo... todos bebemos de um só Espírito.” (
1 Coríntios 12, 13).
 É comum ouvir alguns dizer que a Igreja era verdadeira e com o tempo ela se perdeu e assim Jesus teria a abandonado. Pensando dessa maneira, eles estão duvidando da palavra de Deus. O próprio Cristo disse que estaria com ela todos os dias, até o fim dos tempos. (M
ateus 28, 20).
 Cristo jamais abandonou o seu corpo A SUA IGREJA, ele derramou seu sangue por ela. É certo que alguns de seus filhos erraram e outros continuam errando, mas isso não corrompe a santidade dos demais e muito menos a nossa salvação que foi prometida por Jesus Cristo, ele disse para permanecermos fiel a sua Igreja até o fim, e em troca dessa devoção ganharemos a salvação.
 Eis meu Servo que eu amparo meu eleito ao qual dou toda a minha afeição, faço repousar sobre ele meu espírito, para que leve às nações a verdadeira religião. (Isaías 42, 1).
 “Um só Senhor, uma só FÉ, um só batismo”. (Efésios 4, 5).
 E eu [Te] declaro: [Tu] és “Kepha”, e sobre [Esta] “Kepha” [construirei] a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu [Tu] darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que [Tu] ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que [Tu] desligares na terra será desligado nos céus. [Mateus 16, 18-19] Petra (πέτρᾳ) = Rocha maciça, Pedra Grande (que é o equivalente de Kepha) A Bíblia nos diz que Jesus deu um nome novo a um pescador que se chamava Simão [Identidade do pescador] e este nome foi “KEPHA” (Aramaíco) e transliterado como “Cefas”, que no grego ficou “Petros”, como podemos ver em João “1, 42”: “Levou-o a Jesus, e Jesus, fixando nele o olhar, disse: Tu és Simão, filho de Jonas será chamado Cefas (que quer dizer Pedro). “Pedro” (Grego: πετρος Petros = “uma rocha ou uma pedra” Kepha כף (ou Cefas, transliterado para o grego) = Rocha.
 Em Grego, temos 2 palavras: 1o Lithos (λίθος), = Pedra pequena.
 Os 5 Mandamentos da Igreja
1º - Ouvir missa inteira nos domingos e festas de guarda.
2º - Confessar-se ao menos uma vez ao ano.
3º - Comungar ao menos pela Páscoa da Ressurreição.
4º - Jejuar e abster-se de carne, quando manda a santa madre Igreja.
5º - Pagar dízimos, segundo o costume.

Capítulo 2. A bíblia.

 As Sagradas Escrituras são a palavra do Deus vivo, no Velho Testamento dita pela boca dos Profetas por inspiração do Espirito Santo, e no Novo Testamento foi escrita pelos Apóstolos em seus evangelhos e cartas por intermédio do mesmo Espirito que com o Pai e o Filho é glorificado e adorado.
 Sem a Igreja Católica não existiria a bíblia. A bíblia foi copilada pela Igreja Católica por volta do século IV (4), sendo que antes desse período a Sagrada Tradição da Igreja era mais usada, já que a bíblia se limitava a pergaminhos.
 A Igreja nunca proibiu a leitura da bíblia, ela na verdade sempre lutou contra as traduções tendenciosas e alertou para se ler a bíblia com prudência e indicou que se lesse a bíblia acompanhado de um sacerdote, sendo que se lida em livre exame é comprovada causadora de divisões, confusão e caos mental.
 Antes do século XV (15) o preço de se ter uma bíblia era de cifras milionárias para a época, a grande maioria das pessoas não tinham condições de adquirir uma e muitos não sabiam ler. Já em meados do século XV (15) as técnicas de impressão avançaram, fazendo que seu preço se tornasse acessível, a primeira tradução em Alemão com os 73 livros ficou pronta e foi distribuída antes do século XVI (16).
 Foram os Bispos da Igreja Católica que no concílio de Nicéia em 325 D.C que decidiram e debateram sobre várias questões e heresias da época, foram eles que com o auxílio do Espirito Santo souberam identificar quais dos entre mais de 1000 livros eram os 27 que eram inspirados pelo Espirito Santo.
 Santo Agostinho que viveu no século IV (4) disse que acreditava nos evangelhos porque a Igreja Católica mandava crer neles.
 Leia sempre a bíblia, ela é a palavra de Deus e é vivificante, leia sim, mas as versões católicas pois são livres de adulterações e leia a bíblia em conformidade com o Magistério da Igreja, o único que tem autoridade para interpretar corretamente a bíblia.
 O padre Paulo Ricardo foi muito feliz em dizer: “Tudo tem que estar na bíblia? Mas quem foi que disse que tudo tem que estar na bíblia!
 Nós Católicos não cremos nisso, Nós Católicos cremos, que a bíblia é muito importante, a bíblia ela é a palavra de Deus, ela precisa ser estudada e temos um enorme apreço a ela a palavra de Deus e a Bíblia.
 “Só as escrituras” Composta por Lutero. Esse pressuposto para nós Católicos é impossível, não é só as escrituras que provam as coisas.
 Não é somente as escrituras que provam as coisas, mais a Fé da Igreja Católica, a Igreja Católica que guarde esse tesouro de sua Fé, no depósito da Fé, que está na sagrada tradição, e nas sagradas escrituras.
 Credo em Deus pai todo poderoso ao contrário já não existe eu credo na bíblia.
 Por quê? Porque está escrito lá creio na Igreja Católica.”
 
Capítulo 3. Os 10 mandamentos.

(Êxodo 20, 2-17, Deuteronômio 5, 6-21, Fórmula Catequética).
- Amar a Deus sobre todas as coisas. (Mateus 22, 37) (Deuteronômio 6, 4) (Mateus 4, 10) (Deuteronômio 6, 13-14) (2 Coríntios 11, 16-33).
 Amar a Deus no próximo, através do nosso irmão. Temos que nos assemelharmos a Ele, e para isso nós temos que:
- Amar a todos
- A todos perdoar.
- A todos servir
- E a ninguém excluir
 Santo Agostinho definia que o nosso amor por Deus é assim: “Um conflito entre dois amores: o amor de Deus impelido até o desprezo do amor de si.” Ou “o amor de si impelido até o desprezo do amor de Deus.”
 Quando fomos batizados nós nos tornamos cristãos. Isso quer dizer que nós não somos apenas amigos de Cristo, mas que estamos inseridos (fazemos parte) no seu projeto de salvação, de restauração.
 Jesus Cristo veio para restaurar a vida das pessoas, da igreja. Ex: nas Bodas de Caná Ele transformou a água em vinho, deu vida ao filho da viúva de Naim, fez os cegos enxergarem, os surdos ouvirem, os coxos andarem, etc... Nós temos que a exemplo de Jesus Cristo restaurar a vida da sociedade.
 E eu restauro a sociedade quando eu ajo com a consciência moral cristã, testemunho Jesus Cristo onde quer que eu esteja, quando luto contra os preconceitos raciais, de cor, nível social. (Atos 10, 34)
 “Deus só pede o nosso amor” - Leia Mateus 22, 34-40
2º - Não tomar seu santo nome em vão.
- Proíbe todo uso impróprio do nome de Deus.
- Respeito - consequência do amor
- Jurar usando o nome de Deus
3º - Guardar domingos e festas de guarda.
(Lucas 24, 1-8) (Atos 20, 7-12).
- Assistir e participar das missas - um único dia para adorar e louvar a Deus.
4º - Honrar Pai e Mãe.
- Respeito aos pais
- Obediência
- Diálogo
 Na primeira parte da vida nós nos perguntamos qual o sentido daquilo que a gente fez, o que a gente é. Na segunda parte da vida nós temos à sabedoria. Na primeira parte nós devemos nos orientar pelos mais velhos porque eles têm a sabedoria e a experiência.
5º - Não matar.
 Só Deus tem o direito de tirar a vida.
- Aborto
- Eutanásia
- Suicídio
- Homicídio
6º - Não pecar contra a castidade.
 Integração correta da sexualidade na pessoa.
- Namoro
- Se manter puro (corpo e alma)
- Relacionamento superficial dos jovens
 Pensamento: Sempre que uma pessoa procura um prazer a curto prazo, vai ter um sofrimento a longo prazo.
7º - Não roubar.
- Apropriar-se do que não é seu
- Roubar a paz
8º - Não levantar falso testemunho.
- Matar com a língua, mentir, acusar falsamente.
- Desmoralizar
- Ter misericórdia com o próximo
 Quando falar, falar com a pessoa certa, pedir a orientação do Espírito Santo.
 Jesus disse: Não é o que entra pela boca que causa mal e sim o que sai da boca.
9º - Não desejar a mulher do próximo.
- Respeito ao compromisso assumido pelos outros
- Matrimônio
- A importância da família
10º - Não cobiçar as coisas alheias.
- Sermão da Montanha - Mateus 5, 1-12
 “O SER tem que estar acima do TER.”
 Quando Jesus morreu na cruz Ele realizou a salvação. Na hora de sua morte, o sacrifício de Cristo se torna a fonte de onde brotará o perdão dos pecados, portanto, para todo pecado existe perdão, apenas um único é imperdoável: é você morrer sem acreditar em Deus, é o pecado contra o Espírito Santo, é o pecado da pessoa que não aceita o amor de Deus e o seu perdão.
 Os 10 mandamentos podem ser resumidos em apenas dois;
 Amar a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a nós mesmos.
 Cada um desses mandamentos foi confirmado por Cristo!

Capítulo 4. Os Dogmas da Santa Igreja Católica.

 Os Dogmas são verdades de fé irrevogáveis e imutáveis.
 Dogmas sobre Deus: A Existência de Deus; A Existência de Deus como Objeto de Fé; A Unidade de Deus; Deus é Eterno; Santíssima Trindade.
 Dogmas sobre Jesus Cristo: Jesus Cristo é verdadeiro Deus e filho de Deus por essência; Jesus possui duas naturezas que não se transformam nem se misturam; Cada uma das naturezas em Cristo possui uma própria vontade física e uma própria operação física; Jesus Cristo, ainda que homem, é Filho natural de Deus; Cristo imolou-se a si mesmo na cruz como verdadeiro e próprio sacrifício; Cristo nos resgatou e reconciliou com Deus por meio do sacrifício de sua morte na cruz; Ao terceiro dia depois de sua morte, Cristo ressuscitou glorioso dentre os mortos; Cristo subiu em corpo e alma aos céus e está sentado à direita de Deus Pai.
 Dogmas sobre a criação do mundo: Tudo o que existe foi criado por Deus a partir do Nada, Caráter temporal do mundo; Conservação do mundo.
 Dogmas sobre o ser humano: O homem é formado por corpo material e alma espiritual; O pecado de Adão se propaga a todos seus descendentes por geração, não por imitação; O homem caído não pode redimir-se a si próprio.
 Dogmas marianos: A Imaculada Conceição de Maria; A Perpétua Virgindade de Maria; Maria, Mãe de Deus; A Assunção de Maria.
 Dogmas sobre o Papa e a Igreja: A Igreja foi fundada pelo Deus e Homem, Jesus Cristo; Cristo constituiu o Apóstolo São Pedro como primeiro entre os Apóstolos e como cabeça visível de toda Igreja, conferindo-lhe imediata e pessoalmente o primado da jurisdição; O Papa possui o pleno e supremo poder de jurisdição sobre toda Igreja, não somente em coisas de fé e costumes, mas também na disciplina e governo da Igreja; O Papa é infalível sempre que se pronuncia ex cathedra; A Igreja é infalível quando faz definição em matéria de fé e costumes.
 Dogmas sobre os sacramentos: O Batismo é verdadeiro Sacramento instituído por Jesus Cristo; A Confirmação é verdadeiro e próprio Sacramento; A Igreja recebeu de Cristo o poder de perdoar os pecados cometidos após o Batismo; A Confissão Sacramental dos pecados está prescrita por Direito Divino e é necessária para a salvação; A Eucaristia é verdadeiro Sacramento instituído por Cristo; Cristo está presente no sacramento do altar pela Transubstanciação de toda a substância do pão em seu corpo e toda substância do vinho em seu sangue; A Unção dos enfermos é verdadeiro e próprio Sacramento instituído por Cristo; A Ordem é verdadeiro e próprio Sacramento instituído por Cristo; O matrimônio é verdadeiro e próprio Sacramento.
 Dogmas sobre as últimas coisas: A Morte e sua origem; O Céu (Paraíso); O Inferno; O Purgatório; O Fim do mundo e a Segunda vinda de Cristo; A Ressurreição dos Mortos no Último Dia; O Juízo Universal.
 Ao todo até hoje a Santa Igreja Católica proclamou 43 dogmas.

Capítulo 5. A Trindade.

 Deus está em toda parte, conhece tudo, ele sabe de tudo, ele vê
, escuta tudo e conhece nossos corações. Deus é Onipotente, Onisciente e Onipresente. A Santíssima Trindade é a representação de um único e verdadeiro Deus em três pessoas diferentes, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espirito Santo. São Patrício padroeiro da Irlanda que viveu no século V (5) ensinava a Trindade usando como exemplo o trevo de três folhas, em apenas uma planta três folhas, assim também é Deus, Uno, mais em três pessoas.
 Deus Pai o criador de tudo visível e invisível, foi através dele que todas as coisas foram criadas, é ele que por amor aos homens deu seu filho unigênito em reparação dos nossos pecados.
 Deus Filho, da mesma substância do Pai, já estava com o Pai mesmo antes da criação de tudo, Jesus Cristo sendo Deus se encarnou homem, viveu 33 anos sendo perseguido pelos tiranos, duros trabalhos, padeceu de fome e sede, anunciou o evangelho, fez muitos milagres, foi humilhado, flagelado, crucificado e morto por nossos pecados, mas ressuscitou dos mortos e está sentado à direita do trono de Deus Pai e um dia
voltará em toda sua glória.
 Deus Espirito Santo falou pela boca dos Profetas, anunciou que Deus enviaria um Salvador, a Virgem Maria concebeu o Salvador através do Espirito Santo. E é Deus Espirito Santo quem guiou e guia a Igreja.

Capítulo 6. Jesus Cristo.

 Jesus é o Salvador de nossas almas, Deus se fez homem e veio habitar entre nós para resgatar os homens da tirania do demônio.
 Jesus sendo rico se fez pobre, Jesus não seguiu sua própria vontade, mas sim a vontade de Deus Pai, Jesus lavou os pés de seus discípulos em sinal de igualdade, Jesus é nosso eterno mestre e nos trata como Bom Pastor que é zeloso e cuida sempre de suas ovelhas, que somos nós. Ele é o único e verdadeiro Messias. Jesus é o novo Adão, obediente a Deus Pai.
 Jesus é a vida eterna, ele é a verdade, o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, ele se deu na eucaristia por amor a nós e hoje comemos de sua carne e bebemos de seu sangue, os quais ele disse que se não fizermos não teremos vida eterna. (João 4, 14; 8, 12)
 Todo joelho se dobrará, e toda língua proclamará que Jesus Cristo é o Senhor. Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é o Rei dos Reis e o Senhor dos Senhores. Veja o que diz no evangelho de São João nos capítulos 14 até o 17.
 Jesus é misericordioso com todos e nos amou primeiro e devemos amar e adorá-lo como Deus Uno e Trino que é. Jesus também exercerá sua justiça contra nós por isso peçamos sem cessar ao nosso Divino Mestre e Senhor perdão e misericórdia. Assim como diz Cristo Jesus na parábola do trigo e do joio e do semeador (Mateus 13, 4-50)
 Quer conhecer quem é Cristo em toda sua plenitude e o que ele espera de nós? Então leia o livro “A Imitação de Cristo” de Tomás de Kempis do século XV (15), o Senhor Jesus é Deus, é a suprema verdade. O demônio não quer que você saiba e conheça as verdades contidas nesses livros, pois te tiram a venda sobre os olhos, lhes arrebata de seu domínio e lhes trazem para Cristo em sua plenitude. E também o livro “O Evangelho como me foi revelado” de Maria Valtorta, esses tesouros teológicos e grandes revelações.
  O Santo Sudário é outro grande milagre, um que foi quando o Santo Rosto de Nosso Senhor Jesus Cristo desfigurado e cheio de sangue foi limpo por uma toalha e o outro quando nosso Senhor foi colocado para repousar após ter sido assassinado, foi posto sobre seu Santo Corpo um pano que o cobriu e como o pano do rosto, se imprimiu suas feições milagrosamente.
 Jesus morreu para a remissão de nossos pecados e nos reconciliou com Deus e nos fez todos filhos amadíssimos de Deus Pai.
 E dessa forma Deus se fez carne e veio habitar entre os homens, Jesus é o Cristo profetizado pelos Profetas no Velho Testamento, o Messias, Jesus tendo duas naturezas que são harmoniosas, humana e divina, ele é o cumprimento da promessa feita por Deus a Davi, que suscitaria da casa de Judá um Salvador, um Rei que seria eterno.
 Jesus sendo Deus não escolheu nascer em castelos ou na riqueza, ele preferiu nascer em uma gruta e foi colocado em uma manjedoura em Belém, cercado de animais e saudado inicialmente por pastores que cuidavam de suas ovelhas nas redondezas.
 Jesus o Cristo desde criança padeceu sofrimentos, foi perseguido, tentaram lhe ceifar a vida o que obrigou sua Mãe Maria e seu Pai José a fugirem às pressas para o Egito assim que um anjo avisou José em sonho que o Rei Herodes queria matar o menino. Alguns anos se passam e eles regressam e optam por habitar em Nazaré.
 Jesus cresceu na pobreza e viveu uma realidade de duros trabalhos, muitas vezes padeceu de fome e sede.
 
Aos 30 anos é batizado é dá início ao seu ministério, ele prega o evangelho, ele é o próprio cumprimento da lei, Jesus escolhe seus discípulos e já os conhecia mesmo antes de encontrar com eles, mais tarde fundou sua Igreja sobre eles e confia a liderança visível da mesma ao apóstolo Pedro que é pedra (João 1, 42), o primeiro Papa.
 Jesus realizou seu primeiro milagre em uma festa de casamento em Caná, o vinho tinha acabado e sua Mãe Maria lhe pediu para fazer algo, ele inicialmente disse que ainda não era sua hora, mas sua Mãe mandou aos servos que fizessem tudo o que ele mandasse, e trouxeram odres cheios de água, então ele os abençoou e imediatamente se tornaram em vinho da melhor qualidade. Maria foi a intercessora do primeiro milagre do Cristo.
 Jesus fez muitos milagres, cegos recobraram a visão, mudos falaram, surdos ouviram, paralíticos andaram, possessos por demônios foram libertados, mortos ressuscitaram, pregou com desassombro o evangelho e através de muitas parábolas ensinava sobre o reino dos céus.
 Jesus é o Cristo e por isso tudo o que os Profetas profetizaram a respeito dele deveria e foi cumprido, ele deveria padecer, mas havia de ressuscitar dos mortos e subir aos céus.
 O Senhor Jesus sofreu e sofre muito mais que pensamos, pelas almas ele sofrerá até o fim do mundo, conheça nosso Rei supremo nas horas que sacrificou-se por nós lendo o livro “A dolorosa Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo” da beata Anna Katharina Emmerick do século XVIII (18), com esse livro verá como o Senhor Jesus nos amou profundamente e como Deus se sacrificou-o para nos salvar e por puro e infinito amor.
 Jesus foi tão humilhado, tão escarnecido e maltratado, agredido violentamente e muitos cuspes na cara, despojado até o último grau, sofreu dores terríveis, provocado e zombado, ficou tão machucado que já não existia lugar de seu corpo sem sangrar. Tão atormentado e atacado no físico e no espiritual. E apesar de tudo isso e muito mais Jesus orava por seus inimigos e malfeitores, rogando ao Pai celestial para que não perdessem suas almas. Jesus, Deus feito homem por nossos pecados fez tudo isso, ele foi o cordeiro pascal, ele foi morto e rejeitado pelos judeus, seu próprio povo que o tratou como um impostor e que seus milagres e feitos eram obras do demônio. Jesus sendo inocente foi condenado à morte, as profecias se cumpriram, Jesus se sacrificou por muitos, e por isso agradecemos nosso divino Mestre que nos amou primeiro e nos fez dignos filhos de Deus. Derrama Senhor teu Santo Sangue sobre nós, uma só gota dele já basta para nós.
 Jesus foi martirizado, sofreu as piores humilhações e a desonra, foi condenado a morte de madeiro mesmo sem ser encontrado nele crime ou culpa alguma, aqueles que o condenaram tiveram seus corações endurecidos e não souberam ou puderam reconhecer o Cristo, Jesus foi obrigado a carregar sua cruz, caiu três vezes, lá no calvário teve mãos e pés perfurados por pregos para ser colocado em sua cruz, Jesus pendurado no alto da cruz era ultrajado e provocado, quando entregou seu espirito e morreu teve seu coração transpassado por uma lança e jorrou sangue e água, o céu escureceu e à terra tremeu, o corpo de Jesus foi colocado em uma gruta escavada na rocha e na sua entrada foi colocado uma pedra para impedir a entrada e foram postos dois guardas para vigiar o local. Em um domingo de páscoa os seus foram verificar se estava tudo bem e constataram que a pedra havia sido removida da entrada e correram para ver o que se passava e não viram seu corpo, viram suas vestes e dois anjos que lhes disseram que Jesus havia ressuscitado. Jesus apareceu para seus discípulos e permaneceu junto deles por mais quarenta dias, Jesus foi elevado aos céus e hoje está sentado ao lado direito de Deus Pai e há de voltar um dia em toda sua glória.

Capítulo 7. A Virgem Maria.

 Ave Maria cheia de graça, Virgem Maria, a
pessoa mais Santa da história da humanidade, a Mãe do Salvador, Maria recebeu a graça de ser filha bem-amada do Pai Eterno, de ser Mãe admirável de Deus Filho e de ser esposa fidelíssima de Deus Espirito Santo.
 Maria foi visitada pelo Arcanjo Gabriel que lhe anunciou que conceberia pelo Espirito Santo o menino que seria o salvador do mundo. Foi o Cristo crucificado que nos deu ela por Mãe no calvário.
 Maria é Mãe de Deus e nossa Mãe, ela é corredentora e intercessora a nós a Jesus como nas bodas de Caná.
 Maria tem mais de 1000 nomes diferentes, mas é a mesma Nossa Senhora, e em todas as suas representações é também Mãe querida, ela é serva assim como nós, ela é infinitamente menor do que Deus, mais é muito superior a nós.
 A Virgem Maria orou e fez muitos sacrifícios pela Igreja em seu início, realizou esplendorosos milagres, foi figura fundamental e foi através dos séculos e é até hoje. Quando Deus escolheu quem deveria escrever os evangelhos, foi por meio dela que se manifestou e ela deu ordens para que ela fosse citada da menor forma possível e ficasse oculta, para que seu Filho fosse unicamente a figura central de tudo, assim vemos como essa Mãe de amor é tão humilde.
 Ela é poderosa, amemos muito e confiemos nela. Quem tem uma grande devoção e ama de todo coração a Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus, nossa Mãe e Mãe de toda a humanidade não se perde, chegará a bom porto, de muitas perdições escapará. A Santíssima Virgem Maria é nossa Corredentora, Medianeira e Advogada.
 Para conhecer verdadeiramente a Santíssima Virgem Maria leia o livro "A Mística Cidade de Deus - Vida da Virgem Maria" da Sor Maria de Jesus Agreda do século XVII (17), com esse livro vai conhecer quem é Maria, Mãe de Jesus, vai conhecer Sua vida oculta, ver como é forte e poderosa e como nos ama.
 Segundo a Tradição, São Lucas Apóstolo pintou os primeiros quadros da Santíssima Virgem Maria, entre eles possivelmente estão o quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Nossa Senhora de Czestochowa, Nossa Senhora do Caminho entre outros.
 Para se chegar a Deus é necessário subir 3 degraus, o primeiro é Maria, o segundo é Jesus e o terceiro Deus Pai. Agora se a pessoa retira o primeiro degrau que é Maria como vai alcançar o segundo que é Jesus? Ninguém é digno de ir diretamente a Deus, é pelas mãos de Maria que Deus distribui todas as graças que vem do céu.
 Jesus se sente mais honrado e glorificado quando o fazemos por intermédio de Maria.
 Maria é a obra perfeita que Deus criou. Maria não sofreu os danos do pecado original e sua virgindade é perpétua, Maria é revestida imensamente pelo Espirito Santo. Maria tem pecados? Jó 14, 4
 Maria esmagará a cabeça de satanás junto dos apóstolos dos últimos tempos. E a espada de dois gumes já está em ação.
 A Virgem Maria é a nova Eva, até por isso Jesus a chama de mulher, ela é a arca da nova Aliança, ela anuncia o sol, ela é bendita entre todas as mulheres, e deve ser venerada por todas as gerações.
 Abaixo da Santíssima Trindade, todos são submetidos a proclamar a Santíssima Virgem Maria bem-aventurada.
 A Virgem foi elevada aos céus de corpo e alma, foi proclamada Rainha do céu e da terra, ela tem poder de esmagar a cabeça das serpentes, ela é intercessora de muitos milagres. Os cismáticos e heréticos menosprezam, atacam e ofendem a Santa Mãe de Deus, e Jesus odeia isso, pois ela é sua Mãe Santíssima, e ele castiga quem o faz. Maria é Mãe de Deus, Mãe dos justos e Mãe dos pecadores.
 Devemos ter uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria. Temos muitas orações que podemos recitar a Nossa Senhora, ela nos deixou em especial o Santo Rosário que ela mandou rezarmos todos os dias, seu escapulário, suas medalhas e Imagens Sacras e muitas outras devoções. Não existe Jesus sem Maria, Maria esteve sempre com Jesus.
 São Luís Maria Grignion de Montfort escreveu o magnífico livro “Tratado da verdadeira devoção a Santíssima Virgem.” Esse livro deve ser lido por todos os católicos. E se consagrarem pelo seu método a Nossa Senhora e se tornarem escravos de amor da Santíssima Virgem Maria.
 Estar sobre presença de Maria e sua proteção é como se andar cercado por um exército altamente equipado e treinado de milhares de soldados prontos para lutar por você ao menor sinal do inimigo.
 Existem diversas aparições da Virgem Maria através dos séculos, a aparição de La Salette merece grande atenção, no início do século XX (20) ela apareceu para três pastorinhos em Fátima localizada em Portugal, entre as muitas revelações que a Virgem Maria fez, ela pediu com insistência que se rezasse o Santo Terço diariamente para se obter a paz no mundo que na época era dilacerado pela Primeira Guerra Mundial, ali aconteceu um dos maiores milagres sobre à terra, o milagre do sol. As pessoas pediram um sinal a Virgem, na manhã seguinte chovia torrencialmente e de repente perante uma multidão de 60 mil pessoas o sol surgiu, se aproximou da terra e girava, no mesmo instante as roupas que estavam encharcadas se secaram imediatamente e o chão que estava em lama se secou instantaneamente. Isso tudo aliado a várias curas milagrosas e inexplicáveis.
 Durante a Segunda Guerra Mundial quando os americanos soltaram a bomba nuclear sobre Hiroshima, no Japão, a partir do núcleo da explosão até uma distância de 1,5 km todas as pessoas morreram e todas as construções desabaram, a apenas 800 metros da detonação da bomba havia um mosteiro que permaneceu em pé, os padres que ali residiam nada sofreram, durante anos mais de 200 cientistas os estudaram e não conseguiam compreender por que tinham sobrevivido e não tinham sofrido os efeitos da radiação, quando contaram sua história no congresso eucarístico da Filadélfia em 1976 lhes perguntaram como sobreviveram, e disseram que em comum acordo todos os moradores daquela casa rezavam o Santo Rosário diariamente, e por isso foram protegidos por Nossa Senhora, pois em suas 15 promessas ela promete sua especialíssima proteção a àqueles que recitarem seu Santo Terço diariamente com piedade e devoção sua especialíssima proteção.
 O Magnificat
(Lucas 1, 46-56)
 “A minha alma glorifica ao Senhor
 E meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador,
 Porque olhou para a sua pobre serva.
 Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas, aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
 Sua Misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
 Manifestou o poder do seu braço:
 Desconcertou os corações dos soberbos.
 Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes.
 Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos.
 Acolheu a Israel, seu servo, lembrado de sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e de sua posteridade, para sempre.”
 Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo.
 Assim como era no princípio, agora e sempre, por todos os séculos dos séculos. Amém.

Capítulo 8. Os Sacramentos.

 Nosso Senhor Jesus Cristo quando subiu aos céus para se sentar ao lado direito de Deus Pai prometeu que estaria com a Igreja até o final dos tempos, e Jesus eternamente misericordioso nos deixou os sacramentos e entre um deles se deixou inteiramente como pão para ser o alimento de nossa alma e fonte da vida eterna.
 O Batismo
(Mateus 28, 19) (Marcos 16, 16) (Atos 2, 38; 42) é o modo de nos tornarmos parte do corpo de Cristo, por ele fazemos parte da Igreja verdadeira, a partir disso nos tornamos todos filhos e filhas da Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica. As pessoas devem receber esse sacramento ainda quando bebês, crianças, para reparo do pecado original.
 Para ser batizado: Em caso extremo, até mesmo um não católico pode ministra-lo. Basta derramar a água na cabeça do batizando ao mesmo tempo que se pronuncia a fórmula "Eu te batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo."
 A Confissão
(João 20, 23) é o meio pelo qual o sacerdote tem autoridade para perdoar nossos pecados, dessa forma recebemos o perdão da Igreja e somos perdoados e devemos nos confessar ao menos uma vez a cada ano. Nós cometemos pecados leves, mas muitos cometem pecados graves e necessitam dessa absolvição para a justiça divina não ser implacável com essas almas, devemos nos arrepender verdadeiramente de nossos pecados e não pecar à vontade porque cada pecado é uma ofensa a Deus.
 Na Eucaristia
(João 6, 5; 53-58) (Lucas 22, 9-20) Jesus se deu a nós homens como alimento, o pão que dá vida eterna, o alimento de nossa alma, devemos nos comungar sempre que possível. O Pão que vira realmente carne e o vinho que vira realmente sangue. Por isso não podemos nos comungar impuros, mas a Igreja aconselha comungar pelo menos na páscoa.
 A Crisma
(Atos 8, 18) é a confirmação da nossa fé, é quando recebemos os dons do Espírito Santo, assim nos tornamos apóstolos de Cristo.
 O Matrimônio
(Mateus 19, 3-9) é a união de um homem e uma mulher sem nenhum impedimento, é o início de uma nova família, onde são jurados valores e obrigações um para com o outro. Homem e Mulher devem se casar e ter relações sexuais apenas após receberem esse sacramento e não adulterar. Assim os dois juntos formam agora apenas um só corpo, e os dois tem o dever de ajudar um ao outro nessa caminhada. O Matrimônio é para a vida toda. O Matrimônio representa a união de Cristo com a sua Igreja.
 A Ordem
(Lucas 22, 19) (Atos 6, 6; 14, 22; 1 Timóteo 4, 14; 2 Timóteo 1, 6) é o chamado à vida sacerdotal, ao celibato, são sacerdotes consagrados ao Senhor, ao serviço de evangelização e total entrega a Deus.
 Unção dos Enfermos
(Marcos 1, 13; 1 Coríntios 12, 9; Tiago 5, 13-15) é quando um sacerdote unge com óleo santo um doente ou alguém que sofre de algum mal. Perdoando os pecados e muitas vezes dão o perdão as pessoas que estão nos últimos momentos de vida.
 Oração, Penitência e mudança de vida.
 Cada um desses sacramentos se encontra na bíblia e foram instituídos pelo próprio Senhor Jesus Cristo.

Capítulo 9. Os Santos e sua intercessão.

 Esses são aqueles que trilharam o caminho sagrado antes de nós, que nos mostram qual o caminho seguro a se seguir para se obter a salvação.
 Os Santos em sua humildade e mortificação são Gigantes, com virtudes em comum, eles nos mostram que é possível se alcançar a perfeição aos olhos de Deus e vivendo a cada dia de suas vidas a sabedoria da cruz que é loucura para os que são desse mundo.
 São exemplos a serem seguidos, devem ser estudados, pois, suas obras atestam os evangelhos, e um convite a tentarmos ser um pouco do que foram esses imitadores de Cristo.
Os veneremos e peçamos sua intercessão.
 Uma multidão de homens e mulheres dão graças e glorificam a nosso Senhor Jesus Cristo pôr os santificarem por sua encarnação, martírio e ressurreição.
 Os Santos são nossos irmãos maiores, Deus por intermédio deles os julgou merecedores de realizar grandes e verdadeiros milagres através dos séculos, milagres verdadeiros e inexplicáveis até pela ciência
.
 Os corpos incorruptos dos Santos são provas reais e constantes do poder de Deus. Sua santidade resplandece pela eternidade.
Quantidade de Santos desconhecidos, os quais apenas Deus sabe e lhes recompensará.
 Os Santos em sua austera pobreza, abandono e renúncia as coisas desse mundo, renuncia a si mesmo, as próprias vontades e em todos em comum muita caridade, são provas e incentivo a buscar a cada dia uma vida mais santa e renunciar a tudo aquilo que nos afasta da graça divina.
 Suas vidas, suas obras, seus milagres, são testemunhos de que Deus existe e nos ama profundamente, Jesus Cristo divide sua glória com seus Santos e caminha cercado desses que são virgens.
 E qual grandes tentações, tormentos e perseguições esses Santos homens e mulheres sofreram quando decidiram que serviriam a Deus, o demônio vendo tamanho danos que cada um deles faria em seu reinado de maldade, tentou e tenta a todo custo desviar os escolhidos, mais Deus é maior que o demônio e sempre deu lhes forças e as armas certas para enfrentar e resistir às investidas do maligno.
 Santos e Santas
vós que já estão junto do Pai rogai por nós, que ainda estamos nesse mundo em busca da salvação e corremos o risco da perdição eterna. Amém.

Capítulo 10. Fé e Boas Obras.

 Na epístola de São Tiago ele é bem claro e direto em dizer que sem obras apenas a fé em si mesma não vale de nada.
 Para a salvação das almas é necessário ter fé e praticar boas obras. A Igreja assim ensina, de modo correto e seguro. Caridade, caridade e caridade.
 Obras de misericórdia.
Obras corporais:
1º. Dar de comer a quem tem fome;
2º. Dar de beber a quem tem sede;
3º. Vestir os nus;
4º. Dar pousada aos peregrinos;
5º. Assistir aos enfermos;
6º. Visitar os presos;
7º. Enterrar os mortos.
Obras espirituais:
1º. Dar bom conselho;
2º. Ensinar os ignorantes;
3º. Corrigir os que erram;
4º. Consolar os aflitos;
5º. Perdoar as injúrias;
6º. Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo;
7º. Rogar a Deus por vivos e defuntos.
(Catecismo maior São Pio X (10)).

Capítulo 11. O Papado e a hierarquia da Igreja.

 Jesus instituiu Pedro a ser a liderança visível da sua Igreja, São Pedro foi o primeiro Papa. E hereges que alcançam o trono Cátedra de São Pedro, não são legítimos Papas.
 O Papa é infalível em matéria de fé.
 O Papa é o primeiro bispo de Roma. O vigário de Cristo. O representante da Cátedra de Pedro.
 Ora, Cristo disse a Simão, filho de Jonas: “Bem-aventurado és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne, e o sangue que te revelaram isso, mas meu Pai que está nos céus. Por isso Eu te digo que tu és Pedro, e sobre essa pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela.” (Mateus 16, 17-18).
 Apenas com um chefe visível, infalível, se pode cumprir a unidade do “corpo místico de cristo.”
 “Quem não está comigo é contra mim“ (Mateus 12, 30)
 “Um só Senhor, uma só fé, um só batismo, um só Deus e Pai de todos” (Efésios 4, 3-6)
 “Não rogo apenas por eles, mas também por aqueles que por sua palavra hão de crer em mim. Para que todos sejam um, assim como Tu, Pai, estás em mim e eu em ti, para que também eles estejam em nós e o mundo creia que tu me enviaste“ (João 17, 20-21).
 “Recomendo-vos, irmãos, que tomeis cuidado com os que produzem divisões contra a doutrina que aprendestes. Afastai-vos deles” (Romanos 16, 17).
 “Se alguém vos anunciar um evangelho diferente, seja execrado, isto é, seja excomungado“ (Gálatas 1, 7-9).
 “Porque há um só pão, um só corpo somos nós, embora muitos, visto participarmos todos do único pão” (1 Coríntios 10,17)
 “A multidão dos fiéis tinha um só coração e uma só alma“ (Atos 4, 32)
 “Esforçai-vos em conservar a unidade do Espírito no vínculo da paz” (Efésios 4, 3).
 “Irmãos, conjuro-vos que sejais sempre perfeitamente unidos num só sentimento e num mesmo pensar” (1 Coríntios 1,10)
 “Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil. Estas tenho de reunir, e elas ouvirão a minha voz. E então haverá um só rebanho e um só pastor” (João 10, 16; Mateus 16, 15-16).
 E em certos momentos da Igreja nesses 2000 anos hereges já alcançaram postos máximos dentro da Igreja, mas sua ação é reprimida, pois, um Papa não pode decretar como verdade algo que outro já tenha condenado e nem condenar o que um tenha declarado permitido. Pelo menos era para ser assim.
 E quando um herege alcança o cargo de Papa se torna automaticamente em um Antipapa.
O Anticristo negará abertamente que Jesus Cristo é o verdadeiro Messias e ele próprio se colocara como verdadeiro messias e será e auto proclamará como sendo Deus. O Anticristo exigirá ser adorado e também exigirá que todos tenham sua marca na mão ou na testa e por isso, prefiram ser martirizados ou morrer por falta de alimento e água por amor a Jesus Cristo e receberão a coroa da vida eterna, do que adorá-lo e aceitar sua marca e irem para o inferno. Uma falsa Igreja Católica estaria eclipsando a verdadeira Igreja Católica. As pessoas devem ter uma fé católica tradicionalista e uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e Maria, Santa Cruz, rezar o Santo Rosário e demais orações católicas e junto dos demais devocionais, com a medalha de São Bento e a medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças, escapulário de Nossa Senhora do Carmo e velas bentas. Manter uma fervorosa e verdadeira fé católica em suas casas. Jesus disse: “ Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos Céus.” E por fim diz: “Sejam fiéis até a morte, e eu vos darei a coroa da vida.”
 A Igreja é composta pelos leigos e os membros do clero. Faz parte do clero aqueles que escolhem o sacramento da ordem ou uma vida consagrada, e todos os demais batizados são os leigos.

Capítulo 12. A Cruz.

 (Gálatas 6, 14)
 A Cruz é sinal de salvação, ela representa a vitória de Cristo sobre a morte, é um sinal de vida e não de morte.
 Nosso Senhor foi crucificado e morto por nossos pecados e a esse alto custo nos libertou dos grilhões da morte.
 Jesus quer que cada um aceite sua própria cruz e que morramos para o homem velho e que vivamos o homem novo em Cristo Jesus.
Sigamos o caminho seguro da cruz.
 Fazer o sinal da cruz ou pelo sinal da Santa Cruz pode parecer algo simples ou sem necessidade ou valor, mas no mundo espiritual esse sinal tem grande força e poder, nos livrando de muitos males corporais e espirituais, e é de grande valia em qualquer época e hora, e fazendo usando água benta torna ainda maior seu efeito de afastar os males de nossa presença.
 Devemos ter crucifixos em nossas casas e aonde quisermos e pudermos, na cabeceira das camas e devemos e podemos usar o crucifixo pendurado em um cordão no pescoço.
 Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Para se fazer o em nome do Pai toca-se a testa, o peito, o ombro esquerdo e o ombro direito, acompanhando o movimento com a fórmula verbal Em nome do Pai (toca-se a testa), e do Filho (toca-se o peito), e do Espírito (toca-se o ombro esquerdo) Santo (toca-se o ombro direito). Amém.
 Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos, Deus nosso Senhor, dos nossos inimigos. Para fazer o pelo sinal da Santa Cruz se coloca o dedo polegar na testa (Pelo) e em sequência no nariz (sinal), na fronte esquerda (da Santa), na fronte direita (Cruz), no nariz novamente (livrai-nos), no queixo (Deus), na bochecha esquerda (nosso), na bochecha direita (Senhor),
novamente no queixo (dos), no meio do peito (nossos), no lado esquerdo do peito (ini) e no lado direito do peito (migos). Em seguida se faz o Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Faça o “em nome do Pai” ao passar por Igrejas Católicas e cruzes. Santa Helena, mãe de Constantino, encontrou a Santa Cruz de Cristo.
 Oração da Santa Cruz de Jesus Cristo.
 “DEUS, todo poderoso, que sofreste a morte sobre a madeira sagrada, por todos os nossos pecados, sede comigo Santa Cruz de Jesus Cristo, compadecei-vos de nós, Santa Cruz de Jesus Cristo, sede a minha esperança, Santa Cruz de Jesus Cristo, afastai de mim toda arma cortante, Santa Cruz de Jesus Cristo, derramai em mim todo bem, Santa Cruz de Jesus Cristo, desviai de mim todo mal, Santa Cruz de Jesus Cristo, fazei que eu siga o caminho da salvação, Santa Cruz de Jesus Cristo, livrai-me dos acidentes corporais, Santa Cruz de Jesus Cristo, vós adoro para sempre, Santa Cruz de Jesus Cristo, fazei com que o espírito maligno e infalível se afaste de mim. Conduzi-me Jesus à vida eterna. Amém. Por todos e em todos os séculos dos séculos. Amém.”
 Esta oração foi encontrada em 1535, sobre o túmulo de Jesus Cristo, enviada pelo Papa Paulo III (terceiro) ao Imperador Carlos V (quinto), quando partiu para combater os turcos. Aquele que trouxer consigo ou a ler, não morrerá subitamente, não se afogará, não se queimará, ninguém poderá matá-lo, não será vencido em batalha e não cairá em mãos inimigas. Quando uma pessoa estiver para dar à luz, se ouvir, ler
ou trouxer consigo está oração, ficará livre do perigo ou ficará terna, quando a criança estiver crescida, com esta oração ao seu lado, se livrará de acidentes, quem a trouxer consigo, ficará livre de epilepsia e, se na rua vir uma pessoa atacada desse mal, coloca essa oração a seu lado, e ela contente se livrará do mal. Aquele que escrever será abençoado e aquele que zombar dela, fará penitência. Se a guardares em casa livrá-la a dos raios. Aquele que diariamente a ler será prevenido 3 dias antes da hora de sua passagem por um sinal divino.

Capítulo 13. O Céu, Purgatório e o Inferno.

 Após a morte a alma tem apenas três destinos certos e não fogem deles que são; salvação, purificação ou condenação.
 As almas que forem salvas ganharão o céu (Mateus 25), a vida eterna, a graça de viver com Deus, de ver sua face, de participar da bem-aventurança eterna. Nosso Senhor Jesus Cristo prometeu a coroa da vida a todos aqueles que se manterem fiéis até a morte, e que viverem verdadeiramente seus ensinamentos, os Santos são exemplos de pessoas que após a morte tem suas almas elevadas ao céu, sem rusgas no coração e verdadeiros vivedores do evangelho em sua plenitude.
 As almas das pessoas que morrem e são salvas mais que não estão totalmente purificadas vão para o fogo expiatório do purgatório (2 Macabeus 12, 39-45), lá elas permanecem até alcançar a santidade, pois sem ela é impossível ver a Deus, as orações da Igreja e dos demais fiéis pelas almas do purgatório tem poder de aliviar suas penas. As almas daqueles que não conheceram a Jesus Cristo, contam apenas com a misericórdia de Deus. Mas isso não é desculpa para não conhecer a verdade ou ficar se prostituindo com falsos Deuses e falsas doutrinas. Pois para a salvação das almas é necessária uma fervorosa fé católica tradicionalista.
 As almas condenadas ao inferno (Apocalipse 20, 10) estão separadas de Deus e afastadas para sempre da possibilidade da graça divina, estão condenadas aos sofrimentos e presas em uma cadeia intransponível e eterna.
O inferno é um lugar terrível, um caminho sem volta, os sofrimentos e tristezas desse mundo jamais se comparam aos do fogo eterno do inferno, não há comparação, são infinitamente superiores. Melhor mil anos no purgatório, do que a eternidade no inferno.
 As almas das crianças que morrem sem batismo, ou daqueles que não tem razão vão para o limbo.
 Saia e evite o pecado mortal, pois, ele obscurece a alma se uma pessoa morrer nesse estado está certamente condenada às profundezas eternas do fogo do inferno (Apocalipse 21, 8). Se desfaça de tudo que te leva a cometer pecados mortais, seja por ações ou pensamentos (Mateus 5, 29-30). Em pecado mortal a pessoa deixa de estar em estado de graça. Persevere, se cair, levanta, e continua a lutar o bom combate. A Devoção ao Imaculado Coração da Santíssima Virgem Maria e a prática de rezar o Santo Rosário diariamente são armas potentíssimas contra o inferno e para a salvação das almas.
 É pecado de presunção acreditar que já está salvo e também é pecado acreditar que já não tem mais salvação, Deus é amor e sua misericórdia é infinita. E não devemos julgar ninguém, apenas Jesus Cristo é nosso soberano juiz.
Os julgamentos de Deus, são diferentes dos feitos por nós. As coisas desse mundo não são agradáveis ao Senhor, por isso os julgamentos do espirito desse mundo são contrários aos de Deus.
 Invocação a Deus Pai pelas almas do purgatório
 Ó Deus, que sois a própria bondade e cuja misericórdia estendesse sobre todas as vossas criaturas. Sois o Pai mais tenro entre todos. Olhai, pois, com indulgência as almas que vos amam e cuja dor mais sensível consiste em estarem separadas de Vós.
 Lembrai-vos, ó Deus, que elas são obras de vossas mãos, o preço dos trabalhos e sofrimentos, da morte e dos méritos infinitos de vosso Filho Jesus. Invocando este Nome, podereis deixar de inclinar-vos para elas favoravelmente e ainda privá-las da única felicidade que esperam?
 Oferecemos-vos o Sangue divino que por elas foi derramado, o sacrifício adorável da Vítima por excelência, a meditação poderosa de Maria e dos Santos, as suplicas humildes de vossa Igreja, as orações e obras de vossos filhos.
 Que vossa ternura paternal desarme vossa justiça, os introduza em vossa presença e abra para elas vossos tesouros. Manifestais-lhes vossa glória e poderão contemplar vossa Divindade. Derramai, assim, em seus corações a torrente de felicidades inefáveis das quais sois, para os vossos eleitos, a fonte superabundante e eterna. Assim seja.

Capítulo 14. O Sagrado Magistério, Sagradas Escrituras, Sagrada Tradição e a catequese.

 A verdadeira Igreja Católica está baseada em 3 pilares, que são Sagrado Magistério, Sagradas Escrituras e Sagrada Tradição. Os 3 tem papel fundamental, e cada um com sua Sagrada função.
 O Sagrado Magistério é o único que tem autoridade para interpretar a bíblia.
 As Sagradas Escrituras são a palavra de Deus, revelada aos Profetas que é o caso do Velho Testamento e dos Apóstolos no Novo Testamento, bíblia que tem 73 livros e foi composta e protegida pela Igreja Católica.
 Sagrada Tradição
(2 Tessalonicenses 2, 15) que foi inicialmente o conhecimento passado de boca em boca nos primeiros séculos do cristianismo já que não existia a bíblia como a conhecemos hoje.
 Muitas seitas e falsas doutrinas seriam abandonadas se as pessoas compreenderem essas verdades
 O Magistério é o parâmetro que todo cristão tem para buscar ler e entender as escrituras, que devem ser lidas por todos e a tradição está presente e jamais se separa escrituras e tradição, pois os dois são inseparáveis.
 A verdade não está toda na bíblia, e muito menos usando livremente o livre exame das escrituras, e muito menos ignorando o Sagrado Magistério da Santa Igreja Católica se chega a verdade, fora isso existe apenas erro e heresia. Maria é Santa, Mãe de Deus e os Santos nossos irmãos maiores, que trilharam o caminho sagrado antes de nós.
 Deus revelou apenas uma verdade, apenas uma Igreja e apenas uma religião como sendo a verdadeira e essa é a Fé Católica tradicionalista.
 Com a catequese a Igreja traduz os ensinamentos bíblicos, a bíblia para a linguagem facilitada, de forma mais clara e com a devida interpretação de cada passagem.

Capítulo 15. A diferença entre as Imagens Sacras e os Ídolos.

 As imagens sacras já eram usadas no culto a Deus desde o Antigo Testamento, vemos quando Deus ordenou a Moisés construir uma serpente de bronze para que quando os hebreus que fossem picados por serpentes olhassem para ela
fossem imediatamente curados, assim mostrando que Deus tem poder de interseção através delas. Imagens sacras que o Rei Salomão ao construir o templo do Senhor mandou esculpir imagens de bois, leões e querubins e as colocou dentro e fora do templo, o templo estando pronto Deus o encheu com sua glória e ali habitou e assim aprovando as Imagens. E a arca da Antiga Aliança que tinha Deus dentro era ornada com duas imagens sacras de querubins e isso não foi crime de idolatria.
 As Imagens Sacras como no Antigo Testamento não eram ídolos, pois não eram falsos Deuses, assim como as Imagens Sacras da Igreja Católica não são representações de falsos Deuses, as Imagens Sacras de Jesus, da Virgem Maria e dos Santos não são idolatradas, mas sim veneradas, pois, representam pessoas que já viveram e hoje estão no céu junto de Deus Pai e do Cordeiro intercedendo por nós.
 Os Ídolos são falsos Deuses, eles na verdade são demônios, as imagens de ídolos não podem se mover e nem se defender, pois, não a vida nelas, no paganismo colocam alimentos para estátuas.
 Os ídolos não se limitam a imagens, podem ser outros objetos e tudo o que se coloca a frente de Deus ou substitui Deus na vida das pessoas, o dinheiro pode se tornar um ídolo, o materialismo, amar mais os filhos, o marido ou a família do que a Deus é crime de idolatria. No caso de se colocar no lugar de Deus como Deus, ou se considerar Deus é idolatria pois só existe um Deus verdadeiro, um Deus Trino dividido em três pessoas. Deus fez o homem e homens não são Deuses, são criaturas feitas por Deus, o criador de tudo visível e invisível.
 Se prostituir com Deuses estranhos é terrível aos olhos do Senhor, apenas ele é o único Deus verdadeiro, fora isso só existem falsos Deuses que na verdade são demônios.
 As Imagens Sacras são permitidas, benéficas e necessárias, caso contrário Deus não teria mandado fabricar elas, Deus condena o culto a ídolos que são falsos Deuses ou àquilo que ocupa seu lugar como Deus único e verdadeiro. Adorar apenas a Deus, adoração apenas ao único Deus verdadeiro, um Deus Trino, um Deus em três pessoas.
 O professor Felipe Aquino nos ensina: “A própria Bíblia defende o uso de imagens como você pode verificar nessas muitas passagens: Êxodo 25, 17-22; 37, 7-9; 41,18; Números 21, 8-9; 1 Reis 6,
23-29.32; 7, 26-29.36; 8,7; 1 Crônicas 28, 18-19; 2 Crônicas 3, 7.10-14; 5,8; 1 Samuel 4, 4; 2 Samuel 6, 2; Sabedoria 16, 5-8; Ezequiel 41, 17-21; Hebreus 9,5...”

Capítulo 16. Contra as Heresias. 

 A Igreja desde seu início enfrentou heresias, seitas e falsas doutrinas e hoje como nunca o cristão é bombardeado por falsos ensinamentos os quais são muitas vezes completamente contrários aos o que o Cristo e seus Apóstolos ensinaram. 
 Muitas heresias negaram a divindade de Jesus e fizeram confusão em relação a Trindade, sendo que na atualidade ainda temos essas heresias sendo pregadas. 
 As seitas pregam valores totalmente diferentes aos ensinados pela Santa Igreja Católica e sua sã doutrina. 
 A grande ruína do homem será se colocar no lugar de Deus, assim quer a seita secreta e os servos do Anticristo, um mundo materialista, sem Deus e que reine uma total corrupção das almas e uma devassidão generalizada. Mais Deus é maior que o demônio e não tardará em agir e por amor aos que ainda se manterão fieis ao seu Santo nome enviará seus castigos e sua grande vingança que será sem precedentes. Ninguém escapará do grande e forte braço da justiça do Senhor. 
 As falsas doutrinas ou se tratam de ensinamentos de falsos Deuses que na verdade são demônios ou se trata de novas e diferentes interpretações da bíblia que são contrárias as do Sagrado Magistério da Igreja Católica o único que tem autoridade de interpretar a bíblia. 
 E também existe ideologias (de gênero, feminismo, ioga, etc) que são inimigas da humanidade que levam a depravação, devassidão, iniquidades, maus costumes e más vidas. O ateísmo juntamente do comunismo e o espiritismo (Deuteronômio 18, 10-12) fazem parte de uma engrenagem satânica.
 Liberdade de culto e livre opinião das seitas, falsas religiões e o socialismo? Negativo, apenas a religião católica fundada por Deus Filho tem direito divino, apenas ela é a verdade. Separar a religião do estudo? Negativo, o estado deve professar a única religião verdadeira e propagá-la e defendê-la. Assim regeria perfeitamente conforme a vontade divina. E Autoridade? (Romanos 13, 1-2)
 Essas heresias, seitas, doutrinas falsas e ideologias se apresentam como a solução, um jeito novo de levar a vida, um convite a uma visão diferente, só que é contrário ao verdadeiro evangelho que a Santa Igreja Católica prega e vive. São armadilhas que muitas pessoas por ignorância ou ilusão se entregam e se tornam ovelhas nas mãos de lobos e negam direta ou indiretamente a cruz de Cristo. 
 Por isso cada vez mais o cristão deve se esforçar em conhecer a fé católica e viver ela no seu dia a dia. Os ataques são uma realidade e para se defender é necessário buscar de todas as formas cada vez mais conhecer a verdadeira fé cristã e faz grande obra quem pode ajudar seus irmãos a crescerem na fé e esclarecer e dissipar suas dúvidas que possam desviar uma pessoa da Igreja verdadeira, muitos precisam se libertar dessas heresias que afastam da graça divina e privam as almas da verdadeira religião. 
 O inimigo de nossas almas quer fazer que percamos o céu, por isso ele é o pai da mentira, o demônio quer de todas as formas nos afastar da verdade, nos tirar da Igreja e nos tenta ao mal, por isso se apegue na cruz de Cristo, em uma fervorosa fé católica tradicional, nas tradições que vem dos Apóstolos, nos ensinamentos dos Santos padres Pais da Igreja primitiva e siga lutando nessa vida à espera da nova vida que a de vir se recebermos a coroa da vida. 
 A desprezível e infame seita da franco-maçonaria é responsável por muitas desgraças, depravações e degradações que ocorreram e ainda ocorrem ao longo da história no mundo. São servos sim, mas servos do grande arquiteto do mal. Muitos deles nem sabem da qual engrenagem diabólica a maçonaria faz parte. A revolução francesa é uma das obras da maçonaria, perseguição a religiosos e a toda a Igreja Católica e o assassinato em massa de religiosos, cerca de 30 mil deles brutalmente assassinados. 
 A Maçonaria acredita que Lúcifer que é o Diabo e satanás, aquela antiga serpente, o rei das trevas e mestre de todas as maldades e que é contrário a tudo o que é bom e a lei divina como um Deus bom que libertou os homens, mas que na verdade é ele quem perdeu o homem, o pecado original, quando enganou a mulher. Lúcifer nunca foi Deus e nem nunca será, existe apenas um Deus verdadeiro, um Deus Trino, dividido em 3 pessoas. 
 A maçonaria é uma grande inimiga da verdadeira Igreja Católica, com seu desejo de poder, de dinheiro, e é necessário combater as heresias e os hereges que se infiltram na Igreja, que estão dentro da Igreja, causando a apostasia generalizada, deformando a verdadeira fé católica e ensinando ao contrário aos ensinamentos do Cristo e a tradição dos Apóstolos, esses são traidores e crucificam Jesus Cristo novamente.
 E sim, Liberdade, fraternidade e Igualdade de direito, e não da forma distorcida e errônea que é ensinado pela maçonaria. Liberdade de sermos filhos de Deus, liberdade dos grilhões da morte de Lúcifer e das coisas mundanas; Fraternidade de sermos todos filhos de Deus; Igualdade na justiça e caridade, com cada um segundo sua função e posição de responsabilidade.
 O Papa Pio VII (7) condenou a seita secreta dos Carbonários, nome com que se designavam os maçons “it alia” em Setembro de 1821. (Permanece, pois, em vigor a condenação dos católicos que se filiarem à maçonaria, e isso em todos os lugares do mundo). 

Capítulo 17. Nascimento da Igreja e seus primeiros séculos. 

 Jesus Cristo fundou a Igreja Católica sobre os Apóstolos no ano 30 na Terra Santa, e deu a Pedro a liderança visível e a Igreja foi inaugurada com a descida do Espirito Santo em Pentecostes, e Pedro mais tarde foi martirizado em Roma, crucificado de cabeça para baixo a seu pedido pois não se julgava digno de morrer como nosso Senhor, e Pedro foi enterrado na colina onde hoje está assentado o Vaticano, o altar central do Vaticano estava exatamente localizado sobre o túmulo de Pedro, que no ano de 1930 em uma expedição arqueológica a pedido do Papa encontrou uma cova em um cemitério subterrâneo que datavam a época em que Pedro foi morto, os restos mortais encontrados na cova são do mesmo tamanho dos que seriam de Pedro e a idade que morreu é idêntica há que Pedro foi morto e para completar existem inscrições que datam 2000 mil anos, e esses escritos dizem “Pedro está aqui.” 
 São Pedro não somente esteve em Roma como também estabeleceu ali sua sede episcopal em virtude do que a comunidade de Romana é superior a todas as demais. Veja este testemunho de um cristão que escreveu em torno de 180 d.C.: “COM ESTA COMUNIDADE, DE FATO, DADA Á SUA AUTORIDADE SUPERIOR, É NECESSÁRIO QUE ESTEJA DE ACORDO TODA COMUNIDADE, ISTO É, OS FIÉIS DO MUNDO INTEIRO; nela sempre foi conservada a tradição dos apóstolos. [Pedro e Paulo] confiaram a Lino o ministério do episcopado. A Lino sucedeu Anacleto. 
 Clemente vira os apóstolos, conversara com eles e ainda tinha ouvido sua pregação. A Clemente sucedeu Evaristo, e a Evaristo, [sucedeu] Alexandre. Depois, em sexto lugar após os apóstolos, veio Xisto…” (Ireneu de Lião, 180 d.C., Contra as Heresias III,3,2-3). 
 Os Imperadores Romanos
pagãos perseguiram muito os cristãos nos 3 primeiros séculos da Igreja, Igreja Primitiva que era Católica, as missas eram celebradas nas catacumbas, e muitos cristãos se escondiam nesses lugares, já tinham as imagens Sacras e pinturas de Jesus o bom pastor e de Nossa Senhora nas paredes, quando os apóstolos Pedro e Paulo foram mortos os cristãos escreveram nas paredes pedindo sua intercessão. Os cristãos eram levados ao coliseu e na arena eram entregues a animais selvagens para serem devorados vivos, foram mortos dos mais variados modos e com muita crueldade, muitos dos primeiros Papas foram martirizados, muitos Santos também foram, a enorme quantidade de mártires. 
 A Igreja Católica não foi fundada ou criada no século VI (4) pelo Imperador Romano Constantino, Constantino na verdade foi o Imperador a dar liberdade de culto a Igreja e cessou a perseguição e martírio dos cristãos por parte do Império Romano, apenas anos mais tarde que o Imperador Teodósio foi quem tornou o cristianismo religião oficial de todo o Império. 
 Constantino teve uma visão na qual viu uma Cruz em um estandarte, no qual estava escrito “sobre esse símbolo vencerás.” 
 Aqui nessa questão muitos hereges dizem que a Igreja Católica e a fé Católica foram inventadas pelo Império Romano para substituir a religião dos Deuses Pagãos Romanos, sendo que depois que o Imperador Teodósio já tinha tornado a Religião Católica a oficial do Império o seu sucessor tentou impor o culto pagão novamente, mas sem sucesso. Ora, se então o sucessor do Imperador Teodósio tentou implantar novamente o culto aos Deuses Pagãos quer dizer que a Igreja Católica não foi uma Religião inventada pelo Império Romano. 
 Existem vários Santos que viveram antes do século III (3) e antes do surgimento de Constantino, como Santo Inácio de Antioquia século I (1), São Policarpo século I (1), São Clemente de Alexandria século II (2), São Cipriano século II (2) e entre outros e a Igreja já era chamada de Católica por ser universal e para se distinguir das muitas heresias que já surgiam naquela época.
 Judeus (sionistas e cabala) foram responsáveis pela criação de ideologias perigosas e degradantes, e sempre perseguiram cristãos.
 Entre essas heresias uma das que mais se destacava era a ariana, a qual negava a Trindade
.
 Credo Niceno-Constantinopolitano
 Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E, por nós, homens, e para a nossa salvação, desceu dos céus: e encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as escrituras; E subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo para remissão dos pecados. Espero a ressurreição dos mortos; E a vida do mundo que há de vir. Amém.

Capítulo 18. A Igreja na Idade Média e a cristianização da Europa. 

 Após a queda do Império Romano a Igreja Católica foi a única instituição a permanecer de pé e foi ela quem teve o grande trabalho de com o tempo ir convertendo centenas de povos bárbaros ao cristianismo, a Igreja por volta do século VIII (8) recebeu uma doação de muitas terras do Rei Pepino na região sul da Itália e deu início a um reino que durou mais de mil anos. 
 Na Idade Média quando o Rei se convertia a uma nova religião todo seu povo também deveria se converter, por volta do século X (10) toda a Europa era Cristã, período conhecido como a cristandade e muito pelo contrário que muitos dizem ter sido essa época a era da escuridão, na verdade foi a época na qual a luz de Cristo brilhou com mais intensidade em toda história da Europa. 
 As pessoas da Idade Média se preocupavam mais com sua alma e sua salvação, em uma época em que muitas doenças contagiosas e mortais se tornavam epidemias e ceifavam a vida de grande porcentagem da população, essas pessoas tinham consciência que havia uma verdade e buscavam viver verdadeiramente essa verdade. 
 Foi na Idade Média que ocorreram as Cruzadas e a Inquisição, e antes das navegações Espanholas e Portuguesas descobrirem a América do Sul havia planos de uma nova Cruzada para libertar à Terra Santa dos muçulmanos, mas com a nova descoberta dos colonizadores esses planos foram mudados, agora a Cruzada seria no Novo Mundo, e deram por nome de Terra de Santa Cruz. 

Capítulo 19. Cisma de 1054 D.C. e o surgimento dos ortodoxos. 

 No século X (10) a Igreja que estava no oriente se separou da Igreja ocidental. 
 Houve fatores que contribuíram para tal ponto. Com a divisão do Império Romano próximo ao século IV (4) e com o Império sendo governado por cada um dos lados em meados do século V (5) e ainda sendo que no Oriente se falava o Grego enquanto no Ocidente o Latim, o que ajudou a dificultar ainda mais a comunicação e a cultura com o tempo foi mudando no Oriente. E se tornando assim cismáticos. 

Capítulo 20. Explicando a Inquisição. 

 A Inquisição foi a formação de tribunais eclesiásticos, formados para julgar pessoas acusadas do crime de heresia contra a doutrina católica, que ocorreram do século XII (12) até o século XVII (17). 
 Desde o século X (10) os Reis, Imperadores e Governantes estavam matando hereges. A Inquisição foi instaurada em 1231 para cessar as mortes sem antes ter um julgamento. O tribunal católico tentava convencer o acusado a revogar a heresia em caso e apenas em último caso e dependendo da gravidade era considerado herege e o estado o executava. 
 Quem matava era o estado que era católico, e a população também era católica, uma heresia era considerada um crime grave na época, e a pena prevista era execução pois era visto pelo estado como um movimento de revolta e o estado reprimia. 
 Na Idade Média falsificar a moeda do Rei era crime de pena de morte. São Tomás de Aquino disse que quem falsifica a fé e perde a alma merecia também a pena de morte. 
 A Igreja julgava apenas católicos hereges, e a fogueira foi instituída pelo Imperador Alemão Nicolau II (segundo) a alguns anos antes da instauração da Inquisição. 
 A Santa Inquisição deve ser dividida em três partes principais, ocorreram três delas, uma contra os Cátaros, outra na Espanha e uma em Roma. 
 A primeira Inquisição foi contra os Cátaros, na região onde hoje é a França, esses hereges consideravam que toda matéria visível era impura, e no caso consideravam o corpo humano impuro, e acreditavam em dois Deuses, um bom e um ruim, os Cátaros estavam matando católicos, eles invadiam fazendas e matavam os católicos que ali moravam, eles matavam mulheres grávidas pois acreditavam que assim estavam libertando suas almas, os Cátaros proibiam as pessoas de se alimentar e muitos estavam morrendo de inanição, proibiam o casamento e era uma cultura de suicídio em massa, na época ou a Igreja reagiria ou perderia força, e assim a Europa seria conquistada anos mais tarde pelo Islã, ou o cristianismo poderia desaparecer, a Inquisição contra os Cátaros foi necessária e a desordem causada por eles foi tanta que o estado tomou medidas drásticas para deter tal heresia. 
 A Inquisição da Espanha, ocorreu depois que os muçulmanos foram expulsos da bacia ibérica, em meados do século XV (15), sendo que os muçulmanos tinham invadido e conquistado a Espanha por volta do século VIII (8) e só foram expulsos depois de muito tempo. A Inquisição Espanhola foi feita contra a vontade do Papa, pois, o Reino da Espanha deu um ultimato ao Papa, ou permitia que eles fizessem sua Inquisição contra os muçulmanos e judeus ou se separariam da Igreja e fariam como Henrique VIII (oitavo) da Inglaterra, e com a reforma protestante se espalhando o Papa ficou com receio de acontecer como na Alemanha e na moral católica entre duas questões ruins se deve escolher pela menos pior. Na Inquisição Espanhola foi imposto aos muçulmanos e judeus que se convertessem ao cristianismo ou seriam expulsos, agora a Inquisição punia apenas aqueles que se converteram ao catolicismo, mas continuavam sendo muçulmanos ou judeus. 
 A Inquisição em Roma foi para julgar traidores, padres, monges ou outros religiosos que se juntavam ao protestantismo e recebiam penas eclesiásticas. 
 A Igreja não matou milhões na antiguidade, isso é uma mentira, tão grande que nem existem provas de tal absurdo. Quem matava era o estado, os Reis convertidos exigiam que a população deveria seguir a nova religião e quem não obedecesse era punido. A Igreja Católica usou de tortura no início da Inquisição, mas logo proibiu o seu uso e recomendou que o estado também parasse com as torturas, a questão é que a tortura imposta pela Igreja não mutilava e não matava, já a tortura imposta pelo estado mutilava e matava. 
 Oque a Igreja fazia na antiguidade era excomungar, a pessoa excomungada não recebia mais a proteção da Igreja e por isso o estado prendia e muitas vezes executava o herege.
 Em 600 anos de Inquisição, a Igreja condenou cerca de 2000 pessoas por crime manifesta de heresia e quem executou foi o estado que tratava tal crime como sendo de pena de morte. Sendo que destes, apenas metade realmente foi morto, pois, em metade dos casos foi queimado um boneco de palha. Em 1998, os 30 maiores historiadores, examinaram os documentos da inquisição e concluíram que muito que se acusa a Igreja é falso e sem fundamento.
 Houve outros casos isolados, nos quais alguns filhos da Igreja cometeram crimes, mortes injustas e violentas, principalmente na Espanha, o problema da época era que a comunicação era muito lenta, uma ordem, noticia ou mensagem demorava meses para se chegar ao Papa, mas lembremos que os erros são dos filhos da Igreja, já que ela não tem pecados, pois, é Santa. 

Capítulo 21. As Cruzadas.

 As Cruzadas foram uma sequência de guerras santas entre católicos e muçulmanos.
 As Cruzadas foram necessárias, pois se corria o risco de o Islã dominar toda a Europa, como já tinha feito na Espanha, os cristãos estavam sendo mortos e perseguidos na Terra Santa, muito semelhante aos ataques que vivenciamos hoje naquela mesma região. Com a crescente ameaça o Papa convocou a população e os Reis da Europa para combater o Islã (Nota: a religião da guerra) na Terra Santa, o Papa não esperava que a resposta seria tão grande, Reis levaram consigo maciços exércitos, as pessoas responderam ao chamado mais muitos foram movidos pela cobiça de novas terras e tesouros, só que muitos dos que conseguiram regressar voltaram mais pobres do que quando partiram por conta dos altos prejuízos.
 Aconteceram várias Cruzadas, em diferentes épocas dentro de um período de cerca 400 anos, elas começaram por volta do século XI (11). Muitas Ordens religiosas de monges guerreiros tiveram origem nas Cruzadas.
 Claro que as Cruzadas foram sangrentas, nunca leram o Velho Testamento? Não viram quantas guerras o povo hebreu teve que enfrentar para sobreviver e crescer.
 Oração, Penitência e mudança de vida.
 Sermão do Beato Urbano II (segundo) convocando para a Primeira Cruzada.
 Em Clermont-Ferrand, no coração da França, em 27 novembro de 1095, diante de um Concílio de 13 arcebispos e 225 bispos, Bem-aventurado Papa Urbano II (segundo) pregou a Primeira Cruzada.
 Eis suas palavras que ficaram registradas para a História:
 “Ó Franceses, de quantas maneiras Nosso Senhor vos abençoou? Vede quão férteis são vossas terras. Quão verdadeira é vossa fé. Quão indisputável é vossa coragem.”
 “A vós, abençoados homens de Deus, dirijo estas palavras. E que não sejam levadas levianamente, pois são expressas pela Santa Igreja, que, pelo sagrado pacto com Nosso Senhor, é sua santíssima voz na terra.”
 “Vós que sois justos e bons, vós que brilhais na santa fé escutai. Sabei da justa e grave causa que nos reúne hoje aqui, sob o mesmo teto, na piedade de Nosso Senhor.”
 “Relataremos fatos horríveis que ouvimos sobre uma raça de homens completamente afastados de Deus e desprovidos de fé.”
 “Turcos, Persas, Árabes, amaldiçoados, estranhos a nosso Deus, que devastam por fogo ou espada as muralhas de Constantinopla, o Braço de São Jorge.”
 “Até hoje, por misericórdia do Supremo, Constantinopla foi nossa pedra, nosso bastião da fé em território infiel. Agora essa sagrada cidade encontra-se desfigurada, ameaçada.”
 “Quantas igrejas esses inimigos de Deus conspurcaram e destruíram? Ouvimos de altares e relíquias sendo profanados por sujeira produzida por corpos Turcos (Muçulmanos).”
 “Ouvimos sobre verdadeiros crentes sendo circuncidados e o sangue desse ato sendo vertido em pias batismais.”
 “O que podemos vos dizer? Turcos transformam solo sagrado em estábulo e chiqueiro, expelem o conteúdo de seus fétidos e putrefatos corpos em vestimentas dos emissários do Evangelho de Nosso Senhor.”
 “Os descrentes forçam Cristãos a ajoelhar sobre essas roupas imundas, curvar as cabeças e esperar o golpe da espada.”
 “Essas vestes, que através da imundície e sangue são testemunhas das aberrações fruto da falta da verdadeira fé, são exibidas junto com corpos dos mártires.”
 “O que mais devemos lhes dizer, ó fiéis? Turcos muçulmanos estupram mulheres cristãs. Turcos estupram crianças cristãs.”
 “Pensai nos peregrinos da fé que cruzam o mar, obrigados a pagar passagem em todos os portões e igrejas de todas as cidades.”
 “Quão frequentemente esses irmãos no sangue de Cristo passam por humilhações e falsas acusações?”
 “As calosidades em seus joelhos, causadas pelo ato de fé ao Nosso Senhor, são abertas por lâminas. Aos fiéis são dadas bebidas vomitórias para que sejam vasculhadas suas emissões estomacais.”
 “Após isso são ainda obrigados a sorver excremento liquefeito de bodes e cabras de forma a esvaziar suas entranhas. Se nada for encontrado que satisfaça esses filhos do inferno, ó fiéis, escutai.”
 “Turcos abrem com lâmina da espada as barrigas dos verdadeiros seguidores, de Jesus Cristo em busca de peças de ouro ingeridas e assim escondidas.”
 “Turcos perfuram os umbigos dos fiéis, amarram suas tripas a estacas e afastam os cristãos, prendendo-os com cordas a outro poste, de forma a que vejam suas próprias entranhas endurecendo ao sol, apodrecendo e sendo consumidas por corvos e vermes.”
 “Ó Franceses, o que dizer? O que mais deve ser dito?”
 “Não mais levantarão as espadas entre si, ceifando vidas e pecando contra o Evangelho. Aproximem-se guerreiros abençoados.”
 “Aproximem-se os que desejam vida eterna, aproximem-se os que desejam absolvição no sagrado.”
 “Sabei que Nosso Senhor espera seus filhos em lugar abençoado. Na palavra do Santíssimo seguirão e combaterão, não deixem que obstáculos os parem, creiam na palavra de Deus e nada os deterá.”
 “Deixai todas as controvérsias para trás! Uni-vos e acreditai!”
 “Lembrai-vos das palavras de Nosso Salvador, “Aquele que abandonar sua morada, família, riqueza, títulos, pai ou mãe pelo meu nome, receberá mil vezes mais e herdará a vida eterna.”
 “Se os Macabeus dos tempos de outrora conquistaram glória pela sua luta de fé, da mesma forma a chance é ofertada a vós.”
 “Resgatai a Cruz, o Sangue e a Tumba de Nosso Senhor. Resgatai o Gólgota e santificai o local.”
 “No passado vós não lutastes vos pondo em risco de perdição?”
 “Nosso Senhor em sua infinita sabedoria e bondade oferece aos seus bravos, porém desvirtuados filhos, a chance de redenção. A recompensa do sagrado martírio.”
 “Lutai contra a amaldiçoada raça que avilta a terra sagrada, Jerusalém, fértil acima de todas outras.”
 “Glorificai as peregrinações para o centro do mundo, consagrai-vos à Paixão de Jesus Cristo!”
 “Não temais Franceses! Não temais a tortura, pois, nela reside a glória do martírio!”
 “Não temais a morte, pois nela reside a vida eterna!”
 “Não temais dor, pois a recebereis com resignação!”
 “Os anjos apresentarão vossas almas a Deus.”
 “O Santíssimo será glorificado pelos atos de seus filhos!”
 “Vede à vossa frente aquele que é a voz de Nosso Senhor! Segui
Seu exemplo e palavras eternas!”
 “Marchai certos da expiação de vossos pecados, na certeza da glória imortal.”
 “Deixai as legiões de Cristo Rei se atracar com o inimigo!”
 “Os anjos cantarão vossas vitórias!”
 “Que os servidores do Evangelho entrem em Jerusalém portando o estandarte de Nosso Senhor e Salvador!”
 “Que o símbolo da fé seja mostrado em vermelho sobre o imaculado branco, pureza e sofrimento expressados!.”
 “E que sua palavra seja ouvida como retumbante trovão, trazendo medo e luz para os infiéis!”
 “Que agora o exército do Deus único brade em glória sobre os Seus inimigos!”
 A multidão dos cavaleiros convocados de toda a Europa respondeu “Deus vult”, “Deus o quer”!
 Esse brado ecoou pela Europa toda. O Islã estava perdido. Jerusalém voltaria em breve a mãos cristãs.
 O Islã é isso, no norte da África e Oriente Médio os povos cristãos foram massacrados por muçulmanos na antiguidade. Hoje os poucos que ainda restam são mortos e perseguidos e querem dominar o mundo e é necessário combater novamente esses hereges e infiéis. DEUS VULT (Deus o quer).
 A bem dizer esse brado ressoa até hoje. Pois, ele é um eco sagrado daquele outro brado que São Miguel Arcanjo lançou no Céu contra a revolta de Satanás: “Quis ut Deus?”, “Quem como Deus?!”
 E a guerra justa não é pecado. Matar em legítima defesa não é crime e nem pecado. E então católicos se necessário não hesitem em pegar em armas para combater a tirania, a impiedade e o reinado de terror e trevas do demônio e do Anticristo.

Capítulo 22. Reforma protestante, Lutero, Calvino e demais reformadores e a multiplicação da fé.

 No início do século XVI (16) a Igreja Católica após 1500 anos levando a luz de Cristo por todo o planeta, a Igreja se depara com uma das maiores e mais duradouras heresias que a confrontam pelos séculos, heresia essa conhecida por protestantismo, difundida e fomentada por líderes fanáticos e muitas vezes extremistas.
 Seu pai é Lutero, muito provavelmente o maior herege de toda a história, que se tornou um padre agostiniano para escapar da pena de morte por ter assassinado um colega.
 Lutero foi um homem que presenciou um dos períodos em que o clero da Igreja estava mais corrompido, em sua época existiam padres e bispos que tinham amantes e filhos, o Papa foi omisso e agiu tardiamente e Lutero vendo tal devassidão na Igreja não aceita que os sacramentos e os ritos sejam ministrados por tal homens tão pecadores, é quando Lutero ignorando 1500 anos de Igreja e uma multidão de homens e mulheres santos que viveram antes dele resolve confrontar a instituição Igreja e não o clero corrupto que a representava, ele movido por um desejo de poder e com seu orgulho sem limites escreve suas 95 teses as quais ele propõe que a Igreja se dobre de joelhos perante ele e que ela mude radicalmente os ensinamentos verdadeiros praticados por 1500 anos antes dele. Lutero em suas 95 teses defendeu que o Papa não sabia da venda das indulgências, e o que é verdade, pois, era um bispo que fazia isso sem o Papa ter conhecimento.
 Lutero a partir daí lutava para mudar a Igreja e tentava obter poderes como os do Papa, ele realizava debates em cidade por cidade para provar que tinha razão, até que em um deles na cidade de Leipzig em 27 de Junho de 1519 foi confrontado por João Eck que acabou com todas as teses de Lutero quando confrontado com a doutrina do purgatório que está contida no livro de Macabeus, e Lutero sem saber o que fazer decidiu excluir da bíblia os livros deuterocanônicos usando o pretexto que nem os judeus os aceitavam em seu cânon, mas ocultou que eles fizeram isso pois esses livros davam brechas ao cristianismo e então Lutero também deveria ter negado o Novo Testamento que o cânon judaico não aceita.
 E ainda vieram a acusar a Igreja Católica de adicionar os livros deuterocanônicos após a Reforma Protestante sendo que a Igreja já usava esses livros desde o século IV (4) e a prova é que a primeira versão impressa da bíblia em idioma Alemão foi impressa com os 73 livros em meados do século XV (15), antes de Lutero e o surgimento dos protestantes.
 Lutero e demais reformadores mesmo após a reforma continuaram acreditando em Nossa Senhora. E a reforma protestante foi muito mais por cunho político do que realmente por cunho religioso.
 Nos países em que a reforma protestante se expandiu foi imposta pelo Governo, foi de cima para baixo e hoje esses países apresentam uma das maiores taxas de ateísmo, pois, devido a multiplicidade da verdade, acaba gerando caos e confusão mental que leva as pessoas a não acreditarem em mais nada.
 O próprio Lutero ao perceber a multiplicação da verdade já em sua época disse. “Este não escuta sobre o Batismo, aquele nega o sacramento e aquele outro coloca um mundo entre este e o último dia; alguns ensinam que Cristo não é Deus, alguns dizem isto e alguns dizem aquilo; há tantas seitas e credos quanto o número de cabeças. Nada é tão rude quanto aquele que tem sonhos e fantasias, e pensa por si mesmo que foi inspirado pelo Espírito Santo, devendo ser um profeta” (De Wette 3,61; citado em O’Hare, “Os Fatos sobre Lutero”, p. 208).
 A Igreja Católica é Santa e não tem pecados. A verdade é que foram inventadas muitas mentiras sobre a
Igreja Católica, por exemplo que ela matou milhões de pessoas, isso é mentira, tão mentira que nem existem documentos verdadeiros que comprovem tal absurdo, como Constantino, Inquisição, Cruzadas, Indulgências, Falsos Papas, Traidores da Igreja, Pedofilia, Falsos Sacerdotes, Imagens Sacras, os ataques a Maria e os Santos, etc. Tudo isso são armadilhas e fraudes de satanás para desviar vocês da verdadeira religião, ou são invenções ou são coisas contadas de modo mentiroso, distorcido e maldoso. 
  Lutero foi influenciado por demônios, e o pai espiritual do protestantismo é o diabo. Dizia que conversava e dormia com o demônio, que Cristo fornicou.
 Lutero no Inferno: a visão da Beata Serafina Micheli.
 Em 1883 a Bem-aventurada Sóror Maria Serafina Micheli (1849-1911), fundadora do Instituto das Irmãs dos Anjos, passava pela cidade de Eisleben, na Saxônia, Alemanha.
 Eisleben é a cidade natal de Lutero. E, naquele dia comemorava-se o quarto centenário do nascimento daquele grande heresiarca (10 de novembro de 1483).
 Lutero dividiu a Igreja e a Europa. Dessa divisão adviriam crudelíssimas guerras de religião que duraram décadas a fio.
 A população aguardava o imperador alemão Guilherme I (primeiro) que devia presidir as solenidades.
 A futura beata não se interessou pela agitação e seu único desejo era encontrar uma igreja onde pudesse rezar e visitar a Jesus Sacramentado.
 As igrejas estavam fechadas e já era noite.
 Na escuridão localizou uma com as portas trancadas, mas se ajoelhou nos degraus de acesso.
 Pela falta de luz não percebeu que a igreja não era católica, mas protestante.
 Enquanto rezava lhe apareceu o anjo da guarda e lhe disse:
‒ ”Levante porque este é um templo protestante”. 
 E acrescentou:
‒ ”Eu quero te fazer ver o lugar aonde Martinho Lutero foi condenado e a pena que sofre como castigo de seu orgulho”. 
 Depois destas palavras, a santa religiosa viu uma horrível voragem de fogo, na qual era cruelmente atormentado um número incalculável de almas.
 No fundo dessa voragem via-se um homem: Martinho Lutero.
 Ele se distinguia dos outros porque estava rodeado de demônios que o obrigavam a ficar de joelhos.
 Todos esses espíritos imundos equipados com martelos se esforçavam, em vão, para enfiar-lhe na cabeça um grande prego.
 A freira achou que se o povo que estava na festa visse aquela cena dramática, certamente não tributariam honras, lembranças, comemorações e festejos a semelhante personagem.
 Desde então, Sóror Serafina sempre que aparecia a ocasião exortava suas irmãs de religião a viverem na humildade e no esquecimento dos outros.
 Ela estava convencida que Martinho Lutero foi condenado ao Inferno, sobretudo por causa do primeiro pecado capital: a soberba.
 O orgulho fez que ele caísse no pecado capital e o levou para a aberta rebelião contra a Igreja Católica.
 A sua péssima conduta moral, sua atitude de revolta contra o Papado e a sua pregação de más doutrinas pesaram muito no desvio de muitas almas superficiais e mundanas que caíram na perdição eterna.
 Sóror Serafina foi beatificada na diocese de Cerreto Sannita, província de Benevento, em 28 de maio de 2011.
(Fonte: Milizia di San Michele Arcângelo).

Capítulo 23. O renascimento e a reestruturação na Igreja.

 No início do século XVI (16) a Europa era toda Católica, o período conhecido como Renascimento caracteriza o ressurgimento do paganismo na Europa, o início do declínio da verdadeira fé cristã na Europa. Ao mesmo tempo uma nova heresia surgia e se alastrava por toda parte, a reforma protestante, isso tudo aliado a uma Igreja Católica que na época passava por dura devassidão e a baixa moralidade da parte dos filhos da Igreja forçaram a mesma a fazer mudanças que hoje analisamos que foram primordiais.
 A formação de padres até aquela época era muitas vezes incompleta, e surgiam sacerdotes com más vidas.
 Encabeçada por Santo Inácio de Loyola a Igreja deu início a uma reestruturação que culminou em monastérios que preparavam melhor os sacerdotes e um maior controle de toda a Igreja. A Companhia de Jesus, que são os Jesuítas encabeçara a contrarreforma e recuperaram muitos lugares onde a heresia protestante tinha se alastrado. Os Jesuítas foram evangelizar no mundo todo e tiveram gigantesca participação na América do Sul.

Capítulo 24. Guerras entre Católicos e protestantes.

Após a reforma protestante se expandir houve conflitos entre católicos e protestantes, e o mais famoso foi a guerra dos 30 anos na Europa, e esses conflitos se estenderam até a América, sendo que no nordeste do Brasil ainda colonial, dominado por portugueses que eram católicos foi invadido por holandeses que eram protestantes.

Capítulo 25. Inquisição protestante e perseguição a católicos em países de dominância protestante. 

 Muito se esconde e pouco se fala dos crimes cometidos por protestantes contra católicos e sua infame inquisição.
 Muitos desses crimes ocorreram em países de dominância protestante, mas também ocorreram em países de maioria católica.
 Na inquisição católica eram julgados apenas católicos e tinham direito à ampla defesa, justiça muito, muito mais branda do que os tribunais da revolução francesa. Na inquisição protestante as pessoas eram condenadas sem direito a defesa e aqueles que não concordassem em se batizar em algumas dessas seitas eram muitas vezes mortos ou deixados isolados para morrer de fome.
 Lutero o fundador do protestantismo mandou matar os anabatistas que eram outro grupo protestante formado por camponeses, cerca de 100 mil pessoas foram assassinadas, seus soldados invadiram Roma na intenção de matar o Papa e mataram mais de 30 mil pessoas entre elas doentes em leitos de hospitais.
 Foi também Lutero quem escreveu um diabólico folheto chamado “contra os judeus e suas mentiras” o qual ele dizia que os judeus são pequenos demônios destinados ao inferno, mandou queimar suas sinagogas, “negue a eles tudo o que disse anteriormente. Force-os a trabalhar e trate-os com toda sorte de severidade. Eu estou fazendo a minha parte”. Lutero aconselhou as pessoas a tratar os judeus com toda a maldade e ainda escreveu “é culpa nossa de não matar eles.
 Nem 1% dos cerca de 17 mil pastores evangélicos da Alemanha negaram apoiar o Regime Nazista. A Igreja Luterana e reformadas apoiaram amplamente e foram cúmplices do Nazismo. Hitler simpatizava com Lutero, por ele a Igreja Protestante poderia ser a Igreja oficial da Alemanha. O Pastor Wilhelm Rehm disse que Hitler não seria possível sem Lutero. O editor do jornal oficial Nazista Julios Streicher em seu julgamento em Nuremberg se defendeu dizendo que não tinha dito nada além do que Lutero tinha escrito 400 anos antes.
 Cerca de 75% das pessoas que participaram dos Regimes Nazista e Fascista eram protestantes e inclusive protestantes se vestiam de Bispos a serviço de Hitler. Uma resolução que contava com um número recorde de 20 mil protestantes votou; Hitler era a conclusão da Reforma; que judeus batizados deveriam ser expulsos da Igreja Protestante; e que o Velho Testamento deveria ser excluído das Sagradas Escrituras. Hitler odiava o verdadeiro cristianismo que é a fé católica, o Papa Pio XII (12) e toda a Igreja Católica, Hitler foi um precursor do Anticristo e ele queria ser Deus! Documentos descobertos recentemente comprovam que Bispos Católicos da Alemanha já tinham excomungado membros do partido Nazista em 1933.
 Calvino participou da matança dos anabatistas e de católicos e condenou a fogueira o médico Miguel Servet Grizar descobridor da circuncisão sanguínea e era conhecido por mandar matar quem não concordasse com ele, também foi um grande tirano de Genebra.
 Benedict Carpzov e junto de demais protestantes queimaram na fogueira muitas supostas bruxas e apenas Nicolas Romy matou mais de 900 supostas bruxas, Froelling e alguns deles até queriam também matar os filhos das mesmas e Frans Buirmann em um vilarejo de cerca de 300 pessoas mandou queimar cerca de 150 delas e entre essas pessoas houve até crianças.
 Matheus Hopkins por fazer testes com supostas bruxas quando sentia atração sexual pelas mesmas foi condenado mais tarde pelos próprios protestantes acusado de satanismo. Henrique Rei da Inglaterra no século XVI (16) tentou anular seu casamento com a Rainha e como o Papa recusou ele fundou a sua própria Igreja, a anglicana e casou-se com sua amante e anos mais tarde a assassinou para se casar novamente e quando Henrique VIII (oitavo) morreu ele já tinha se casado 6 vezes. Muitos católicos foram martirizados na Inglaterra e em toda Grã-Bretanha.
Perseguições também nos E.U.A.
 Na Irlanda protestantes massacraram católicos e abandonaram ao sul os sobreviventes para morrerem de fome.
 No dia 15 de julho de 1570 durante o Brasil colonial um barco que transportava padres da ordem dos jesuítas foi abordado por outro barco que levava protestantes e esses mataram o Beato Inácio de Azevédo e seus 39 companheiros que não
esboçaram qualquer reação e apenas elevando seus olhos ao céu se tornaram mártires. Na Bahia quando os holandeses que eram protestantes invadiram a região queimaram Igrejas e mataram padres e católicos, e até mesmo dentro de Igrejas.
 No Brasil em 1645 no Rio Grande do Norte uma seita protestante matou mais de 100 católicos por não aceitarem se batizar na sua seita.
 E fica bem claro qual é o verdadeiro lado intolerante, pois, esses crimes podem ser provados pois os próprios líderes protestantes fizeram questão de registrar tal barbáries por acreditarem que eram atos de honra. Diferentemente do catolicismo que é muito acusado de assassinatos, mas, porém, nada se prova.

Capítulo 26. Adulterações bíblicas e distorções. 

 As bíblias das versões protestantes são mutiladas, pois, tem sete livros a menos que as católicas. Pois esses livros foram inicialmente retirados por Lutero e elas chegam até os dias de hoje assim.
 O perigo de ler versões protestantes é que essas bíblias estão propícias a adulterações e sofrem adulterações, mudando algumas palavras e a pontuação se muda o sentido das passagens.
 Se não fosse a Igreja Católica hoje não teríamos a bíblia e se não fosse a Igreja Católica preservar a bíblia até os dias de hoje seríamos privados dos verdadeiros ensinamentos bíblicos e facilmente enganados por falsos profetas (Mateus 7, 15-20), bem que muitos ainda estão seguindo falsas doutrinas, a grande maioria por ignorância de não conhecer a verdadeira Igreja.

Capítulo 27. A Igreja no século XX (20) e na atualidade. 

 Os Papas do século XX (20) passaram por momentos muito difíceis e nunca antes vistos pela humanidade, duas guerras mundiais, muitos genocídios, como o armênio, o surgimento do comunismo, marxismo, marxismo cultural e a Rússia espalhando seus erros pelo mundo, a seita secreta danificando a Igreja, e viram o mundo se tornar cada vez mais depravado, devasso e ímpio.
 O comunismo perseguiu muito a Igreja em todo o mundo, milhares de pessoas foram assassinadas por seus líderes, e infelizmente muitos religiosos se juntaram e ainda se juntam a essa ideologia ateísta e assassina. Tudo isso por que as mensagens de Nossa Senhora de Fátima foram ignoradas. E o católico que apoiar o comunismo, está automaticamente excomungado.
 Durante a Primeira Guerra Mundial o mundo vivia em uma carnificina, na Segunda Guerra Mundial a Igreja liderada pelo Papa Pio XII (12) salvou grande número de judeus das mãos dos nazistas e fascistas, escondendo-os aonde podia, em conventos, mosteiros, Igrejas, no próprio Vaticano, afinal, em qualquer lugar que podia. No mês de setembro de 1945 o secretário-geral do Congresso Hebraico Mundial Leon Kubowitzky agradeceu pessoalmente ao Papa Pio XII (12) pelos seus esforços para salvar os judeus das perseguições nazistas e fascistas. Moshe Sharett vice-primeiro-ministro israelense agradeceu pessoalmente ao Papa após a guerra por tudo o que ele e toda a Igreja fizeram para proteger os judeus em vários países. No livro Three Popes and the Jews do Diplomata Pinchas Lapide publicado em 1967, que foi Cônsul de Israel em Milão e entrevistou os italianos que sobreviveram ao Holocausto, disse que o Papa Pio XII (12) ajudou de maneira substancial para salvar mais de 700 mil judeus das garras dos nazistas, talvez até 860 mil.
 Sendo que após a guerra muitos judeus famosos como Albert Einstein, Golda Meir, Moshe Sharett, Rabbi Isaac Herzog e muitos outros expressaram publicamente sua gratidão para com Pio XII. Pio XII que consagrou a Rússia em 1952.
 O Santo Padre o Papa Pio X (10) prolongou e criou o juramento Antimodernista. Que deveria ser feito por todos os Papas posteriores para impedir que o modernismo entrasse a todo custo na Igreja.
 No concílio Vaticano II (segundo) a Igreja mudou sua visão e abordagem em muitas questões.
 Oque jamais deveria ter ocorrido. Com novos pregadores com novos sacramentos, novos templos, novos batismos, novas confraternidades.
 Também no século XX (20) na década de 20 no México o tirano e impiedoso Presidente, socialista e maçom Plutarco Calles deu início a uma gigante perseguição a Igreja e a católicos em todo o país, e tinha como objetivo acabar com qualquer sinal da fé católica no México. Para isso ele articulou para aprovar leis que visavam destruir a Igreja e pouco tempo depois começou a perseguir, prender e assassinar religiosos e a perseguição foi geral a católicos em todo México. A população católica já não suportando mais toda essa impiedade e tirania organizou resistência armada para combater os hereges, pagãos e homicidas.
 E esses conflitos deram origem a Guerra Cristiada ou Guerra Cristeira, soldados conhecidos por Cristeiros porque lutavam por Jesus Cristo. Nessa época vivia Beato José Luiz Sanchez del Rio e mesmo com 14 anos lutou bravamente e foi martirizado por amor a Jesus Cristo, e junto de muitos outros que deram suas vidas por amor a Jesus e a Virgem de Guadalupe e assim se tornando mártires do México. VIVA CRISTO REI! VIVA NOSSA SENHORA DE GUADALUPE!
 A grande quantidade de católicos e religiosos perseguidos e mortos na guerra civil espanhola.
 Atualmente a Igreja é a instituição mais antiga do mundo, a maior organização caritativa e educacional do mundo, com os dogmas que são verdades de fé irrevogáveis e deve se manter fiel aos ensinamentos de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e dos Apóstolos e não deve ceder a movimentos que só visão a degradação e depravação da raça humana. Apesar da infiltração de hereges que só visão a destruição da Cátedra de São Pedro.
 A sua missão é evangelizar toda o mundo até a volta de nosso Senhor Jesus Cristo, e salvar o maior número de almas possível e ela vai continuar nessa caminhada até que seja a hora da consumação dos tempos. Mantendo-se totalmente fiel aos ensinamentos de Jesus Cristo e a tradição que vem dos Apóstolos. Caso contrário não será a verdadeira Igreja do Cordeiro! Mas sim uma falsa Igreja Católica que terá o objetivo de enganar e perder o maior número de almas.

Capítulo 28. A Igreja na América Latina e no Brasil. 

 A América do Sul é o continente com o maior número de católicos do mundo e isso devesse muito a colonização Espanhola e Portuguesa, países muito católicos e principalmente junto dos jesuítas e de toda a Igreja e o Novo Mundo foi evangelizado, e o cristianismo está enraizado em sua cultura.
 Hoje as seitas e falsas doutrinas se espalham pela a América, e muito disso se deve ao fato de muitos católicos não conhecerem sua fé. Muitas vezes são atacados e não sabendo se defender abandonam a Igreja de Cristo e começam a trilhar caminhos duvidosos e colocam em jogo sua salvação, seguindo doutrinas criadas por mãos humanas.
 O presidente santo e mártir Garcia Moreno, do Equador que viveu no século XIX (19) é um modelo a ser seguido por todos os líderes da América Latina e do mundo inteiro. Um fervoroso católico tradicionalista, o qual combateu a corrupção, preservou e incentivou os bons costumes e melhorou a qualidade de vida do seu povo, conservou uma verdadeira e fervorosa fé católica em toda a nação e combateu as heresias, entre elas principalmente a maçonaria.
 De nada tem em razão aqueles que erroneamente afirmam que a América do Sul é subdesenvolvida por culpa da fé que grande maioria de seus povos professam, o que uma justiça social que dessem condições de vida digna a todos resolveria e uma economia que
dessem condições de crescimento sem sufocar as pessoas com altas taxas de lucros e pesados impostos. Sem o materialismo, comunismo e o homem tomando o lugar de Deus.
 A corrupção é um mal terrível em geral, mas as classes governantes corruptas causam consequências terríveis e devastadoras aos seus povos. Peçamos a intercessão de Nossa Senhora de Guadalupe que é a padroeira da América Latina.
 Ayrton Senna do Brasil, o melhor e maior piloto da história. Um herói e ídolo, um exemplo, Católico, um homem de Deus, e para sempre lembrado. Grande Senna, nosso Campeão! Assassinado pelos Senhores do mundo em 1994. Assim como muitos outros que tiveram coragem de os afrontar e revelar seus planos diabólicos. Mas o castigo dos ímpios virá, pois, a vingança é do Senhor. (Romanos 12, 19) (Deuteronômio 32, 35)
 O Brasil é o país com o maior número de católicos no mundo, um povo batalhador, sofredor e pecador, mas que busca a Deus. Uma maioria que a classe política em sua grande maioria corrupta não representa e uma classe política anticristã, anticatólica. Nossa Senhora da Conceição Aparecida é a Padroeira e Rainha do Brasil e em 12 de outubro se comemora seu dia.
 Já tentaram implantar o comunismo no Brasil através de armas e não obtiveram sucesso, e mudaram a tática e a anos vem usando o marxismo cultural o qual causou duras consequências, conseguiram dominar praticamente todas as esferas. Nas universidades e escolas existe uma doutrinação, que visa alienar as crianças e os jovens, destruir os bons costumes e incentivando tudo o que a verdadeira fé católica condena, o objetivo é uma alienação e depravação geral. Muitos religiosos abraçaram e abraçam o comunismo no Brasil e em toda América Latina. E no Brasil existe uma grande dominância de partidos políticos de esquerda e tudo o que for contrário a eles e os combater é demonizado e atacam da forma mais baixa quem os confronta, o que também não é diferente em toda a América e em todo o mundo.
 O nazismo que matou 6 milhões de judeus (ou um número menor) é justamente demonizado e proibido em muitos países. Então por que o comunismo que no mundo todo matou mais de 200 milhões de pessoas é abertamente defendido, propagado e que tem até partidos políticos com esse nome desprezível no Brasil e no mundo todo.
 A heresia do protestantismo cresce no Brasil muito por que muitos católicos são completos ignorantes da verdadeira fé católica e muitas acreditam erroneamente que qualquer igrejinha ou igrejolas servem para salvar suas almas. E lembrando que muitos líderes e donos dessas falsas igrejas são maçons, o que é muito irônico.
 Não em vão os Papas que vem desde da antiguidade e que são os representantes visíveis de Cristo na terra declararão em Ex Cathedra que “fora da igreja católica não existe salvação” e que “não pode ter Deus por Pai no céu, quem não tem a Igreja Católica por Mãe na terra”.
 A América do Sul é o continente mais católico e devemos lutar para defender a verdadeira fé cristã, e como filhos da Igreja Santa, Una, Católica, Apostólica, devemos ajudar a libertar nossos irmãos das amarras da ignorância. Sendo filhos da Igreja dos Apóstolos, da tradição que vem deles e que jamais deveremos negar o verdadeiro Cristo e Messias que é Jesus, nosso Senhor e único Salvador.
A RCC é um movimento de origem protestante pentecostal, grupos de oração onde as pessoas gritam, histericamente e ao mesmo tempo, cada qual uma oração diferente, emitindo sons ininteligíveis (animalescos até), desmaiando pelo chão, dançando, aplaudindo, pulando, etc. A Santa Igreja sempre valorizou sumamente a oração silenciosa, recolhida, ordenada, séria, reverente e ortodoxa, bem como a solenidade e esplendor da sagrada Liturgia.
 A Teologia da Libertação (Pastoral da Juventude e CNBB “não todos, mas boa parte”) é marxista (comunista), contra a moral católica, missas sacrílegas, não acatam a autoridade, preferem livros comunistas e de esquerda, rejeitam a tradição, etc. Eu vos digo, a verdade não muda, e felicidade plena só no céu, aqui é só uma passagem. Irmãos abram seus olhos para doutrinas não católicas, falsas doutrinas, pratiquem apenas a verdadeira e tradicional fé católica, tudo o que for contrário a ela rejeitem. Essas práticas não são verdadeiramente católicas. São filhas da grande apostasia.
 O comunismo, as seitas e falsas doutrinas enganam a muitos, a grande maioria por ignorância e apenas uma pequena parte adere a elas por má-fé.
 No ano de 1936 no Nordeste Brasileiro, Nossa Senhora apareceu a duas meninas, Maria da Luz que veio a se tornar Irmã Adélia e a Maria da Conceição, que foram as videntes das aparições da Santíssima Virgem Maria no interior de Pernambuco, em Pesqueira, em uma região montanhosa e de difícil acesso, ela fez alertas graves sobre o comunismo no Brasil, e isso reflete coisas que já aconteceram, acontecem e ainda podem vir a acontecer e de modo muito pior em todo o Brasil e todo o mundo. (É apenas uma pequena parte do total das revelações feitas por Nossa Senhora).
 Um padre acompanhou as meninas, e fazia perguntas-teste, que as meninas separadamente que não teriam condições de responder: perguntas teológicas, em latim e alemão, que as meninas repassavam as
respostas de Nossa Senhora.
 "Sou a Mãe da Graça e venho avisar o povo que aproximam três grandes castigos".
 Nossa Senhora tinha sangue nas mãos. O sacerdote perguntava em alemão e latim, e a menina, que só sabia o português, repassava o que Nossa Senhora respondia.
 O sacerdote perguntou o seguinte:
- Que é necessário fazer para desviar os castigos? – “Penitência e oração”.
- Qual a invocação desta aparição? – “Das Graças”.
- Que significa o sangue que corre das vossas mãos? – “O sangue que inundará o Brasil”.
- Virá o comunismo a penetrar no Brasil? – “ Sim”.
- Em todo o País? – “Sim”. 
- Também no interior?  Não”.
- Os padres e os bispos sofrerão muito? – “Sim”.
- Será como na Espanha? – “Quase”.
- Quais as devoções que se devem praticar para afastar esses males? - “Ao coração de Jesus e a mim”.
- Esta aparição é a repetição de La Salette? – “Sim”.
 A fonte de água que havia no local em que Nossa Senhora disse ter abençoado, ficou como prova para a veracidade das aparições, logo que começou as peregrinações de fiéis ao local, passou a ocorrer curas extraordinárias.
 Essas aparições têm muito mais fatos. Foi ocultada intencionalmente, mas Deus não deixaria isso no oculto, e essa Aparição de Nossa Senhora no Nordeste Brasileiro em 1936 tem muita semelhança as aparições de La Salette e Fátima.
 O católico que apoiar o comunismo está automaticamente excomungado! Decretos do Papa Pio XII (12).
 Sejamos patriotas, amemos nossa pátria. “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.” (Jair Messias Bolsonaro).
 Por isso Oração e Penitência.

Capítulo 29. A Igreja pelo Mundo. 

 Assim como nosso Senhor Jesus Cristo ordenou ide pelo mundo e fazei discípulos, a Igreja tem feito nesses 2000 mil anos, levando a luz de Cristo por toda à terra, anunciando o reino dos céus e levando a salvação a todos os povos.
 Aonde a Igreja católica chegou seus primeiros fiéis foram feitos mártires, esses mártires que muitas vezes foram o adubo que impulsionou cada vez mais cristãos a essas regiões.
 A fé católica, a Igreja Católica está por todo o mundo, em certos lugares com mais fiéis e em outros apenas uma pequena minoria, mas que está presente também lá. A verdadeira fé católica é uma fé tradicionalista.
 Os cristãos são muito perseguidos por extremistas
(muçulmanos) no norte da África e no Oriente Médio, esses extremistas são verdadeiras legiões de satanás e em algumas regiões na Ásia. Estima-se que mais de 200 mil cristãos são assassinados todos os anos no mundo por professarem sua fé em Jesus Cristo. Nessas regiões são proibidos de professar a fé em Cristo, sendo perseguidos e muitas vezes torturados ou mortos por professar sua fé. Muitos governantes dessas regiões são declaradamente anticristãos e perseguidores da verdadeira Igreja de Jesus Cristo.
 A Europa um dia o continente que foi inteiramente católico, é invadido pelo islamismo que é uma falsa doutrina que a séculos atrás tentou acabar com o cristianismo na forma de guerra santa, uma falsa doutrina intolerante que mata aqueles que não aceitam ou querem sair de tal erro. A Europa está se paganizando novamente, juntamente do ateísmo, espiritismo, e demais heresias.
 A África é o continente onde existe mais pobreza e miséria no mundo e é aonde a Igreja tem grandes missões e desafios. Muitos ainda não conhecem a Jesus e a luz de Cristo brilhará para eles. Muito dessa pobreza é por causa de governantes impiedosos e corruptos, a África teria condições de ser o celeiro do mundo.
 A Ásia tem um pouco número de Cristãos por se tratar do continente mais populoso do mundo, mas a Igreja está lá mesmo em pequeno número. As pessoas na Ásia em sua grande maioria estão entregues ao comunismo ou adorando falsos deuses que na verdade são demônios, entre essas falsas doutrinas estão o budismo, hinduísmo e crendo na heresia da reencarnação. E não conhecem o santo nome de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, o único Deus verdadeiro, Deus Uno e Trino, em 3 pessoas.
 Na América do Norte e Central a Igreja está presente na sociedade. Nessas regiões as pessoas em sua maioria estão entregues a heresia protestante.
 A Oceania é mais distante, mas a Igreja Católica está lá, a Igreja que deve sempre ser fiel aos ensinamentos de Jesus Cristo, as tradições dos apóstolos e as dos santos padres dos primeiros séculos e a autoridade dos Papas da antiguidade e dos séculos passados, caso contrário não é a verdadeira Igreja de Jesus Cristo.
 E a seita secreta da maçonaria danificando a verdadeira Igreja Católica principalmente após o Concílio Vaticano II (segundo), mas Deus é maior e mais forte do que o demônio e não tardará em exercer sua divina justiça e derrubará o corruptor e seus seguidores.
 A Igreja tem muitos inimigos, mas o chefe de todos eles se chama diabo e satanás, aquela antiga serpente, ruído de orgulho com uma cabeça cheia de soberba ataca incansavelmente a Igreja, porém Deus é maior que o demônio e não tardará a castigar os ímpios.
 Os globalistas e senhores desse mundo (illuminatis, ONU e N.O.M) estão se preparando e esperando pelo Anticristo, os governantes e líderes religiosos de todo o mundo vão e já estão se unindo para isso. Eles querem implantar o reino do Anticristo na terra e já estão muito próximos disso. George Soros é um satanista e esquerdista que sem dúvidas trabalha duro para a depravação, e degradação de cada vez mais da raça humana e está preparando o terreno para o Anticristo.
 As pessoas devem ter uma verdadeira e fervorosa fé católica tradicionalista. Ter uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria e demais devocionais, sacramentais e velas bentas, a Santa Cruz, medalha milagrosa e medalha de São Bento, escapulário de Nossa Senhora do Carmo, devem rezar diariamente o Santo Rosário com devoção e piedade e as demais orações católicas.

Capítulo 30. Fé católica, a verdadeira fé cristã.

 A verdade é; Cristo Fundou a Igreja Católica sobre Pedro, os Apóstolos e o Papado continua até os dias de hoje. A Igreja católica sempre será e continuará a ser perseguida, porém, não pode ser Destruída, Nero, Napoleão, Hitler e outros ditadores tentaram, mas não conseguiram, e Cristo sempre estará com ela, promessas do próprio Senhor Jesus Cristo. A Igreja Católica é o Corpo de Cristo e a Cabeça da Igreja Católica é o próprio Senhor Jesus Cristo. A Igreja Católica vem a 2000 anos sendo guiada pelo Espirito Santo. E a Igreja Católica é Santa. Quantidade de corpos incorruptos, milagres verdadeiros. Fé e Boas Obras, Sagrada Tradição e Sagradas Escrituras, O Jesus que está na bíblia ele é Rei do reino celeste, ele não é rei do reino material.
 Deus nos Deu além de Jesus, Nossa Senhora e os Santos, para alegrar nossos corações e mantermos nossa fé ativa e nos proteger dos ataques do maligno. Para facilitar ainda mais que Deus chegue até nós, e o corpo de Cristo que é a Igreja Católica para a manutenção de nossa fé e para nossa Salvação. Se você deixou ou nunca fez parte da Única e Verdadeira Igreja De Jesus Cristo eu te convido a voltar ou conhecer a verdadeira Santa Igreja Católica, conheça as histórias dos Santos e siga os exemplos desses homens e mulheres que escolheram dedicar sua vida a fazer o bem e realizar milagres com a graça de Deus. Praticando uma fervorosa fé católica tradicionalista.
 Se uma pessoa se identifica cristã, automaticamente ela está dizendo que é católica, porque existe apenas uma Igreja verdadeira, e se você diz crer em Jesus Cristo então está no seu rebanho (as ovelhas desgarradas que estão nas mãos dos lobos e do inimigo), a diferença é que tem os católicos que estão em comunhão plena com a Igreja e o Papa, mas não pode ser um falso Papa, na verdade seria um herege, ele seria um Antipapa um inimigo da Igreja de Jesus Cristo e da verdadeira fé tradicionalista católica, tem aqueles cristãos que seguem alguma denominação ou seita e até mesmo aqueles que dizem crer em Jesus mas não em religião. Apenas a verdadeira e tradicional religião católica foi revelada por Deus, a verdadeira fé católica é o único meio seguro e garantido de salvação para as almas e em Ex Cathedra “Fora da (verdadeira) Igreja Católica não existe salvação.”
 “Quanto tiverdes algum aborrecimento e desgosto, lembra-te de Cristo crucificado e cala-te.” (São João da Cruz)
 Oração, Penitência e mudança de vida.
 A verdade é apenas uma, e deve ser dita sempre, e transmitida sem medir esforços, as heresias que são muitas, pois a verdade é apenas uma, muitas pessoas estão paganizadas, em má vidas, cometendo heresias, tudo isso porque são ignorantes e pobres almas muitas vezes não tem noção do mal que fazem, mas agora tem aqueles que conhecem a verdade mas mesmo assim a negam, esses são os embaixadores do mal, e são servos do demônio e igual a ele mentem, e muito.

Capítulo 31. O livro de Apocalipse e as profecias de Daniel. 

Teólogos concordam que o livro Apocalipse já foi mais de 95% concluído, juntamente das profecias de Daniel eu posso dizer que os outros 5% restantes estão bem descritos e detalhados nos capítulos 57, 58, 59, 60 e 61 deste livro.
 Mas para entender realmente o livro Apocalipse e não se atirar a fazer interpretações errôneas e semear erros, leia o livro “A Mística Cidade de Deus - Vida da Virgem Maria” da Sor Maria de Jesus Agreda do século XVIII (17), esse livro faz revelações únicas e ensina o real sentido do livro Apocalipse.

Capítulo 32. “Eu venci o mundo.” 

 Jesus disse que venceu o mundo, então por que temos que ter medo, como São Paulo disse, nada pode nos afastar de Jesus se realmente quisermos ser seus discípulos. 
 Não somos seres perfeitos, cometemos erros e pecamos. 
 Não estamos imunes a nada nessa vida, as doenças, as tragédias, as desilusões, a tristeza, frustrações e mágoas. 
 Jamais desista da sua vida, por mais difícil que ela possa ser, Deus sabe assim como você o que todos os dias tem que passar para poder sobreviver. 
 Não coloque sua esperança nos homens, mas sim em Deus, confie nele e siga seus mandamentos, apenas ele tem o poder de te dar a vida após a morte, aonde não terá mais dor e nem choro, pois, todas as coisas já serão passadas. 
 A depressão, problemas cardíacos, doenças incuráveis, doenças raras, ou que limitem o corpo ou a mente, as dores não são maiores do que Deus. Deus é maior do que tudo que te aconteceu ou acontece. 
 A tantas pessoas sendo oprimidas, exploradas, mortas, torturadas diariamente física ou emocionalmente, meus irmãos eu lhes digo, esperem no Senhor, pois ele fará justiça a todos os que clamam. 
 Lute para conquistar a coroa da vida e sejam fiéis a Jesus até a morte e receberão a coroa da vida eterna. 
Assim como perseguiram Nosso Senhor Jesus Cristo, a nós também perseguem.
 As guerras, a mortandade, a fome, as pragas e nenhum flagelo pode te privar do amor de Deus. 
 Confie no Senhor, coloque seus muitos e graves pecados e problemas nas mãos do Senhor, ele é a rocha eterna, o único Deus verdadeiro que pode te dar a vida eterna. 
 Prefira obedecer a Deus a obedecer aos homens. Tema a perniciosa heresia, pois ela sim afasta da graça divina. E se tiver que enfrentar o martírio por crer em Jesus, ele alegremente te entregará a coroa da vida por se manter fiel até na morte. 
 As tribulações, as provações, as dificuldades, as aflições, as perseguições e tudo que nos acontecer devemos suportar com fé e amor, que encontraremos verdadeira alegria no Senhor. 

Capítulo 33. Busquemos a Santidade e nos esforcemos na luta contra o pecado. 

 Sem santidade é impossível ver a Deus. Jesus no sermão das montanhas chamou a todos a serem santos e a buscar as bem-aventuranças. 
 Devemos buscar a cada dia seguir a vontade de Deus em sua plenitude, seus mandamentos, às sete virtudes, os ensinamentos das escrituras e da tradição da Igreja. 
 Não será fácil, pois não somos perfeitos, na verdade somos pecadores, cometemos muitos pecados e às vezes pecados graves. Somos pecadores e miseráveis, mas somos filhos e filhas muito amados do Senhor. Deus odeia o pecado mas ama o pecador. 
 Não desanime, não existe alma perdida, enquanto nesse mundo todos os dias temos a oportunidade de renunciar aos pecados e heresias que cometemos, que muitas vezes nem sabemos, de abandonarmos nossas más vidas, saiamos desse estado paganizado onde hoje muitos se encontram. Oração e Penitência. 
 Não desista de Deus e não busque por fantasias, por falsas doutrinas e o materialismo. Não se prostitua com falsos Deuses. Não se coloque jamais no lugar de Deus. Não busque tentar saber o futuro com magias ou com heresias, confie apenas em Deus o seu destino. Não seja um servo de Satanás e de demônios. 
 Vivamos na esperança de um dia sermos salvos, busquemos levar uma vida santa, e renunciemos aos nossos pecados, e lute por sua alma e daqueles que ama. 
 O verdadeiro católico deve conhecer sua fé e a praticar, deve viver ela no seu dia a dia, viver uma fé católica tradicionalista. Não seja um falso católico (Isaías 5, 20), que pratica e concorda com aquilo que a Igreja é contra e condena. 

Capítulo 34. Orações, devoções, penitência e os benefícios da Santa missa. 

 Eis aqui as principais armas na luta contra o pecado e para a salvação de nossas almas. Rezai, rezai muito e dobrai vossos joelhos e fazei penitência.
 Orar é falar com Deus, a oração deve ser praticada diariamente, para agradecermos, pedir perdão, proteção e pedimos por nossas necessidades espirituais e temporais. Oração, Penitência e mudança de vida. 
 Jesus Cristo é eternamente misericordioso conosco, e devemos fazer penitência por nossos pecados e pelos pecados do mundo inteiro. Nossa Senhora em suas aparições ensinou que devemos jejuar apenas com pão e água nas quartas e sextas-feiras
(pelo menos até as 6 da tarde ou 18 horas), o melhor jejum é o de pão e água (ou retirar pelo menos a carne e alimentos doces). Durante o tempo da quaresma, não comer carne obrigatoriamente na quarta-feira de cinzas e sexta-feira santa, e de preferência o dia todo durante esse período. (Nota: quantas pessoas não tem o alimento diário e passam fome, ou tem alguma limitação que não permitem fazer jejum, essas pessoas estão liberadas).
 Muitas são as orações, os muitos Santos são nossos irmãos maiores e podemos rezar a eles e pedir sua intercessão, aos Arcanjos e Anjos, a Trindade deve ser adorada, a muitas orações e devoções a Nossa Senhora. 
 As Imagens Sacras, o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, medalhas como a de São Bento, São Miguel Arcanjo, Nossa Senhora das Graças, as novenas, os crucifixos de parede ou que podemos carregar com um cordão no pescoço entre outros. Ouça orações ou leia elas em Latim. Ouça ou assista missas Tridentinas que são em Latim. 
 As devoções nos dão confiança e nos animam a continuar lutando. Mas não são amuletos mágicos. A sua eficácia contra a mal e sua ação para nossa proteção está diretamente ligada mediante a nossa fé, se tivermos fé elas fazem o efeito que necessitamos. (Mateus 7, 7-14).
 O Santo Rosário é o antídoto para esse mundo de depravação e iniquidade, a Virgem Santíssima mandou rezar o Rosário diariamente e ela fez 15 promessas para aqueles que o rezarem todos os dias. 
(Marcos 14, 39) (Mateus 26, 44)
 O Santo Rosário; 
 (O Santo Rosário é rezar todos os 15 mistérios Tradicionais, rezem todos os dias, e o
Terço é rezar os 5 mistérios de acordo com o dia de cada um, ao menos rezem o Terço. “Os mistérios luminosos são opcionais as quintas”). 
 “Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos, Deus nosso Senhor, dos nossos inimigos. 
 Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém 
 Concedei-nos, por intercessão da Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe, as virtudes que são necessárias para bem rezar este Rosário e a graça de ganharmos as indulgências desta santa devoção. 
 Creio... 
 1º. Conta: Pai Nosso 
 2º. Conta: Dignai-vos a Maria filha bem-amada do Pai Eterno; Ave-Maria 
 3º. Conta: Dignai-vos a Maria Mãe admirável de Deus Filho; Ave-Maria 
 4º. Conta: Dignai-vos a Maria, esposa fidelíssima de Deus Espírito Santo; Ave-Maria 
 5º. Conta: Glória ao Pai
 No Primeiro Mistério Gozoso contemplamos a Anunciação do Anjo e a Encarnação do Verbo no seio puríssimo de Maria. (Lucas 1, 26-38) (Gozosos na segunda, quinta e sábado).
 No Primeiro Mistério Doloroso contemplamos a Agonia de Nosso Senhor Jesus Cristo no Horto das Oliveiras.
(Lucas 22, 44) (Dolorosos na terça e sexta-feira).
 No Primeiro Mistério Glorioso contemplamos a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. (Mateus 28, 1-6) (Gloriosos no domingo e quarta-feira).
 1 Pai Nosso 
 10 Ave-Maria 
 Glória ao Pai 
 Ó meu Jesus 
 Ó Maria concebida sem pecado 
 No Segundo Mistério Gozoso contemplamos a Visitação de Nossa Senhora a sua prima Santa Isabel. 
(Lucas 1, 39-49)
 No Segundo Mistério Doloroso contemplamos a Flagelação de Nosso Senhor Jesus Cristo
. (Mateus 27, 26) (Marcos 15, 15)
 No Segundo Mistério Glorioso contemplamos a Ascensão de Nosso Senhor Jesus aos Céus. (Lucas 24, 36-51)
 1 Pai Nosso 
 10 Ave-Maria 
 Glória ao Pai 
 Ó meu Jesus 
 Ó Maria concebida sem pecado
 No Terceiro Mistério Gozoso contemplamos o Nascimento do Menino Jesus em Belém. 
(Lucas 2, 6-19)
 No Terceiro Mistério Doloroso contemplamos a Coroação de espinhos de Nosso Senhor.
(Mateus 27, 27-31)
 No Terceiro Mistério Glorioso contemplamos a descida do Espírito Santo sobre Nossa Senhora e os Apóstolos no Cenáculo. (Atos 2, 1-4)
 1 Pai Nosso 
 10 Ave-Maria 
 Glória ao Pai 
 Ó meu Jesus 
 Ó Maria concebida sem pecado
 No Quarto Mistério Gozoso contemplamos a Apresentação do Menino Jesus no Templo e a Purificação de Nossa Senhora. 
(Lucas 2, 22-35)
 No Quarto Mistério Doloroso contemplamos Nosso Senhor carregando penosamente a Cruz até o alto do Calvário. 
(Lucas 23, 26-32)
 No Quarto Mistério Glorioso contemplamos a Assunção de Nossa Senhora aos Céus. (Judite 13, 18-20; 15, 10)
 1 Pai Nosso 
 10 Ave-Maria 
 Glória ao Pai 
 Ó meu Jesus 
 Ó Maria concebida sem pecado
 No Quinto Mistério Gozoso contemplamos a perda e o encontro do Menino Jesus no Templo entre os doutores da Lei. 
(Lucas 2, 41-51)
 No Quinto Mistério Doloroso contemplamos a Crucifixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. 
(João 19, 25-27)
 No Quinto Mistério Glorioso contemplamos a gloriosa coroação de Maria Santíssima como Rainha do Céu e da Terra. (Apocalipse 12, 1)
 1 Pai Nosso 
 10 Ave-Maria 
 Glória ao Pai 
 Ó meu Jesus 
 Ó Maria concebida sem pecado 
 Infinitas graças vos damos, soberana Rainha, pelos benefícios que recebemos todos os dias de vossas mãos liberais, dignai-vos agora e para sempre tomar-nos debaixo de vosso poderoso amparo, e para mais vos alegrar vos saudamos com uma Salve Rainha: 
 Salve Rainha! Mãe de misericórdia, vida, doçura, esperança nossa, Salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva. A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre. O clemente, ó piedosa, ó doce, sempre Virgem Maria. 
 Rogai por nós Santa Mãe de Deus. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! 
 Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.” 
 Os 15 benefícios prometidos por Nossa Senhora a quem rezar o Rosário
(Terço).
 1º. A todos os que rezarem meu Rosário com devoção, prometo minha proteção especial e grandíssimas graças. 
 2º. Aquele que perseverar na oração de meu Rosário
receberá graças potentíssimas. 
 3º. O Rosário será uma defesa poderosíssima contra o inferno; destruirá os vícios,
libertará do pecado e dissipará as heresias. 
 4º. O Rosário fará florescerem as virtudes e as boas obras, e obterá para as almas
as mais abundantes misericórdias Divinas; fará que nos corações o amor ao mundo seja substituído pelo amor a Deus, elevando-os ao desejo dos bens celestes e eternos. Quantas almas se santificarão com esse meio. 
 5º. Quem
confiar-se a mim por meio do Rosário não perecerá. 
 6º. Quem rezar meu Rosário com devoção, meditando seus mistérios, não será oprimido pela desgraça. O pecador, se converterá; o justo, crescerá em graças e se
tornará digno da vida eterna. 
 7º. Os verdadeiros devotos de meu Rosário não
morrerão sem os Sacramentos da Igreja. 
 8º. Aqueles que rezarem meu Rosário encontrarão durante sua vida e em sua morte a luz de Deus e a plenitude de suas graças, e participarão dos méritos dos bem-aventurados. 
 9º. Libertarei muito provavelmente do purgatório as almas devotas a meu Rosário. 
 10º. Os verdadeiros filhos de meu Rosário gozarão de uma grande glória no Céu. 
 11º. Os que pedirem por meio do Rosário, obterão. 
 12º. Aqueles que
defenderem meu Rosário serão socorridos por mim em todas as suas necessidades. 
 13º. Obtive de meu Filho que todos os membros da Irmandade do Rosário tenham por irmãos, durante a vida e na hora da morte, os Santos do Céu. 
 14º. Aqueles que rezarem fielmente meu Rosário serão todos meus filhos amadíssimos, irmãos e irmãs de Jesus Cristo. 
 15º. A devoção de meu Rosário é um grande sinal de predestinação. 
 Credo ou Creio
 “Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu na Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.” 
 Pai Nosso 
 “Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal. Amém.” 
 Ave Maria 
 “Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém.” 
 Glória ao Pai 
 “Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era, no princípio, agora e sempre, por todos os séculos dos séculos. Amém.” 
 Ó meu Jesus 
 “Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o Céu e socorrei principalmente aquelas que mais precisarem.” 
 Ó Maria concebida sem pecado 
 “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!” 
 Coroinha de Nossa Senhora 
 São Luís Maria diz que há várias maneiras de recitar bem esta coroinha. Para rezá-la em sua forma mais simples, começa-se com as seguintes palavras: “Dignai-Vos conceder-me que Vos louve, ó Virgem Sagrada, dai-me virtudes contra os Vossos inimigos!” (TVD 235). 
 Em seguida, reza-se o “Credo” (ou Creio), depois um “Pai-Nosso”, quatro “Ave-Marias” e um “Glória ao Pai”; e novamente um “Pai-Nosso”, quatro “Ave-Marias” e um “Glória ao Pai”; e por fim, mais um “Pai-Nosso”, quatro “Ave-Marias” e um “Glória ao Pai”. 
 Ao final reza-se a mais antiga oração mariana, do século III (3), que se chama “Sub tuum praesidium” (À vossa proteção): Debaixo da Vossa proteção nos refugiamos, Santa Mãe de Deus; não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades; mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem Gloriosa e Bendita! Amém. 
 Oração para receber a Comunhão Espiritual.
Oração de Santo Afonso Maria de Ligório que viveu no século XVIII (18) e que foi ensinada em seu livro “Visita ao Santíssimo Sacramento e a Maria Santíssima.” Faça essa oração todos os dias e quantas vezes quiser e puder, com fé, devoção e confiança no amor de Deus e em sua Divina misericórdia. 
 “Creio ó meu Jesus, que estais presente no Santíssimo Sacramento. Amo-vos sobre todas as coisas e desejo-vos possuir em minha alma. Mas como agora não posso receber-vos sacramentalmente, vinde espiritualmente ao meu coração. E, como se já vos tivesse recebido, uno-me inteiramente a vós; não consintais que de vós me aparte. Amém.”
 Graças e louvores
 Graças e louvores se deem a todo o momento.
 Ao santíssimo e diviníssimo Sacramento.
 Consagração ao Sagrado Coração de Jesus.
 Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
 Entrego-me e consagro ao Sagrado Coração de Nosso Senhor Jesus Cristo minha vida, minhas ações, dores e sofrimentos, para que eu utilize meu corpo somente para honrar, amar e glorificar o Sagrado Coração.
 Esse é meu propósito definitivo e único: ser todo de Deus e fazer tudo por amor a Ele; ao mesmo tempo, renunciar, com todo meu coração, qualquer coisa que não lhe compraz; além de tomar-te, Ó Sagrado Coração, para que sejas ele o único objeto de meu amor, o guardião de minha vida, meu seguro de salvação, o remédio para minhas fraquezas e inconstâncias, a solução aos erros de minha vida e meu refúgio seguro à hora da morte.
 Seja, ó Coração de Bondade, meu intercessor ante Deus Pai e livra-me de Sua sabia ira. Ó Coração de Amor, ponho toda minha confiança em ti, temo minhas fraquezas e falhas, mas tenho esperança em tua divindade e bondade.
 Tira de mim tudo o que está mal e tudo o que não faça Tua santa vontade. Permite a Teu amor puro a que se imprima no mais profundo de meu coração, para que eu não me esqueça nem me separe de ti.
 Que eu obtenha de tua amada bondade a graça de Ter meu nome escrito em Teu coração, para depositar em Ti toda minha felicidade e glória, viver e morrer em Tua bondade. Amém.
 As 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus
1º. A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de meu Sagrado Coração.
2º. Eu darei aos devotos do meu Coração todas as graças necessárias a seu estado.
3º. Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias.
4º. Eu os consolarei em todas as suas aflições.
5º. Serei seu refúgio seguro na vida, e principalmente na hora da morte.
6º. Lançarei bênçãos abundantes sobre todos os seus trabalhos e empreendimentos.
7º. Os pecadores encontrarão em meu Coração fonte inesgotável de misericórdias.
8º. As almas tíbias se tornarão fervorosas pela prática dessa devoção.
9º. As almas fervorosas subirão em pouco tempo a uma alta perfeição.
10°. Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais empedernidos.
11°. As pessoas que propagarem esta devoção terão os seus nomes inscritos para sempre no meu Coração.
12º. A todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna.
 (Santa Margarida Maria Alacoque, 1647-1690).
 Oração ao Sagrado Coração de Maria
 Ó Santíssimo Coração Imaculado de Maria, repleto de sentimentos de misericórdia e ternura; Vós que sois a Mãe de Cristo, Nosso Senhor, concedei a mim e a todos aqueles que honram este coração virginal, a graça de conservar até a morte, o perfeito equilíbrio de sentimentos, devoção e amor para convosco, nossa Mãe e Senhora.
 Misericordioso Coração de Maria, atendei nossas preces. Misericordioso Coração de Maria, rogai por nós. Amém.
 Consagração ao Sagrado Coração de Maria
 Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe. Ao vosso Coração Imaculado nos consagramos, em ato de entrega total ao Senhor Jesus. Por vós seremos levados à Cristo.
 Por Ele e com Ele seremos levados ao Pai.
 Com Ele queremos levar o amor e a salvação até os confins do mundo.
 Sob a proteção de vosso Coração Imaculado, seremos um só povo com Cristo.
 Seremos testemunhas da segunda vinda Gloriosa do Senhor Jesus. Por ele seremos levados ao Pai, para a glória da Santíssima Trindade, a quem adoramos, louvamos e bendizemos.
 Coração Imaculado de Maria, sede a nossa proteção, consolo e nos conduza a salvação.
 Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos à vós. Amém.
 Vinde Espírito Santo
 Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso Amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra.
 Oremos: Ó Deus que instruíste os corações dos vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos da sua consolação. Por Cristo Senhor Nosso. Amém.
 Santo Anjo 
 “Santo Anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, me guarda, me governa me ilumina. Amém.” 
 Pequeno exorcismo de São Miguel Arcanjo. 
 “São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e a todos os espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.” 
 Oração exorcista de São Bento. 
 “Que a Cruz Sagrada seja minha luz. Não seja o Dragão o meu guia, Retira-te Satanás! Nunca me aconselhes coisas vãs. É mal o que tu me ofereces. Bebe tu mesmo do te veneno!” 
 Pequeno lema exorcista de Santo Antônio de Pádua. 
 “Eis a Cruz do Senhor! Fugi forças inimigas! Venceu o Leão
de Judá, A raiz de Davi. Aleluia.” 
 Oração pelas almas do purgatório: Dai-lhes, Senhor.
 Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno! E a luz perpétua os ilumine! Descansem em paz! Amém. As almas dos fiéis defuntos, pela misericórdia de Deus, descansem em paz! Amém.
 Ato de Contrição
 Meu Deus, eu me arrependo, de todo coração de todos meus pecados e os detesto, porque pecando não só mereci as penas que justamente estabelecestes, mas principalmente porque Vos ofendi a Vós, sumo bem e digno de ser amado sobre todas as coisas. Por isso, proponho firmemente, com a ajuda da vossa graça, não mais pecar e fugir das ocasiões próximas de pecar. Amém.
 Meu Deus! Eu creio, adoro, espero e amo-Vos
 Meu Deus! Eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão pelos os que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.
 Ato de Fé
 Eu creio firmemente que há um só Deus, em três pessoas, realmente distintas: Pai, Filho e Espírito Santo, que dá o céu aos bons e o inferno aos maus, para sempre. Creio que o Filho de Deus se fez homem, padeceu e morreu na cruz para nos salvar, e que ao terceiro dia ressuscitou. Creio tudo o mais que crê e ensina a Santa Igreja Católica, Apostólica, Romana, porque Deus, verdade infalível, lho revelou. E nesta crença quero viver e morrer.
 A Igreja é para todos nós, fé católica, a verdadeira fé cristã. Rezem todas as manhãs e todos os inícios da noite 5 Pai Nossos em oferecimento as 5 chagas de Jesus e 3 Ave Marias pelas 3 graças de Maria. Ao fim de cada Pai Nosso diga “Senhor se tu queres pode purificar-me” e ao fim das 3 Ave Marias pela manhã diga “Minha Mãe Santíssima livrai-me do pecado mortal deste dia” e ao anoitecer diga “Minha Mãe Santíssima livrai-me do pecado mortal nesta noite.” Recomendo rezar junto dessas orações pela manhã e ao anoitecer a oração do Santo Anjo, oração exorcista de São Bento, pequeno lema exorcista de Santo Antônio de Pádua, Pequeno Exorcismo de São Miguel Arcanjo, e após suas orações faça seus agradecimentos a Deus, peça a ele perdão por seus pecados, peça proteção a você e todos aqueles que lhes são caros e valorosos e peça por suas necessidades e as demais intenções, e finalize as orações com o pelo sinal da Santa Cruz e o faça o em nome do Pai. 
 Terço da Divina Misericórdia. 
 (Iniciar essa oração às 15 horas ou 3 horas da tarde).
“Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, ensinou pessoalmente a Santa Faustina Kowalska que viveu no início do século XX (20) o Terço da Divina Misericórdia.
Palavras de Jesus: “As almas que rezarem este terço serão envolvidas pela minha misericórdia, durante a sua vida e, de modo particular, na hora da morte.”
 “Quando recitam esse terço junto a um agonizante, aplaca-se a ira de Deus, a misericórdia insondável envolve a alma...”
 “Filha minha, anima as almas a rezarem o terço que vos dei.
 Pela recitação deste terço me agrada conceder tudo o que me peçam.
 Os sacerdotes o recomendarão aos pecadores como última tábua de salvação.
 Até o pecador mais obstinado, se rezar uma só vez o terço, receberá graça de minha misericórdia infinita.
 Rezado ao lado dos agonizantes, me porei entre o Pai e a alma moribunda, não como justo juiz, mas sim como Salvador Misericordioso.”
 Escreve isto para as almas aflitas:
 Quando a alma vê e reconhece a gravidade de seus pecados, quando se descobre ante seus olhos todo o abismo de miséria em que tem caído, não se desespere, mas que se aloje com confiança nos braços de minha misericórdia, como um menino entre os braços de sua mãe amadíssima.”
 Início
 Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém 
 Vós morrestes, Jesus, mas uma fonte de vida jorrou para as almas e abriu-se um mar de misericórdia para o mundo. Ó fonte de vida, inescrutável misericórdia Divina, envolvei o mundo todo e derramai-Vos sobre nós. 
 Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai e Creio 
 Nas contas grandes: 
 Eterno Pai, eu vos ofereço o Corpo e o Sangue, Alma e Divindade do vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação de nossos pecados e os do mundo inteiro. 
 Nas contas pequenas: 
 Pela sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro. 
 Após tiver rezado todas as contas, rezar; 
 Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro. “3 vezes...” 
 Ó Sangue e Água que jorrastes do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós! 
 Ó Deus eterno, em quem a misericórdia é insondável e o tesouro da compaixão é inesgotável, olhai propício para nós e multiplicai em nós a Vossa misericórdia. Para que não
nos desesperemos nos momentos difíceis, nem esmoreçamos mas, nos submetemos com grande confiança à Vossa Santa Vontade, que é Amor a própria Misericórdia. Amém. 
 Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.” 
 A Santa Missa é oferecimento do corpo e sangue do nosso amadíssimo Senhor Jesus Cristo. É através dela que recebemos a eucaristia, o pão que dá vida eterna, por ela somos livrados de muitos males, e por ela recebemos muitas graças que não sabíamos que necessitávamos. Vá a missas Tridentinas que são em Latim, porque nelas as palavras são agradáveis ao Senhor e não palavras que para ele são odiosas. 
 Na Santa missa é renovado o sacrifício de nosso Senhor Jesus Cristo no calvário, a missa não é lugar de bater palmas, de ir com roupas vulgares, de cantar músicas animadas e fazer coreografias, não é lugar de teatro, de fazer piadinhas, de rir, não é local de nenhum tipo de escárnio e invenções ultrajantes pois é Jesus Crucificado que está presente. 
 Os padres devem usar batina sempre, todos os religiosos devem usar trajes que os identifiquem, devem ser o exemplo
e se manterem fiéis a nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e a verdadeira fé católica.
 A missa a qual o inferno teme e lhe causa dano e lhe toma almas é a missa latina tradicional, a missa Tridentina do Papa São Pio V, do século XVI (16). Essa é a Santa Missa a qual deve voltar a ser celebrada por toda parte urgentemente e canto gregoriano nas Igrejas, música santa e de ortodoxia.
 Vá a missa com regularidade, não seja um católico ou católica só no nome, participe da sua comunidade e paróquia, Deus dá uma vocação a cada pessoa que deve ser compartilhado. Tenha uma fervorosa fé católica tradicionalista. Coloque em prática tudo o que viu e ouviu nesse livro e ajude a seus irmãos, combatam o bom combate verdadeiros guerreiros da luz. Reconquistem a verdadeira e tradicionalista Igreja e Fé Católica por toda parte. DEUS VULT!!! (Deus o quer).
 São Judas Tadeu padroeiro das causas difíceis e desesperadas, Rogai por nós.
 Ao Padroeiro das causas perdidas
 Ó São Judas Tadeu, padroeiro das causas perdidas, vós que fostes apóstolo de Jesus e estai unido a Ele pelo vínculo da caridade, atendei propício às minhas súplicas e intercedei com bondade pelas minhas necessidades e de todos aqueles que me são caros. Assim seja!

Capítulo 35. O Demônio e o mal. 

 Lúcifer um dia foi um anjo muito amado de Deus, mas ele se corrompeu, quis ser como Deus, se inflamou de orgulho e soberba e em sua rebelião arrastou junto de si um terço dos anjos e já não foi mais encontrado lugar no céu para aquela antiga serpente que se chama diabo e satanás e foi expulso do céu por São Miguel Arcanjo junto dos demais anjos leais e fiéis a Deus. 
 O inferno foi criado para satanás e seus anjos caídos, mas ele busca perder o máximo de almas, essas almas as quais foram feitas a imagem e semelhança de Deus o qual quer que todos os homens se salvem. 
 O demônio incute suas ideias em homens depravados de mente e corruptos de coração. Incuti-lhes o espírito de mentira, de impiedade e de blasfêmias, os quais exalam um hálito mortífero de luxúria, de todo tipo de vícios e iniquidades. 
 O demônio é o maior inimigo da humanidade, ele é o pai da mentira, ele um dia foi um anjo muito amado e cheio de glória do Senhor, mas se inflamou de vaidade, em seu peito foi encontrada a corrupção, quis ser como Deus e por seu trono acima do criador, em sua rebelião uma guerra no céu começou, mas São Miguel Arcanjo o príncipe e general supremo dos exércitos do Senhor contra o Diabo e seus Anjos rebeldes pelejou, e os derrotou e no céu já não se achou lugar para esse dragão maldito e junto de um terço dos anjos foi lançado na terra. 
 Satanás é como um leão faminto que ronda a nossa espreita buscando a quem devorar. 
 O demônio é a própria maldade, ele busca tentar e perder aqueles que querem sair do pecado e tenta e ataca ainda mais aqueles que já trilharam o caminho da vida. Já ele como se ignorasse ou não se importasse com aqueles que estão entregues ao pecado, ele não se importa com eles pois são escravos do pecado e se morrerem nesse estado certamente estarão para as profundezas do inferno condenados. 

Capítulo 36. A batalha espiritual e o exorcismo. 

 A terça parte dos anjos liderados por um anjo orgulhoso se revoltou e foram lançados do céu e assim se tornando os mais repugnantes e malévolos seres. 
 Os demônios não têm corpo físico e por isso são capazes de incutir suas sugestões maléficas diretamente na mente das pessoas. 
 Somos muitas vezes tentados a fazermos coisas erradas por seres demoníacos. Satanás é como um leão que ruge andando ao redor procurando a quem devorar. 
 Os exorcismos são uma realidade, são armas potentíssimas quando as manifestações demoníacas atingem um grau muito elevado e essas entidades maléficas passam a operar as vontades de seres humanos, até mesmo animais e casas.
 O exorcismo deve ser ministrado apenas por sacerdotes previamente autorizados por seus bispos. 
 No exorcismo o sacerdote ataca os demônios desferindo neles violentos golpes que são as orações
(Salmos 67, 1-3; 34, 1-8) recitadas muitas vezes em Latim e a água, sal e óleo bentos. Um exorcismo pode demorar muito tempo para ser concluído, é uma luta muito dura contra essas entidades infernais e sem o auxílio de Deus, o Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora, São Miguel Arcanjo e os demais anjos e Anjo da Guarda do possesso não seria possível expulsa-los. 
 Existem muitos tipos de demônios e muitos são seus nomes. 
 Perguntado a Padres exorcistas qual a maior causa dessas possessões, eles afirmam que pessoas que se envolvem com espiritismo, magia negra ou branca, ou que tentam se comunicar com espíritos ou entidades demoníacas são os mais propícios a essas possessões. 
 O grande
padre exorcista Gabriele Amortb ensinou essa poderosa oração que se segue. E realmente o Padre Gabriele Amortb tinha razão “O diabo mora no Vaticano.” 
 Conheçam seu livro “Confissões do inferno” esse livro lhe dará a ideia de como é a ação do mal no mundo e como devemos agir e fazer para enfrentarmos essa batalha diária.
 “Oração contra todo o mal. 
 Espirito do Senhor, Espirito de Deus, Pai, Filho e Espirito Santo, Santíssima Trindade, Virgem Imaculada, anjos, arcanjos, e santos do paraíso, descei sobre mim. 
 Modelai-me, Senhor, enchei-me de Vós, utilizai-me. Expulsai de mim todas as forças do mal, aniquilai-as, destruí-as, para que eu possa estar bem e fazer o bem. 
 Expulsai de mim os malefícios, as bruxarias, a magia negra, as missas negras, os feitiços, as ataduras, as maldições e pragas; a infestação diabólica, a possessão diabólica e a obsessão e ciladas; todo tipo de mal, pecado, inveja, ciúmes e perfídia; a enfermidade física, psíquica, moral, espiritual e diabólica. 
 Queimai todos esses males no inferno, para que nunca mais toquem a mim nem a nenhuma outra criatura no mundo. 
 Que a força do Deus Onipotente, em nome de Jesus Cristo Salvador, por intercessão da Virgem Imaculada, expulse todos os espíritos imundos, todas as presenças que me perturbam; que me abandonem imediatamente, que me abandonem definitivamente e que, esmagados sob o calcanhar da Imaculada Virgem Santíssima, vão para o inferno eterno, acorrentados por São Miguel Arcanjo, por São Gabriel, por São Rafael e pelos anjos da guarda. Amém.”
 EXORCISMO DO PAPA SÃO LEÃO XIII (13)
 Pelo teor do pronunciamento da Congregação para Doutrina da Fé, no dia 29-09-85, o exorcismo não pode ser rezado sobre os possessos, interpelando os demônios, no intuito de obter a sua libertação, a não ser por sacerdotes devidamente autorizados pelos bispos. Tendo em vista esse pronunciamento, exortamos os leitores que se limitem a um uso pessoal e particular dessa oração. Contra satanás e os anjos rebeldes, publicado por ordem de sua Santidade Papa Leão XIII (13). Todo aquele que recita esse exorcismo, pondo em fuga o demônio, pode privar de grandes desgraças a si mesmo, a família e a sociedade.
 Privadamente pode ser rezado por todos os simples fiéis, aconselha-se a reza-lo em casos de discórdia de família, partidos de cidades, nas casas dos ateus, dos blasfemadores para sua conversão, onde se praticou o espiritismo e falsas doutrinas, para obter uma boa solução dos negócios, para a escolha do estado de vida, e pela conservação da fé na família ou paróquia, pela santificação de si mesmo e dos entes queridos. etc...
 É poderoso nos casos de intempéries (fortes chuvas, furacões, tempestades, secas etc), de doenças, para obter uma boa colheita, para destruição dos insetos nocivos nos campos e etc. (1 Pedro 5, 8)
Repita esse exorcismo muitas vezes, todos os dias, até conseguir as graças desejadas (Recomendo fazer essa oração toda semana).
 Início
 Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
 Salmo 67 
 “Levanta-se Deus e sejam dispersos os seus inimigos, e fujam de sua presença aqueles que o odeiam. Desvaneçam como se desvanece o fumo; como se derrete a cera ao calor do fogo, assim pereçam os pecadores à vista de Deus.”
 Salmo 34 
 “Julga, Senhor, os que me atacam, combatei os que me combatem. Sejam confundidos e envergonhados os que buscam a minha vida; retrocedam e sejam cobertos de vergonha os que maquinam males contra mim. Sejam como a palheira levada pelo vento, quando o Anjo do Senhor os acossar. Seja o seu caminho tenebroso e escorregadio, quando o Anjo do Senhor os perseguir porquanto sem razão me estenderam a sua rede, sem razão cobriram-me de ultrajes. Venha sobre eles de improviso a ruína; apanhe-os a rede que estenderam, eles próprios caiam na armadilha que me prepararam. A minha alma, porém, regozijar-se-á no Senhor e alegrar-se-á do seu socorro.”
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.
 A São Miguel Arcanjo
 Gloriosíssimo príncipe da milícia celeste, São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate e na luta contra os principados e as potestades, contra os dirigentes deste mundo de trevas, contra os espíritos malignos espalhados pelos ares (Efésios 6, 12). Vinde em socorro dos homens que Deus criou imortais e fez à imagem da Sua própria natureza e resgatou por grande preço da tirania do demônio (Sabedoria 2, 23; 1 Coríntios 6). Combatei hoje, com os exércitos dos anjos bons, o combate do Senhor, assim como outrora lutastes contra Lúcifer, chefe do orgulho, e contra os anjos apóstatas. Eles não prevaleceram nem foi mais encontrado o lugar deles no Céu, mas foi expulso aquele grande dragão, a antiga serpente que se chama diabo e satanás, que seduziu todo orbe; e foi lançado na terra, e seus anjos juntamente com ele (Apocalipse 12, 7-9). Eis que o inimigo antigo e homicida se ergueu com veemência. Transfigurado em anjo da luz, com toda a caterva de espíritos maus, circundou e invadiu toda a terra, para que nela destruísse o nome de Deus e de Seu Cristo e roubasse as almas destinadas à coroa da glória eterna, e as prostrasse, e as perdesse na morte eterna.
 O dragão maldito transvasou, como rio imundíssimo, o veneno de sua iniquidade em homens depravados de mente e corruptos de coração; incutiu-lhes o espírito de mentira, impiedade, blasfêmia, e seu hálito mortífero de luxúria, de todos os vícios e iniquidades. As hostes astuciosíssimas encheram de amargura a Igreja, esposa imaculada do Cordeiro, e inebriaram-na com absinto; puseram-se em obras para realizar todos os seus ímpios desígnios. Ali onde está constituída a sede do beatíssimo Pedro e cátedra da verdade para iluminar os povos, ali colocaram o trono de abominações da sua impiedade, para que ferido o pastor, dispersassem as ovelhas.
 Vinde, pois, general invictíssimo, e daí a vitória ao povo de Deus contra as perversidades espirituais que irrompem. A santa Igreja vos venera como seu guarda e protetor, vos glorifica como defensor contra potestades abomináveis da Terra e dos infernos. Confiou-vos o Senhor a missão de introduzir na felicidade celeste as almas resgatadas. Rogai, pois, ao Deus da paz que esmague satanás sob nossos pés, a fim de que ele não mais possa manter cativos os homens e fazer mal à Igreja. Apresentai ao Altíssimo as nossas preces, a fim de que sem tardar o Senhor nos faça misericórdia, e vós contenhais o dragão, a antiga serpente, que é o demônio e satanás, e o lanceis encadeado no abismo para que não mais seduza as nações (Apocalipse 20). Desde já, confiantes em vossa assistência e proteção (com a sagrada autoridade de nosso ministério sacerdotal), empreendemos com fé e segurança a repelir os assaltos da astúcia diabólica em nome de Jesus Cristo, Deus e Senhor nosso.
 Eis a cruz do Senhor, fugi potências inimigas. Venceu o Leão da tribo de Judá, a estirpe de Davi. Venha a nós, Senhor, a Vossa misericórdia. Como esperamos em Vós. Senhor, escutai minha oração. E chegue até Vós o meu clamor. O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós.
 Oremos: Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, invocamos o Vosso santo nome e, suplicantes, pedimos com instância a Vossa clemência, para que, pela intercessão da Imaculada e sempre Virgem Maria, Mãe de Deus, do bem-aventurado Miguel Arcanjo, de São José, esposo da mesma bem-aventurada Virgem, dos bem-aventurados apóstolos Pedro e Paulo e de todos os santos, Vos digneis auxiliar-nos contra satanás e todos os outros espíritos imundos que vagueiam pelo mundo, para fazer mal ao gênero humano e perder as almas. Pelo mesmo Cristo nosso Senhor. Amém.
 Exorcismo: Nós te exorcizamos, quem quer que sejas, espírito imundo, poder satânico, horda do inimigo infernal, legião, assembleia ou seita diabólica. Em nome e pelo poder de Jesus Cristo nosso Senhor, sê extirpado e expulso da Igreja de Deus, das almas criadas à imagem de Deus e resgatadas pelo Sangue precioso do Cordeiro Divino.
 Não ouses mais, pérfida serpente, enganar o gênero humano, perseguir a Igreja de Deus, atormentar e joeirar como o trigo os eleitos de Deus. Ordena-te o Deus Altíssimo, a quem em tua grande soberba pretendes ainda te igualar, o qual quer que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade. Ordena-te o Deus Pai; ordena-te o Deus Filho; ordena-te o Deus Espírito Santo. Ordena-te a majestade de Cristo, Verbo eterno de Deus feito carne que, para salvar nossa humanidade perdida por teu ódio, se humilhou a Si mesmo, fazendo-se obediente até a morte, edificou Sua Igreja sobre a rocha firme e decretou que as portas do inferno nunca prevalecerão contra ela, porque Ele permanecerá com ela todos os dias, até a consumação dos séculos. Ordena-te a virtude oculta da cruz e o poder de todos os mistérios da fé cristã. Ordena-te a gloriosa Virgem Maria, Mãe de Deus, que em sua humildade esmagou, desde o primeiro instante de sua conceição imaculada, tua cabeça cheia de soberba. Ordena-te a fé dos santos apóstolos Pedro e Paulo e dos outros apóstolos. Ordena-te o sangue dos mártires e a piedosa intercessão de todos os santos e santas.
 Assim, pois, dragão maldito e toda legião diabólica, nós te conjuramos pelo Deus verdadeiro, pelo Deus vivo, pelo Deus santo, pelo Deus que amou o mundo a ponto de entregar Seu Filho unigênito, a fim de que quantos creiam Nele não pereçam, mas tenham a vida eterna. Cessa de enganar as criaturas humanas e de lhes oferecer o veneno da perdição eterna; cessa de fazer mal à Igreja e de armar laços à sua liberdade. Vai-te embora, satanás, inventor e mestre da mentira, inimigo da salvação dos homens. Dá lugar a Cristo, em quem nada encontraste de tuas obras. Dá lugar à Igreja, una, santa, católica e apostólica que o próprio Cristo adquiriu com Seu Sangue. Abaixa-te sob a mão poderosa de Deus, treme e foge à invocação que fazemos do santo e terrível nome de Jesus, a quem os infernos temem, a quem estão sujeitas as virtudes dos Céus e as potestades e as dominações; a quem os querubins e serafins louvam num concerto sem fim dizendo: "Santo, santo, santo é o Senhor Deus dos exércitos." Senhor, escutai minha oração. E chegue até Vós o meu clamor.
 Oremos: Deus do Céu, Deus da Terra, Deus dos anjos, Deus dos arcanjos, Deus dos patriarcas, Deus dos profetas, Deus dos apóstolos, Deus dos mártires, Deus dos confessores, Deus das virgens, Deus que tendes o poder de dar a vida após a morte, o repouso após o trabalho, porque não há outro Deus além de Vós, e não pode haver outro senão Vós, o Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, cujo reino não terá fim. Suplicamos humildemente à Vossa gloriosa Majestade que Vos digneis libertar-nos com Vosso poder e guardar-nos incólumes de todo domínio, laço, ardil e perversidade dos espíritos infernais. Por Cristo, nosso Senhor. Amém. Dos embustes do demônio, livrai-nos Senhor. Que Vossa Igreja Vos sirva em tranquila liberdade, nós Vos rogamos, ouvi-nos. Que Vos digneis confundir os inimigos da santa Igreja, nós Vos rogamos, ouvi-nos. Ó Coração Eucarístico de Jesus, por aquela chama de amor, na qual ardestes no momento solene, no qual Vos dáveis todo a nós na Santíssima Eucaristia, humildemente Vos suplicamos que Vos digneis livrar-nos poderosamente e guardar-nos incólumes de todo o poder, laço, engano e malvadez dos espíritos infernais. Assim seja.
 Ó Coração Eucarístico de Jesus, livrai-nos cada vez mais das insídias de satanás.
 Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
 Agora meus irmãos molhem o seu dedo com água benta e passe na sua testa e se possível no corpo inteiro, nos cômodos das residências, nas propriedades, nos familiares, nos animais, etc.

Capítulo 37. Os Anjos. 

 Os anjos foram criados antes de nós, são seres celestiais que servem fielmente a Deus, os anjos nas escrituras já ajudaram muitas vezes aos homens, e durante a história da Igreja também são presentes, e tem aqueles anjos caídos que perderam o céu para sempre. 
 Deus em seu infinito amor por nós envia a cada pessoa um anjo da guarda para nos proteger desde nosso seio materno, esses anjos tem a missão de nos defender dos ataques do maligno e nos livram muitas vezes de perigos que nem percebemos. Os anjos da guarda são guerreiros e nossos conselheiros, nos inspiram a progredir no bem e se alegram com nossos progressos nas boas obras. 
 São João Dom Bosco ensinava que em momentos de tentações e perigos devemos dizer “meu anjo ajudai-me”, seu anjo da guarda é seu amigo e guardião, ele quer te ajudar, todos os dias exorte seu Anjo da Guarda para lhe ajudar a progredir no bem, na verdade e na justiça, e se recomende a ele sempre. 
 Peçamos a intercessão dos Arcanjos São Miguel, São Gabriel e São Rafael para que desçam com as legiões de anjos bons para lutar por nós e junto de nós contra as legiões infernais e contra todo o reinado de trevas e terror do demônio e do Anticristo. Amém.
 Ato de fidelidade e entrega ao Santo Anjo da Guarda
 Bem-aventurado Santo Anjo da Guarda, ainda que indigno de vossa sagrada proteção, mas animado pelos caridosos cuidados que manifestais pele salvação de minha alma, vos escolho hoje, em presença de toda a corte celestial, como singular protetor e advogado, e proponho firmemente obedecer-vos com toda fidelidade até a morte. Suplico-vos, portanto, pela glória que tendes no céu, que acolhais minha entrega e aceiteis benignamente meu sincero afeto a vós.
 Assisti-me em todas as minhas ações, obtende-me de Nosso Senhor e Mestre, a graça de jamais ofender a Deus na vossa presença.
 Assisti-me sempre e não me abandonais na hora da minha morte.
 Apresentai a Deus meus desejos, oferecei-lhe meus gemidos e suspiros, intercedei por minhas misérias e necessidades.
 Reerguei-me quando cair, iluminai-me quando estiver nas trevas, livrai-me das astúcias do demônio, a fim de que, defendido e auxiliado por vosso amparo, possa um dia chegar ao reino dos Céus, onde vos alegrareis de minha felicidade e eu de vossa glória. E unidos glorificaremos a Nosso Senhor na eterna bem-aventurança. Assim seja.
 Oração para obter proteção na hora da morte (Santo Afonso de Ligório).
 Glorioso Arcanjo São Miguel, pela vossa proteção, fazei com que, no dia de minha morte, minha alma seja revestida da glória de Deus e digna de ser apresentada por vossa mão a Jesus Cristo, meu soberano juiz.
 Santo Arcanjo, o inferno tem armas suficientes para atacar-me naquela hora suprema. Essas armas são os meus pecados, cuja enormidade me será apresentada para lançar-me no desespero. E também as tentações horríveis com as quais me assaltará para fazer-me cair em pecado,
 Ó vós, que vencestes e expulsastes do céu aquele temível adversário, vinde para vencê-lo novamente e afastá-lo para longe de mim na hora de minha morte. Suplico-vos pelo grande amor que Deus vos tem e que vós tendes por Ele. Ó Maria, Rainha do céu, ordenai a são Miguel que me assista na hora de minha morte. Amém.
 Oremos: Senhor Jesus, santificai-nos, por uma bênção sempre nova, e concedei-nos, pela intercessão de são Miguel Arcanjo, está sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do Céu e a trocar os bens do tempo pelos da eternidade. Vós que viveis e reineis em os séculos dos séculos. Amém.

Capítulo 38. O papel do cristão. 

 Cristão sempre entre o modernismo e o tradicionalismo escolha o tradicionalismo. E se mantenha fiel a Igreja dos Apóstolos e aos ensinamentos dos Santos Padres Pais da Igreja. 
 Sempre tenha uma ardente devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria. 
 O cristão deve ser o sal da terra e o tempero do mundo. 
 O cristão professa sua fé em Jesus Cristo, e por isso somos convidados a fazermos parte do reino dos céus. 
 O cristão faz parte do corpo místico de Cristo que é a Igreja, Igreja com bases sólidas sobre São Pedro e os Apóstolos, pelos Pais da Igreja dos primeiros séculos, a autoridade dos Papas da antiguidade e dos séculos passados e que chega até os dias de hoje. 
 O cristão deve praticar os ensinamentos dados por Cristo e seus Apóstolos e que são transmitidos por sua Igreja. O Santo Magistério da Igreja é o nosso parâmetro. 
 Praticando todos apenas uma fé, em unidade de culto e doutrina, sobre a Cátedra de São Pedro. 
 Cada cristão deve levar a luz de Cristo pelo mundo e devemos buscar transmitir os valores cristãos e a moral católica. 
 Ser cristão é ser católico, pois existe apenas uma Igreja e uma só verdade e caminho de salvação. 
 Jesus disse que não veio trazer a paz sobre o mundo, mas sim a divisão. Então por isso dentro das próprias casas, nas famílias vai ter divisões.
 Jesus disse que veio por muitos e não por todos. Jesus no calvário reconciliou nos homens a Deus Pai, pagou o preço por nossas almas e nos livrou dos grilhões da morte. Jesus deixou sua Igreja, e por meio do batismo passamos a fazer parte do corpo místico de Cristo. Sim, todos os homens têm a possibilidade de salvação, porém temos o livre arbítrio e fazemos escolhas que nos levam para a estrada da vida ou para a estrada da morte.
 E para a salvação das almas é necessário praticar e se manter fiel a verdadeira e tradicionalista Igreja e Fé católica, mesmo se for para ser martirizado jamais negar a Jesus Cristo, nosso Senhor e único Salvador e verdadeiro Messias. E devemos sempre ter uma grande devoção aos Sagrados Corações de Jesus e Maria.
 O cristão não é pacifista, nós vivemos na justiça
, verdade e dignidade. Não devemos esquecer que foram os cristãos que fizeram a Inquisição para o cristianismo não desaparecer e as Cruzadas para não ser destruído. 
 “Estão
ofendendo a Deus!” 
 “Perseguição Religiosa.” 
 “Estão matando os Católicos!” 
 “Quantos pecados.” 
 “Estão matando inocentes (aborto)!” 
 “Querem implantar o reino do demônio na Terra!” 
 “Nossa Senhora chora!” 
 “Volta o olhar para os filhos que ainda não a abandonaram e pergunta: E vós meus filhos também vão me abandonar?” 
 “E vós Católicos vão abandonar essa Mãe?” 
 “Vão abandonar seus irmãos?” 
 “Vão abandonar a Santa Madre Igreja, Corpo Místico de Cristo?” 
 “Por moleza? Por preguiça?” 
 “Vão continuar tocando a vidinha com seu carrinho, com seu cachorrinho?” 
 “Ou vão se mostrar filhos diletos e consolar essa Mãe?” 
 “Oração, Penitência e mudança de vida.” 
 “O tempo está correndo, o mal aumentando.” 
 “Os pecados aumentam, as almas se perdem.” 
 “Não existe verdadeiro amor pelo bem, se não existe igualmente ódio pelo mal.” 
 “O inimigo se aproxima: Levantai-vos Soldados de Cristo!” 
 “Sobre o símbolo da Santa Cruz venceremos!” 
 “Uma nova Cruzada, uma guerra entre o bem e o mal.” 
 “DEUS VULT!!! (Deus o quer)” 
 “DEUS VULT!!! (Deus o quer)” 
 “DEUS VULT!!! (Deus o quer)” 
 “Vamos Reagir, mostrar a heroicidade dum Católico!” 
 E a guerra justa não é pecado. Matar em legítima defesa não é crime e nem pecado. E então católicos se necessário não hesitem em pegar em armas para combater a tirania, a impiedade e o reinado de terror e trevas do demônio e do Anticristo. A Cruz de cor vermelha, sobre o imaculado branco. Nossa bandeira.
 Não temam o inimigo, pois, Deus está do nosso lado, no Antigo Testamento o povo hebreu enfrentou exércitos muito maiores, mais bem equipados e preparados e mesmo nessa inferioridade, quando estavam sendo leais a Deus e o seguindo de todo coração venciam, não importava quem era o adversário. Muitos serão martirizados por amor a Jesus Cristo, mas nós não vamos ficar de braços cruzados vendo a tirania e a impiedade ceifando vidas por toda parte e sim vamos combater. Seremos cruzados, lutaremos uma nova e jamais vista Cruzada, pelo seu tamanho e pelo caráter de levar a Cruz de Cristo por toda parte. Sobre as lideranças Católicas lutaremos. (2 Crônicas 20)
 Assim como a situação da época da Batalha de Lepanto contra os turcos otomanos, no século XVI (16) que pretendiam destruir toda a cristandade, como se levantam também hoje, era grave, muito grave, e hoje também devemos combater como São Pio V. Confiemos em Deus, e nos preparemos, pois, o tempo se aproxima, o inimigo se levanta, e como bons soldados de Cristo, nós lutaremos, A Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana no final triunfará, o discurso de convocação do Papa Urbano II para a primeira Cruzada no século XI (11) hoje revive, se faz novamente necessário, que São Bernardo de Claraval que viveu no século XII (12) inspire hoje a criação de novas ordens religiosas, que servem a Cristo Rei. Nós cristãos para defender nossa fé já lutamos muitas guerras e enfrentamos muitos inimigos, e por isso a guerra justa não é crime e nem pecado, pelo contrário, é oportunidade de se santificar. Assim como os Macabeus, temos a oportunidade, coragem irmãos, e levantemos juntos o estandarte da Santa Cruz por toda parte! VIVA CRISTO REI, HOJE E SEMPRE. DEUS VULT (Deus o quer).

Capítulo 39. Amar uns aos outros. 

 Jesus foi bem claro quando disse que deveríamos amar ao próximo como a nós mesmos, mandou amarmos e rezarmos por nossos inimigos, disse que cada vez que fizermos uma boa ação a irmãos menores e mais necessitados era como se tivéssemos fazendo esse bem a ele próprio. Ele também eliminou a lei do olho por olho. 
 Por isso mesmo com todos as diferenças e dificuldades devemos buscar conviver em paz, sem oprimir aos outros, sem discriminar. Mas jamais devemos deixar de dizer a verdade, de pregar a verdade. 
 Devemos viver em nossos meios no amor mútuo e perdão constante. Não devemos pagar o mal com mal, mas não devemos fechar os olhos para a tirania e a impiedade. As heresias do materialismo, ateísmo, espiritismo e de colocar o homem no lugar de Deus devem ser duramente combatidos por amor a Jesus Cristo e em prol da verdadeira fé católica. 

Capítulo 40. O perdão. 

 Pedro perguntou a Jesus quantas vezes deveria perdoar seu irmão em um dia, ele sugeriu até sete vezes e Jesus disse a Pedro não sete vezes, mas setenta vezes sete. 
 Nosso Senhor deixou bem claro, devemos sempre perdoar. 
 Na oração do Pai Nosso se diz perdoai nossos pecados assim como perdoamos aqueles que nos tem ofendido. 
 Como podemos esperar que Deus perdoe nossos pecados se não perdoarmos aqueles que nos ofendem. Jesus em uma parábola contou que um servo tinha uma grande dívida com seu senhor e que esse senhor perdoou sua dívida, e esse servo indo embora encontrou com outro homem que lhe devia uma pequena quantia a ele o cobrou insistentemente, mas seu senhor ficou sabendo e mandou prendê-lo e disse servo mau, lhe perdoei sua dívida, mas foi incapaz de fazer o mesmo, por isso digo, não sairá da prisão até pagar o último centavo. Não queiramos ir para o purgatório por falta de perdoar. 
 No ambiente onde estamos devemos viver em pleno amor ao próximo como a si mesmo e praticar o perdão mutuamente, perdoar sim porque somos imperfeitos e erramos, magoamos e não devemos usar do perdão como motivo de pecar mais e mais, a sã doutrina está aí, os mandamentos, as virtudes, os ensinamentos do sagrado magistério são para nos orientar e assim cada um examine sua consciência. 
 Jesus deixou o sacramento da confissão para termos a oportunidade de nos arrependermos de nossos pecados e a Igreja concede seu perdão através dos sacerdotes que tem toda a autoridade para isso. 
 Com o mesmo rigor que julgarmos seremos também julgados (Mateus 7, 1-6). Portanto sejamos mais misericordiosos e piedosos para com o próximo.
 Sem perdão não há graças, o perdão cura tudo e liberta de muitos males espirituais, o amor de Deus é maior que tudo. Deus odeia o pecado, mas ama o pecador, porém é necessário lembrar que Jesus perdoou a pecadora no poço e mandou ela não voltar a pecar gravemente novamente.
 Peçamos perdão a Deus por nossas omissões e negligências, nos humilhemos perante Deus por nossa pequinês e sermos tão miseráveis pecadores. Se tu cair, levanta, não desista, coragem, continua a lutar, reconheça tuas fraquezas e confie e te entregue ao Senhor.

Capítulo 41. Sagrada Família e seu exemplo.

 Talvez nos dias de hoje, a palavra família esteja banalizada, arcaica, com pessoas se casando sem o mínimo entendimento que o matrimônio é para a vida toda, que é um sacramento, que casamento é a união de um homem solteiro sem impedimentos e de uma mulher solteira e sem impedimentos. E sabendo que esse sacramento é duramente perseguido e atacado, os quais fazem isso desejam destruí-lo, mas Deus exercerá sua justiça e ninguém
escapará.
 Assim José e Maria a 2000 anos atrás nos deixaram o exemplo, uma virgem foi dada a casamento para um varão, o anjo anunciou que ela conceberia do Espirito Santo o Salvador, e José aceitou ser o Pai de Jesus, o menino nasceu e os pais cuidaram e educaram o menino Jesus, seu Pai José ensinou um ofício, carpinteiro e Maria sua Mãe sempre junto do filho. Vivendo no amor, na castidade, na oração, confiança total em Deus e em sua obediência. José e Maria desde o início juntos até o final se mantiveram castos.
 Assim é o modelo de família cristã.
 A bíblia diz para o marido respeitar a esposa e a esposa respeitar o marido e quando se cassam se tornam um só corpo e uma só carne. Por isso, homem e mulher devem amar seu par e o valorizar, não adulterar e viver na verdade, não tenham vida dupla, deem mais valor à sua família. Marido e Esposa devem permanecer unidos em todas as situações da vida, na riqueza e na pobreza, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na juventude e na velhice, enfim, o casamento é para toda a vida, pois o que Deus uniu o homem e nem nada podem separar. (Efésios 5, 22-33)
 As mulheres devem se vestir com modéstia, não usar roupas sensuais, apertadas, decotadas e curtas. O corpo da mulher não é um objeto sexual. Jesus não gosta nada disso, tanto que um dos períodos mais odiosos por ele é o carnaval.
 Olhemos o grande exemplo de Santa Mônica e Santo Agostinho seu filho. Santo Agostinho cometeu tantos erros e pecados, por muito tempo permaneceu nas perdições, mas Santa Mônica sua mãe nunca o abandonou e sempre confiou em Deus e conseguiu colocar seu filho no reto caminho, seu esposo também lhe dava trabalho, infidelidades e vícios, incredulidade para com Deus e no fim da vida dele por tanto ela insistir se converteu e conseguiu a salvação. Por isso nunca desistamos de nossas famílias, entregue tudo nas mãos de Deus. Assim como temos também o grande exemplo dos pais de Santa Terezinha do menino Jesus, Beatos Luís Martin e Zélia Martin, perderam 4 filhos prematuramente, mas criaram 5 filhas, na fé católica, no exemplo, nos bons costumes e fizeram votos de castidade e todas suas filhas se tornaram religiosas.
 Muitos se cassam acreditando que o casamento sempre vai ser um mar de rosas, mas a realidade não é bem assim. O casamento é doação mútua, sem egoísmo. Um deve ajudar ao outro a evoluir, a crescer e amor mútuo e perdão constante. A vontade de Deus é que tenhamos muitos filhos, e isso seria possível se muitos pais criassem seus filhos sem luxo.
 O homem que abandona sua esposa e se juntar com outra mulher comete adultério e a mulher abandonada ou que abandone o esposo e se juntar com outro homem também vivem no adultério e cometem pecado grave.
(Solução: viver como irmãos).
 Ande sempre ao meu lado (junto de Cristo, na sã doutrina, na verdade), nunca atrás, siga em frente seu destino (aceite e carregue sua cruz), abaixo de mim ninguém, sobre mim só Deus.
 Vá atrás da felicidade (a bem-aventurança eterna), deixando para trás a tristeza (as tribulações), sendo sempre humilde, levando sempre Deus junto a ti... TENHA FÉ!
 As tentações e perdições estão por toda parte, a luxúria domina os corações, e muitas aberrações sexuais (Gênesis 1, 27; 19, 4-5) (Levítico 18, 6- 24) (Romanos 1, 18-32) (Hebreus 13, 4) acabam denegrindo as almas de muitos e isso as coloca em alto risco da perdição eterna, se morrerem nesse estado.
 Devemos ter uma Moral católica tradicional. O Espiritual aberto e ligado ao Sagrado. Devemos lutar contra os desejos e tentações do mundo, da carne e das insídias de satanás. Confiemos em Deus e sigamos a sã doutrina.
 As famílias devem ir à missa semanalmente, tomar os sacramentos, rezar o Santo Terço em comum acordo diariamente em suas casas, fazer novenas, ter imagens Sacras e sacramentais, fazer suas orações, ter uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria, a Sagrada Cruz, as velas bentas, escapulário de Nossa Senhora do Carmo, medalha de São Bento e Nossa Senhora das Graças e entre o modernismo e o tradicionalismo ficar sempre com o tradicionalismo, com a fé católica tradicional.
 Casais que apenas moram juntos e que ambos não têm nenhum impedimento devem se casar e receber o sacramento do matrimônio quanto antes, pois estão vivendo em pecado grave.
 A educação dessas crianças começa em casa, a catequese, os pais também devem transmitir aos filhos valores cristãos e os ensinamentos da Igreja, criá-los e educá-los na virtude e oração. E os pais devem ser e dar bons exemplos para os filhos. E batizem as crianças quanto antes. (Efésios 6, 1-4)
 Os filhos devem obedecer seus pais ou seus superiores legais, no que é justo e correto, devem respeitar os pais e aos mais velhos. E não apenas as crianças, mais todos que ainda tiverem devem dizer benção aos pais, tios, padrinhos, avôs e avós e a parentes ainda mais velhos e antigamente era normal pedir aos padres e devemos sempre respeitá-los e a todos os mais velhos. (Deuteronômio 6, 1-9) (Provérbios 22, 6)
 As famílias devem seguir tudo isso e viver na santidade. E assim se tornarem Santas famílias. Na Oração e na Penitência.
 São José Rogai por nós.

Capítulo 42. A riqueza que é fazer parte do corpo místico de Cristo e o colosso teológico que é a Santa Igreja Católica Apostólica Romana. A Igreja que vem dos Apóstolos e que deve se manter fiel as suas tradições e a uma fé tradicionalista. 

 Como é bom fazer parte da Igreja dos Apóstolos, fazer parte do corpo místico de Cristo, da Cátedra de São Pedro.
 Poder louvar a Deus em sua casa, ter disponíveis todos os sacramentos e estar na verdade. Poder participar das missas, das comunidades, dos louvores e das comemorações e festas de Santos padroeiros.
 O sentimento de pertencer a verdadeira Igreja Católica é maravilhoso e é um motivo de orgulho ser católico, um orgulho no bom sentido é claro, de poder participar de algo que é tão valioso e tão importante para nossas almas.
 São Tomás de Aquino é o maior teólogo da história da Igreja e seu livro a “Suma Teológica” deve ser lido por todo católico, e juntamente de São Boaventura são os maiores doutores da Igreja.
 E como é bom saber que antes de mim já teve pessoas com muito mais conhecimento e com um grau de Santidade Gigantesco. Esses são os Santos que nos deixaram um tesouro teológico inestimável, que nos convida a buscar cada vez mais o conhecimento. Os escritos e os ensinamentos dos Santos devem ser estudados e suas vidas e histórias devem ser contadas e divulgadas, pois, nos servem de exemplos e inspirações para os dias de hoje.
 A Divina Providência agindo, os milhares de anjos com seus níveis de hierarquia cumprindo as ordens de Deus. Vem Senhor Jesus!
 Sejamos sempre fiéis a verdadeira Igreja Católica, aos verdadeiros ensinamentos de Cristo e as tradições dos Apóstolos, e aos Pais da Igreja dos primeiros séculos, a autoridade dos Papas da antiguidade e dos séculos passados. Jesus é nosso Senhor e único Salvador, ele é o Cristo e o verdadeiro Messias, juntos da Virgem Maria e de todos os Santos e anjos. Com uma fervorosa fé católica tradicionalista. Apenas uma falsa Igreja Católica para ser contrária a tudo isso.

Capítulo 43. Guardar os Domingos, dias Santos e de comemorações católicas.

 Assim como nos domingos a Igreja também ensina que os dias santos devem ser respeitados e guardados.
 O domingo é o dia do senhor, o dia em que nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitou e por isso o santificou no lugar do sábado.
 São dias Santos 1 de Janeiro, Santa Maria, Mãe de Deus; quarta-feira de cinzas, sexta-feira maior ou paixão de Cristo, Páscoa, Corpus Christi, dia de todos os Santos, Finados, dia do padroeiro (a) do país e localidade, Imaculada Conceição de Maria e o Natal, e ainda existem outros dias, porém no Brasil é assim.
A Quaresma é tempo de ainda mais penitência. Consulte o calendário católico tradicional.
 É tradição no Brasil todo dia 12 de outubro soltar fogos de artifício em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, os fogos já começam a ser soltos bem pela manhã e seguem sendo soltos periodicamente até perto das 12 horas ou meio-dia, nos 10 minutos anteriores e posteriores ao meio-dia os fogos se acentuam e acaba sendo uma grande homenagem a Santa Mãe de Deus, 300 anos de bênçãos. Em 1717 pescadores atiraram suas redes no rio Paraíba do Sul e encontraram a Imagem de Nossa Senhora Aparecida, primeiro encontraram o seu corpo e depois a cabeça, até esse momento não tinham conseguido pegar nenhum peixe, mas após encontrarem a Santa Imagem jogando novamente suas redes conseguiram pegar muitos peixes. VIVA NOSSA SENHORA APARECIDA, RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL!!!
 Consagração a Nossa Senhora Aparecida
 “Ó Maria Santíssima, que em vossa querida imagem de Aparecida espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil, eu, cheio (a) do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia, prostrado (a) a vossos pés consagro-vos meu entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis.
 Consagro-vos minha língua, para que sempre vos louve e propague vossa devoção. Consagro-vos meu coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas. 
 Recebei-me, ó Rainha incomparável, no ditoso número de vossos filhos e filhas. 
 Acolhei-me debaixo de vossa proteção. Socorrei-me em todas as minhas necessidades espirituais e temporais e, sobretudo, na hora de minha morte. Abençoai-me, ó Mãe Celestial, e com vossa poderosa intercessão fortalecei-me em minha fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possa louvar-vos, amar-vos e dar-vos graças no céu, por toda a eternidade.” Assim seja.
 Pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, a benção de Deus Onipotente, Pai, Filho e Espirito Santo desça sobre vós e permaneça sempre, amém.


Capítulo 44. Perante a justiça de Deus nada ficará oculto. 

 Absolutamente nada
passará em branco aos olhos do Senhor, Deus está observando cada pensamento e cada obra que fazemos, todo o bem e o mal que praticamos não ficará sem julgamento.
 Por mais oculto que seja um crime ou o pecado que estejam cometendo ou que cometeu Deus está vendo, ele conhece seu coração e não adianta fingir ou tentar enganar a Deus.
 Deus é infinitamente misericordioso, mas ele um dia também exercerá sua justiça e recompensará cada um segundo suas obras, boas ou ruins.
 Muitos cometem erros por falta de conhecimento e por ignorância e Deus pode ser complacente com tal almas. Existem pecados que são para a morte da alma, se tem conhecimento da verdade eterna e mesmo assim continua na má vida ou adia sua verdadeira conversão, comete pecado grave e se é ignorante e tem condições de buscar a verdade ou tem preguiça ou nega conhecer a verdade para continuar no erro também peca.
 Deus nos agracia com seus mandamentos, Jesus que é Deus não veio abolir a lei, mas sim cumpri-la.
 Os pecados capitais são sete caminhos que levam as almas para o inferno, que são; Orgulho, Avareza, Luxúria, Inveja, Gula, Ira e Preguiça. Da mesma forma existem sete caminhos antônimos que levam a salvação, as virtudes são; Humildade, Suficiência, Castidade, Caridade, Sobriedade, Paciência e Diligência.

Capítulo 45. Crimes praticados por sacerdotes, entre eles a pedofilia, e a infiltração de forças externas na Igreja, o Concílio Vaticano II (segundo), Alta Vendita e o Master Plan.

 São Paulo nos advertiu que após ele e os demais apóstolos partirem se introduziria lobos em pele de cordeiro dentro da Igreja.
 A bíblia adverte que a Igreja é feita de bons e maus membros.
 Os sacerdotes serão os grandes culpados pela vingança do Senhor, desde as Aparições de Nossa Senhora em La Salette na França em 1846 eles estão se corrompendo, se tornando cada vez mais incrédulos e traindo a verdadeira Igreja Católica e se unindo com os inimigos. Muitos abraçaram e abração a maçonaria e o comunismo. Os falsos padres, sacerdotes do inferno e líderes da Igreja inspirados por espíritos demoníacos a partir do Concílio Vaticano II (segundo) fizeram uma MISSA que contêm palavras que são ODIOSAS à vista de Jesus, e cometeram o suicídio de alterar a verdadeira Fé Católica na sua liturgia, na Sua teologia e na Sua alma. Esses são os traidores de Cristo e que esperam pelo falso Messias. Eles mancham a verdadeira Igreja Católica e acabam perseguindo e desmoralizando os verdadeiros sacerdotes, os padres que se mantêm fiéis a verdadeira fé católica.
 Jesus avisou que viriam novos pregadores com novos sacramentos, novos templos, novos batismos, novas confraternidades.
 Esses mesmos dirigentes do mal assassinaram a verdadeira Irmã Lúcia de Fátima em meados de 1958 e a substituíram por uma falsa Irmã Lúcia e assim ocultando o verdadeiro Terceiro Segredo de Nossa Senhora de Fátima que deveria ter sido revelado ao mundo em 1960.
 A verdadeira Irmã Lúcia falou sobre os últimos dias do mundo, ela foi um dos 3 pastorinhos das aparições de Nossa Senhora em Fátima, e aqui segue-se o que a verdadeira Irmã Lúcia falou em 26 de dezembro de 1957 ao Padre Augustín Fuentes, antes de ser assassinada e substituída pela falsa irmã lúcia, aquela impostora: “Senhor Padre, a Santíssima Virgem não me disse que estamos nos últimos tempos do mundo, mas deu a entender por três razões.
 A primeira razão é porque Ela disse-me que o demônio está travando uma batalha decisiva contra a Santíssima Virgem.
 E como sabe que é o que mais ofende a Deus e o que, em menos tempo, lhe fará ganhar um maior número de almas, trata de ganhar para si as almas consagradas a Deus, pois dessa maneira deixa também o campo das almas desamparado e mais facilmente se apodera delas.
 Assim a partir de agora devemos escolher o nosso lado.
 Ou somos por Deus ou somos pelo demônio.
 Não há outra possibilidade.
 E uma batalha decisiva é a Batalha Final, em que um lado será vencedor e o outro sofrerá uma derrota.
 A segunda razão é porque Ela disse aos meus primos, como também a mim, que Deus está a oferecer os dois últimos remédios ao mundo.
 São eles o Rosário e a devoção ao Imaculado Coração de Maria.
 São os dois últimos remédios, o que significa que não haverá outros!
 A terceira razão é porque, nos planos da divina Providência, Deus esgota todos os outros remédios antes de castigar o mundo.
 Mas quando Ele vê que o mundo não presta qualquer atenção, então oferece-nos com `temor certo´ o último meio de salvação, a Sua Santíssima Mãe.
 E é com `temor certo´ porque, se desprezarmos e repelirmos este último meio, não teremos mais nenhum perdão do céu.
 Porque teremos cometido um pecado a que o evangelho chama pecado contra o Espírito Santo.
 Este pecado consiste em rejeitar abertamente, com pleno conhecimento e consentimento do ato, a salvação que ele nos ofereceu.
 Recordemos que Jesus Cristo é um filho muito dedicado, e que não permite que ofendemos e desprezemos a Sua Santíssima Mãe.
 Ao longo de muitos séculos da história da Igreja, recolhemos o testemunho certo que demonstra, através dos castigos terríveis que caíram sobre os que atacaram a honra da sua Santíssima Mãe, como nosso Senhor Jesus Cristo sempre defendeu a honra da Sua Mãe!
 Senhor Padre, a Santíssima Virgem está muito triste por ninguém fazer caso da Sua mensagem, nem os bons e nem os maus.
 Os bons, porque continuam no seu caminho de bondade, mas sem fazer caso da mensagem.
 Os maus, porque, não vendo que o castigo de Deus já paira sobre eles por causa dos seus pecados, continuam também no seu caminho de maldade, sem fazer caso da Mensagem.
 Mas creia-me, Senhor Padre, Deus vai castigar o mundo, e vai castigá-lo de uma maneira tremenda. O castigo do Céu está iminente.”
 Mas tudo isso nunca impediu que se infiltrasse dentro da Igreja pessoas totalmente contrárias à fé católica e que trabalharam ou trabalham para a destruição da verdadeira fé cristã, a Igreja verdadeira fundada por nosso Senhor Jesus Cristo.
 A verdadeira Igreja Católica historicamente sempre teve muitos inimigos, e ela sempre soube como combater e confrontar tais adversários. Afinal de contas as portas do inferno não podem com ela e jamais será destruída.
 A pedofilia é uma realidade que deve sempre ser combatida e falsos sacerdotes muitas vezes praticam tal barbárie para denegrir a imagem da Igreja perante a sociedade. Cerca de 2% dos sacerdotes no mundo são acusados de pedofilia, sendo que após investigações e apuração dos fatos apenas 1% se comprovam verdade. A pedofilia é uma realidade terrível, muito por conta da infiltração de forças externas na Igreja (comunistas e maçons). E quem pratica a pedofilia não é um padre e sim um monstro e deve ser duramente punido. E só para constar existem muito mais casos de pastores pedófilos e estupradores.
 E aqueles que usam o dinheiro da Igreja para enriquecimento já que os sacerdotes fazem voto de pobreza.
E sacerdotes sempre deveriam e devem usar batina, ser e darem o exemplo, e
fiéis a verdadeira fé católica, e infelizmente muitos são traidores de Jesus Cristo.
 E o ataque à vida monástica, as ordens religiosas e na formação de novos sacerdotes e infiltração de hereges no clero. Esses são os traidores da Igreja, da tradição dos Apóstolos, pregando e promovendo falsos ensinamentos e crucificam Jesus novamente e preparando o mundo para a vinda do Anticristo. 
 O objetivo da Maçonaria organizada: Neutralizar e “instrumentalizar” a Igreja Católica.
 Como vimos quanto ao exemplo de Portugal em 1917, as forças da Maçonaria (e os seus aliados comunistas) conspiraram para impedir que a Mensagem de Fátima acabasse de se cumprir em Portugal. Insinuou-se que a Mensagem era uma fraude ou uma ilusão infantil; os próprios videntes foram perseguidos e até ameaçados de morte. Tal era o ódio destas forças contra a Igreja Católica e a Virgem Mãe de Deus.
 O mesmo sucede com estas forças que hoje estão à solta por todo o Mundo. Não é preciso descer aos devaneios das teorias de conspiração para saber que, até 1960, os Papas escreveram mais condenações e avisos sobre os manejos dos Maçons e dos Comunistas contra a Igreja do que sobre qualquer outro tema na História da Igreja.
 Sobre este ponto, não podemos deixar de considerar a infame Permanent Instruction of the Alta Vendita, um documento maçônico que delineava todo um plano para infiltrar e corromper a Igreja Católica no século XX (20). Apesar de estar na moda, desde o Concílio Vaticano II (segundo), ridicularizar a existência de uma tal conspiração, deve notar-se que os papéis secretos da Alta Vendita (uma sociedade secreta italiana), entre os quais a Permanent Instruction, caíram nas mãos do Papa Gregório XVI (16). A Permanent Instruction foi publicada a pedido do Bem-Aventurado Papa Pio IX (9) pelo Cardeal Crétineau-Joly no seu livro The Roman Church and Revolution. Pelo seu Breve de aprovação, datado de 25 de Fevereiro de 1861 e endereçado ao autor, o Papa Pio IX (9) garantiu a autenticidade da Permanent Instruction e dos outros documentos maçônicos, mas não permitiu que se divulgassem os nomes verdadeiros dos membros da Alta Vendita mencionados nos documentos. O Papa Leão XIII (13) também pediu a sua publicação. Ambos os Papas atuaram, certamente, para evitar que se concretizasse uma tal tragédia, que estes grandes Pontífices sabiam que estava longe de ser impossível. (O Papa Pio XII (12) também o sabia, como podemos inferir dos comentários proféticos que fez quando ainda era Secretário de Estado do Vaticano).
 O texto completo da Permanent Instruction também se encontra no livro de Monsenhor George E. Dillon Grand Orient Freemasonry Unmasked. Quando deram um exemplar do livro de Monsenhor Dillon ao Papa Leão XIII (13), este ficou tão impressionado que encomendou que se fizesse uma edição italiana, paga por sua conta.
 A Alta Vendita era a loja mais categorizada dos Carbonários, uma sociedade secreta italiana ligada à Maçonaria e que, juntamente com esta, foi condenada pela Igreja Católica. O respeitável historiador católico Padre E. Cahill, S.J., que não pode ser considerado como um “maníaco das conspirações”, escreveu no seu livro Freemasonry and the Anti-Christian Movement, que a Alta Vendita «era geralmente considerada na altura como o centro governativo da Maçonaria europeia». Os Carbonários estiveram especialmente ativos na Itália e na França [e em Portugal, sobretudo de 1910 a 1926].
 No seu livro Athanasius and the Church of Our Time (1974), o Bispo Rudolph Graber, autoridade objetiva e irrepreensível que escreveu depois do Concílio Vaticano II (segundo), citou um Maçom ilustre que declarou que o objetivo (da Maçonaria) já não é a destruição da Igreja, mas utilizá-la através da infiltração. Por outras palavras, como a Maçonaria não pode obliterar completamente a Igreja de Cristo, tenciona não só extirpar a influência do Catolicismo na sociedade, como também usar a estrutura da Igreja como instrumento de “renovação”, “progresso” e “iluminação” - isto é, como um meio de levar a cabo muitos dos princípios e objetivos maçônicos.
 Ao discutir a visão maçônica da sociedade e do Mundo, o Bispo Graber introduz o conceito de sinarquia: O que agora enfrentamos é a súmula das forças secretas de todas as ‘ordens’ e escolas, que se uniram para formar um governo mundial invisível. Num sentido político, a sinarquia pretende integrar todas as forças da finança e da sociedade que o governo mundial, naturalmente sob chefia socialista, tem que apoiar e promover. O Catolicismo, como todas as religiões, seria consequentemente absorvido num sincretismo universal. Não só não seria suprimido como, pelo contrário, seria integrado, uma táctica que já está em andamento segundo o princípio da fraternidade entre clérigos (das várias religiões).
 A estratégia delineada pela Permanent Instruction para atingir este objetivo é espantosa pela sua audácia e astúcia. O documento refere-se, desde o princípio, a um processo que levará décadas a cumprir. Os autores do documento sabiam que não viveriam para assistir ao seu triunfo. Estavam, sim, a inaugurar uma obra que seria retomada por gerações sucessivas de iniciados. Como diz a Permanent Instruction: “Nas nossas fileiras o soldado morre, mas a luta continua.”
 A Instruction propunha a disseminação das ideias e axiomas liberais pela sociedade e dentro das instituições da Igreja Católica, de tal modo que os leigos, seminaristas, clérigos e prelados seriam gradualmente, e ao longo dos anos, imbuídos de princípios progressistas. Esta nova mentalidade viria eventualmente a ser tão difusa que seriam ordenados Padres, sagrados Bispos e nomeados Cardeais indivíduos cujo pensamento estaria em harmonia com as ideias modernas baseadas nos “Princípios de 1789” (isto é, os princípios da Maçonaria, que inspirou a Revolução Francesa) - ou seja: o pluralismo, a igualdade de todas as religiões, a separação da Igreja e do Estado, a liberdade de expressão sem restrições, e assim por diante.
 Chegar-se-ia por fim a eleger um Papa vindo destes meios, que levaria a Igreja pelo caminho da “iluminação e renovação”. Note-se, desde já, que não estava nos seus planos colocar um Maçom na Cadeira de S. Pedro. O seu objetivo era criar as condições que acabariam por produzir um Papa e uma Hierarquia conquistados pelas ideias do Catolicismo liberal, ao mesmo tempo que se consideravam Católicos fiéis.
 Estes dirigentes católicos liberalizados deixariam de se opor às ideias modernas da Revolução (ao contrário dos Papas de 1789 a 1958, que condenaram de forma unânime estes princípios liberais), mas, pelo contrário, amalgamá-los-iam à Igreja ou “batizá-los-iam” para os colocarem dentro da Igreja. O resultado final seria um Clero e um laicado católicos que marchariam sob a bandeira da “iluminação”, pensando ao mesmo tempo estarem a marchar sob a bandeira das Chaves Apostólicas.
 Certamente com a Permanent Instruction no pensamento, o Papa Leão XIII (13) em Humanum Genus exortou os dirigentes católicos arrancai à Maçonaria a máscara com que ela se cobre, e fazei-a ver tal qual é. A publicação destes documentos da Alta Vendita era um meio de “arrancar a máscara”.
 Para que não se diga que nós interpretamos mal a Permanent Instruction, vamos agora citá-la extensamente. O que se segue não é a Instruction completa, mas a secção mais relevante como prova. Lê-se no documento:
 O Papa, qualquer que ele seja, não virá às sociedades secretas; compete às sociedades secretas dar o primeiro passo em direção à Igreja, para conquistar a ambos.
 A tarefa que vamos empreender não é trabalho de um dia, ou de um mês, ou de um ano; pode durar vários anos, talvez um século; mas nas nossas fileiras o soldado morre e a luta continua.
 Não tencionamos atrair os Papas à nossa causa, fazê-los neófitos dos nossos princípios, propagadores das nossas ideias. Isso seria um sonho ridículo; e se acontecesse que Cardeais ou prelados, por exemplo, quer por sua livre vontade ou de surpresa, entrassem em parte dos nossos segredos, isso não seria de modo nenhum um incentivo para desejar a sua elevação à Cadeira de Pedro. Essa elevação arruinar-nos-ia. Só a sua ambição levá-los-ia à apostasia, e as necessidades do poder forçá-los-iam a sacrificar-nos. O que devemos desejar, o que devemos procurar e esperar, tal como os judeus esperam pelo Messias, é um Papa conforme às nossas necessidades (...)
 Com isto marcharemos com mais segurança para o assalto à Igreja do que com os panfletos dos nossos irmãos em França e até do que com o ouro da Inglaterra. Quereis saber a razão? É que com isto, para despedaçar a grande rocha em que Deus erigiu a Sua Igreja, já não precisamos de vinagre anibaliano, ou de pólvora, ou mesmo das nossas armas. Temos o dedo mínimo do sucessor de Pedro comprometido nesta empresa, e esse dedinho vale tanto, para esta cruzada, como todos os Urbanos II e todos os São Bernardos da Cristandade.
 Não temos dúvidas de que chegaremos a este fim supremo dos nossos esforços. Mas quando? Mas como? O desconhecido ainda não foi revelado. Contudo, visto que nada nos irá desviar do plano estabelecido e, pelo contrário, tudo tenderá para ele, como se já amanhã o trabalho que mal foi esboçado fosse coroado de sucesso, desejamos, nesta Instrução, que se manterá secreta para os simples iniciados, dar aos dignitários na chefia da Suprema Vendita alguns conselhos em forma de instrução ou memorando, conselhos esses que eles deverão imbuir em todos os irmãos (…)
 Ora bem, para assegurarmos um Papa com as características desejadas, é preciso, em primeiro lugar, modelá-lo (…) [e,] para este Papa, uma geração digna do reinado que sonhamos. Ponde de parte os velhos e os de idade madura; dedicai-vos aos jovens e, sendo possível, até às crianças (…) Conseguireis sem grande custo uma reputação de bons Católicos e de puros patriotas.
 Esta reputação dará acesso à nossa doutrina entre os jovens Clérigos, assim como entrará profundamente nos mosteiros. Em poucos anos, pela força das coisas, este jovem Clero terá ascendido a todas as funções; formará o conselho do Sumo Pontífice, será chamado a escolher o novo Pontífice que há-de reinar. E este Pontífice, tal como a maioria dos seus contemporâneos, estará necessariamente mais ou menos imbuído dos princípios italianos e humanitários que vamos começar a pôr em circulação. É um grãozinho de mostarda preta que vamos confiar à terra; mas o sol da justiça desenvolvê-lo-á ao mais alto poder, e vereis um dia que rica colheita está sementezinha produzirá.
 No caminho que estamos a traçar para os nossos irmãos, há muitos grandes obstáculos a conquistar, dificuldades de mais do que um gênero para dominar. Eles triunfarão sobre aqueles pela experiência e pela clarividência; mas o objetivo é de tal esplendor que é importante abrir todas as velas ao vento para o alcançar. Se quereis revolucionar a Itália, procurai o Papa cujo retrato acabamos de esboçar. Se quereis estabelecer o reino dos escolhidos no trono da prostituta da Babilônia, fazei com que o Clero marche sob a vossa bandeira, enquanto acredita que está a marchar sob a bandeira das chaves apostólicas. Se quereis fazer desaparecer o último vestígio dos tiranos e opressores, deitai as vossas redes como Simão Bar-Jona; deitai-as nas sacristias, nos seminários e nos mosteiros em vez de as deitardes no fundo do mar; e, se não vos apressardes, prometemo-vos uma pescaria mais miraculosa que a dele. O pescador de peixes tornou-se pescador de homens; colocareis amigos à volta da Cadeira apostólica. Tereis pregado uma revolução de tiara e de capa, marchando com a cruz e o estandarte; uma revolução que só precisará de ser um pouco instigada para incendiar os quatro cantos do Mundo.
 (Fonte Livro O Derradeiro Combate do Demônio por Padre Paul Kramer).
 MASTER PLAN PARA DESTRUIR A IGREJA CATÓLICA CRIADO PELA MAÇONARIA!
 Intenções maléficas contidas no plano gizado pela Maçonaria, o Master Plan, e pelo seu chefe supremo, o Anticristo.
 O objetivo do Master Plan é destruir a Igreja Católica e a Fé em Deus. Este plano foi traçado, na mesma época do fecho do Concílio Vaticano II, nos E.U.A e descoberto pelo Dr. J. Dominguez que o deu a conhecer ao mundo.
 Salmo 82, 2-4
 “Ó Deus, eis que Teus inimigos se agitam; e os que Te odeiam levantaram as suas cabeças. Eles tramam um plano contra Teu povo, e conspiram contra Teus santos. Eles disseram: Vinde, destruam-nos, de modo que eles não sejam uma nação. ”
 A Igreja Católica tomou conhecimento do plano maçônico que esteve na gênese deste Master Plan, já nos tempos do Papa Leão XIII (13), que escreveu a seu propósito a Carta Encíclica Humanum Genus (O link está nas referências), sobre a Maçonaria, a 20 de Abril de 1884, Papa Leão XIII.
 CARTA ENCÍCLICA HUMANUM GENUS DO SUMO PONTÍFICE PAPA LEÃO XIII A TODOS OS NOSSOS VENERÁVEIS IRMÃOS, OS PATRIARCAS, PRIMAZES, ARCEBISPOS E BISPOS DO ORBE CATÓLICO, EM GRAÇA E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA SOBRE A MAÇONARIA.
 3. Em uma crise tão urgente, quando tão feroz e tão forte assalto é feito sobre o nome Cristão, é Nosso ofício apontar o perigo, marcar quem são os adversários, e no máximo de Nosso poder fazer uma barreira contra seus planos e procedimentos, para que não pereçam aqueles cuja salvação está confiada a Nós, e para que o reino de Jesus Cristo confiado a Nosso encargo possa não só permanecer de pé e inteiro, mas possa ser alargado por um crescimento cada vez maior através do mundo.
 Foi este plano maçônico, contra o qual o Papa Leão XIII (13) se prontificou a combater, que esteve na base do delineado no Master Plan, cujas linhas fundamentais apresento seguidamente.
 Normas do grande Mestre da Maçonaria aos Bispos católicos maçons, efetivas desde 1962.
 (Posta em dia pelo Vaticano II). Todos os confrades maçons terão que referir sobre os progressos destas decisivas disposições. Reelaboradas em Outubro de 1993 como plano progressivo para o passo final. Todos os maçons ocupados na Igreja (mesmo padres e bispos) têm que acolhê-las e realizá-las.
 I (1). Removam de uma vez por todas a São Miguel, protetor da Igreja Católica, de todas as orações ao interior e ao exterior da Santa Missa. Removam todas as imagens, afirmando que elas apartam da Adoração de Cristo.
 II (2). Removam os Exercícios Penitenciais da Quaresma como a abstinência de carne as sextas-feiras e também o jejum; impeçam cada ato de abnegação. Em seu lugar devem ser favorecidos os atos de alegria, de felicidade e de amor ao próximo. Digam: “Cristo já mereceu por nós o Paraíso” e “cada esforço humano é inútil”. Digam a todos que devem tomar em sério a preocupação por sua saúde. Estimulem o consumo de carne, especialmente de porco.
 III (3). Encarreguem aos pastores protestantes de reexaminar a Santa Missa e de dessacralizá-la. Semeiem dúvidas sobre a Real Presença de Cristo na Eucaristia e confirmem que a Eucaristia – com maior aproximação à fé dos protestantes – é somente pão e vinho e compreendida como um puro símbolo. Disseminem doutrinas protestantes nos Seminários e nas escolas. Falem de ecumenismo como caminho para a unidade. Acusem a cada um que crê na Presença Real de Jesus o Cristo na Eucaristia como subversivo e desobediente para com a Igreja.
 IV (4). Proíbam a Liturgia latina da Missa, Adoração e Cantos, uma vez que eles comunicam um sentimento de mistério e de respeito. Apresentem-no como feitiços de adivinhos. Os homens pararão de crer nos Sacerdotes como homens superiores, e de respeitá-los como portadores dos Mistérios Divinos.
 V (5). Deem coragem às mulheres a não cobrir a cabeça com o véu quando estão na igreja. Encorajem as mulheres a serem leitoras e sacerdotisas. Apresentem a coisa como se fosse uma ideia democrática. Fundem movimentos de libertação da mulher. Quem entra na igreja tem que vestir vestidos descuidados para sentir-se nela como em sua casa. Isso debilitará a importância da Santa Missa
 VI (6). Afastem os fiéis de receber de joelhos a Comunhão. Eliminem na igreja de estar de joelhos e cada genuflexão. Tirem os genuflexórios. Digam às pessoas que durante a Missa devem certificar sua fé em posição erguida.
 VII (7). Eliminem a música sagrada do órgão. Introduzam guitarras, harpas judias, tambores, ruídos e risadas nas igrejas. Isso afastará a gente da oração pessoal. Introduzam ao redor do altar danças litúrgicas com vestidos excitantes, teatros e concertos.
 VIII (8). Tirem a devoção do povo à Maria e São José. Indiquem sua veneração como idolatria. Convertam em ridículos os que persistem. Introduzam cantos protestantes. Isso dará a impressão que a Igreja Católica por fim admite que o Protestantismo é a verdadeira religião ou ao menos que ele é igual a Igreja Católica.
 IX (9). Introduzam cantos novos somente para convencer a gente que os rituais anteriores de algum modo eram falsos e que falem somente de amor para os homens. A juventude será entusiasmada ao sentir falar de amor para o próximo. Anunciem o amor, a tolerância e a unidade. Não mencionem a Jesus, proíbam cada anúncio da Eucaristia.
 X (10). Removam todas as relíquias dos Santos dos Altares e sucessivamente também os Altares mesmos. Ao invés disso, mesas. Eliminem a lei Eclesiástica que quer a celebração da Santa Missa somente sobre Altares que contenham Relíquias.
 XI (11). Interrompam a prática de celebrar a Santa Missa na presença do Santíssimo Sacramento no Tabernáculo. Não admitam algum Tabernáculo sobre os Altares que são usados para a celebração da Santa Missa. Coloquem apenas a mesa. Mais tarde coloquem ao menos uma cadeira a tal mesa. O Sacerdote tem que sentar-se para indicar que depois da Comunhão ele descansa como depois de uma comida. O Sacerdote não tem que estar nunca de joelhos durante a Missa nem fazer genuflexões. Nas comidas, de fato, não se ajoelham nunca. A cadeira do Sacerdote tem que ser colocada no lugar do Tabernáculo. Deem coragem à gente a venerar e também a adorar ao Sacerdote no lugar da Eucaristia. Coloquem o Tabernáculo num local diferente, fora da vista.
 XII (12). Façam desaparecer os Santos do calendário Eclesiástico. Proíbam aos Sacerdotes de falar dos Santos, exceto aqueles mencionados pelo Evangelho. Digam ao povo que eventuais protestantes, talvez presentes na igreja, poderiam escandalizar-se deles. Evitem tudo aquilo que molesta aos protestantes.
 XIII (13). Revoguem o exorcismo menor para expulsar aos demônios; empenhem-se nisto, anunciem que os diabos não existem. Expliquem que é o método
adaptado pela Bíblia para designar o mal e que sem um malvado não podem existir histórias interessantes. Em consequência a gente não crerá na existência do inferno nem temerá de poder-se cair nele. Repitam que o inferno não é outra coisa que estar longe de Deus e que não é uma coisa terrível este se trata no fundo da mesma vida como aqui na terra.
 XIV (14). Ensinem que Jesus era somente um homem que teve irmãos e irmãs e que odiou aos que tinham o poder. Expliquem que ele amava a companhia das prostitutas, especialmente de Maria a Madalena; que não soube o que fazer com as igrejas e sinagogas. Digam que aconselhou não obedecer aos chefes do Clero, digam que ele foi um grande mestre apenas. Desacreditem o discurso sobre a Cruz como uma vitória, ao contrário, apresentem-na como um fracasso.
 XV (15). Lembrem-se que podem induzir as monjas à traição de sua vocação, levando-as ao caminho da vaidade, atrativo e beleza. Façam trocar o hábito Eclesiástico e isso as levará naturalmente a jogar no lixo seus Rosários. Isso dissecará suas vocações. Digam-lhes que não serão aceitas se não renunciam ao hábito. Também favoreçam o descrédito do hábito Eclesiástico entre a gente.
 XVI (16). Digam aos catequistas para ensinar a amar as criaturas de Deus em vez do mesmo Deus. Amar abertamente é testemunho de maturidade. Façam que o termo “sexo” se
converter em palavra de uso quotidiano em suas classes de religião. Façam do sexo uma nova religião. Introduzam imagens de sexo nas lições religiosas para ensinar às crianças a realidade. Certifiquem-se que as imagens sejam claras. Deem coragem às escolas de tornarem-se pensadores progressistas no campo da educação sexual. Introduzam assim a educação sexual através da autoridade Episcopal, dessa maneira os padres não terão a possibilidade de dizer nada em contrário.
 XVII (17). Destruam as escolas católicas, impedindo as vocações de monjas. Digam às monjas que são trabalhadoras sociais com um salário e que a Igreja está a ponto de eliminá-las. Insistam que o Professor leigo católico receba o idêntico salário daquele das escolas governamentais. Empreguem professores não católicos. Os Sacerdotes devem receber o idêntico salário como os correspondentes empregados seculares. Todos os Sacerdotes devem tirar assim sua Batina Clerical e suas Cruzes para poder serem aceitos por todos. Ponham em ridículo àqueles que não se conformam.
 XVIII (18). Destruam ao Papa, destruindo suas Universidades. Tirem as Universidades ao Papa, dizendo que em tal modo o governo poderia subsidiá-las. Substituam os nomes dos Institutos Religiosos com nomes profanos, para favorecer o ecumenismo. Por exemplo, em lugar de “Escola Imaculada Conceição” digam “Escola Superior Nova”. Criem departamentos de ecumenismo em todas as Dioceses e preocupem-se que seu controle seja de parte protestante. Proíbam as Orações para o Papa e a Maria porque elas desanimam o ecumenismo. Anunciem que os Bispos locais são as autoridades competentes. Sustentem que o Papa é somente uma figura representativa. Combatam a autoridade Papal, colocando um limite de idade a seu exercício. Reduzam-na pouco a pouco, expliquem que é para preservá-lo do excesso de trabalho.
 XIX (19). Sejam audazes. Debilitem ao Papa introduzindo sínodos Episcopais. O Papa se tornará então somente como uma figura de representação. Sucessivamente debilitem a autoridade do Bispo, dando vida a uma instituição concorrente a nível de Presbitérios. Digam que os Sacerdotes recebem em tal modo a atenção que merecem. Ao final, debilitem a autoridade do Sacerdote com a constituição de grupos de leigos que dominem os Sacerdotes. Deste modo, a Igreja será democrática… uma Igreja Nova…
 XX (20). Reduzam as vocações ao Sacerdócio, fazendo perder aos leigos o temor reverencial por eles. O escândalo público de um Sacerdote destruirá milhares de vocações. Louvem aos Sacerdotes que por amor de uma mulher souberam deixar tudo. Honrem os Sacerdotes reduzidos ao estado laical como autênticos mártires, oprimidos a tal ponto de não poder suportar mais. Também lutem para que nossos confrades maçons que estão no Sacerdócio sejam notados e seus nomes publicados. Sejam tolerantes com a homossexualidade do Clero. Digam à gente que os Curas padecem de solidão.
 XXI (21). Comecem a fechar as igrejas à causa da escassez de Clero. Definem como boa e económica tal prática. Expliquem que Deus escuta em todos os lados as orações. Neste caso as igrejas se convertem em extravagantes desperdício de dinheiro. Fechem antes de tudo as igrejas em que se pratica a piedade tradicional.
 XXII (22). Utilizem comissões de leigos e Sacerdotes débeis na fé que condenem sem dificuldade cada aparição de Maria e cada aparente milagre, especialmente do Arcanjo São Miguel. Assegurem-se que nada disto, de nenhuma maneira receberá a aprovação segundo o Vaticano II. Denominem desobediência à autoridade quem obedece às Revelações ou se alguém reflete sobre elas. Façam cair seu bom nome em desestima, então ninguém crerá nestas revelações.
 XXIII (23). Escolham um Antipapa. Afirmem que ele reconduzirá aos protestantes na Igreja e talvez até os Judeus. Um Antipapa poderá ser eleito mesmo que o outro verdadeiro esteja vivo. Afirmem que o verdadeiro Papa já não é mais capaz de governar.
 XXIV (24). Tirem a Confissão antes da Santa Comunhão para os alunos do segundo e terceiro ano para que a eles não importem nada dela quando frequentem quarto e quinto e depois as classes superiores. Então a Confissão desaparecerá. Introduzam a confissão comunitária com a absolvição em grupo. Expliquem à gente que isso se sucede por causa da escassez de Clero.
 XXV (25). Façam distribuir a Comunhão por mulheres e leigos. Digam que este é o tempo dos leigos. Comecem dar a Comunhão na mão como os protestantes, em vez de dar na boca sobre a língua. Expliquem que Cristo fez do mesmo modo. Recolham algumas hóstias para “missas negras” em nossos templos. Digam à gente que se deve dar o sinal da paz. Dêem coragem à gente a deslocar-se na igreja para interromper a devoção e a oração. Não façam Sinais de Cruz; no seu lugar façam o sinal da paz. Expliquem que também Cristo se deslocou para saudar aos Discípulos. Não permitam alguma concentração em tais momentos. Os Sacerdotes devem dar as costas à Eucaristia para honrar ao povo.
 XXVI (26). Depois que o Antipapa for eleito, tirem os sínodos dos Bispos como as associações dos Sacerdotes e os conselhos paroquiais. Proíbam a todos os religiosos de pôr em discussão, sem licença, estas novas disposições. Expliquem que Deus quer a humildade e odeia aos que aspiram à glória. Acusem de desobediência respeito à autoridade Eclesiástica todos os que põe interrogações. Digam à gente que tem que obedecer a estes superiores Eclesiásticos.
 XXVII (27). Concedam ao Papa (Antipapa) o máximo poder. Ameacem sob pena de excomunhão a todos os que não levarem o sinal da besta. Não o chamem porém “sinal da besta”. O Sinal da Cruz não tem que ser feito, nem usado sobre as pessoas ou através delas, (não se deve benzer mais). Fazer o Sinal da Cruz será designado como idolatria e desobediência.
 XXVIII (28). Declarem falsos os Dogmas anteriores, exceto aquele da infalibilidade Pontifícia. Proclamem a Jesus, o Cristo um revolucionário frustrado. Anunciem que o verdadeiro Cristo logo virá. Somente o Antipapa eleito tem que ser obedecido. Digam às gentes que devem inclinar-se quando seja pronunciado seu nome.
 XXIX (29). Ordenem a todos a estender a única religião mundial. Satanás sabe onde se encontra todo o ouro perdido. Conquistem sem piedade o mundo! Tudo isso levará à humanidade o quanto ela sempre desejou: “A Nova Era de ouro da paz.”
Agora reparem e percebam que cerca de 80% disso tudo já foi colocado em prática a partir e desde o Concílio Vaticano II (segundo).
VAMOS REAGIR E LUTAR! Deus Vult (Deus o quer).

Capítulo 46. Sejamos verdadeiros cristãos e vivamos verdadeiramente o evangelho. 

 (Mateus 5) (Lucas 16, 23-26)
 Sigamos verdadeiramente os ensinamentos dos Santos padres Pais da Igreja, jamais desviemos do verdadeiro evangelho, Cristo é o nosso Senhor e Salvador, o Messias profetizado pelos Profetas no Velho Testamento.
 Não caímos nas armadilhas e fraudes de satanás, Jesus quando veio ao mundo pregou o reino celestial e não o reino material. Muito cuidado quando ver sua vida rodeada de conforto, pois, muitas vezes isso é uma fraude de satanás para te afastar de Deus Uno e Trino, um Deus em 3 pessoas.
 Os dogmas da Igreja Católica são verdades de fé irrevogáveis. Católico não seja você mesmo opositor e sabotador da verdadeira fé cristã que é a fé católica tradicional.
 Não confunda igualdade social com comunismo. Não confunda uma melhor qualidade de vida com materialismo. Não creia em apenas lucros, todos devem ter condições de crescimento, mas sem tornar o mundo um lugar sem escrúpulos, materialista e sem excluir Deus Uno e Trino de nossas vidas e sem o homem tentar ocupar seu lugar.
 As pessoas sofrem por falta de fé, sofrem por procurarem em coisas passageiras a felicidade, sofrem por não conhecerem e nem praticarem a verdadeira fé católica, sofrem por ignorância.
 Tenha humildade em sua vida, prefira coisas simples
, façamo-nos humildes e pequenos. O orgulho e a soberba é o que fez um anjo de luz um dia perder o céu para sempre, o orgulho é a raiz de todos os males.
 Seja suficiente e tenha o bastante para sobreviver e ter uma vida digna. A avareza é um mal terrível, não seja escravo do ter sempre mais e mais, lute contra a ganância e cuidado com suas ambições.
 Seja casto, pratique a castidade conforme seu estado. Negue a Luxúria, as ações secretas, as fornicações, as relações desordenadas, o adultério e ir contra a ordem divina. Pureza de corpo e alma, a busquemos.
A caridade é um bem gigantesco a nossa alma. A inveja é destrutiva, em seus vários níveis pode causar grandes danos.
 Seja sóbrio, pratique a sobriedade. Fuja da gula, se alimente quando tiver fome e respeite os horários de alimentação, bebida alcoólica é permitida, mas a embriaguez é pecado, se desfaça dos vícios, e também cuidado com o viver para ter.
 Seja paciente, tenha paciência. A
ira não deve ter espaço em nossas vidas, tenha paciência nas provações e tribulações, aprenda a esperar no tempo de Deus.
 A diligência é necessária, nos torna mais alegres. A preguiça mina a alma, não negue o dom que Deus lhe deu e como São Bento dizia “ora e labora.” (Oração e trabalho)
 Existe uma grande diferença em viver no pecado e se conformar em viver assim, e em viver no pecado, mas saber que está no erro e lutar para sair do pecado.
 Quem ama a Deus segue seus mandamentos.
 Sejamos os predestinados, os filhos da Santíssima Virgem Maria, filhos bem-amados do Pai Eterno, sigamos Jesus, sigamos sempre os mandamentos, as virtudes, a verdadeira fé católica e não sejamos réprobos, os filhos de Belial, os escravos de Satã e os amigos do mundo. Por isso Oração, Penitência e mudança de vida. Sejamos verdadeiros cristãos (Mateus 7 21-27)
 Oração de batalha contra as trevas
 Senhor Jesus Cristo, confesso a Ti que sou dominado por graves tentações. Repetidamente se apoderam de mim esses pensamentos de tentação. Não consigo me livrar deles, pois estou amarrado, satanás me derrotou. Sei que sou culpado por ter cedido aos seus sussurros que me levaram a esses pensamentos. Porém, agora, coloco-me sobre a rocha firme da Tua cruz.
 Jesus, eu Te peço e creio que Tu ordenes aos poderes inimigos, que me assediam e molestam, para que se afastem de mim e com eles todas as suas tentações! Jesus, eu não quero, daqui por diante, deixar-me enlaçar pelo espírito Mentiroso das trevas.
 Creio que, no Teu Sangue, seus ataques contra mim estão derrotados. Creio que o seu direito de me causar dano à alma, ao espírito e com isso também ao corpo, foi aniquilado por Tua vitória no Calvário.
 Eu professo: pertenço a Ti, meu Salvador Jesus Cristo, meu Senhor crucificado e ressurreto. Tu és o Príncipe da Vitória! Eu creio: eu me encontro sob a Tua proteção, meu Deus e Pai, e sob a proteção dos Teus Anjos, sou guardado pelo poder do Teu Sangue, Jesus, meu Redentor.
 Eu professo: quem é igual a Deus! Tu, ó Deus Trino e Eterno! Santo, santo, santo és Tu, diante de cuja majestade os poderes das trevas com todo o seu ódio não podem subsistir. Eles estremecem diante do Teu poder e grandeza, e são rechaçados por Ti, juntamente com seus ataques!
 Eu creio: Vitorioso, cheio de glória e majestade és Tu, Jesus Cristo.
Tu que venceste o poder de satanás, e com isso também o poder de todos os pensamentos tentadores. Jesus, o Cordeiro de Deus, a Ti os demônios têm de obedecer, e diante das Tuas chagas, os sinais da vitória, eles têm de fugir.
 Jesus Cristo, ó meu Redentor, com Teu Sangue Tu me resgataste do poder e dos ataques das potestades das trevas, e com isso também das suas tentações.
 Em Ti e na Tua redenção é que creio e para Ti eu vivo. Jesus, por Tu me dares a força, quero ser fiel a Ti e trilhar meu caminho vitoriosamente, até o fim.
 Agradeço-Te, Jesus, estou liberto das minhas tentações, pois Tu, o Filho de Deus, vieste para destruir as obras do diabo e conduzir-me ao alvo e à perfeição. Aleluia! Amém!
 1 Pai-Nosso, 1 Ave-Maria, e o Glória ao Pai.
 Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Capítulo 47. As pessoas e suas paixões, as tecnologias e as mídias.

 E se lhe dissesse que todo esse conforto, facilidades e tecnologias que temos hoje não passam de uma fraude de satanás, para nos desviar da verdadeira religião e nos fazer esquecer de Deus Uno e Trino, e com isso ele esteja roubando nossa entrada para o Céu, para a vida eterna e nos arrastando para o inferno.
 Meus irmãos cuidado com as paixões e com as coisas desse mundo que nos afastam de Deus, não exclua jamais Deus Trino da sua vida. Usando esse livro coloque como Deus quer sua vida nas mãos do Senhor, entregue-se ao seu eterno amor. Esse livro é um pequeno mais valioso conhecimento. A bíblia é um tesouro inestimável juntamente com a tradição rica da verdadeira Igreja Católica, e todos somos convidados a fazer parte do corpo místico de Cristo.
 Os pais devem ter muito cuidado com o que colocam em suas casas, existem muitos ataques do maligno e do mundo as pobres almas das crianças, alienando, pervertendo e perdendo a inocência e as boas vocações desses que deveriam vir a se tornar os bons e justos cristãos. Muitos desenhos tem o objetivo de familiarizar as crianças com demônios, com coisas erradas e tentando passar como algo normal e bom coisas desprezíveis e totalmente contrárias aos ensinamentos de Cristo, dos seus Apóstolos e da verdadeira e tradicionalista fé católica.
 A TV muitas vezes ensina coisas erradas e ruins, a Internet pode ser usada para o bem, mais muitos estão buscando por luxúria, violência, coisas más e erradas.
 Malditos sejam vós que anunciais seus planos satânicos através de desenhos, ou em outras mídias, suas diabólicas ações, suas oferendas a satanás e a todo tipo de demônios. Deus está vendo tudo e ninguém escapará do seu grande e forte braço de Justiça. Suas obras más serão sua condenação. Jesus Cristo o Rei dos Reis e o Senhor dos Senhores.
 As verdadeiras notícias muitas vezes são escondidas e as erradas, mentirosas e que enganam as massas predominam.
 A mídia quer passar que tudo o que a Santa Igreja Católica condena, como algo bom e certo, e que todo mundo deve concordar, aplaudir e praticar.
 Muitas pessoas estão vivendo escravas de games, das redes sociais, das manobras de massas, do materialismo,
drogas, alcoolismo, vícios, depravações da internet e excluindo Deus de suas vidas. A TV e muitas mídias e tecnologias estão fazendo as pessoas se esquecerem de Deus.
 A correria no dia a dia das pessoas está fazendo que elas excluam Deus das suas vidas, e estão deixando de lado as verdadeiras coisas importantes da vida, e gastando seu tempo com futilidades e coisas erradas. Deixando esfriar a caridade e se entregando a todo tipo de maldades, pecados e só pensando em divertimentos. 
 Não sigam cantores, atores, artistas, bandas, celebridades, famosos e outros cegamente, cuidado com canções de línguas estrangeiras, repare nas letras, saiba que muitos são contrários à fé católica e muitos tem parte com o maligno, suas músicas são louvores a satanás e a demônios, consagrando e oferecendo as pessoas a Lúcifer, como oferendas. Cuidado com filmes, séries, músicas, livros e semelhantes de todo tipo, muitos lhes ensinam depravações, perdições e iniquidades, coisas erradas e desprezíveis contrárias à sã doutrina, a verdadeira e tradicionalista Igreja e Fé católica, por isso rejeite tudo o que for contrário à lei divina (Tito 2, 1-15), e que esportes não lhes afastem e façam esquecer de Deus Uno e Trino, pois muitos tem esse objetivo, pois ele o Único Deus verdadeiro, em três pessoas que pode lhe dar a vida eterna.
 Existem filmes, documentários, séries e coisas do gênero que tem por função deturpar e distorcer as verdades bíblicas e a história e Doutrina da verdadeira e tradicionalista Igreja e Fé católica, são apresentados de forma mentirosa, distorcida e maldosa, sim, existem bons filmes e coisas do gênero que retratam a verdade, principalmente a vida dos Santos e Santas, filmes dos 4 evangelhos inspirados pelo Espirito Santo.
 Você já reparou que quando se retrata a história real ou fictícia de um sacerdote ou uma religiosa é quase sempre para desmoralizar e difamar, a Igreja é atacada, ensinam coisas sobre sua doutrina e história que são falsos em escolas e universidades, que muitos filmes foram feitos para justamente esse final, que novelas ou programas de televisão são para desfigurar a verdadeira função dos religiosos. Sim, existem falsos sacerdotes e religiosas, mas aqueles que se mantém fiéis à verdade e os poucos que se mantém mais firmemente ainda são duramente atacados, mas isso logo vai mudar e como vai.
 As pessoas devem tomar cuidado com uma mídia que em sua grande maioria está corrompida e alinhada para perder o maior número de almas e que fará de tudo para tentar impedir este livro de se tornar conhecido. Ele será atacado e será tachado por muitos como uma simples fantasia ou será tratado como uma farsa e tentarão impedir que as pessoas saibam da verdade. Em certos locais ele será até proibido, mas será em vão.
 Deus é mais forte que o demônio e nada disso adiantará.
 Não percam tempo vivendo para ter, na ganância e ambições maléficas e degradantes, no materialismo. Sigam os mandamentos, as virtudes, os bons costumes e tenham uma fervorosa fé católica verdadeira e tradicional.
 Os senhores desse mundo, maioria dos políticos, líderes mundiais e religiosos esperam pelo falso messias, estão alinhados e comprometidos com os diabólicos planos do Anticristo. Eles querem e muito impor a todo o mundo o reino de trevas de satanás, vão conseguir, porém, por pouco tempo, pois vamos esmagar a cabeça dessas malditas serpentes, pois, Deus é maior e mais forte que o demônio. Mas se mantenham
fiéis e firmes até o fim e Cristo Jesus vai lhes dar a coroa da vida.
 Só existe uma religião verdadeira, apenas uma verdade, apenas uma fé e apenas um caminho de salvação, a verdadeira fé católica é a verdadeira religião. Tudo o que for contrário a isso rejeite. Não tema os homens, mas sim a perniciosa heresia, pois sim ela afasta de Deus e perde a alma.
 Muitos estão empenhados em esconder a qualquer custo a verdade, atacando e perseguindo impiedosamente os verdadeiros pastores, os verdadeiros defensores da verdadeira fé católica.
 Porém eu digo: “Hereges a verdade será dita, e todos os povos de todas as nações conhecerão a verdade, e o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo será pregado por toda parte.”

Capítulo 48. Preencha sua vida e seu coração de Deus e das coisas Sagradas. 

 Em um mundo tão paganizado e hostil as famílias
cristãs, e onde tem tantas tentações para desviar e perder as almas e levar a perdição é necessário tomar medidas para mudar tal situação.
 Busque preencher sua vida de Deus e das coisas sagradas. No início vai parecer difícil,
mas com o tempo vai se tornar algo natural. Hoje com a tecnologia você pode ter aplicativos que ensinam a rezar o terço, tem a bíblia católica inteira, catequese e orações, a doutrina católica inteira, entre outras coisas e renuncie às depravações, a degradação e iniquidades e busque coisas que agregam bons valores, coisas mais limpas e Santas.
 Leiam livros de Santos Católicos, como: “Confissões” de Santo Agostinho do século IV (4), “Suma Teológica” de São Tomás de Aquino do século XIII (13), “A Imitação de Cristo” de Tomás de Kempis do século XV (15), “As 7 Moradas” de Santa Tereza de D'ávila do século XVI (16), “Exercícios Espirituais” Santo Inácio de Loyola também do século XVI (16), “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem” de Luís Maria Grignion de Montfort do século XVII (17), “A Mística Cidade de Deus - Vida da Virgem Maria” da Sor Maria de Jesus Agreda do século XVIII (17), “A dolorosa Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo” da beata Anna Katharina Emmerick do século XVIII (18), “Catecismo maior de São Pio X (10)” do início do século XX (20),  “Manual de Apologética católica” publicado em 1950, “O Evangelho como me foi revelado” de Maria Valtorta que também viveu no século XX (20), e muitos outros livros e obras de Santos e Santas e ler as Sagradas Escrituras regularmente, o Santo Evangelho.
 Com tantas coisas que afrontam nossa fé é preciso equilibrar as coisas. Ouça também músicas católicas e religiosas, as tenha com você e tenha elas e orações também em Latim no seu celular por exemplo, assista vídeos sobre a fé católica, a verdadeira história da Igreja, a sua doutrina. Acesse sites católicos, e encontrará tudo sobre a Igreja Católica.
 Tenha Imagens Sacras em sua casa, e aonde quiser ter, pendure nas paredes estampas ou quadros de Jesus, Sagrada Família, Nossa Senhora, Santíssima Trindade, Santos e Santas, de Anjos. Todos devem usar o escapulário de Nossa Senhora do Carmo, ela prometeu que os fiéis que morrerem revestidos dele não padeceram do fogo do inferno e que no primeiro sábado após sua morte ela libertará essas almas do purgatório. As medalhinhas ou semelhantes carregue consigo no bolso, bolsa, carteira, ou como quiser, as coloque em chaveiros, em cômodos da casa.
 Reze o Santo Rosário todos os dias, reze em comum acordo todos os dias com sua família ou sozinho. Nossa Senhora fez 15 promessas a todos aqueles que recitarem seu Santo Rosário com piedade e devoção, reze com confiança e verá sua vida se transformar em uma Santa Vida.
 Os crucifixos coloquem nas cabeceiras das camas, os tenham em cordões no pescoço.
 Leia regularmente a bíblia, mas com respaldo do Sagrado Magistério da Igreja Católica Apostólica Romana.
 Esses são todos objetos de proteção, que emanam todas as bênçãos e tornam sem dúvidas nossos lares um pedacinho do céu. Mas os usem com fé.
 A Santa missa é a renovação do sacrifício de nosso Senhor Jesus Cristo no calvário, a missa não é lugar de bater palmas, de ir com roupas vulgares, de cantar músicas animadas e fazer coreografias, ficar conversando, não é lugar de teatro, de fazer piadinhas, de rir, não é local de nenhum tipo de escárnio e invenções ultrajantes pois é Jesus Crucificado que está presente. Leigos não devem distribuir a eucaristia, muito menos ficar no altar, e ainda menos as mulheres participar de tudo isso e das leituras e sacerdócio para mulheres é aberração. O Sacerdote dá as costas ao Santíssimo, se senta no lugar como no lugar de Deus, não mais se ajoelha, e suprimiram a orações finais, como a de São Miguel Arcanjo e as 3 Ave Maria, hoje dizem por “todos” e não mais por
“MUITOS” que é o real sentido da consagração do Pão e do Vinho, Corpo e Sangue de Cristo. Algumas Igrejas mais parecem barracões, não tem torre, se parecendo assim no interior com uma loja maçônica, com em certos lugares com o piso preto e branco, parecem tudo, menos uma Igreja Católica. Dificilmente se encontrar uma Imagem de São Miguel Arcanjo que é o protetor da Igreja, mudaram o lugar do sacrário, apagaram em muitas Igrejas a chama universal, e muitas são as profanações da Sagrada Eucaristia, públicas e ocultas.
 Vá a missas Tridentinas, missas do Papa Pio V, as ouça ou às assista já que são em Latim, tome comunhão de joelhos e receba ela direto na boca, mas antes de a receber repita 3 vezes “Senhor eu não sou digno que entreis em minha morada, mas dizei uma só palavra e minha alma será salva” e de preferência apenas de sacerdotes e as mulheres ao irem na missa devem usar um véu sobre a cabeça e se vestir com modéstia, vá a Igreja, vá a Santuários Católicos. Faça penitência, jejum de pão e água nas quartas e sextas-feiras, foi o que Nossa Senhora pediu, existem certos tipos de demônios que só são expulsos através dos jejuns.
 Deus preferiu e prefere os humildes de coração, a sabedoria vinda da cruz e sua virtude oculta é loucura para os que são desse mundo, Jesus mesmo sendo Deus se deu inteiramente por nós, e todos os Santos em uma mesma virtude, um caminho seguro para a salvação e são gigantes em sua humildade, e como não lembrar de Maria Santíssima, ela é serva, e em sua grande humildade nos ajuda como Mãe que é e nos leva sempre a Jesus, e a Igreja, Una, Santa, Católica e Apostólica. Assim somos nós com Jesus e as coisas sagradas, muitas vezes deixamos jogadas, abandonadas, até vemos Jesus todos os dias, mas o ignoramos, quando na verdade devemos colocar Jesus em uma posição importante e de destaque em nossas vidas. Com Deus em primeiro lugar sempre. 
 Sigamos Jesus no desprezo do mundo e na mortificação da carne. Porque temos tendência a maldade, por isso devemos aprender a vencer nós mesmos. Menos a natureza humana e mais a graça divina. (Marcos 8, 34-38)
 Quanto menor ser nesse mundo, maior será no céu. Quanto mais se humilhar nesse mundo, mais exaltado será no céu. O Senhor Jesus deixou o exemplo, então sigamos e imitemos nosso divino Mestre, pois, nos ensina o caminho correto, ele que é a própria verdade. Não nos afastemos da oração. Quando nos afastamos, nos tornamos alvos fáceis da ação do demônio. Portanto, oração, penitência e mudança de vida. (Mateus 19, 16-30) (1 Pedro 2, 13-25)
 Deus espera de nós fé e inocência, e não alto conhecimento das coisas e inteligência. Sigamos os mandamentos, as virtudes, a moral católica, pedindo para o Senhor aumentar nossa fé e nas boas obras. A grandeza está na bondade, na honestidade, no amor e na justiça. (Mateus 6, 19-34)

Capítulo 49. Catolicismo, a verdadeira religião.

 Deus revelou apenas uma religião, ele não pode ter revelado nem duas religiões como verdadeiras. Assim como só existe apenas um Deus verdadeiro, assim ele também revelou apenas uma religião como verdadeira.
 A verdadeira Igreja Católica, a verdadeira fé católica é a verdadeira religião, a única religião verdadeira.
 Essa é a reconhecida Igreja dos milagres. A religião a qual Deus revelou.
 A religião revelada no Novo Testamento é a católica, o Velho Testamento foi todo uma preparação a uma verdade que veio a ser revelada no Novo Testamento.
 Um único Deus Trino, dividido em 3 pessoas, Deus Pai criador de tudo, Deus filho redentor e Salvador do mundo e Deus Espirito Santo que enche todos os corações.
 Padre Quevedo afirma que apenas na Igreja Católica existem milagres verdadeiros, inexplicáveis até pela ciência.
 Quantidade de corpos incorruptos, são mais de 2000 mil corpos, e apenas na Igreja Católica são encontrados mantidos de forma natural sem uso de nenhuma técnica ou substância para esses corpos se manterem incorruptos. São tão Santos que Deus nos deixou eles de exemplo para combater nossa incredulidade. Existem corpos incorruptos que se encontram nesse estado a séculos, com pele flácida, bom cheiro, e órgãos internos flácidos.
 E essa é a única religião acompanhada desde seu início com profecias, milagres e portentos.
 Catolicismo, a verdadeira e única religião.
 Essa é a religião verdadeira, fiel aos ensinamentos de Cristo, a Igreja da tradição que vem dos Apóstolos, dos Santos padres Pais da Igreja dos primeiros séculos, a autoridade dos Papas da antiguidade e dos séculos passados e quem e tudo o que for contra isso não representa a verdadeira fé tradicionalista católica e são os hereges com o Anticristo. Não se enganem com fábulas e fraudes. Apenas nosso Senhor Jesus Cristo é o Salvador de nossas almas.
 VIVA CRISTO REI!!!
 Papa Eugénio IV (4), Concílio de Florença, Cantate Domino, 1441, EX CATHEDRA: 
 “A Santa Igreja Romana crê firmemente, professa e prega que nenhum dos que estão fora da Igreja Católica, não só pagãos como também judeus, heréticos e cismáticos, poderá participar na vida eterna; mas que irão para o fogo eterno que foi preparado para o demônio e os seus anjos, a não ser que a Ela se unam antes de morrer…”

Capítulo 50. Os milagres.

 Nesses 2000 anos de Igreja Católica não é em vão que existem mais de 20 mil Santos, incluindo ainda muitos milagres por intercessão de Imagens Sacras e Sacramentais.
 A verdadeira Igreja Católica é conhecida por ser a Igreja dos milagres, são milhares e muitos desses estudados por cientistas que chegaram a conclusão que eram fatos inexplicáveis.
 Muitos são os milagres, milagres verdadeiros. Os Santos são Santos por isso, porque atingiram um tal grau de santidade que Deus operou milagres através deles.
 Durante as aparições de Nossa Senhora em Fátima, Portugal o mundo teve ali realizado um dos mais relevantes milagres, o milagre do sol, perante uma multidão de cerca de 60 mil pessoas que pediram um sinal. Chovia muito e as pessoas estavam com as roupas encharcadas e o chão era só lama, foi quando o céu clareou e o Sol se aproximou da terra e começou a girar e se mover e voltou para sua posição habitual, imediatamente as roupas e o chão se secaram e muitas pessoas que tinham alguma doença foram curadas.
 Em Hiroshima durante a Segunda Guerra Mundial quando os Americanos soltaram a bomba atômica o local do epicentro da explosão em um raio de 1,5 km todos as construções caíram e todas as pessoas morreram imediatamente, a 800 metros do local da explosão existia um mosteiro jesuíta que permaneceu em pé e em bom estado e seus 8 moradores, 8 monges não sofreram danos algum na explosão e nem depois com a radiação. Durante um encontro na Filadélfia, nos EUA durante os anos 70 eles contaram seu relato e foram aplaudidos em pé, nesses anos eles foram submetidos a mais de 200 testes realizados por diversos cientistas que queriam entender por que nada tinha acontecido com eles e por que não sofreram os danos da radiação. Quando perguntado o que eles faziam, revelaram que naquela casa se rezava o Santo Rosário em comum acordo todos os dias. E por isso foram protegidos por Nossa Senhora, que prometeu sua especialíssima proteção a todos aqueles que recitarem seu Santo Rosário.
 Os milagres acontecem quando assim Deus quer, Deus não faz um milagre sem ter uma razão ou algo construtivo que ainda vai se revelar.
 Devemos tomar cuidado porque satanás também faz milagres e no tempo da vinda do Anticristo e dele próprio com todas suas legiões demoníacas, (“milagres” da ciência) ele fará milagres extraordinários e irá perverter e enganar a muitos que não tenham uma verdadeira fé em Jesus Cristo e uma forte fé católica tradicional. 
  Os milagres realizados no protestantismo têm origem nos poderes infernais, assim como todos os outros realizados fora do ambiente católico, nas seitas e falsas religiões.
 
Existem muitos milagres verdadeiros, provenientes de Deus Uno e Trino, inexplicáveis até pela ciência, os quais acontecem apenas na Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana.

Capítulo 51. As aparições. 

 Nesses 20 séculos de Igreja Católica em muitas ocasiões principalmente Jesus e Maria apareceram em diversos lugares por todo o mundo.
 Na grande maioria de vezes para Santos e Santas e trazendo muitas mensagens e avisos, avisos que se comprovaram sendo verdadeiros quando se realizavam.
 Deus sendo infinitamente bondoso ampara a Igreja e Jesus e Maria após serem elevados aos céus sempre fizeram muitas aparições.
 Tão grande quantidade de relatos, de encontros e visões de Nosso Senhor Jesus Cristo, Nossa Senhora, São Miguel Arcanjo, dos Anjos e em algumas situações Santos que já estão junto de Deus.
 O Escapulário, o Rosário, muitas medalhas e ainda outros sacramentais foram dados a nós homens em aparições de Nossa Senhora e Jesus Cristo.
 As aparições devem ser estudadas e pesquisadas, pois, tem informações que nos servem muito de parâmetros para nossos dias, muitas revelações foram feitas e devemos ter esse conhecimento. Existem profecias sobre o futuro da Igreja e o futuro de todos nós.
 A Igreja não obriga a ninguém a acreditar nas aparições ou revelações como um dogma de fé, mas seríamos tolos se ignorássemos esses avisos que vem dos céus.

Capítulo 52. A Igreja e a ciência. 

 Na idade média a ciência avançou e esses avanços proporcionaram as diversas descobertas séculos mais tarde. A Igreja na Idade Média incentivava e financiava os estudos e pesquisas de cientistas clérigos e não clérigos.
 Existem muitos cientistas que eram padres e estes são pioneiros em diversos campos da ciência. A Igreja separou a fé e a razão, o que possibilitou um avanço científico que jamais tinha ocorrido nas outras civilizações como Chinesa, Grega, Asteca, Muçulmana, Suméria e em outras. Tudo isso porque a Igreja sabia que apenas Deus é transcendente.
 Graças a Igreja Católica que formou o ocidente e incentivou e defendeu a ciência é que tivemos tantos avanços tecnológicos nos séculos posteriores.
 A Igreja Católica criou o sistema Universitário e foi ela quem desenvolveu as leis de evidência.
 Esse tema tem muito mais o que ser estudado e divulgado e ser mostrada a verdadeira história dessa época que toda a Europa foi cristã e quando ela começou a se paganizar novamente.
 Muito cuidado com a “ciência” moderna, ela tenta provar de uma forma lógica todas as coisas, seu objetivo é que as pessoas percam a crença na existência de um Deus Uno e Trino, negando que existe um ser superior que criou tudo visível e invisível, que rege com a Divina Providência nosso mundo.
 Aquele e único que pode lhe dar a vida eterna, que é todo poderoso, que criou o homem do barro, e a mulher da costela do homem. Que enviou seu filho unigênito para redimir o ser humano do pecado e abriu a porta da salvação para todos os povos de todas as nações. Satanás quem incentiva tudo o que é contrário a lei divina e busca afastar o homem da graça divina, e perder as almas no tormento eterno. Muitas coisas científicas são fraudes em referência a história da terra, muita coisa verdadeira é omitida. Por tudo isso tenham e pratiquem uma fé católica tradicionalista e confiem e busquem de todo coração Deus Uno e Trino e as coisas sagradas, pois, esse é o Único Deus verdadeiro, em 3 pessoas diferentes e é o único que pode lhe dar o céu, o paraíso e a bem-aventurança eterna.

Capítulo 53. O ser humano e a natureza.

 Na Igreja Católica estão presentes todas as raças, ricos e pobres, homens e mulheres e velhos e jovens.
 A Igreja defende toda a vida humana, desde sua concepção e a dignidade a toda a vida humana.
 Os homens foram feitos por Deus a sua imagem e semelhança, semelhança que significa caráter.
 Graças a Jesus Cristo todos os homens e mulheres de todos os povos hoje tem Deus como Pai.
 Deus criou o homem e a mulher, Deus fez o homem e é ele Deus quem lhe deu vida. E apenas Deus que criou o homem é quem sabe como faze-lo feliz.
 Deus criou o homem e não o homem a ele próprio, jamais o homem deverá se colocar no lugar de Deus, assim que ele fizer tal heresia será sua ruína e Deus não tardará a fazer justiça a aqueles que ainda se mantiverem fiéis aos seus ensinamentos.
 Deus criou tudo visível e invisível, Deus fez à terra e os céus, Deus criou os animais e deu ao homem o poder sobre todos. O homem deve buscar um meio sustentável que possa viver sem destruir o meio ambiente em que vive e isso inclui a natureza, mas sem usar sua preservação de pretexto para fins nefastos.
 Não devemos maltratar os animais, devemos tratá-los bem, com respeito. Com animais selvagens e perigosos devemos ter cuidado. São todas criaturas feitas por Deus, Deus fez também a natureza, assim como nós homens fomos feitos por Deus.
 A terra não é um globo e sim plana (Jó 22, 14) (Jó 26, 10) (Jó 37, 18) (Amós 9, 6) (Provérbios 8, 27-29) (Gênesis 1, 6-8), não existem alienígenas, eles sustentam isso porque se vier a aparecer esses supostos seres não passarão de demônios, que se juntaram ao seu mestre o Anticristo e farão grandes prodígios para perverter e convencer que são seres superiores e que o Anticristo é Deus, Nossa Senhora de La Salette denuncia isso e também por causa do DOMO dá terra seria impossível uma invasão alienígena. A bíblia fala sobre o firmamento e da toda sustentação para isso. A NASA é uma grande farsa, galáxias e outros planetas são criações para enganar as massas, os outros planetas da nossa galáxia não são exatamente como são conhecidos e mostrados, o Sol não se põe e sim se afasta até desaparecer da nossa vista, e ele é muito menor que a terra. A BORDA da terra é na Antártida e por isso em 1959 muitas nações firmaram um acordo internacional para não permitir que ninguém possa explorar essa região a não ser os países participantes. O
Projeto Blue Beam é outra farsa da NASA, imagens holográficas nos céus e sons pelo mundo todo, que deverá ser uma simulação da volta do Senhor Jesus, (Nota: Isso não exclui a possibilidade de sinais e aparições católicas verdadeiras, mas Gálatas 1, 7-9) e a segunda vinda gloriosa de Cristo será só depois dos 3 dias de escuridão, o inferno estará na terra e então se aparecer qualquer um dizendo ser o Cristo antes disso se trata de um falso Cristo e todo aquele que disser que ele vem antes ou se dizer ser o Cristo é um falso profeta e um falso Cristo e o Anticristo fará justamente isso. O aquecimento global é outra grande mentira que criaram para os povos esquecerem da religião, principalmente da verdadeira que é a fé católica tradicional e passaram a tratar a terra como um Deus, mãe terra para excluir Deus Uno e Trino.
 E tudo isso é um plano macabro e satânico, mas o Senhor dos exércitos, o único Deus verdadeiro, um Deus Uno e Trino combaterá por nós e junto de nós contra as legiões infernais, e contra o reino de trevas do demônio e do Anticristo.
 Do dia 22 para o dia 23 de Setembro de 2017 vai haver um alinhamento estelar que será exatamente como diz em Apocalipse 12, 1.
 No dia 1 de Junho de 2016 se realizou uma grande cerimônia satânica na inauguração do maior túnel ferroviário do mundo na Suíça, várias invocações a seres demoníacos, muitas encenações de origem pagã e fizerem como uma abertura de portal de bem vindo para o Anticristo. Nesse local tinha várias autoridades Europeias. Eles esperam e preparam tudo para a Nova Era, já não escondem seus planos, demonstram as vezes eles em filmes e outras mídias, tratam o povo como um gado, são servos de satanás, mas seus dias já estão contados.
 “O Filho do homem enviará os seus anjos, e eles tirarão do seu Reino tudo o que faz cair no pecado e todos os que praticam o mal. Eles os lançarão na fornalha ardente, onde haverá choro e ranger de dentes.” Mateus 13, 41-42

Capítulo 54. Por que tu negas o Senhor? 
 
 Por que tu olhas com desprezo o Senhor? Por que tu preferes a maldade e servir o demônio? Por que ultraja e blasfema contra o nome do Senhor? Por que você mesmo é o executor a si mesmo ao inferno?
 Como pode querer a vida eterna, se odeias o único Deus verdadeiro e o único que pode dar a vida após a morte, como pode querer participar do mérito dos abençoados do paraíso se serve ao diabo, satanás aquela antiga serpente.
 O homem perverso e insensato é a causa da sua própria ruína.
 Não existe nada secreto que o Senhor não venha a saber, então por isso por que se enganar e por sua confiança em demônios.
 Tu práticas essas abominações, essa depravação, tudo o que tem de mais podre e sujo no mundo
e suas oferendas e sacrifícios a demônios esses seres infernais.
 Não se cansa de tentar destruir o nome do Cristo e a Igreja sua esposa. Suas obras são más e perversas. Tu incentivas tudo o que é contrário à vontade divina.
 Maquina seus males, seus planos nefastos, não se cansa de fazer o mal e não vê que condena seus descendentes, por acaso não percebe que suas gerações passadas fizeram o mesmo e hoje queimam no fogo eterno.
 Sim, todas as profecias deverão ser cumpridas antes da segunda vinda de Jesus, mas é como o próprio Senhor Jesus Cristo disse, que é impossível que não aconteçam escândalos, mas ai daqueles que por eles vierem e ainda e principalmente quando se referiu a Judas Iscariotes o traidor, que para tal homem era melhor nem ter nascido.
 Enfim, hereges o Senhor Deus, Deus Uno e Trino, em 3 pessoas que tudo vê, está em toda parte e já sabe de tudo antes que aconteça e ninguém
escapará da sua justiça. E se colocarem no lugar de Deus como Deuses será sua ruína.
 E se lembrem bem, Deus sempre
enviará homens e mulheres que vão lutar e derrubar vocês, e “NÓS NUNCA NOS RENDEREMOS”. Porque Deus é maior e mais forte que o demônio.
 Vosso é o Reino, o Poder e a Glória para Sempre.

Capítulo 55. Deus é amor. 

 Somos todos filhos e filhas amadíssimos de Deus. Deus por amor a
nós homens enviou seu filho unigênito para a remissão de todos os nossos pecados e nos trouxe a salvação.
 Deus é tão bondoso que desde o seio materno ele envia um anjo para auxiliar cada um de nós. Deus é tão bondoso que dá a oportunidade de todas as pessoas se arrependerem de suas más vidas e salvarem suas almas. Por amor Deus se deu como alimento na eucaristia para nossas almas.
 Deus quer que todos os homens e mulheres se salvem, ele dá todos os dias oportunidades de busca-lo verdadeiramente.
 Ele nos chama, ele nos espera, ele nos ama. Meus irmãos eu não sei aonde vocês moram, qual sua condição social, sua cor ou raça, como são suas vidas ou seus problemas, eu sei que Deus está vendo vocês agora e ele disse que em sua casa tem muitas moradas e eu tenho certeza que cada um de vocês têm uma reservada lá no céu, e então não queiramos perder a coroa da vida, a vida eterna.
 Um sábio certa vez escreveu; A inteligência sem amor, te faz perverso. A justiça sem amor, te faz implacável. A diplomacia sem amor, te faz hipócrita. O êxito sem amor, te faz arrogante. A riqueza sem amor, te faz avarento. A pobreza sem amor, te faz orgulhoso. A beleza sem amor, te faz fútil. A autoridade sem amor, te faz tirano. O trabalho sem amor, te faz escravo. A simplicidade sem amor, te deprecia. A lei sem amor, te escraviza. A política sem amor, te deixa egoísta. A fé sem amor, te deixa fanático. A cruz sem amor, se converte em tortura. A vida sem amor, não tem sentido. Oque vale é o amor.
 Oração de São Francisco de Assis
 Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor; Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; Onde houver discórdia, que eu leve a união; Onde houver dúvida, que eu leve a fé; Onde houver erro, que eu leve a verdade; Onde houver desespero, que eu leve a esperança; Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; Onde houver trevas, que eu leve a luz.
 Ó Mestre, Fazei que eu procure mais Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna.


Capítulo 56. Meu testemunho. 

 Salmo 100 
 “Salmo de Davi. Cantarei a bondade e a justiça. A vós, Senhor, salmodiarei. 
 Pelo caminho reto quero seguir. Oh, quando vireis a mim? Caminharei na inocência de coração, no seio de minha família. 
 Não proporei ante meus olhos nenhum pensamento culpável. Terei horror àquele que pratica o mal, não será ele meu amigo. 
 Estará sempre longe de mim o coração perverso, não quero conhecer o mal.
 Exterminarei o que em segredo caluniar seu próximo. Não suportarei homem arrogante e de coração vaidoso.
 Meus olhos se voltarão para os fiéis da terra, para fazê-los habitar comigo. Será meu servo o homem que segue o caminho reto.
 O fraudulento não há de morar jamais em minha casa. Não subsistirá o mentiroso ante meus olhos.
 Todos os dias extirparei da terra os ímpios, banindo da cidade do Senhor os que praticam o mal.”
 Desde pequeno senti que Deus tinha uma missão importante para mim, sempre me senti protegido por ele e sempre me livrou de muitos perigos e flagelos, e como seus caminhos são misteriosos, com o tempo ele foi me moldando.
 Minha família é na sua grande maioria católica, mas eu era católico só de nome, com opiniões minhas totalmente contrárias às da Igreja verdadeira. Cometi tantos erros e pecados em minha vida que hoje vejo que os cometi por ser um completo ignorante da verdadeira fé católica, a verdadeira fé cristã.
 Na minha infância me lembro das novenas e minha catequese e estudos da Igreja, mas acredito que foi insuficiente para minha formação e quando fui ficando maior me afastei da Igreja, da religião católica que é a única religião verdadeira, efeitos da grande apostasia, como todos também fui afetado.
 Eu perdi muito tempo com jogos online, com jogos de estratégia em tempo real, mas hoje vejo que isso me ajudou a ter uma visão estratégica das coisas
e sempre gostei de estudar sobre guerras e batalhas. Antes eu não pretendia me casar com minha noiva e iria apenas ir morar junto, e hoje quero me casar e receber o sacramento do Matrimônio e se Deus quiser teremos muitos filhos.
 Entre o mar da ignorância que eu navegava e acreditando em ensinamentos falsos de coisas que são
contrárias aos ensinamentos da verdadeira Santa Igreja Católica foi quando eu disse para mim mesmo. “Existe apenas uma verdade e vou em busca dela.”
 Comecei a me interessar nos ensinamentos da Igreja e quando com o pouco que eu aprendi comparei os falsos ensinamentos que tinha
estudado, eu me dei conta que eram pura heresia.
 No começo quando busquei os ensinamentos da verdadeira Igreja Católica achei muito difícil, o processo de conversão muitas vezes é longo e demorado, mas decidi que iria aprender a verdade, conhecer a história da Igreja, sua doutrina, o porquê ela fazia isso e aquilo, e hoje sou um católico verdadeiro.
 Eu me aprofundei muito e estudei e ainda estudo muito e já faz 4 anos que comecei, mais a cerca de 1 ano que comecei a notar uma real, forte e verdadeira conversão, a maioria das coisas que falo e penso são de Deus e das coisas sagradas, evito muitas ocasiões de pecado, e busco viver uma vida mais Santa, sei que sou um miserável pecador, mas não fico feliz com meus pecados e luto contra eles. Hoje estou na verdade, na verdadeira fé católica, uma fé tradicionalista, somos fracos, mas em Deus nos tornamos mais fortes.
 Estudei muito pela internet, através de vídeos e leituras, o que demonstra que podemos usar a tecnologia para coisas boas e também recebi e recebo informativos e publicações relacionadas ao catolicismo. Eu gosto de futebol, sou palmeirense (apesar das manipulações), mas sempre Deus em primeiro lugar. Eu ouço músicas católicas, tenho vídeos relacionados ao catolicismo. Não existe alma perdida, todos temos todos os dias a oportunidade de buscar a Deus e viver conforme seus mandamentos, seguir as virtudes, praticar boas obras, buscar as bem-aventuranças. E Oração, Penitência e mudança de vida.
 Eu estudei todos as questões que a Igreja Católica é atacada, seja por sua doutrina, seja por sua história. Eu já li toda a bíblia mais de uma vez e pelo meu celular, esse livro foi também escrito em grande parte pelo meu celular. Mas a li em conformidade com o Santo Magistério da Igreja. E fiz e faço muitos debates principalmente pela internet e também pessoalmente e sempre costumo dizer que não tem como a verdade ser derrotada pelas mentiras.
 Estudo a vida dos Santos seus escritos e livros, eles são nossos irmãos maiores que trilharam o caminho sagrado antes de nós, eles são grandes exemplos a serem estudados, divulgados e seguidos, esses são os verdadeiros imitadores de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador e o verdadeiro Messias.
 Eu sempre com meu escapulário de Nossa Senhora do Carmo, em um cordão no pescoço a medalha de São Bento e o Crucifixo de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e com minha cadeia de Nossa Senhora que tem uma medalha de Nossa Senhora das Graças. E distribuo como posso o escapulário de Nossa Senhora do Carmo e demais devocionais. Alternando entre a cidade e o sítio, o campo, e sou descendente de Italianos e Africanos, sou Brasileiro, sou Católico Apostólico Romano Tradicionalista, e em busca da pátria celeste.
 Fiel aos ensinamentos de Jesus Cristo, em conformidade com as tradições que vem da Igreja dos Apóstolos, com os Santos padres Pais da Igreja. A verdadeira Igreja Católica deve ser tradicionalista. O Santo Padre Pio X criou o juramento antimodernista na Igreja e todos seus sucessores deveriam praticá-lo. Minha escrita e meu português podem não ser os melhores, mas não escrevi o livro para ganhar prêmios literários e sim para salvar o máximo de almas para a honra e glória de Deus Uno e Trino. Como um farol no meio da escuridão, lhes indico a direção correta a se seguir, o caminho seguro para a Salvação, a verdadeira luz que é Cristo. Como um General no campo de batalha, aqueles que me ouvem tem grandes chances de vencer, já aqueles que me ignoram tem alta possibilidade de se perderem. VIVA CRISTO REI!!!
 À verdadeira Igreja Católica sempre vai ser fiel aos ensinamentos de Cristo, a tradição dos Apóstolos.
O Anticristo negará que Jesus Cristo é o verdadeiro Messias, ele Anticristo que é o filho e própria encarnação do diabo. Em outras palavras a Igreja Católica verdadeira está em boa parte eclipsada por uma falsa Igreja Católica e ainda vai piorar muito. As pessoas devem ter uma fé católica tradicionalista, uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e Maria, a Sagrada Cruz, rezar o Santo Rosário e demais orações católicas, ter os devocionais a mão, com suas Imagens Sacras, velas bentas, escapulário de Nossa Senhora do Carmo, medalhas de São Bento e medalha milagrosa. Mantenham uma fervorosa e verdadeira fé católica tradicionalista em suas casas. Jesus disse: “ Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos Céus.” E por fim diz: “Sejam fiéis até a morte, e eu vos darei a coroa da vida.”
 O mal é uma realidade, o demônio quer nos perder, eles os demônios não têm corpo físico e por isso sugerem ideias ruins e maldosas diretamente em nossas mentes, por isso sempre se recomende a seu Santo Anjo da Guarda, seu fiel amigo e protetor.
 A verdadeira Igreja Católica precisa de todos nós para triunfar, verdadeiros guerreiros da luz. Não será fácil, pois as heresias e os hereges são muitos, mas Deus e a Virgem Maria estão conosco até o final e confiemos na Divina Providência, São Miguel Arcanjo e todos os exércitos do Senhor lutarão junto de nós e por todos nós, e os Santos e Santas intercedendo por cada um de nós. É tempo de sacrifícios, é tempo de penitência, de orações, é tempo de provações e tribulações, o tempo da verdadeira conversão.
 Nosso Senhor Jesus Cristo prometeu que se nos mantivermos fiéis a ele até mesmo na morte receberemos a coroa da vida. Então sigamos lutando. Que o Espírito Santo de Deus repouse sobre cada um de nós, amém.
 E por fim me despeço com o trecho dessa linda canção católica de Juliana de Paula, Minhas Vocações;
 “Para caminhar tenho que escutar e calar meus sentimentos, renovar meu sim, e deixar cair tantos planos e conceitos que eu fui criando aqui dentro do coração. Sem pensar eu quis de volta minha vida em minhas mãos, não posso mais viver para mim.
 A minha vocação é me doar, e por amor darei o meu melhor, pois o senhor que um dia me chamou, quer que eu seja luz para as nações. Não mereci chegar onde estou, mas se cheguei aqui eu quero então, fazer valer a pena toda dor, levando esperança a esse povo sofredor.”
 Eis meu Servo que eu amparo meu eleito ao qual dou toda a minha afeição, faço repousar sobre ele meu espírito, para que leve às nações a verdadeira religião. Isaías 42, 1. Não sei o futuro, mas Deus deixa sinais, sigamos lutando.

Capítulo 57. Os Papas da antiguidade e dos séculos passados demonstram e ensinam o que é a verdadeira Igreja e Fé Católica. 

 (Gálatas 1, 7-9)
 Eis aqui o que é a verdadeira Igreja Católica e a sua verdadeira Fé. Ainda há muito mais que isso, mas isso já basta para calar os hereges.
 Papa Leão XIII (13), Satis cognitum, #9, 29 de Junho de 1896: “A prática da Igreja tem sido sempre a mesma, apoiada pelo juízo unânime dos Santos Padres, que sempre consideraram como excluídos da comunhão católica e fora da Igreja qualquer um que se desvie, no menor grau que seja, de qualquer ponto de doutrina proposta pelo seu magistério autêntico.”
 Papa Clemente VI (6), Super quibusdam, 20 de Setembro de 1351: “Perguntamos: Primeiramente, se tu e a igreja dos armênios que te obedece, creem que todos aqueles que no Baptismo receberam a mesma fé católica e depois se apartaram ou se apartarão no futuro da comunhão da mesma fé DA IGREJA ROMANA, QUE É A ÚNICA CATÓLICA, são cismáticos e hereges, se permanecerem obstinadamente divididos da fé desta Igreja romana.”
 Papa Bonifácio VIII (8), Unam Sanctam, 18 de Novembro de 1302: “Por imposição de fé, estamos obrigados a crer e manter que há uma só e santa Igreja Católica e Apostólica, e nós simples e firmemente cremos e confessamos esta Igreja, fora da qual não há salvação nem remissão dos pecados, o Esposo no Cântico proclamando: ‘Uma só é a minha pomba, a minha perfeita...’”
 Papa São Pio X (10), Editae saepe, #29, 26 de Maio de 1910: “Somente a Igreja possui, junto com seu magistério, o poder de governar e santificar a sociedade humana. Através de seus ministros e servos (cada um no seu próprio cargo e posição), ela confere sobre a humanidade os meios apropriados e necessários de salvação.”
 
Papa Eugénio IV (4), Concílio de Florença, 1441, ex cathedra: “[A Santa Igreja Romana] crê firmemente, professa e prega que nenhum dos que estão fora da Igreja Católica, não só pagãos como também judeus, heréticos e cismáticos, poderá participar na vida eterna; mas que irão para o fogo eterno que foi preparado para o demônio e os seus anjos, a não ser que a Ela se unam antes de morrer; e que é tão importante a unicidade do corpo da Igreja que só aos que nela permanecem lhe aproveitam, para a salvação, os sacramentos da Igreja e [lhes] dão prémios eternos os jejuns, as esmolas e as demais obras de piedade e os exercícios do dever cristão. E que ninguém, por mais esmolas que dê, ainda que derrame seu sangue pelo Nome de Cristo, pode salvar-se se não permanecer no seio e na unidade da Igreja Católica.” 
 Papa Pelágio II (2), Epístola (2), Dilectionis vestrae, 585: “Aqueles que não estiveram dispostos a estar de acordo na Igreja de Deus, não podem manter-se com Deus; apesar de entregues às chamas e fogos, eles queimarem, ou, atirados às bestas selvagens, darem as suas vidas, não haverá para eles aquela coroa da fé, mas a punição da infidelidade, não um resultado glorioso (de virtude religiosa), mas a ruína do desespero. Tal pessoa pode ser morta mas não pode ser coroada...”
 Papa Vigílio, Segundo Concílio de Constantinopla, 553: “Com estes assuntos já exaustivamente tratados, nós temos em mente o que foi prometido acerca da Santa Igreja e d‘Aquele que disse ‘as portas do inferno não prevalecerão contra ela’ (entendemos isto como sendo as línguas mortíferas dos hereges).… pelo que consideramos estar na companhia do Diabo, o pai da mentira, as línguas incontroladas dos hereges e seus escritos heréticos, junto com os próprios hereges que persistiram em sua heresia até a morte.”
 Papa São Leão IX (9), In terra pax hominibus, 2 de Setembro de 1053, ao “Pai” da Ortodoxia Oriental, Miguel Cerulário, cap. 7: “A Santa Igreja edificada sobre uma pedra, isto é, sobre Cristo, e sobre Pedro ou Cefas, o filho de Jonas, que antes se chamava Simão, porque de modo algum será vencida pelas portas do Inferno, ou seja, pelas disputas dos hereges, que seduzem os vãos para a sua ruína.”
 Papa Inocêncio III (3), Quarto Concílio de Latrão, 1215, Constituição 3, Sobre os Hereges: “Excomungamos e anatematizamos todas as heresias que se oponham a esta fé santa, ortodoxa e católica que expusemos anteriormente. Condenamos todos os hereges, sejam quais forem os nomes que possam se intitular. Em verdade, as suas faces podem ser diversas, mas pelas suas próprias caudas estão enlaçados na medida em que se assemelham no seu orgulho.”
 Papa Pelágio II (2), Epístola 1, Quod ad dilectionem, 585: “No entanto, se alguém sugerir, ou crer, ou presumir ensinar algo contrário a esta fé, que saiba que está condenado e anatematizado segundo a sentença desses mesmos Padres.”
 Papa Pio XI (11), Mortalium animos, #7, 6 de Janeiro de 1928, falando dos hereges:
“Afirmam eles que tratariam de bom grado com a Igreja Romana, mas com igualdade de direitos, isto é, iguais com um igual.”
 Papa Pio IX (9), Amantissimus, #3, 8 de Abril de 1862: "… aquele que consome o cordeiro e não é membro da Igreja, profanou.”
 Papa Bonifácio VIII (8), Unam Sanctam, 18 de Novembro de 1302:
"A Igreja, pois, que é uma e única, tem um só corpo, uma só cabeça, não duas como um monstro…”
 Papa Leão XIII (13), Satis cognitum, #15: “O poder do Pontífice Romano é supremo, universal, e peculiar a si mesmo; o [poder] dos bispos é circunscrito por limites definidos e não é plenamente independente.”
 Papa São Gregório Magno: “A santa Igreja universal ensina que não é possível cultuar a Deus verdadeiramente senão nela…”
 Papa São Dâmaso, Concílio de Roma, cânon 15: “Se alguém negar que ELE (JESUS CRISTO)… VIRÁ PARA JULGAR OS VIVOS E OS MORTOS, É UM HEREGE.” 
 Papa Pio IX (9), Primeiro Concílio do Vaticano, Sessão 3, Sobre a Criação, Cân. 1: “Se alguém negar o único Deus verdadeiro, Criador e Senhor das coisas visíveis e invisíveis: seja anátema.”
 Papa Pio VI (6), Charitas, #32, 13 de Abril de 1791: “Por último, numa palavra, permaneça junto a Nós. Pois ninguém pode estar na Igreja de Cristo sem estar unido à sua cabeça visível, fundada na Sé de Pedro.” 
 Papa São Pio V (5), Quo primum tempore, 14 de Julho de 1570, sobre a proibição de alterar a Missa latina tradicional: “Pois bem: a fim de que todos abracem e observem em todas partes o que lhes fora transmitido pela sacrossanta Igreja Romana, Mãe e Mestra das demais Igrejas, no futuro e pela perpetuidade, proibimos que se cante ou se recite outras fórmulas que não aquelas em conformidade com o Missal editado por Nós... Assim pois, que absolutamente a nenhum homem seja lícito infringir, nem por temerária audácia opor-se a esta página de Nossa permissão, estatuto, ordenação, mandato, preceito, concessão, indulto, declaração, vontade, decreto e proibição. Mas se alguém, contudo, se atrever a atentar contra estas disposições, saiba que incorrerá na ira de Deus omnipotente e dos bem-aventurados Apóstolos Pedro e Paulo.”
 Papa Leão XIII (13), Libertas, #21-23, 20 de Junho de 1888: “Nem segundo a justiça, nem segundo a razão o Estado pode ser ateu; ou adoptar uma linha de ação que viria a dar no ateísmo — nomeadamente, tratar todas as religiões (como são chamadas) em pé de igualdade e conceder-lhes indistintamente os mesmos direitos e privilégios. Uma vez, pois, que é necessário professar uma religião no Estado, deve-se professar a única que é verdadeira e que é reconhecida sem dificuldade, especialmente nos Estados católicos, pois os selos da verdade estão, por assim dizer, nela gravados... O homem tem o direito de prudente e livremente propagar no Estado aquilo que é verdadeiro e honroso, a fim de que possa ser do proveito da maior parte possível; mas as opiniões mentirosas, as quais nenhuma doença do espírito supera, e os vícios que corrompem o coração e os costumes devem ser diligentemente reprimidos pela autoridade pública, impedindo assim que se alastrem para ruína do Estado.”
 Papa Pio IX (9), Quanta cura, #'s 3-6, 8 de Dezembro de 1864, ex cathedra:
“Partindo desta ideia de governo social, absolutamente falsa, eles não temem fomentar a opinião errónea, assaz perniciosa à Igreja Católica e à salvação das almas, qualificada de ‘delírio’ por nosso antecessor Gregório XVI (16), de feliz memória, DE QUE ‘A LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA E DE CULTO É UM DIREITO PESSOAL DE CADA HOMEM, QUE DEVE SER LEGALMENTE PROCLAMADO E AFIRMADO EM QUALQUER SOCIEDADE DEVIDAMENTE CONSTITUÍDA; e que os cidadãos têm direito à plena liberdade DE MANIFESTAR SUAS IDEIAS COM A MÁXIMA PUBLICIDADE — SEJA POR PALAVRA, SEJA POR ESCRITO, SEJA POR OUTRO MEIO QUALQUER —, sem que autoridade civil nem eclesiástica alguma possa reprimi-la de modo qualquer.’ Ao sustentar afirmação tão temerária, não pensam nem consideram que com isso pregam a liberdade de perdição... Portanto, TODAS E CADA UMA DAS PERVERSAS OPINIÕES E DOUTRINAS DETERMINADAMENTE ESPECIFICADAS NESTA CARTA, COM NOSSA AUTORIDADE APOSTÓLICA AS REPROVAMOS, PROSCREVEMOS E CONDENAMOS; E QUEREMOS E MANDAMOS QUE TODAS ELAS SEJAM TIDAS PELOS FILHOS DA IGREJA COMO REPROVADAS, PROSCRITAS E CONDENADAS.”
 Papa Gregório XVI (16), Inter praecipuas, #14, 8 de Maio de 1844: “A experiência mostra que não há meio mais direto de alienar o povo da fidelidade e obediência aos seus líderes que pela indiferença à religião, propagada pelas seitas sob o nome de liberdade religiosa.”
 Papa Leão XIII (13), Libertas, #42, 20 de Junho de 1888: “Destas considerações segue-se, portanto, que de nenhum modo é permitido pedir, defender ou conceder incondicionalmente a liberdade de pensamento, de imprensa, de ensino, de religião, como se fossem outros tantos direitos que a natureza confere ao homem.”
 Papa Inocêncio III (3), Eius exemplo, 18 de Dezembro de 1208: “Também cremos com coração e com a boca confessamos uma só Igreja, não de hereges, mas a Santa, Romana, Católica e Apostólica, fora da qual nós cremos que ninguém se salva.”
 Papa Clemente VI (6), Super quibusdam, 20 de Setembro de 1351:
“Em segundo lugar, perguntamos se tu e os armênios que te obedecem crêem que nenhum homem que caminhe fora da fé desta Igreja, e da obediência ao Romano Pontífice, poderá finalmente salvar-se.”
 Papa Leão X (10), Quinto Concílio de Latrão, Sessão 8, 19 de Dezembro de 1513: “E tendo em conta que a verdade não pode contradizer a verdade, definimos que toda afirmação contrária à verdade iluminada da fé é totalmente falsa e proibimos estritamente que se permita ensinar de outra maneira. Decretamos que todos aqueles que aderem a afirmações errôneas deste tipo, semeando desta maneira heresias que estão totalmente condenadas, devem ser evitados de qualquer maneira e castigados como hereges detestáveis e odiosos e infiéis que trabalham para a ruína da fé católica.”
 Papa Eugénio IV (4), Concílio de Basileia, Sessão 19, 7 de Setembro de 1434: “... há esperança de que muitos da abominável seita de Maomé, irão converter-se à fé católica.”
 Papa Leão XIII (13), Ad extremas, #1, 24 de Junho de 1893: “Nossos pensamentos se dirigem, em primeiro lugar, ao bem-aventurado Apóstolo Tomás, que é, com razão, chamado o fundador da pregação do Evangelho aos hindus. Depois temos São Francisco Xavier… Através de sua perseverança extraordinária, converteu centenas de milhares de hindus dos mitos e vis superstições dos brâmanes para a verdadeira religião. Os passos deste homem santo foram seguidos por numerosos sacerdotes… eles são os continuadores destes nobres esforços; não obstante, nos vastos cantos da terra, muitos estão todavia privados da verdade, aprisionados miseravelmente nas trevas da superstição.”
 Papa Pio XI (11), Mortalium animos, #2, 6 Janeiro de 1928: “... a falsa opinião dos que julgam que quaisquer religiões são, mais ou menos, boas e louváveis... Erram e estão enganados, portanto, os que possuem esta opinião: pervertendo o conceito da verdadeira religião, eles repudiam-na...”
  Papa Eugénio IV (4), Concílio de Florença, Cantate Domino, Sessão 11, 4 de Fevereiro de 1442: “A respeito das crianças, uma vez que a presença do perigo de morte é usual e o único remédio disponível para elas é o sacramento do Baptismo, pelo qual elas são arrebatadas do domínio do Diabo e adotadas como filhos de Deus.”
 Papa Pio XI (11), Quas primas, #15, 11 de Dezembro de 1925:
“Com efeito, este reino é apresentado no Evangelho como tal, no qual os homens preparam-se para entrar por meio de penitência; além disso, eles não podem nele entrar exceto através da fé e do Batismo, o qual, embora sendo um rito externo, significa e realiza todavia a regeneração interior.”
 Papa Leão XIII (13), Satis cognitum, #5, 29 de Junho de 1896: “Quem se separa da Igreja une-se a uma esposa adúltera e renuncia às promessas feitas à Igreja. Quem abandona a Igreja de Cristo não logrará as recompensas de Cristo.”
 Papa Pio VI (6), Auctorem fidei, 28 de Agosto de 1794, #33: “A proposição do Sínodo pela qual este manifesta o desejo de remover as causas através das quais, em parte, se induziu um esquecimento dos princípios relacionados com a ordem da liturgia, ‘reduzindo-a (a liturgia) a uma maior simplicidade de ritos, expressando-a em língua vulgar e pronunciando-a em voz alta’…” — é temerária, ofensiva aos ouvidos piedosos, injuriosa à Igreja, favorecedora das injúrias dos hereges contra ela.
 Papa Clemente V (5), Concílio de Viena, Decreto #22, 1311-1312: “Existem alguns, tanto clérigos quanto laicos, especialmente nas vigílias de certas festas quando deveriam estar na igreja perseverando na oração, que têm a ousadia de celebrar imodestos bailes nos cemitérios das igrejas e de, ocasionalmente, cantar baladas e cometer inúmeros excessos. Disso às vezes segue-se a violação das igrejas e cemitérios, a conduta vergonhosa e dos mais diversos crimes; e o ofício litúrgico é deveras perturbado, para a ofensa da divina majestade e o escândalo dos povos vizinhos.”
 Papa Pio IV (4), Concílio de Trento, Sessão 22, Decreto sobre o que se deve observar e evitar na celebração da Missa: “Apartem também das Igrejas aquelas músicas, onde assim no órgão, como no canto se mistura alguma coisa impura, e lasciva [sensual]; e do mesmo modo todas as ações seculares, conversações vãs, e profanas, passeios, estrépitos, clamores; para que a Casa de Deus pareça, e se possa chamar com verdade Casa de oração.”
 Papa Pio XII (12), Musicae sacrae, #42, 25 de Dezembro de 1955: “[Sobre a música litúrgica] Deve ser santa. Não se pode permitir que o seu conteúdo reflita coisa alguma de profano, nem que tais coisas sejam subtilmente inseridas nas melodias nas quais ela se expressa.”
 Papa Paulo III (3), Concílio de Trento, Sessão V, Dos Sacramentos genericamente, Cânon XIII, ex cathedra: “Se alguém disser, que os Ritos recebidos, e aprovados pela Igreja Católica, e que se costumam usar na solene administração dos Sacramentos; ou se podem desprezar, ou omitir sem pecado pelos Ministros, como lhes der na vontade, ou mudar em outros por qualquer Pastor das Igrejas: seja excomungado.”
São Francisco de Sales (século XVII “17”), A Controvérsia Católica, Ed. inglesa, pp. 305-306:“Agora, quando ele [o Papa] é explicitamente um herege, ele cai ipso facto da sua dignidade e para fora da Igreja...”
 Santo Antonino (1459): “No caso de o Papa ter se tornado um herege, ele encontrar-se-ia, por esse facto isolado e sem nenhuma outra sentença, separado da Igreja. Uma cabeça separada de um corpo não pode, enquanto se mantenha separada, ser cabeça do mesmo corpo da qual foi cortada. Portanto, um papa que se separe da Igreja por heresia, por esse mesmo facto, deixaria de ser a cabeça da Igreja. Ele não poderia ser um herege e continuar como Papa, porque, uma vez que está fora da Igreja, não pode possuir as chaves da Igreja.” (Summa Theologica, citado em Actes de Vatican I. V. Frond pub.)
 São Fulgêncio (526): “Creiam firmemente e não duvidem nunca no mais mínimo grau que seja que não só todos os pagãos, mas também todos os judeus e todos os hereges e cismáticos que terminam esta vida presente fora da Igreja Católica estão a ponto de ir para o fogo eterno que foi preparado para o diabo e seus anjos.”
 Papa Pio XII (12), Mystici Corporis Christi, #22, 29 de Junho de 1943: “Nem todos os pecados, embora graves, são de sua natureza tais que separem o homem do corpo da Igreja como fazem os cismas, a heresia e a apostasia.”
 Papa Eugénio IV (4), Concílio de Florença, Bula Cantate Domino, 1442, ex cathedra: “A sacrossanta Igreja romana, fundada nas palavras do Senhor e Salvador nosso, firmemente crê, professa e prega um só verdadeiro Deus onipotente, imutável e eterno, Pai, Filho e Espírito Santo… Aqueles, por conseguinte, que mantêm posições diversas ou contrárias, [a sacrossanta Igreja romana] os condena, reprova e anatematiza, e proclama que são alheios ao corpo de Cristo, que é a Igreja.”
 Papa Leão XIII (13), Satis cognitum, #9: “Ninguém que simplesmente não creia em nenhuma (destas heresias) pode por este motivo considerar a si próprio como ou chamar a si próprio de católico. Pois podem existir ou aparecer outras heresias que não estão discriminadas nesta nossa obra, e, se alguém mantém uma que seja destas heresias não é um católico.” 
 Papa Leão XIII (13), Satis Cognitum, #15, 29 de Junho de 1896:
“Logo, ninguém, ao menos que em união com Pedro pode partilhar da sua autoridade. É absurdo imaginar que aquele que está fora possa comandar dentro da Igreja.”
 Enciclopédia Católica, 1914, vol. XI, pág. 456: “Como é óbvio, a eleição de um herege, de um cismático, ou de uma mulher [ao papado] seria nula e inválida.”
 Papa São Hormisdas, Libellus professionis fidei, 2 de Abril de 517, profissão de fé: “E, portanto, espero merecer estar numa só comunhão convosco, que proclama a Sé Apostólica, na qual está a íntegra, verdadeira e perfeita solidez da fé cristã, prometendo que, no futuro, os nomes daqueles que se separaram da comunhão da Igreja Católica — isto é, daqueles em desacordo com a Sé Apostólica — não serão lidos nos mistérios sagrados. Mas se eu alguma vez intentar desviar-me da minha profissão, declaro-me, por minha própria sentença, cúmplice daqueles por mim condenados.  No entanto, eu com a minha própria mão assinei esta profissão escrita por mim e a ti, HORMISDAS, o santo e venerável Papa da Cidade de Roma, a dirijo.”
 Papa Pio IX (9), “Se um futuro Papa ensinar algo contrário a Fé Católica não o sigam.”
 Por acaso o Concílio Vaticano Segundo e a Igreja Católica após ele estão de acordo com tudo isso? Claro que não, pois, apenas a verdadeira Igreja Católica e sua verdadeira fé enquadra cada uma dessas coisas e não a falsa Igreja Católica criada pelo Concílio Vaticano Segundo e seus Papas modernistas. Sobre o modernismo o Papa Pio X (10) explica e condena na Carta Encíclica PASCENDI DOMINICI GREGIS (Link nas referências). No século XIX (19) O Papa Pio IX (9) escreveu a Carta Encíclica Vigilanti Cura e o Syllabus que contém 80 condenações a erros, e contra o liberalismo e o catolicismo liberal.

Capítulo 58. Falso Papa, Falsa Igreja Católica e o Anticristo. 

 
(Mateus 24, 3-33) (2 Timóteo 3, 1-8; 4, 3-4) (Marcos 13, 21-23) (1 Coríntios 6, 9-12)
 As profecias e revelações católicas, e as aparições de Jesus e Maria vem nos alertando e denunciando sobre o que aconteceu, está acontecendo e deverá acontecer em um futuro próximo e quais as medidas que deveremos tomar para nos prepararmos e não sermos pegos de surpresa e totalmente despreparados. 
 Um Antipapa ou Falso Papa é um herege que usurpa o trono da Cátedra de São Pedro ou se torna Papa de um modo não canonicamente eleito. Esse Falso Papa nega direta ou indiretamente os Dogmas da verdadeira Igreja Católica, os ensinamentos de Jesus e dos Apóstolos e as tradições que vem deles e dos Santos Padres dos primeiros séculos, a autoridade dos Papas da antiguidade e dos séculos passados. A verdadeira Igreja Católica está eclipsada por uma falsa Igreja Católica, e em sua grande parte eclipsada, essa falsa Igreja Católica tem o objetivo de enganar o máximo de pessoas para perder o maior número de almas, ela prega
, distorce e ensina o que a verdadeira Igreja Católica condena e isso resulta na apostasia, nos escândalos. A demolidora obra da maçonaria eclesiástica e laica, formou, e inventou uma caricatura de Igreja Católica, o Papa Pio XII (12) foi o último Papa tradicionalista, fiel a verdadeira fé católica e ferrenho opositor dos inimigos da verdadeira Igreja Católica e com o Concílio Vaticano II (segundo) começou com supostos papas a se promover uma falsa fé católica, a esta falsa Igreja moderna, voltada para o homem, que os inimigos de Deus estão construindo. Uma falsa Igreja social, que nada tem a ver com o Santo Padre e a Igreja de Roma. Com novos pregadores com novos sacramentos, novos templos, novos batismos, novas confraternidades. O Ecumenismo pós Concílio Vaticano II é uma fraude e visa apenas a união de todas as religiões em apenas uma. Eles prepararam e ainda preparam o terreno para o Anticristo, que anuncia o reinado de terror, tribulações, perseguições e martírios da Besta. O Anticristo negará abertamente que Jesus Cristo é o verdadeiro Messias e ele próprio se colocará como verdadeiro messias e será e auto proclamará como sendo Deus. O Anticristo exigirá ser adorado e também exigirá que todos tenham sua marca na mão ou na testa e por isso, prefiram ser martirizados ou morrer por falta de alimento e água por amor a Jesus Cristo e receberão a coroa da vida eterna, do que adorá-lo e aceitar sua marca e irem para o inferno. 
 E sabem por que são supostos papas? Porque todas as religiões não são iguais; Jesus não está no mesmo nível desses falsos deuses que na verdade são demônios; fora da verdadeira Igreja Católica e da verdadeira Fé Católica não existe salvação; As pessoas devem se converterem a verdadeira religião católica se quiserem salvar suas almas; só existe um Deus verdadeiro, que é Uno e Trino; as pessoas sem a verdadeira Igreja Católica e a verdade Fé Católica estão indo para o inferno em massa! O sangue dos mártires, aqueles que morreram por que se mantiveram fiéis até a morte a verdadeira fé católica é menosprezado, e isso é muito doloroso
.
 A nova Igreja, a nova religião, a nova Babilônia, a nova Sodoma e Gomorra, a nova Babel, a Nova Ordem Mundial será sem dogmas, sem Jesus e Maria, seu líder será o Anticristo. O falso ecumenismo criado pelo Vaticano II (segundo) visa justamente essa falsa união sem o verdadeiro Cristo, sem Deus Uno e Trino. Jesus que só volta após os 3 dias de escuridão.
 Querem fazer da Igreja um corpo que não é do nosso Senhor e único Salvador Jesus Cristo, Jesus que veio por muitos e não por todos. A maçonaria quer unir todo tipo de heresias, falsas doutrinas, seitas e falsas religiões em uma Igreja Católica falsa que é totalmente contrária a verdadeira Igreja Católica, com uma falsa fé que não é a verdadeira e tradicionalista Fé Católica, a única religião verdadeira, único caminho de salvação para as almas. 
 As pessoas estão sendo enganadas, mas esse livro vai libertar e salvar muitas almas para a honra e glória de Deus Uno e Trino, o único Deus verdadeiro. 
 A causa de tudo isso vai ser por que Deus foi abandonado, as aparições de Nossa Senhora e seus avisos foram ignorados, o verdadeiro Terceiro Segredo de Fátima que deveria ter sido revelado em 1960 foi ocultado. O Concílio Vaticano II (segundo) foi uma grande farsa, hereges entraram em peso na Igreja,
deformaram a verdadeira fé católica. Esses malditos e desgraçados dirigentes do mal fizeram uma MISSA que contêm palavras que são ODIOSAS à vista de Jesus, e cometeram o suicídio de alterar a verdadeira Fé Católica na sua liturgia, na Sua teologia e na Sua alma. Com o Concílio Vaticano II a maçonaria pretendeu com o tempo criar uma contra Igreja Católica. Papas usaram/usam a Cruz Vergada, criada e usada por satanistas no século VI (6). João XXIII (23), Paulo VI (sexto); João Paulo I (primeiro); João Paulo II (segundo), Bento XVI (16); Francisco, e segundo a profecia de São Malaquias, Francisco é o Papa número 111º desde que foi feita essa profecia, o número 112º será o último, Francisco é o 111º por que João Paulo II foi uma continuação de João Paulo I, e se deve contar ambos como o número 109º assim como defende historiadores católicos. Com essa Igreja Católica controlada pela maçonaria eclesiástica, deve haver a união de todas as religiões, algo de ruim deve acontecer com Francisco e o Anticristo deve governar a partir de Roma, assim como Nossa Senhora de La Salette nos ALERTA. Em relação e Petrus Romanus o Papa número 112º São Malaquias diz: “Na suprema desolação do mundo, reinará Pedro, o Romano, o último papa do Deus verdadeiro!” e complementa; “Na perseguição final à sagrada Igreja Romana reinará Pedro Romano, que alimentará o seu rebanho entre muitas turbulências, sendo que então, a cidade das sete colinas será destruída e o formidável juiz julgará o seu povo. Fim.” O “Papa Santo” junto dos Apóstolos dos Últimos Tempos deverá liderar os cristãos na última CRUZADA contra todo mal, será eleito de modo extraordinário, e para o triunfo final da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana.
 Não esqueçamos que a verdadeira Irmã Lúcia de Fátima foi eliminada e substituída por uma Irmã Lúcia impostora, Papa Pio IX (9) expôs a Alta Vendita e que o Papa Leão XIII (13) denunciou a gênese do Master Plan e que tudo que vem acontecendo faz parte de um grande plano da maçonaria (illuminatis e seitas secretas luciferianas que vem agindo ocultamente no mundo), plano muito antigo e bem arquitetado, o que o verdadeiro Terceiro Segredo de Nossa Senhora de Fátima deveria ter revelado ao mundo em 1960, que denunciaria tal monstruosidade e perversidade, e por isso foi ocultado, mas esse livro lhes mostra toda a verdade.
 Papas (Nota: Não são todos “Antipapas”, mas cometeram muitos erros e enganos gravíssimos) que cederam ao modernismo, ao iluminismo, pluralismo, ao relativismo, ao laicismo, ao racionalismo. Paulo VI (6) ao perceber que tinha sido enganado disse que a “fumaça de satanás tinha entrado na Igreja,” nada mais sábio de reconhecer. Cometeram erros graves, em certas questões cometeram/cometem apostasia, o liberalismo religioso e tudo isso levou a apostasia generalizada das massas, teólogos que os induziram e os levaram a isso, foram cegados, influenciados, enganados, silenciados, manipulados, até mesmo forçados e reprimidos por forças ocultas (ILLUMINATIS), com documentos falsificados e adulterados. Com a infiltração em peso de comunistas, com o socialismo e marxismo na Igreja desde a década de 20, e com isso os com vocação ao sacerdócio e a vida religiosa foram muitas vezes recusados e os tendenciosos ao pecado e não vocacionados foram aceitos e por isso desde a década de 50 tantos casos e escândalos de pedofilia e homossexualismo no clero. Com a maçonaria infiltrada na Igreja, se formou religiosos e o clero com seus ideais, no liberalismo, no laicismo e no pluralismo etc, e com religiosos malformados e por influência de falsos Bispos e Cardeais, da infiltração maçônica desde o século XVII (17), para dominar a Igreja Católica de dentro para fora e usa-la para realizarem seus planos satânicos, sendo que todos os Papas, desde Clemente XII (12) até Pio XII (12) lutaram muito para evitar tal tragédia. Mas tudo isso ocorreu para as profecias se cumprirem. O concílio Vaticano II foi um grande erro, foi a porta para tudo isso ocorrer, os modernistas, progressistas, inimigos de Cristo infiltrados (Maçons e Comunistas) esperavam a oportunidade e o fizeram, basta ver que essa falso Concílio convocado em 1962 e suas ideias propagadas a partir dele vão contra os Concílios do Vaticano I e de Trento, contra o que os Papas tradicionalistas e fiéis a verdadeira e tradicional Igreja e Fé Católica sempre condenaram e lutaram contra. Assim como João Paulo I (primeiro) foi assassinado, como tentaram também matar João Paulo II (segundo). Os inimigos de Cristo, o inimigo das almas, o demônio e seus servos não querem que saibam disso, por que isso lhes é muito danoso, desvenda suas maldades e seus planos malignos e alerta as almas.
 Os Illuminatis (Iluminados) são uma elite global ocultista que trabalha atrás das cortinas, usam símbolos como a pirâmide do olho que tudo vê, mão chifrada, o número 666, o olho de hórus (Falso Deus Egípcio, que na verdade é um demônio), cultuam Falsos Deuses (demônios) antigos etc, são todos satanistas, relacionada a maçonaria e a outras diversas seitas luciferianas, eles adoram como deus Lúcifer, que é o Diabo, eles trabalham para ele e são seus servos, juntamente de outros poderes no mundo como o Comunismo e o Califado Islâmico tentam dominar o mundo e implantar uma Nova Ordem Mundial. Muitas desgraças que vem ocorrendo no decorrer dos séculos e que vem fomentando muito a degradação, alienação, iniquidade e depravação na humanidade (até mesmo reprimir e ocultar tecnologias realmente boas a até criação de doenças e envenenamento de alimentos, água e do ar) são essas seitas secretas luciferianas, que controlam as mídias e manipulam as massas. Juntamente de Governantes, líderes religiosos, econômicos e militares. Os Senhores do mundo trabalham duro para perder o máximo de almas e esperam pelo falso Messias, o Anticristo e seu reinado de terror e trevas. Mas saibam, eles podem esperar pela Nova Era, mas serão esmagados e seu castigo virá na hora certa e seu prêmio será a condenação eterna. Meus irmãos temam e obedeçam a Deus e não aos homens, pois apenas Deus Uno e Trino pode nos dar a vida eterna. (Marcos 4, 22) (Lucas 8, 17).
 Devemos fazer ao contrário, sair desse estado espiritual e lutemos para recuperar a verdadeira e tradicional Igreja e Fé Católica por toda parte. Dom Marcel Lefebvre e demais tradicionalistas lutaram na linha de frente, e também lutemos.
 (Nota: ATENÇÃO; quando digo falsa Igreja Católica e verdadeira Igreja Católica não me refiro a duas Igrejas distintas e sim a mesma, essa diferença está no espiritual, nas ações, na fé, na teologia e liturgia, no verdadeiro ensinamento do evangelho, nas verdades da tradição. Essa Igreja que vem atuando desde o Concílio Vaticano II não representa a verdadeira fé católica, não obedeça essa doutrina adulterada com origem em raízes pagãs, na falsidade e no engano, siga a sagrada tradição, que esse livro e tantos católicos verdadeiros tradicionalistas defenderam e lutaram). Sigamos firmes na Barca de São Pedro, na verdadeira e tradicional Igreja e Fé Católica. Como Igreja Militante continuemos a lutar, a Igreja Triunfante por nós está a orar e interceder, e a Igreja Padecente que são as almas que estão no Purgatório, as quais devemos rezar para aliviar seus sofrimentos e lhes obter a libertação, e juntos todos nós no Corpo Místico de Cristo.
  A situação é muito grave, chegamos a um ponto que o castigo de Deus está pairando sobre nossas cabeças seguro apenas por uma fina e frágil linha, as mentiras e os erros por toda parte, muitos sendo enganados, e nada é dito que logo o Anticristo aparecerá e a perseguição será maior que do Império Romano da época dos imperadores pagãos e mais mortal e fazedora de mártires que a matança de católicos por parte dos comunistas no século passado, porém, será a MAIOR E JAMAIS VISTA CRUZADA CONTRA TODO O MAL e o triunfo final da Santa, Madre, Igreja, Católica, Apostólica, Romana, a verdadeira. Tenham fé, amem a Deus de todo coração, Jesus Cristo é nosso Senhor e único Salvador, a Santíssima Virgem Maria é mãe de Deus e nossa Mãe, a verdadeira Igreja e Fé católica são tradicionalistas, Jesus fundou a Igreja e não as Igrejas, a fé Católica tradicionalista é a única religião verdadeira. Por isso, conversão em massa. Não adianta vir com hipocrisia e ignorância, não é alarmar em vão os povos, e sim preparar, pois, isso tudo se realizará e está muito próximo o tempo. Por isso repito, CONVERSÃO EM MASSA MEU POVO. (Apocalipse 14, 7)
 Essa é a grande Apostasia, heresias e cismas em toda parte, devassidão, depravação e desregramentos acentuados, iniquidades e mais pecados. Nem eu que tenho mais experiência espiritual estou preparado para o que está por vir, e então imagine vocês, o castigo será terrível, Deus vai se vingar da desobediência e ofensas da humanidade. 
 Vamos à luta, a verdadeira Igreja Católica precisa de Nós. Deus está do nosso lado, eu já estou fazendo a minha parte. Uma guerra entre o bem e o mal, uma nova Cruzada. “DEUS VULT (Deus o quer).” 
 E então sacerdotes e religiosos, vocês estão de qual lado? Sei que ainda restam entre vós verdadeiros fiéis a Jesus Cristo, e a verdadeira fé católica, e então se declarem e venham lutar juntos de nós
, despertem do sono, se unam a nós àqueles que quiserem salvar suas almas e a alma de muitos. 
 A verdadeira Igreja Católica no final vai triunfar, vai por todos seus inimigos para correr e todos aqueles que um dia tiveram a audácia de a confrontar serão duramente castigados. As falsas religiões e seitas serão abandonadas e muitos vão se tornar verdadeiros católicos. A Igreja Católica
voltará a verdadeira fé católica, os ritos antigos voltarão e os maus e falsos sacerdotes serão dispensados, e com Cristo, por Cristo e em Cristo venceremos. Senhor que seja feita sempre a Vossa vontade.
 Assim mais do que nunca deveremos ter uma gigantesca fé católica tradicionalista, nos refugiando nos Sagrados Corações de Jesus e Maria e a Sagrada Cruz, rezar o Santo Rosário com muito mais devoção e confiança, com as velas bentas, medalha de São Bento e medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças, escapulário de Nossa Senhora do Carmo, demais devocionais e imagens sacras e orações católicas. Comecem a ser verdadeiros católicos desde já, tenham uma verdadeira fé católica, à pratiquem e vivam.
 Mantenham firme a fé católica verdadeira em suas casas e sejam fiéis até a morte a nosso único Senhor e Salvador Jesus Cristo que disse: “ Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos Céus.” E por fim diz: “Sejam fiéis até a morte, e eu vos darei a coroa da vida.” 
 (Esse livro é o terror e pesadelo de qualquer herege, cismático, apóstata, pagão e a todos os servos de satanás, mas, também é sinal de redenção, da busca da verdadeira conversão, e de ter verdadeiramente o Senhor Jesus por Salvação).
 Os Apóstolos dos últimos tempos suscitados por Maria já estão em ação. E o que o Espírito Santo inspira nem o homem e nada pode parar, doa a quem doer!
 
 Viva Cristo Rei, Viva a verdadeira Santa Igreja Católica, Viva Maria, a Santa Mãe de Deus. Eis aqui um escravo de amor da Santíssima Virgem Maria!
 "e não tenhais cumplicidade nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, condenai-as abertamente."
(Efésios 5, 11).

Capítulo 59. A grande apostasia.

 (1 Tessalonicenses 5, 20-21) (2 Tessalonicenses 2) (Amós 3, 7) (1 Coríntios 14, 3).
 As mensagens proféticas e revelações que seguirão demonstrarão como é gigantesco o amor Deus por nós. E esses avisos vem do céu, essas profecias e revelações, e denúncias devem se tornar conhecidas por todos.
 São Paulo avisou que a apostasia seria generalizada e que aqueles dias serão pobres em piedades e que heresias e cismas vão aparecer em toda parte.
PRIMEIRA: Carta de Santo Atanásio aos fiéis.
 Nascido em 296, falecido em 373, Bispo de Alexandria (Egito).
 Doutor da Igreja e modelo de inspiração para as crises da Igreja no mundo moderno. (Igual a situação atual da Falsa Igreja Católica criada no Concílio Vaticano Segundo).
 Santo Atanásio estava no exílio e escreve está carta para confortar e confirmar na fé fiéis católicos perseguidos pelos hereges arianos. Eis a carta:
 “Que Deus vos console. Soube que não somente vós entristecei o meu exílio, mas também, sobretudo o fato de que outros, os arianos, se apoderaram das igrejas pela violência e que vós fostes expulsos destes lugares.
 Eles possuem as igrejas, em compensação vós possui a tradição da Fé Apostólica!
 Eles, consolidados nestes lugares (nas igrejas), estão na realidade fora da verdadeira Fé, enquanto vós que estais excluídos das igrejas, permaneceis nessa Fé.
 Confrontemos, pois, o que é mais importante: O templo ou a Fé, e se tornará logo evidente que é mais importante a verdadeira Fé.
 Portanto, quem perdeu mais ou quem pouco mais, o que conservar um lugar ou o que conserva a Fé?
 O Lugar certamente é bom supondo-se que ali se pratique a Fé dos Apóstolos; é santo se ali habita o Santo.
 Vós sois os venturosos que pela Fé permaneceis dentro da Igreja, repousais nos fundamentos da Fé e gozais da totalidade da Fé que permanece intacta, sem confusão.
 Por tradição Apostólica (a Fé) chegou até vós, e muito frequentemente um ódio nefasto tem pretendido extirpá-lo, mas sem resultado...
 Portanto, nada prevalecerá jamais contra a vossa Fé, meus queridos irmãos, e se de um momento para outro Deus vos devolver as igrejas, será forçoso reconhecer que a Fé é mais importante do que os Templos.
 E precisamente uma Fé tão viva supra para vós, por hora, a devolução das igrejas (ocupado pelos hereges).
 De que lhes serve possuir as igrejas? Sim, efetivamente, eles as têm, mas isso aos olhos dos que se mantêm fiéis a Deus indica que são culpáveis, porque transformaram em covil de ladrões ou casa de negócios ou lugar de disputas vãs o que antes era um lugar santo, de modo que agora lhes pertence o lugar onde antes nem lhes era lícito entrar.
 Meus queridos, por haver escutado daqueles que chegaram até aqui, sei de tudo isto e muitas coisas piores.
 Porém, repito, quando maior é o empenho destes para dominar a Igreja, tanto mais estão fora dela.
 Creem estar dentro da verdade, mas na realidade estão excluídos dela, prisioneiros de outra coisa, enquanto a Igreja desolada, sofre a devastação destes supostos benfeitores.”
SEGUNDA: Revelações de Jesus e Nossa Senhora à Beata Elena Aiello.
 Beata Elena Aiello (1895-1961) Mística italiana, estigmatizada, alma vítima, vidente e fundadora da Mínimas Terciárias da Paixão de Nossa Senhor Jesus Cristo.
 Foi consultada com frequência pelo Papa Pio XII; foi tida em grande estima pelo Sumo Pontífice que reconheceu nela dons de abnegação, caridade e profecia.
 Revelações na Sexta-feira Santa, 16 de Abril de 1954.
 Depois de começar os habituais sofrimentos, Jesus apareceu-me coberto de chagas e de sangue e disse-me: “Olha, minha filha, como os pecados do mundo me feriram. O mundo mergulhou completamente na sujeira, e a corrupção aumenta.”
 “Os governos dos povos levantam-se como demônios encarnados e, enquanto falam de paz, estão a preparar-se para uma guerra com armas devastadoras para a destruição de povos e nações.”
 “Os homens são ingratos para com o meu Sagrado Coração e abusam da minha misericórdia, transformaram à Terra num palco de crimes.”
 “Muitos escândalos levam as almas à perdição... especialmente à corrupção da juventude.”
 “Violentados até ao limite, excitados, desenfreados para os gozos e prazeres do mundo, o seu espírito está degenerado na corrupção do pecado.”
 “O mau exemplo dos pais educa os filhos no escândalo e na infidelidade, em vez de na virtude e na oração, que está quase morta nos lábios de muitos.”
 “Manchada e degradada está a fonte de fé e de santidade nas famílias.”
 “As vontades dos homens já não mudam. Vivem na obstinação do pecado.”
 “Mais severos serão os castigos de pragas para levá-los para o caminho de Deus; mas os homens ficam mais furiosos, como bestas feridas, e os seus corações endurecem perante a graça de Deus.”
 “O mundo já não é digno de perdão, mas unicamente de fogo, destruição e morte.”
 “É necessário oração e penitência das minhas almas fiéis para acalmar a Justiça Divina, para aplacar a justiça sentença do castigo, que foi suspensa na Terra com a intercessão da Minha Amada Mãe, que é também Mãe de toda a humanidade.”
 “Oh, como está triste meu Coração por ver que os homens não responderem aos muitos apelos de amor e dor, dirigidos pela Minha Amada Mãe à humanidade extraviada.”
 “Errantes na escuridão continuam a viver nos seus pecados e se afastam mais de Deus! Mas o castigo de fogo aproxima-se para purificar à Terra das grandes injustiças dos perversos.”
 “A justiça de Deus, que não pode continuar a ser menosprezada, exige reparação pelas muitas ofensas e crimes que envolvem à terra.”
 “Os homens estão obcecados nas suas ofensas e não se voltam para Deus.”
 “Opõem-se a Igreja. E os sacerdotes são menosprezados por causa dos escândalos dos maus sacerdotes!”
 “Ajuda-me com teu sofrimento a reparar por tantas ofensas e a salvar, deste modo, pelo menos uma parte da humanidade precipitada numa corrente de corrupção e morte.”
 “Anunciai a humanidade que se devem voltar para Deus, fazendo penitência; fazendo-o assim, há esperança de que sejam perdoados e salvos da justa vingança de um Deus desprezado.”
 Nosso Senhor, ao terminar essas palavras, desapareceu. Depois Nossa Senhora apareceu Estava vestida com um vestido negro, e sete espadas atravessavam seu Imaculado Coração. Aproximando-se, com uma expressão de profunda tristeza, e com o seu rosto banhado em lágrimas, disse-me:
 “Ouve-me com atenção e revela a todo o mundo: o Meu Coração está muito triste pelos sofrimentos que virão sobre o mundo numa catástrofe iminente.”
 “A justiça de Deus é ofendida até ao extremo!”
 “Os homens vivem obcecados nos seus pecados. A ira de Deus está próxima.”
 “O mundo será atingido por grandes calamidades, por revoluções sangrentas, furacões assustadores, e pelas inundações dos rios e dos mares.”
 “Anuncia, grita em voz alta, até que os Sacerdotes de Deus ouçam a Minha voz para que avisem a humanidade de que o castigo está muito próximo e, se os homens não se voltarem para Deus com a oração e a penitência, o mundo será lançado para uma nova e mais terrível guerra.”
 “Os ditadores da terra, espécies infernais, demolirão as igrejas e violarão a Sagrada Eucaristia, e destruirão as coisas mais queridas.”
 “Nessa guerra ímpia, muitos serão destruídos por aquilo que foi construído pelas mãos dos homens.”
 “Uma tempestade de fogo cairá sobre a Terra.”
 “Este castigo terrível que nunca se viu na história da humanidade durará 70 horas.”
 “Os ateus serão esmagados e aniquilados e muitos se perderão , porque permanecerão na teimosia dos seus pecados.”
 “Nesses dias, verá o poder da luz sobre o poder das trevas.”
 “Não guardes silêncio, minha filha, porque as horas das trevas e o abandono se aproximam-se.”
 “Inclino-me sobre o mundo mantendo suspensa a justiça de Deus. De outra forma, essas coisas já teriam vindo sobre a Terra.”
 “As orações e penitências são necessárias porque os homens devem voltar para Deus e para o Meu Coração Imaculado - a Mediadora entre os homens e Deus - e desta maneira o mundo, pelo menos em parte, será salvo.”
 “Anuncia, gritando essas coisas a todos, como se fosses o mesmo eco de minha voz. Anunciai isto a todos, porque ajudará a salvar muitas almas e a impedir muitas destruições na Igreja e no mundo.”
 Sexta-feira Santa, 7 de Abril de 1950.
 A irmã Elena Aiello pergunta a Nossa Senhora: “Que vai acontecer na Itália? Roma será salva?”
 Nossa Senhora respondeu: “Em parte, pelo Papa. A Igreja passará por trabalhos dolorosos, mas as forças do Inferno não prevalecerão.”
 “Deves sofrer pelo Papa e por Cristo, e por isso o Papa estará seguro na Terra; e Cristo, com a sua palavra redentora, salvará parte do mundo.”
 Depois Nossa Senhora aproximou-se, e com uma expressão triste, mostrou-me as chamas do Inferno. Ela disse:
 “Satanás reina e triunfa na Terra.”
 “Veja como as almas caem no Inferno.”
 “Olha como estão fortes as chamas, e as almas que caem nelas como flocos de neve, parecendo brasas transparentes!”
 “Olha quantas faíscas! Quantos choram de ódio e de desespero! Quanta dor!”
 “Olha quantas almas de sacerdotes! Olha o sinal da sua consagração nas suas mãos transparentes!”
 “Nas palmas das suas mãos, o sinal da cruz podia ser claramente visto num fogo mais vivo.”
 “Que tortura, minha filha, no meu Coração maternal!”
 “A minha pena de ver que os homens não mudam é grande! A justiça do Pai pede reparação; de outro modo muitos se irão perder!”
 “Olha como a Rússia arderá!”
 “E todo este fogo não será aquele que cairá da mão dos homens, mas será precipitado diretamente pelos Anjos (no tempo do grande castigo da purificação que virá sobre à Terra).”
 “Por isso peço oração, penitência e sacrifício, para que possa agir como Mediadora do meu Filho para poder salvar almas.”
 Festa da Imaculada Conceição, 8 de Dezembro de 1956.
 Nossa Senhora diz: “Hoje o mundo está-me a venerar, mas o meu Coração Maternal está sangrando porque o inimigo está às nossas portas!”
 “Os homens estão ofendendo muito a Deus! Se te mostrasse os pecados cometidos num só dia, morrerias de horror e de dor.”
 “Os pecados que ofendem mais a Deus são os das almas que, deveriam encher o ar com a boa fragrância das suas virtudes; mas, em lugar disso, contaminam pelas suas vidas de pecado aqueles que se aproximam deles.”
 “Os tempos são graves. O mundo está numa grande desordem, porque piorou mais do que nos tempos do dilúvio.”
 “Tudo está suspenso por um fio; e quando esse se romper, a justiça de Deus cairá como um raio e completará o seu terrível desígnio de purificação.”
 “Itália, minha filha, será humilhada, purificada pelo sangue, e deverá sofrer muito, porque são muitos os pecados dessa amada nação, trono do Vigário de Cristo.”
 “Não podereis imaginar oque sucederá! Nestes tristes dias haverá muita angústia e lágrimas.”
 “Haverá uma grande revolução, e as ruas ficarão vermelhas de sangue.”
 “O Papa sofrerá muito, e todo esse sofrimento será como que uma agonia que abreviará a sua peregrinação na terra. O seu sucessor guiará o barco na tormenta.”
 “Mas o castigo dos ímpios não demorará. Esse dia será o mais temido do mundo.”
 “A Terra começará a tremer, toda a humanidade será sacudida. Os maus e os teimosos morrerão com a tremenda severidade da Justiça do Senhor.”
 “Enviai de uma vez uma mensagem ao mundo para avisar o homem que tem que voltar para Deus com orações e penitências, e para que se aproximem com confiança ao Meu Imaculado Coração.”
 “A Minha intercessão de ser mostrada, porque sou a Mãe de Deus, dos justos e dos pecadores.”
 “Através da oração e da penitência, a Minha misericórdia poderá segurar a mão da Justiça de Deus.”
 Sexta-feira Santa, 1961.
 Nossa Senhora diz: “As pessoas não prestam atenção aos Meus avisos maternais, e por isso o mundo vai caindo de cabeça cada vez mais  no abismo.”
 “As nações serão assoladas por grandes desastres, causando destruição e morte.”
 “A Rússia, incentivada por satanás, tentará dominar o mundo inteiro e, por meio de revoluções sangrentas, transmitirá falsos ensinamentos por todo o mundo, especialmente em Itália.”
 “A Igreja será perseguida e o Papa e os sacerdotes irão sofrer muito.”
 Irmã Aiello fala: “ Oh, vejo uma visão horrível! Uma grande revolução começa em Roma! Entram no Vaticano. O Papa está sozinho; está a rezar. Estão a segurar o Papa.”
 “Agarram-no com força. Atiram-no no chão. Atam-no. Meu Deus! Meu Deus! Dão-lhe pontapés. Que cena horrível! Quando sofrimento!”
 “A Nossa Bendita Mãe aproxime-se. Aqueles homens maus caem no chão como cadáveres. Nossa Senhora agarra o Papa pelo Braço, ajuda-o a levantar-se, e cobrindo-o com seu mando disse-lhe: “Não temas!”
 “As hastes das bandeiras (voa a bandeira vermelha sobre São Pedro e em todos os outros lugares) caem e é derrubado o poder das organizações desses inimigos.”
 “Esses ateus estão sempre a gritar: Não queremos que Deus governe sobre nós; queremos que Satanás seja o nosso mestre.”
 A Nossa Bendita Mãe diz novamente: “Minha filha, Roma não se salva, porque os governantes italianos abandonaram a Luz Divina e porque apenas alguns amam realmente a Igreja.”
 “Mas o dia está próximo em que morrerão todos os perversos, debaixo da tremenda explosão da Justiça Divina.”
TERCEIRA: Mensagem de Jesus a Santa Catarina de Siena que viveu no século XIV (14) sobre os homossexuais.
 “Mas eles, (os homossexuais) agem de modo contrário, cheios não apenas daquelas impurezas para a qual todos estais inclinados devido a fraqueza da nossa natureza, embora a razão, quando a vontade livre permite, possa aquietar a rebelião da natureza.
 Esses desgraçados não só refreiam essa fragilidade, mas fazem pior, cometendo aquele maldito pecado contra a natureza.
 Como cegos e insensatos, com a luz do seu intelecto obscurecida, não reconhecem o mau odor e a miséria em que se encontram.
 Não apenas porque esse pecado tem mau odor diante de mim, que sou a suprema e eterna Verdade, mas de fato ele me desagrada a tal ponto, e Eu o tenho em tanta abominação, que por causa apenas dele.
 Eu queimei cinco cidades por punição divina, pois a minha justiça divina não mais podia suportá-lo.
 Esse pecado desagrada não somente a mim, como já disse, mas também aos próprios demônios que esses desgraçados tornaram seus senhores.
 Não que esse mal os desagrade (aos demônios), pois não gostam de nada que seja bom, mas porque a natureza deles, que foi originalmente Angélica, provoca-lhes repugnância ao ver cometer tão enorme pecado.”
 QUARTA: Denúncia de Padre Pio (1887-1968): “Religiosos na Maçonaria!”
 Santo Padre Pio escreve a seu diretor espiritual, o Padre Agostinho.
 “Meu caríssimo Padre, Na sexta-feira pela manhã, eu ainda estava na cama quando Jesus me apareceu.
 Estava todo maltratado e desfigurado.
 Ele me mostrou uma grande multidão de sacerdotes regulares e seculares, entre os quais vários dignitários eclesiásticos; destes, uns estavam celebrando, outros falando, e outros se despindo das vestes sagradas.
 Como a visita de Jesus angustiado causava-me muita dor, eu quis Lhe perguntar por que ele sofria tanto. Não obtive resposta.
 Contudo, seu olhar recaiu sobre aqueles sacerdotes.
 Mas, pouco depois, quase como estivesse horrorizado e cansado de ver, Ele retirou o olhar e, quando o pousou sobre mim, com grande horror observei duas lágrimas que Lhe caiam no rosto.
 Ele se afastou daquela multidão de sacerdotes com grande expressão de desgosto em seu rosto, gritando: “Açougueiros.”
 E voltando-se para mim disse: “Meu filho, não creia que minha agonia durou apenas três horas, não; Eu estarei, por causa das almas mais beneficiadas por Mim, em agonia até o fim do mundo.
 Durante o tempo de minha agonia, meu filho, não se deve dormir.
Minha alma vai à procura de qualquer gota de piedade humana, mas ai daqueles que me deixam sozinho sob o peso da indiferença.
 A ingratidão e o sono dos meus ministros tornam mais aguda a minha agonia.
 Ai daqueles que correspondem mal ao Meu amor!
 E o que mais Me aflige e custa, é que à indiferença eles somam o desprezo, a incredulidade.
 Quantas vezes estive para fulminá-los, se não fosse impedido pelos anjos e pelas almas que Me veneram...
 Escreva ao seu diretor espiritual e narra-lhe tudo o que viu e ouviu de Mim esta manhã.  Diga a ele que mostre sua carta ao Padre provincial.”
Jesus ainda continuou, mas o que me disse jamais poderei revelar a nenhuma criatura deste mundo.
 Esta aparição causou-me tanta dor no corpo, e mais ainda na alma, que durante o dia todo fiquei prostrado e achei que ia morrer, se o dulcíssimo Jesus já não me tivesse revelado.
 Jesus tem infelizmente razão de lamentar de nossa ingratidão!
 Quantos de nossos irmãos desgraçados não correspondem ao amor de Jesus lançando-se de braços abertos na infame seita da Maçonaria!!
 Oremos para que o Senhor ilumine suas almas e toque seus corações.”
QUINTA: Anna Katharina Emmerick (1774-1824) da Alemanha.
 A Venerável Anna Katharina Emmerick foi uma mística alemã que foi favorecida com extensas revelações.
 Deus a concedeu visões que não concedeu a ninguém. Deus a revelou detalhes minuciosos desde a Criação do mundo até o final dos tempos!
 Seis semanas depois de sua morte, sob um rumor que seu corpo havia sido roubado, ela foi desenterrada e encontrada como incorrupta.
 Ela veio a fama internacional quando o filme “A Paixão de Cristo”, de Mel Gibson, foi reconhecido ter sido baseado em suas revelações.
 Agora veja uma parte de suas revelações, sobre o futuro da Igreja Católica.
 “Eu também vi o relacionamento entre os dois papas. Eu vi o quão funestas seriam as consequências dessa falsa Igreja.
 Eu a vi crescer em tamanho; hereges de todo gênero vieram à cidade (de Roma).
 Mais uma vez eu vi a Igreja de Pedro ser minada por um plano envolvido pela seita secreta (maçonaria), enquanto tempestades estavam danificando-a.
 Eu vi uma seita secreta minar com crueldade a grande Igreja.
 Quando a Igreja foi pela maior parte destruída (pela seita secreta), e quando somente o santuário e o altar estavam ainda de pé, eu vi os destruidores (da seita secreta) entrarem na Igreja com a besta.
 Eu vi uma aparição da Mãe de Deus, e ela disse que a tribulação seria muito grande. Ela acrescentou que essas pessoas devem rezar com fervor com as mãos estendidas. Elas devem rezar acima de tudo pela igreja da escuridão deixar Roma.
 A Igreja está em grande perigo!
 Eu vejo que nesse lugar (Roma), a Igreja está sendo tão habilmente minada, que dificilmente permanecerá uns cem padres que não tenham sido enganados.
 Eles todos trabalham pela destruição até do clero. A grande devastação está próxima.
 Quando eu vi a Igreja de São Pedro em ruínas, e a maneira pela qual tantos do clero estavam em si mesmos ocupados nesse trabalho de destruição - nenhum deles desejando fazê-lo abertamente em frente de outros.
 Eu estava em um tal perigo que gritei para Jesus com toda a minha força, implorando Sua misericórdia.
 Então, eu vi diante de mim a Esposa Celestial. Ele disse, entre outras coisas, que esse translado da Igreja de um lugar para outro significa que Ela pareceria estar em completo declínio!
 Mas ela se elevaria novamente; mesmo se permanecesse apenas um católico, a Igreja conquistaria novamente porque Ela não cessa em conselhos humanos e inteligência.
 Também me foi mostrado que não havia quase cristãos deixados na velha aceitação da palavra.
 Entre as coisas mais estranhas que eu vi, estavam longas procissões de bispos. Seus pensamentos e discursos eram tornados conhecidos através de imagens saindo de suas bocas. (Concílio Vaticano Segundo)
 Suas faltas em relação a religião eram mostradas por deformidades externas. Uns poucos tinham somente um corpo; com uma nuvem escura em lugar de uma cabeça.
 Outros tinham somente uma cabeça, seus corpos e corações eram como abundantes vapores. Alguns eram coxos; outros eram paralíticos; outros estavam adormecidos ou vacilantes.
 Então eu vi que tudo que pertencia ao protestantismo estava gradualmente ganhando a supremacia, e a religião católica caiu numa completa decadência.
 Naqueles dias, a fé caíra em níveis muito baixos; e será preservada em alguns locais apenas, em algumas poucas casas de lavradores e em algumas poucas famílias que Deus protegeu dos desastres e guerras.
 Eu vi que muitos padres permitiam-se ser recolhidos com ideias que eram perigosas para a Igreja!
 Eles estavam construindo uma grande, estranha e extravagante igreja.
 Tudo estava para ser nela admitido, no intuito de estar unido e ter iguais direitos: evangélicos, católicos, seitas de toda descrição. Aquilo estava para ser a nova Igreja!
 Eu escutei que Lúcifer (se eu não me engano) será liberto novamente por uns cinquenta ou sessenta anos antes do ano 2000.”
SEXTA: Marie Julie Jahenny (1850-1941) e as profecias sobre a Igreja e a Missa Nova.
 A mística e estigmatizada de La Fraudais, talvez a mística mais importante da história da Igreja. Era da aldeia chamada Blain, na Bretanha (oeste da França).
 Ingressou na Ordem Terceira Franciscana com um pouco mais de 20 anos, a fim de santificar-se no mundo.
 Em 1873, recebeu do Céu este dom místico tão singular, os estigmas. Ela foi agraciada com visões frequentes de Jesus e Maria, e com muitas luzes proféticas.
 Ela teve uma visão de um diálogo entre Nosso Senhor e Lúcifer, e o segundo disse: “Atacarei a Igreja. Tirarei a Cruz, dizimarei a gente, depositarei uma grande fraqueza da Fé em seus corações.”
 “Haverá um GRANDE REPÚDIO DA RELIGIÃO. Por um tempo serei o DONO de tudo, e tudo estará sob MEU CONTROLE, até mesmo Teu templo e todo o teu povo.”
 Marie Julie Jahenny relata: “São Miguel diz que Satanás fará tudo por um tempo e que reinará completamente sobre tudo; que toda a bondade, Fé, Religião será enterrada no túmulo.”
 “Satanás e os seus triunfarão com alegria, mas depois deste triunfo, o Senhor, por Sua vez, reunirá o Seu povo e REINARÁ e TRIUNFARÁ SOBRE O MAL LEVANTANDO do túmulo a Igreja enterrada, a Cruz prostrada.”
 “Não restará vestígio do Santo Sacrifício, nem traço aparente de FÉ existirá a CONFUSÃO em toda parte.”
 Todas as obras aprovadas tais como existem hoje pela Igreja infalível cessarão por um tempo. Nessa triste aniquilação, sinais brilhantes se manifestarão na Terra.”
 “Se por causa da maldade dos homens a Santa Igreja se encontrará na escuridão, o Senhor também enviará a escuridão para impedir os maus em suas buscas do mal.”
 Em 27 de novembro de 1902 e 10 de maio de 1904, Nosso Senhor e Nossa Senhora anunciam a conspiração para inventar a “Missa Nova”.
 Jesus diz: “Eu os ADVIRTO. Os discípulos que não são do Meu Evangelho estão trabalhando duro para refazê-lo segundo as suas ideias e sob a influência do inimigo das almas uma MISSA que conterá palavras que são ODIOSAS à minha vista.” (Nova missa criada por Paulo VI “sexto”)
 “Quando chegar a hora fatídica quando os meus sacerdotes serão postos à prova, serão (estes textos) os que serão celebrados neste SEGUNDO período.”
 “O PRIMEIRO período é o do Meu sacerdócio que existe desde que Eu o fundei.”
 “O SEGUNDO é o da perseguição, quando os inimigos da Fé e da Santa Religião, que vão impor suas fórmulas, no livro da segunda celebração.”
 “Esses espíritos infames são aqueles que Me crucificaram e estão esperando o reinado do Novo Messias.”
 Mensagem de Junho de 1881: “Nesta aberração, os sacerdotes quebrarão seus juramentos. O livro da Vida contém a lista dos nomes que quebram seu coração.”
 “Pelo pouco respeito que tem para com os Apóstolos de Deus, o rebanho se torna indiferente e deixa de observar as leis.”
 “O próprio sacerdote é responsável por esta falta de respeito, porque ele próprio não respeita seu sagrado ministério, e o lugar que ocupa nas suas funções sagradas. O rebanho segue os passos de seus pastores; e isso é uma grande tragédia.”
 “O clero será severamente castigado por sua infidelidade inconcebível e sua grande covardia que ele é incompatível com suas funções.”
 “Um terrível castigo está preparado para aqueles que erguem todas as manhãs a pedra do Santo Sacrifício.”
 “Eu não vim para seus altares para ser torturado! Sofro mil vezes mais por esses corações do que nenhum outro.”
 “Vos absolvo dos vossos grandes pecados, Meus filhos, mas não posso conceder nenhum perdão a estes sacerdotes.”
 Marie Julie Jahenny diz: “Aqueles que governam o rebanho serão os culpados pela crise que virá.”
 Parece que o comunismo não teria triunfado se a Igreja tivesse permanecido fiel.
 Marie Julie, então, diz que a Revolução Vermelha estourará. Ela fala de uma“religião horrível” que substituirá a Fé Católica, e vê “muitos Bispos” abraçando está “religião” sacrílega e infame.”
 Em 10 de maio de 1904 Nossa Senhora descreve o novo clero e sua liturgia:“Eles não deixarão este caminho odioso e sacrílego. Irão ainda mais longe para envolver tudo no instante, e de um só golpe, a Santa Igreja, o clero e a Fé de meus Filhos.”
 Ela anuncia a “dispersão dos Pastores” pela própria Igreja, verdadeiros pastores, que serão substituídos por outros do inferno: “Novos pregadores com novos sacramentos, novos templos, novos batismos, novas confraternidades.”
 07 de julho de 1880, Jesus diz a Maria Julie: “A Igreja será privada de seu chefe supremo. O Chefe da Igreja será ofendido de maneira escandalosa.”
 Durante o êxtase de 04 de novembro de 1880, Marie Julie nos descreve o martírio do Papa: “A voz da Igreja, com um suspiro velado, vem a romper as portas de minha alma com o eco do som de sua voz moribunda.”
 “O Sumo Pontífice lança uma oração agonizante a seu povo, aos filhos dos quais é o Pai. É uma espada para a minha alma.”
 “Eu vejo aves brancas que levam em seus bicos seu sangue e pedaços de sua carne. Eu vejo a mão de Pedro quebrada pelo prego como o de Deus.”
 “Vejo suas roupas cerimoniais em farrapos, roupas que vestem sua dignidade para derrubar DEUS do altar.”
 “Oh, como eu sofro!”
SÉTIMA: A PROFECIA DO PAPA PIO XII (12) (1876-1958).
 Palavras do então Cardeal Eugenio Pacelli-futuro Papa Pio XII (12)-quando era Secretário de Estado do Papa Pio XI (11).
 “Suponha que o Comunismo foi somente o mais visível dos instrumentos de subversão usados contra as tradições da Revelação Divina.
 As mensagens da Santíssima Virgem a Lúcia de Fátima preocupa-me.
 Esta persistência de Maria sobre os perigos que ameaçam a Igreja é um aviso do Céu contra o suicídio de alterar a Fé na sua liturgia, na Sua teologia e na Sua alma. (Aqui ele previu o que ia acontecer na Igreja a partir do Vaticano II (segundo).
 Ouço à minha volta inovadores que querem desmantelar a Capela-Mor, destruir a chama universal da Igreja, rejeitar os Seus ornamentos e fazê-La ter remorsos do seu passado histórico.
 Chegará um dia em que o Mundo civilizado negará o seu Deus, em que a Igreja duvidará como Pedro duvidou. Ela será tentada a acreditar que o homem se tornou Deus.
 Nas nossas igrejas, os Cristãos procurarão em vão a lamparina vermelha onde Deus os espera (Nota: uma referência direta ao Sacrário onde se encontra a Hóstia Santa). Como Maria Madalena, chorando perante o túmulo vazio, perguntarão: “Para onde O levaram?”
OITAVA: Profecia de São Francisco de Assis (1182-1226), sobre a Apostasia, falso Papa, e mais.
 Pouco antes da sua morte em 1226, São Francisco convocou seus Filhos espirituais e alertou-os sobre os problemas que haviam de vir no futuro, dizendo: “Ajam com bravura, meus irmãos; ganhem coragem e confiem no Senhor.
 Em breve se aproxima o tempo no qual haverá grandes provas e aflições;
 Perplexidades e discórdias, tanto espirituais e como temporais, virão em abundância;
 A caridade de muitos esfriará, enquanto a malícia dos ímpios aumentará.
 Os diabos terão um poder fora do normal;
 A imaculada pureza de nossa Ordem, e de outras, será tão obscurecida, que haverá bem poucos Cristãos que obedecerão ao verdadeiro Soberano Pontífice e a Igreja Romana com corações leais e caridade perfeita.
 Nos tempos desta tribulação, um homem não canonicamente eleito será elevado ao Pontificado, que, com sua astúcia, se empenhará em levar muitos ao erro e à morte. (João XXIII “23”).
 Então escândalos se multiplicarão, a nossa Ordem será dividida, e muitas outras serão totalmente destruídas, porque consentirão o erro em vez de o combater!
 Haverá uma tal diversidade de opiniões e cismas entre as pessoas, os religiosos e o clero, que, se aqueles dias não fossem abreviados, segundo as palavras do Evangelho, até os eleitos seriam levados ao erro, se não fossem guiados, no meio de tão grande confusão, pela imensa misericórdia de Deus.
 Então a nossa Regra e nosso modo de vida serão violentamente combinados por alguns, e provas terríveis cairão sobre nós.
 Os que permanecerem fiéis receberão a coroa da vida; mas ai dos que, confiando só em sua Ordem, caírem em mornidão, pois não serão capazes de suportar as tentações permitidas como teste para os eleitos.
 Os que perseverarem em seu fervor e mantiverem sua virtude com amor e zelo pela verdade sofrerão injúrias e perseguições como sendo rebeldes e cismáticos;
 Pois os seus perseguidores, instigados por espíritos malignos, dirão que prestam um grande serviço a Deus, eliminando aqueles homens pestilentos da face da Terra;
 Mas o Senhor será o refúgio dos aflitos, e salvará todos que nele confiarem.
 E a fim de serem como o seu Mestre, estes, os eleitos, agirão com confiança e com sua morte obterão para si próprios a vida eterna;
 Escolhendo obedecer a Deus e não aos homens, eles não temerão nada e preferirão perecer, do que aprovar a falsidade e a perfídia.
 Alguns pregadores manterão silêncio sobre a verdade, e outros a calcarão aos pés e a negarão.
 A santidade de vida será desprezada até pelos que exteriormente a professam, pois, naqueles dias Nosso Senhor Jesus Cristo lhes mandará não um verdadeiro pastor, mas um destruidor!”
NONA: Mensagens e profecias de Nossa Senhora do Bom Sucesso.
 Entre 1588 e 1634, Madre Mariana de Jesus Torres, de Quito, Equador foi agraciada com sete aparições da Virgem Maria.
 Madre Mariana de Jesus Torres morreu em 12 de dezembro de 1634, no dia que lhe tinha sido anunciado pela Santíssima Virgem. Seu corpo se encontrava incorrupto.
 Foi a 2 de fevereiro de 1594 que a Santíssima Virgem apareceu pela primeira vez à então Priora das Concepcionistas na capital equatoriana.
 “Sou Maria do Bom Sucesso, Rainha dos Céus e da Terra.”
 “Tuas orações, lágrimas e penitências são muito agradáveis a nosso Pai celestial. Quero que fortaleças teu coração e que o sofrimento não te abata.”
 “Tua vida será longa para glória de Deus e de sua Mãe, que te fala. Meu Filho Santíssimo te presenteia com a dor em todas as suas formas. E, para infundir-te o valor que necessitas, toma-o de meus braços nos teus.”
 “É vontade de meu Filho Santíssimo que tu mandes executar uma estátua minha tal qual me vês, e a coloques sobre a cátedra da Priora para que daí governe meu Mosteiro.”
 “Que os mortais entendam que Eu sou poderosa para aplacar a Justiça Divina e alcançar piedade e perdão a toda alma pecadora que a mim recorra com coração contrito.”
 “Porque eu sou a Mãe de Misericórdia, e em mim não há senão bondade e amor.”
 Nossa Senhora do Bom Sucesso profetiza sobre os séculos XIX (19) e XX(20).
 Profecia sobre corpos incorruptos das freiras daquele convento.
 “É vontade de Deus conservar esta invocação e tua vida, para aquele século, quando a corrupção de costumes será quase geral e a luz preciosa da Fé estará quase extinta.”
 Profecias já realizadas.
 Sobre a Independência do Equador: “A pátria em que vives deixará de ser Colônia e será República livre, conhecida pelo nome de Equador. Então necessitará de almas heroicas para sustentar-se através de tantas calamidades públicas e privadas.”
 Sobre o presidente Santo e mártir Garcia Moreno, do Equador.
 “No século XIX (19) haverá um presidente verdadeiramente cristão, varão de caráter, a quem Deus Nosso Senhor dará a palma do martírio na praça onde está este meu convento.
 Ele consagrará a República ao Divino Coração de meu Filho Santíssimo e está consagração sustentará a Religião Católica nos anos posteriores, os quais serão aziagos para a Igreja.”
 Proclamação dos dogmas da Imaculada Conceição e da Assunção de Nossa Senhora.
 O Menino Jesus fala: “O dogma de fé da Imaculada Conceição de Minha Mãe será proclamado quando mais combatido estiver a Igreja e encontrar-se cativo meu Vigário (Pio IX “9”).
 Do mesmo modo vai ser proclamado o Dogma de fé do Trânsito e Assunção em corpo e alma aos Céus de minha Mãe Santíssima.”
 Nossa Senhora profetiza sobre o Santo Cura d'Ars, São João Maria Vianney, muitos anos antes dele nascer!
 “Os sacerdotes, a partir do século XIX (19), deverão amar com toda alma João Maria Vianney, um servo meu que a Bondade Divina prepara para com ele agraciar aqueles séculos como modelo exemplar do sacerdote abnegado.”
 Profecias que estão se cumprindo na atualidade.
 “Extravasarão as paixões e haverá total corrupção dos costumes por quase reinar satanás, o qual visará principalmente a infância a fim de manter com isso a corrupção geral.”
 “Ai dos meninos desse tempo! Dificilmente receberão o Sacramento do Batismo e o da Confirmação.”
 “Tudo isso só será conhecido pelo grande público no século XX (20).”
 “Durante esse período, a Igreja se encontrará atacada por terríveis hordas da seita maçônica, e esta pobre terra do Equador estará agonizante por causa da corrupção dos costumes, da luxúria desenfreada, da imprensa ímpia e da educação laica.”
 “A seita maçônica, havendo-se apoderado de todas as classes sociais, possuirá sutileza para introduzir-se nos ambientes domésticos, que perderão as crianças.”
 “Nesse tempo infeliz mal se encontrará a inocência infantil. Desta forma perderão as vocações para o sacerdócio e será uma verdadeira calamidade.”
 “A atmosfera saturada do espírito de impureza que, à maneira de um mar imundo, correrá pelas ruas, praças e logradouros públicos.”
 “Quase não haverá almas virgens no mundo. A delicada flor da virgindade, tímida e ameaçada de completa destruição, luzirá de longe.”
 “Quanto ao Sacramento do Matrimônio, que simboliza a união de Cristo com a Igreja, será atacado e profanado em toda a extensão da palavra.”
 “A maçonaria, então no poder, promulgará leis iníquas com o intuito de eliminar esse sacramento, tornando fácil para cada um viver no pecado, e encorajando a procriação de crianças ilegítimas, nascidas sem a bênção da Igreja.”
 “Irá decaindo rapidamente o espirito cristão.”
 “Se apagará a luz da Fé até se chegar a uma quase total e geral corrupção de costumes.”
 “Acrescidos ainda os efeitos da educação laica, isto será motivo para escassearem as vocações sacerdotais e religiosas.”
 “Nesse tempo o Sacramento da Extrema Unção, posto que faltará nesta pobre Pátria o espírito cristão, será pouco considerado. Muitas pessoas morrerão sem recebê-lo por descuido das famílias!”
 “O mesmo sucederá com a Sagrada Comunhão. Mas, aí! Quanto sinto ao te manifestar que haverá muitos e enormes sacrilégios públicos e também ocultos de profanação da Sagrada Eucaristia.”
 “Meu Filho Santíssimo será jogado ao chão e pisoteado por pés imundos.”
 Muitas nações são castigadas pelos pecados dos sacerdotes e religiosos!
 “Saiba ainda que a Justiça Divina costuma descarregar castigos terríveis sobre nações inteiras, não tanto pelos pecados do povo, mas pelos dos Sacerdotes e religiosos, porque estes últimos são chamados, pela perfeição de seu estado, a ser o sal da Terra, os mestres da verdade e os para-raios da Ira Divina.”
 “Quase não se encontrará a inocência nas mulheres, e nessa suprema necessidade da Igreja, calará aquele a quem devia falar.”
 “Tempos funestos sobrevirão, nos quais, aqueles que deveriam defender em justiça os direitos da Igreja, sem temor servil nem respeito humano, darão as mãos aos inimigos da Igreja para fazer o que estes quiserem.”
 “O pequeno número de almas que guardará o tesouro da Fé e das virtudes sofrerá um cruel, indizível e prolongado martírio.”
 “Muitas delas descerão ao túmulo pela violência do sofrimento e serão contadas como mártires que se sacrificaram pela Igreja e pela Pátria.”
 “Para a libertação da escravidão dessas heresias, aqueles a quem o amor misericordioso de meu Filho Santíssimo destinará para está restauração, necessitarão de grande força de vontade, constância, valor e muita confiança em Deus.”
 “Para pôr à prova está fé e confiança dos justos, haverá ocasiões em que tudo parecerá perdido e paralisado. Será, então, o feliz princípio da restauração completa.”
 “Minha devoção, sob a consoladora invocação do Bom Sucesso, será o sustento e a salvaguarda da fé na quase total corrupção do século XX (20).”
DÉCIMA: Profecia de Lerida – Espanha -1881
 Profecia de Lerida, na Espanha, datada de 1881, que foi mandada copiar com fidelidade e foi divulgada pelo grande Papa Leão XIII (13).
 Jesus fala:
 “Advirto-vos, meus queridos, sobre a avassaladora paixão que sofrerá a Minha Igreja, pela ação decidida de uma sacrílega apostasia doutrinária, que com sutileza demoníaca, levarão adiante grande número dos meus discípulos, os quais, investidos da responsabilidade ministerial que exercerão iniquamente entre vós, produzirão um cisma mortal nas almas dos meus fiéis. Eu estarei convosco. A Igreja é santa de minha santidade. Eu salvarei a Minha Igreja.
 Rezai! Rezai diariamente. Que seja a vossa oração, humilde e confiante; perseverai nela! O mundo está ameaçado de ruína total por falta de oração, que significa o esquecimento de Deus. Rezai pelo Santo Padre. Com o correr dos anos ele terá grandes sofrimentos. Daqui a cem anos, sobre o pastor supremo cairá uma dura prova (João Paulo II), que colocará em gravíssimo perigo sua fidelíssima, abnegada e preclara existência. Este será o sinal de uma grande crise, como não tem havido até agora; que estremecerá a minha Igreja e o mundo.
 O Sumo Pontífice (João Paulo I) que será seu antecessor, o sacrificarão desapiedadamente, os mesmos que o escolheram para ocupar a cadeira de Pedro, diante da firme negativa em aderir ao antipapa. Estes dois pontífices levarão, um e outro, o mesmo nome (João Paulo I e II).
 Os pastores, cada vez em maior número, extraviarão meu rebanho. Seduzidos por fantasiosas teorias heréticas, maquinadas por falsos teólogos, eles atraiçoarão sua missão de guias do meu povo, introduzindo no Templo Santo um culto indigno, de raízes pagãs. Ensinarão uma doutrina adulterada. Será um tempo em que o príncipe das trevas se apossará das mentes ensoberbecidas de dignitários, eclesiásticos e civis.
DÉCIMA PRIMEIRA: Profecias sobre os últimos dias por Santo Ambrósio de Optina (1812-1891).
 “Meus filhos, saibam que os últimos dias estão chegando; e como disse o Apóstolo, eles serão pobres em piedades, e heresias e cismas irão aparecer nas Igrejas; e como disseram os Santos Padres, não haverá nos tronos dos Mosteiros hierarcas que não sofrerão testes e tentações na vida espiritual.”
 “Portanto, heresias irão se espalhar e enganar a muitos.”
 “O inimigo da humanidade irá atuar com esperteza, e se fosse possível, ele levaria à heresia até mesmo os escolhidos”
 “Ele não começara negando os dogmas da Santíssima Trindade, a divindade de Jesus ou a Nossa Senhora, mas começará a distorcer os ensinamentos dos Santos Padres, em outras palavras, o próprio ensinamento da Igreja.”
 “A astúcia do inimigo e seus caminhos serão conhecidos por muito poucos-apenas aqueles que possuírem mais experiência na vida espiritual.”
 “Hereges irão dominar a Igreja, em todos os lugares, e irão nomear os seus servos, e a espiritualidade será negligenciada.” (Maçonaria, comunismo, pagãos, hereges e mais hereges).
 “Mas o Senhor não irá abandonar os Seus servos. Na verdade, o dever do inimigo é perseguir e prender os verdadeiros pastores, pois sem isso, o rebanho espiritual não poderá ser capturado pelos hereges.”
 “Então, meu filho, quando ver nas Igrejas o deboche dos atos Divinos, dos ensinamentos dos Santos, e da ordem estabelecida por Deus, saiba que os hereges já Estarão presentes.”
 “Também fiquem atentos por um tempo, pois eles irão esconder suas más intenções, ou poderão deformar a fé divina secretamente, para que tenham sucesso ao ludibriar e enganar os inexperientes.”
 “Eles irão perseguir os pastores e os servos de Deus, pois o demônio que estará dirigindo a heresia não terá força para destruir a ordem Divina.”
 “Como lobos em pele de cordeiro, eles serão reconhecidos por suas vanglórias, amor pela cobiça e poder.”
 “Todos eles serão traidores, causarão ódio e malícia em todos os lugares, o Senhor disse que eles podem ser facilmente reconhecidos pelos seus frutos.”
 “Nessa época, monges irão sofrer grandes perseguições dos hereges, e a vida monástica será ridicularizada.”
 “As famílias monásticas serão empobrecidas, e o número de monges irá cair. Os que permanecerem sofrerão violência.”
 “Estes inimigos da vida monástica, que terão apenas a aparência de humildes e piedade, irão lutar para levar os monges para o seu lado, prometendo-lhes proteção e coisas mundanas (conforto), mas ameaçarão com o exílio aqueles que não se submeterem a eles.”
 “Com essas ameaças, os fracos de coração serão humilhados (atormentados).”
 “Se você viver para ver este tempo, alegre-se, pois nesta época o fiel que não tiver nenhuma virtude receberá a coroa da vida apenas por permanecer na verdade, segundo a palavra do Senhor: “ Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos Céus.”
 “Tema ao Senhor, meu filho, e não perca essa coroa assim como os que foram rejeitados por Cristo e foram para as profundezas da escuridão do tormento eterno.”
 “Permaneça na verdade com bravura, e se necessário, sofra as perseguições e outras tribulações com alegria, pois apenas assim o Senhor permanecerá com você... e os Santos mártires e confessores irão alegremente observar a sua luta.”
 “Mas nestes dias, infeliz do monge que tiver posses e riquezas, e daqueles que, pela salvação de seu conforto, concordarem em se submeter aos hereges.”
 “Eles irão acalmar suas consciências dizendo: “salvamos o Mosteiro, e o Senhor nos perdoará.”
 “Desafortunados e cegos, eles nem mesmo perceberão que por suas heresias os hereges entrarão no Mosteiro, e que ele não será mais um Santo Mosteiro, mais de suas paredes a graça de Deus partira para sempre.”
 “Mas Deus é mais poderoso que o demônio, e Seus servos nunca serão abandonados. Sempre haverá verdadeiros Cristãos, até o fim dos tempos, mas eles irão escolher lugares solitários e desertos.”
 “Não tema as tribulações, mas tema a perniciosa heresia, pois ela afasta da Graça Divina, e nos separa de Cristo, pois Cristo nos mandou considerar e tratar o herege como um pagão e publicano.”
 “E então, lute, meu filho, permaneça firme na Graça de Cristo Jesus.”
 “Com alegria, aumente sua confissão e aguente o sofrimento como um bom Soldado de Cristo, que disse: “Sejam fiéis até a morte, e eu vos darei a coroa da vida.”
DÉCIMA SEGUNDA: Profecia de São Nilo (430 d.C.).
 São Nilo, Eremita do século IV (4), amigo e discípulo de São João Crisóstomo, Superior de um Mosteiro de Ancira, na Galácia, morreu no ano 430.
 Essa profecia tem mais de 1580 anos, o que equivale a mais de 15 séculos e meio, e é de estilo Apocalíptico.
 Humanamente falando: é absolutamente impossível que um homem, sem a ajuda de Deus, possa conhecer o futuro, dizendo, com incrível precisão, as coisas que estão por acontecer.
 São Nilo, que viveu no século IV (4), disse que sua Profecia se realizaria no século XX (20).
 A indicação da época em que está virá realizar-se e a sua realização revela a sobrenaturalidade da profecia, ou seja, faz-nos ver que foi Deus quem falou, afastando assim, a argumentação de que sua realização seja apenas uma mera coincidência, ou fruto de uma interpretação acomodada dos textos proféticos da Bíblia.
 A predição da época, e a sua realização, é um testemunho que faz brilhar a onisciência de Deus, e sinal de que a Profecia não veio do homem, mas de Deus.
 Aqui está a profecia de São Nilo: “Depois do ano 1900, por meados do século XX (20), as pessoas desse tempo se tornarão irreconhecíveis.”
 “Quando se aproximar o tempo da vinda do Anticristo, a inteligência dos homens será obscurecida pelas paixões carnais: a degradação e o desregramento se acentuarão. O mundo, então, se tornará irreconhecível.”
 “As pessoas mudarão de aparência, e será impossível distinguir os homens das mulheres, por causa do atrevimento na maneira de se vestir e na moda de seus cabelos.”
 “Essas pessoas serão desumanas e como autênticos animais selvagens, por causa das tentações do Anticristo.”
 “Não se respeitará mais os pais e os mais idosos. O amor desaparecerá.”
 “E os pastores cristãos, bispos e sacerdotes, serão homens frívolos, completamente incapazes de distinguir o caminho à direita, ou à esquerda.”
 “Nesse tempo as leis morais e as tradições dos cristãos e da Igreja mudarão.” (Concílio Vaticano Segundo e a criação de uma falsa Igreja Católica).
 “As pessoas não praticarão mais a modéstia e reinará a dissipação! A mentira e a cobiça atingirão grandes proporções, e infelizes daqueles que acumularão riquezas.”
 “A luxúria, o adultério, a homossexualidade, as ações secretas e a morte serão a regra da sociedade.”
 “Nesse tempo futuro, devido ao poder de tão grandes crimes e de uma tal devassidão, as pessoas serão privadas da graça do Espírito Santo, recebida no seu batismo, e nem sequer sentirão remorsos.”
 “As Igrejas serão privadas de pastores piedosos e tementes a Deus, e infelizes dos cristãos que restarem sobre à terra, nesse momento!”
 “Eles perderão completamente a sua Fé, porque não haverá quem lhes mostre a luz da verdade.”
 “Eles se afastarão do mundo, refugiaram-se em lugares Santos, na intenção de aliviar os seus sofrimentos espirituais, mas, em toda a parte, só encontrarão obstáculos e contrariedades.”
 “Tudo isto resultará do fato de que o Anticristo deseja ser o senhor de todas as coisas, e se tornar o mestre de todo o Universo. Ele realizará milagres e sinais inexplicáveis!”
 “Dara também a um homem sem valor uma sabedoria depravada, a fim de descobrir um modo pelo qual um homem possa ter uma conversa com outro, de um canto ao outro da terra (telefone).”
 “Nesse tempo, os homens também voarão pelos ares como os pássaros (avião), e descerão ao seio do oceano como os peixes (submarino).”
 “E quando isso acontecer, infelizmente, essas pessoas verão as suas vidas rodeadas de conforto, sem saber, pobres almas, que tudo isso é uma fraude de Satanás.”
 “E ele, o ímpio, inflamará a ciência da vaidade, a tal ponto que ela se afastará do caminho certo e conduzirá, as pessoas à perda da Fé na existência de Deus, de um Deus em Três Pessoas.”
 “Então, Deus, infinitamente Bom, verá a decadência da raça humana, e abreviará os dias, por amor do pequeno número daqueles que deverão ser salvos, porque o Inimigo desejaria arrastar mesmo os eleitos à tentação, se isso fosse possível.”
 “Então a espada do castigo aparecerá de repente e derrubará o corruptor e seus servidores.”
DÉCIMA TERCEIRA: Nossa Senhora de La Salette.
 Esta aparição da Virgem Santíssima que ocorreu na França em 1846, foi reconhecida e aprovadas pela Igreja, em 1851.
 Videntes Maximino Giraud e Mélania Calvat, em 1846.
 Maximino Giraud de onze anos, e Mélania Calvat, de quinze, estavam cuidando do gado, quando avistaram um clarão. O clarão se mexia e se agitava, como dividindo-se ao meio.
 Viram uma Senhora sentada em uma enorme pedra. Tinha o rosto entre as mãos e chorava amargamente. Mélania e Maximino estavam com medo e não se mexiam.
 A Senhora, pondo-se lentamente em pé e cruzando suavemente seus braços, lhes chamou: “Vinte, meus filhos, não tenhais medo, aqui estou para vos contar uma grande novidade!”
 Então, as crianças foram até a Bela Senhora. Ela não parava de chorar. A Senhora era alta e toda de luz.
 Ela disse: “Se Meu povo não quer submeter-se, sou forçada a deixar cair o braço de Meu Filho. É tão forte e tão pesado.”
 “Há muito tempo sofro por vós!”
 “Dei-vos seis dias para trabalhar, reservei-me o sétimo, e não mo querem conceder! É isso que torna tão pesado o braço de Meu Filho.”
 “E também os carroceiros não sabem jurar sem usar o nome de meu Filho. São essas às duas coisas que tornam tão pesar o braço de Meu Filho.”
 A PROFECIA E OS SEGREDOS DE LA SALETTE.
 Seguem-se as palavras de Nossa Senhora ditas a Mélanie em 19 de setembro de 1846: “Mélanie, o que eu vou te dizer agora não será um segredo para sempre. Tu podes publicá-lo em 1858.”
1 - “Os sacerdotes, ministros de meu Filho, os sacerdotes, por causa da sua vida má, pelas suas irreverências e pela sua impiedade ao celebrar os Santos ministérios, pelo amor ao dinheiro, o amor às honras e aos prazeres, os sacerdotes converteram-se em cloacas de impureza.”
 “Sim, os sacerdotes provocaram a vingança e a vingança pende sobre suas cabeças.”
 “Ai dos sacerdotes e pessoas consagradas a Deus que pelas suas infidelidades e más vidas crucificam meu Filho de novo!”
 “Os pecados das pessoas consagradas a Deus clamam ao Céu e atraem vingança, e eis que a vingança está às suas portas, porque já não se encontra ninguém para implorar misericórdia e perdão para o povo.”
 “Já não há almas generosas, já não há ninguém digno de oferecer à Vítima sem mancha ao Eterno, pelo mundo.”
2 - “Deus vai castigar de uma maneira sem precedentes.”
 “Ai dos habitantes da Terra! Deus vai esgotar a sua cólera e ninguém poderá fugir a tantos males juntos.”
 “Os chefes, os condutores do povo de Deus, descuidaram de oração e a penitência, e o demônio obscureceu as suas inteligências.”
 “Tornaram-se naquelas estrelas errantes, que a antiga serpente arrastará com a sua cauda para os fazer perecer.”
 “Deus permitirá que a antiga serpente ponha divisões entre os soberanos, em todas as sociedades e em todas as famílias.”
 “A humanidade sofrerá penas físicas e morais. Deus abandonará os homens a si mesmos e enviará castigos que se hão de suceder durante mais de trinta e cinco anos.”
3 - “A sociedade está às vésperas das mais terríveis calamidades e dos mais graves acontecimentos. Deverá esperar vir a ser governada com vara de ferro e beber o cálice da cólera de Deus.”
 “Que o Vigário de meu Filho, o Sumo Pontífice Pio IX (9), não saia de Roma depois de 1859; mas que seja firme e generoso, que combata com as armas da fé e do amor. Eu estarei com ele.”
 “Não confie em Napoleão (Napoleão III): o seu coração é falso, e quando ele quiser ser, ao mesmo tempo, Papa e Imperador, Deus vai deixá-lo. Ele é aquela água que, querendo sempre subir mais alto, cairá sobre a espada de que se queria servir para obrigar os povos a submissão.”
4 - “A Itália será castigada pela sua ambição, por querer sacudir o jugo do Senhor dos Senhores; também ela será entregue à guerra.”
 “O sangue correrá por todos os lados; as igrejas serão fechadas ou profanadas; os sacerdotes e religiosos serão perseguidos; irão fazê-los morrer, e morrer de morte cruel.”
 “Muitos abandonaram a fé, e o número de sacerdotes e religiosos que se afastarão da religião verdadeira será grande; entre estes haverá até mesmo Bispos.”
5 - “Que o Papa se acautele contra os fazedores de milagres, porque chegou o tempo em que se hão de operar os mais espantosos prodígios na terra e no ar.”
6 - “No ano de 1864, serão libertados do Inferno Lúcifer com um grande número de demônios; eles abolirão a fé pouco a pouco, mesmo nas pessoas consagradas a Deus.”
 “Irão cegá-las de tal forma que, salvo se elas forem abençoadas por uma graça especial, essas pessoas assimilarão o espírito desses anjos maus.”
 “Muitas casas religiosas perderão completamente a fé e muitas almas se irão perder.”
7 - “Os livros maus abundarão na Terra e os espíritos das trevas espalharão, por toda a parte, um relaxamento universal por tudo o que seja serviços de Deus; e terão um enorme poder sobre a natureza.”
 “Haverá igrejas dedicadas ao culto desses espíritos.”
 “Certas pessoas serão transportadas de um a outro lugar por esses maus espíritos, e até sacerdotes, porque eles não serão conduzidos pelo bom espírito do Evangelho, que é um espírito de humildade, de caridade e de zelo pela glória de Deus.”
 “Em algumas ocasiões, os mortos e os justos serão trazidos à vida. Isto é, esses mortos tomarão a aparência das almas justas que viveram na Terra, para melhor seduzir os homens.”
 “Esses ditos mortos ressuscitados não serão mais do que o demônio sob as suas figuras, e pregarão outro evangelho, contrário ao verdadeiro Jesus Cristo, negando quer a existência do Céu, quer ainda a existência das almas dos condenados.”
 “Todas essas almas aparecerão como que unidas aos seus corpos.”
 “E serão vistos, por toda a parte, prodígios extraordinários, porque a fé verdadeira se extinguiu e a falsa luz ilumina o mundo.”
 “Ai dos Príncipes da Igreja que se tenham apenas dedicado a acumular riquezas e salvaguardar a sua autoridade, e a dominar com orgulho!”
8 - “O Vigário de meu Filho terá muito que sofrer, porque por um tempo a Igreja será entregue a grandes perseguições - será o tempo das trevas. A Igreja terá uma crise medonha.”
 “Esquecida a Santa fé de Deus, cada indivíduo quererá governar-se por si mesmo e ser superior aos seus semelhantes.”
 “Serão abolidos os poderes civis e eclesiásticos, toda a ordem e justiça serão calcadas aos pés. Só se verão homicídios, ódios, inveja, mentira e discórdia, sem amor pela pátria e pela família.”
9 - “O Santo Padre sofrerá muito. Estarei com ele, até o fim, para receber seu sacrifício.”
 “Os malvados atentaram muitas vezes contra sua vida, sem poder pôr fim aos seus dias; nem ele, porém, nem seu sucessor (Nota escrita por Mélanie na margem de seu exemplar: 'que não reinará por muito tempo') verão o triunfo da Igreja de Deus.”
10 - “Todos Os governantes civis terão o mesmo plano, que será o de abolir e fazer desaparecer todo o princípio religioso, para dar lugar ao materialismo, ao ateísmo, ao espiritismo e a toda espécie de vícios.”
 “No ano de 1865, será vista a abominação nos lugares Santos. Nos conventos, as flores da Igreja estarão putrefatas, e o demônio se converterá no rei dos corações.”
 “Que os que estão à frente das comunidades religiosas vigiem as pessoas que irão receber, porque o demônio usará toda a sua malícia para introduzir nas ordens religiosas pessoas dadas ao pecado, pois, as desordens e o amor aos prazeres da carne estarão espalhados por toda à Terra.”
11 - “A França, a Itália, a Espanha e a Inglaterra estarão em guerra; o sangue correrá pelas ruas; o francês lutará contra o francês, o italiano contra o italiano, e depois haverá uma guerra geral, que será medonha.”(Primeira Guerra Mundial).
 “Por um tempo, Deus irá esquecer-Se da França e da Itália, porque o Evangelho de Jesus Cristo já não é conhecido.”
 “Os malvados desenvolverão toda a sua malícia; os homens irão matar-se e assassinar-se até dentro das casas.”
 “Ao primeiro golpe da sua espada fulminante, as montanhas e a natureza inteira estremecerão de espanto, porque as desordens e os crimes dos homens transpassam a abóbada do Céu.”
 “Paris será queimada e Marselha engolida.”
 “Várias grandes cidades serão abaladas e soterradas por terremotos.”
 “As pessoas acreditarão que tudo estará perdido. Não se verá mais do que homicídios, não se ouvirá senão os ruídos das armas e blasfêmias.”
12 - “Os justos sofrerão muito; as suas orações, a sua penitência e as suas lágrimas subirão ao Céu e todo o povo de Deus pedirá perdão e misericórdia, e implorará a minha ajuda e intercessão.”
 “Então, Jesus Cristo, por um ato da Sua Justiça e da Sua Misericórdia para com os justos, mandará os Seus anjos dar morte a todos os seus inimigos.”
 “Num abrir e fechar de olhos, os perseguidores da Igreja de Jesus Cristo e todos os homens escravos do pecado perecerão e à Terra ficará como um deserto.”
13 - “Então, será feita a paz, a reconciliação de Deus com os homens. Jesus Cristo será servido, adorado e glorificado.”
 “A caridade florescerá por toda a parte. Os novos reis serão o braço direito da Santa Igreja, que será forte, humilde e piedosa, pobre, zelosa e imitadora das virtudes de Jesus Cristo.”
 “O Evangelho será pregado por toda a parte e os homens farão grandes progressos na fé, porque haverá unidade entre os obreiros de Jesus Cristo e porque os homens viverão no temor de Deus.”
14 - “Essa paz entre os homens não será longa - 25 anos de abundantes colheitas farão esquecer que os pecados dos homens são a causa de todos os males que sucedem à Terra.”
 “Um precursor do Anticristo, com um exército composto de muitas nações, combaterá o verdadeiro Cristo, o único Salvador do mundo; derramará muito sangue e pretenderá aniquilar o culto de Deus, para que se considere a ele como Deus.”(Hitler e a Segunda Guerra Mundial).
15 - “À Terra será castigada com toda espécie de pragas (além da peste e da fome, que serão gerais); haverá guerras, até à última, que será feita, então, pelos dez reis aliados do Anticristo, que terão, todos, o mesmo desígnio, e serão os únicos a governar o mundo.”
 “Antes que isso aconteça, haverá no mundo uma espécie de falsa paz. Não se pensará senão em divertimentos.”
 “Os malvados se irão entregar a todo o gênero de pecados.”
 “Porém, os filhos da Santa Igreja, os filhos da fé, os meus verdadeiros imitadores, crescerão no amor de Deus e nas virtudes que me são mais queridas. Ditosas as almas humildes, dirigidas pelo Espirito Santo! Eu combaterei com elas, até chegarem à plenitude dos tempos.”
16 - “A natureza clama por vingança contra os homens e treme de medo à espera do que deve acontecer à Terra, empapada de crimes.”
 “Tremei, ó Terra, e vós que fazeis profissão de servir a Jesus Cristo e que, dentro de vós, adorai-vos a vós mesmos.”
 “Tremei, porque Deus vos vai entregar ao Seu inimigo, porque os lugares Santos estão na corrupção; muitos conventos já não são casas de Deus, mas pastos de Asmodeu e dos seus.”
 “Será durante este tempo que nascerá o Anticristo, de uma religiosa hebraica, de uma falsa virgem, que terá comunicação com a antiga serpente, o mestre da impureza. O seu pai será bispo.” (Nota: 'Existe um grau maçônico de bispo').
 “Em seu nascimento, vomitará blasfêmias, terá dentes; numa palavra, será uma encarnação do Diabo. Soltará gritos medonhos, fará prodígios e só se alimentará de impurezas.”
 “Terá irmãos que, embora não sendo como ele diabos encarnados, serão filhos do mal.”
 “Aos doze anos, chamarão atenção sobre si mesmos pelas rudes vitórias que alcançaram. Bem depressa, irão colocar-se à frente de grandes exércitos, assistidos por legiões do inferno.”
17 - “As estações mudarão. À Terra somente produzirá frutos maus. Os astros perderão os seus movimentos regulares. A Lua só refletirá uma luz avermelhada.” (Nota: Isso está para acontecer no nosso tempo, o Anticristo já habita esse mundo, mas ainda está oculto e virá a se revelar).
 “A água e o fogo imprimirão ao globo terrestre movimentos convulsivos e horríveis terremotos, que tragarão montanhas e cidades inteiras.”
 “Roma perderá a fé e se converterá na sede do Anticristo.”
18 - “Os demônios do ar, junto com o Anticristo, farão grandes prodígios na terra e nos ares, e os homens se irão perverter cada vez mais.” (Nota: Projeto Blue Beam, “Alienígenas”, prodígios e falsos milagres de Satanás).
 “Deus cuidará dos Seus fiéis servidores e dos homens de boa vontade. O evangelho será pregado por toda a parte e todos os povos e todas as nações conhecerão a verdade!”
19 - “Eu dirijo um urgente apelo à Terra: chamo os verdadeiros discípulos do Deus Vivo, que reina nos céus;”
 “Chamo os verdadeiros imitadores de Cristo feito homem - o único e verdadeiro Salvador dos homens;”
 “Chamo os meus Filhos, os meus verdadeiros devotos, os que se deram a mim, para que eu os conduza ao meu Divino Filho - aqueles que eu levo, por assim dizer, nos meus braços;”
 “Chamo os que viveram do meu espírito;”
 “Chamo, enfim, os Apóstolos dos Últimos Tempos, os fiéis discípulos de Jesus Cristo, que viveram no desprezo do mundo e de si próprios, na pobreza e na humildade, no desprezo e no silêncio, na oração e na mortificação, na castidade e na união com Deus no sofrimento, e desconhecidos do mundo.”
 “Já é hora de saírem e virem iluminar à Terra. Ide e mostrai-vos como meus filhos queridos.”
 “Estou convosco e em vós, desde que a vossa fé seja a luz que vos ilumine nesses dias de infortúnio. Que o vosso zelo vos torne como que famintos da glória e da honra de Jesus Cristo.”
 “Combatei, filhos da luz, vós, pequeno número que ainda tendes vista; porque chegou o tempo dos tempos, o fim dos fins.”
20 - “A Igreja será eclipsada, o mundo estará em aflição.”
 “Porque, eis que chegaram Enoque e Elias, cheios do Espírito de Deus; eles pregarão com a força de Deus, e os homens de boa vontade acreditarão em Deus, e muitas almas serão consoladas.”
 “Farão grandes progressos pela virtude do Espírito Santo e condenarão os erros diabólicos do Anticristo.”
 “Ai dos habitantes da Terra! Virão guerras sangrentas e fome, pestes e enfermidades contagiosas; chuvas de uma terrível saraivada de animais, que abalarão cidades, terremotos que engolirão países;”
 “Vozes serão ouvidas no ar; os homens baterão com a cabeça nos muros, pedirão a morte e, por outro lado, a morte será o seu suplício.”
 “O sangue correrá por toda a parte. Quem poderá vencer se Deus não diminuir o tempo da prova? Pelo sangue, as lágrimas e as orações dos justos, Deus Se deixará aplacar.”
 “Enoque e Elias serão martirizados.”
 “Roma, pagã, desaparecerá.”
 “Cairá fogo do céu e consumirá três cidades. Todo o universo será presa de terror e muitos se deixarão seduzir, porque não adoram o verdadeiro Cristo, que vivia entre eles. Chegou o tempo; o sol está escurecendo; só a fé sobreviverá.”
21 - “Eis o tempo; abre-se o abismo. Eis o rei dos reis das trevas. Eis a Besta com seus súditos, dizendo-se o salvador do mundo.”
 “Irá elevar-se com soberba, pelos ares, para subir até o Céu; será precipitado pelo sopro de São Miguel Arcanjo.”
 “Cairá, e à Terra, que há três dias encontra-se em contínuas evoluções (os 3 dias de escuridão), abrirá o seu seio, cheio de fogo, e ele será precipitado, para sempre, com todos os seus, nos abismos eternos do Inferno.”
 “Então, a água e o fogo purificarão à Terra e consumirão todas as obras do orgulho dos homens, tudo será renovado - Deus será servido e glorificado.”
DÉCIMA QUARTA: As aparições de Nossa Senhora de Fátima e seus 3 Segredos.
 As aparições de Nossa Senhora em Fátima, Portugal completam 100 anos, seus 3 segredos e principalmente rezar o Santo Rosário todos os dias e ter uma grande e verdadeira devoção ao Imaculado Coração de Maria.
 Assim também como as aparições em Lourdes, na França, a Bernadete Soubirous, com então 14 anos, que mais tarde se tornou religiosa e Santa, aparições em 1958, entre as muitas revelações Nossa Senhora disse a Santa Bernadete:
 “Não prometo tornar-te feliz neste mundo, mas no outro.”
 “Reza pelos pecadores pelo mundo tão revolto.”
 “Reza a Deus pelos pecadores! Penitência! Penitência! Penitência! Beija a terra em penitência pela conversão dos pecadores!”
  O Dogma proclamado pelo Papa Pio IX (9) em 1854, que até então não era tão conhecido e aceito por muitos teólogos católicos da época e foi confirmado pela própria Santíssima Virgem Maria em 1858 “Eu sou a Imaculada Conceição.”
 Voltando as aparições de Fátima, para preparar os 3 pastorinhos, veio antes o Anjo de Portugal, apareceu para Lúcia dos Santos de 9 anos, seu primo Francisco Marto de 8 anos e sua irmã Jacinta Marto de 6 anos. Ele ensinou orações para pedir pelos pecadores, penitência e desagravo.
 Para os 3 Nossa Senhora apareceu 6 vezes e mais algumas vezes anos mais tarde para a já então Irmã Lúcia. Nossa Senhora fez muitas revelações, avisos, profecias, pediu penitência e conversão e vale muito a pena estudar por completo essas aparições da Santíssima Virgem Maria na Pequena aldeia de Fátima em 1917. Aqui se segue partes das revelações.
PRIMEIRA APARIÇÃO – 13 de Maio de 1917.
 Nossa Senhora diz: “Rezem o terço todos os dias, para alcançarem a paz do mundo e o fim da guerra (Primeira Guerra Mundial que já tinha 3 anos que ceifara muitas vidas).”
SEGUNDA APARIÇÃO – 13 de Junho de 1917.
Lúcia: “Queria Pedir-lhe para nos levar para o Céu.”
 Nossa Senhora: “Sim, a Jacinta e o Francisco levo-os em breve, mas tu ficas cá mais algum tempo. Jesus quer servir-Se de ti para me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção ao Meu Imaculado Coração. A quem a aceita, prometer-lhe-ei a salvação e estas almas serão amadas de Deus, como flores colocadas por Mim para enfeitar o Seu Trono.”
 Lúcia: “Fico cá sozinha?” Perguntei com pena.
 Nossa Senhora: “Não, filha! E tu sofres muito! Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O Meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus.”
TERCEIRA APARIÇÃO – 13 de Julho de 1917.
 Nossa Senhora: “Quero que venham aqui no dia 13 do mês que vem, que continuem o rezar o terço todos os dias, em honra de Nossa Senhora do Rosário para obter a paz do mundo e o fim da guerra, porque só ela Lhes poderá valer.”
 Lúcia: “Queria pedir-Lhe para nos dizer quem é, para fazer um milagre com que todos acreditem que Você nos aparece.”
 Nossa Senhora: “Continuem a vir aqui todos os meses, em Outubro direi quem sou, o que quero, e farei um milagre que todos hão de ver para acreditar.
 Sacrificai-vos pelos pecadores, e dizei muitas vezes, em especial sempre que fizerdes algum sacrifício: “Ó Jesus, é por vosso amor, pela conversão dos pecadores e em reparação pelos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.”
QUARTA APARIÇÃO – 19 de Agosto de 1917.
Nossa Senhora: “Rezai, rezai muito e fazei sacrifícios pelos pecadores, que vão muitas almas para o inferno, por não haver quem se sacrifique e peça por elas.”
QUINTA APARIÇÃO – 13 de Setembro de 1917.
 Nossa Senhora: “Continuem a rezar o terço, para alcançarem o fim da guerra. Em Outubro virá também Nosso Senhor, Nossa Senhora das Dores e do Carmo, São José com o Menino Jesus para abençoarem o mundo. Deus está contente com os vossos sacrifícios, mas não quer que durmais com a corda. Trazei-a só durante o dia.”
 SEXTA APARIÇÃO – 13 de Outubro de 1917.
 Nossa Senhora: “Quero dizer-te que façam aqui uma capela em minha honra.
 “Sou a Senhora do Rosário”. Que continuem sempre a rezar o terço todos os dias. A guerra vai acabar e os militares voltarão em breve para suas casas.”
O SOL DANÇOU EM FÁTIMA.
 Perante uma multidão de mais de 60 mil pessoas, no dia 13 de Outubro de 1917, que pediram um sinal e no qual a Santíssima Virgem Maria lhes já havia prometido um grande milagre, isso 3 meses antes. Chovia muito e as pessoas estavam com as roupas encharcadas e passavam frio, a lama estava em toda parte, de repente o céu clareou e o Sol se aproximou da terra e começou a girar e se mover, ficou assim durante alguns minutos, muitas pessoas que estavam nas redondezas puderam ver, após muitos fenômenos voltou para sua posição habitual, as roupas e o chão encharcados se secaram, energia que de tão forte deveria ter queimando até os ossos dessas pessoas, mas não o fez e muitas pessoas que tinham alguma doença foram curadas. O milagre do Sol foi um dos maiores milagres de toda história e presenciado por muitas, mas muitas pessoas.
 No dia 10 de Dezembro 1925, apareceu-lhes a Santíssima Virgem Maria e ao lado, suspenso em uma nuvem luminosa, um Menino. A Santíssima Virgem Maria, pondo-lhe no ombro a mão e mostrando, ao mesmo tempo, um coração que tinha na outra mão, cercado de espinhos.
 Disse o Menino: “Tem pena do Coração de tua Santíssima Mãe que está coberto de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos lhe cravam sem haver quem faça um ato de reparação para os tirar.”
 Nossa Senhora: “Olha, minha filha, o Meu coração cercado de espinhos que os homens ingratos me cravam, com blasfêmias e ingratidões. Tu, ao menos, vês de me consolar e diz que todos aqueles que durante cinco meses, ao primeiro sábado, se confessarem, recebendo a Sagrada Comunhão, rezarem um Terço e me fizerem 15 minutos de companhia, meditando nos 15 mistérios do Rosário, com o fim de Me desagravar, eu prometo assistir-lhes, na hora da morte, com todas as graças necessárias para a salvação dessas almas.”
 OS 3 SEGREDOS DE FÁTIMA
 Nossa Senhora pediu aos Pastorinhos não contassem a ninguém e que eles não revelaram nem mesmo quando o Administrador os prendeu e ameaçou mandar fritar em azeite a ferver (já que na época a maçonaria tentava acabar com o catolicismo em Portugal, tentando fazer do País uma nação ateia, perseguindo religiosos e católicos em geral, até mesmo as aparições na época foram muito atacadas, foram ameaçados e chegando até a explodir a capelinha de Nossa Senhora). Só em 31 de Agosto de 1941, na carta escrita em Tuy ao Bispo D. José Alves Correia da Silva, Lúcia diz ser "chegado o momento" de falar do segredo (já que tinha risco de morte), acrescentando: Bem; o segredo consta de três coisas distintas, duas das quais vou revelar.
Primeiro Segredo
 A visão do inferno! Lúcia: “Nossa Senhora .... Ao dizer estas palavras, abriu de novo as mãos como nos dois meses passados. O reflexo pareceu penetrar a terra e vimos como que um mar de fogo, mergulhados nesse fogo os demônios e as almas, como se fossem brasas transparentes e negras ou bronzeadas com forma humana, que flutuavam no incêndio levadas pelas chamas que deles mesmas saíam juntamente com nuvens de fumo, caindo de todos os lados semelhante ao cair das fagulhas nos grandes incêndios, sem peso, nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dor e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor. Devia ser ao deparar-me com esta visão que dei esse Ai, que dizem ter-me ouvido.
 Os demônios distinguiam-se por formas horríveis e asquerosas de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes como negros carvões em brasa. Esta visão foi um momento, e graças à Nossa boa Mãe do Céu, que antes nos tinha prevenido com a promessa de nos levar para o Céu. Se assim não fosse, creio que teríamos morrido de susto e pavor. Assustados e como que a pedir socorro, levantámos a vista para Nossa Senhora que nos disse com bondade e tristeza:”
 Segundo Segredo
 Nossa Senhora: “Vistes o inferno para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. Se fizerem o que eu disser, salvar-se-ão muitas almas e terão paz: a guerra vai acabar. Mas se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI (11) (ainda não era o Papa) começará outra pior (Segunda Guerra Mundial). Quando virdes uma noite iluminada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai a punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir, virei pedir a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia converter-se-á e terão paz; se não, espalhará seus erros pelo mundo (Comunismo), promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados (milhares de religiosos e católicos assassinados), o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas (nações anexadas pela União Soviética a quais perderam a soberania nacional, a cultura e muitas pessoas assassinadas): por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia (Pio XII (12) consagrou tardiamente a Rússia em 1952) que se converterá (não significa a fé católica, mas sim a perseguição a Igreja) e será concedido ao mundo algum tempo de paz (A falsa paz da Guerra Fria, a falsa queda do comunismo em 1989, essa mesma falsa paz que vivemos hoje, mas que logo deverá acabar, pela iminência de grandes conflitos e catástrofes). Em Portugal conservar-se-á sempre o dogma da fé, etc...”
Terceiro Segredo
 Quanto à terceira parte do segredo, encontrando-se Lúcia doente, em Tuy, descreveu-a em 3 de Janeiro de 1944, também por ordem do Bispo de Leiria, entregando-a num envelope fechado. Lúcia diz nessa carta:
 Escrevo em ato de obediência a Vós Deus meu, que mo mandais por meio de sua Ex.cia. Rev.ma o Senhor Bispo de Leiria e da Vossa e minha Santíssima Mãe.
 “Em Portugal conservar-se-á sempre o dogma da fé, etc...” com essas palavras se inicia o Verdadeiro Terceiro Segredo de Fátima que deveria ter sido revelado ao mundo em 1960 ou antes desse tempo se a Irmã Lúcia morresse. O suposto terceiro segredo revelado em 2000 não passa de uma fraude, mas realmente a suposta visão tem relação com o calvário que a Igreja passou no século XX (20) com tantos mártires e perseguições.
 As razões pelas quais Nossa Senhora queria que o Terceiro Segredo fosse divulgado em 1960 era por que naquela ponto denunciaria a grande apostasia e a farsa que foi montada no Concílio Vaticano II em 1962, mostraria a intenção da maçonaria eclesiástica, dos modernistas, dos progressistas e dos traidores de Cristo em pôr em prática seu plano satânico, da mesma forma que as inúmeras profecias católicas e bíblicas apontam, demonstram e denunciam, quais seriam a duras consequências de fazer tal monstruosidade, resultando na apostasia generalizada, na perda de milhares de almas, no esfriamento e confusão da fé das pessoas.
 Nos altos postos e em todas as partes da Igreja estiveram e estão muitos (maçons, comunistas e traidores de Cristo), falsos, enganados, cegados, formados erroneamente intencionalmente, de forma consciente e inconsciente, no liberalismo e progressismo religioso, Papas, Cardeais, Arcebispos, Bispos, Sacerdotes e teólogos ensinando uma doutrina adulterada, contrária à verdadeira e Tradicional Igreja e Fé Católica. Com uma nova teologia, novos sacramentos, novos sacerdotes, novos templos, nova missa, nova liturgia, novo ecumenismo.
 Os bons católicos, os bons sacerdotes tradicionalistas perseguidos impiedosamente como sendo cismáticos e rebeldes, e assim como perseguiram nosso Senhor Jesus Cristo, também seremos perseguidos. Por isso a verdadeira Irmã Lúcia foi eliminada e substituída por uma impostora. O Verdadeiro Terceiro Segredo de Fátima foi assim ocultado, as aparições perseguidas, tentaram sempre desqualificar as visões e sempre gostaram de ignorar o Grande milagre do Sol, 3 meses antes avisado que ocorreria e presenciado por mais de 60 mil pessoas que estavam no local e por muitas outras que viviam na região.
 O castigo de Deus virá em breve, muito em breve, logo o Anticristo, aparecerá e sua sede será em Roma, e seu reinado de terror e trevas fará muitos mártires de Jesus Cristo, as guerras, peste, desastres naturais e fome se espalharam por toda terra, mas Deus não abandonará seu povo e seus eleitos, os planos dos maus não vão se realizar completamente, serão derrotados, pois Deus é maior e mais forte que o demônio, a vitória final será da sua Igreja e o Senhor Jesus só volta após os 3 dias de escuridão. Agora meus irmãos, nos cabe seguirmos os mandamentos, as virtudes, praticam boas obras, na fé e na caridade, com uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria, rezar o Santo Rosário diariamente e demais devoções e orações católicas, nos mantermos fiéis a verdadeira e tradicional Igreja e Fé Católica e se necessário até a morte, a nosso Senhor e ÚNICO Salvador Jesus Cristo, que com alegria nos dará a coroa da vida eterna. Confiem sempre no poder de Deus e na sua ação, e como a Santíssima Virgem Maria, Mãe de Deus, nossa Mãe e Mãe de toda humanidade disse: “Por fim o meu Imaculado Coração triunfará.” VIVA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA!
 Todas essas revelações e profecias são o verdadeiro Terceiro Segredo de Nossa Senhora de Fátima, elas denunciam, são as revelações da verdade, os avisos vindos do céu.
 As pessoas devem tomar cuidado com as falsas profecias e revelações, principalmente as que surgiram após o concílio Vaticano II (segundo). Não se enganem, o fim está próximo. Existem sim aparições válidas pouco conhecidas e até mesmo perseguidas e ocultadas pelas forças inimigas infiltradas na Igreja, ainda hoje em dia temos revelações válidas, mas cabe avaliar e notar se está de acordo com a realidade e na mesma linha, ou se trata de fraude, deturpação ou falsas revelações.
 Nenhuma dessas profecias fala ou vai ao século XXI (21), e isso quer dizer que Deus deu um pouco mais de tempo aos homens para se arrependerem de seus pecados e se voltarem a ele novamente, então se convertam verdadeiramente logo, não resta muito tempo para salvar as nossas pobres e miseráveis almas.
 Eis aqui um escravo de amor da Santíssima Virgem Maria, como arma nas mãos de Deus e Maria.

Capítulo 60. Os Apóstolos dos últimos tempos e as devastadoras e esmagadoras visões e revelações da Beata Anna Katharina Emmerick.

(Nesse capítulo fiz apenas algumas correções e não foi eu quem o escreveu e os sites que se encontram está nas referências)
 O mistério dos Apóstolos dos Últimos Tempos parece conter a solução dos problemas que afogam o mundo. Não é um mistério ruim, mas bom, pois vem carregado de promessas de salvação e consolação.
 São Luís Maria Grignion de Montfort antevia profeticamente que esses novos apóstolos seriam o instrumento por excelência de Nossa Senhora para tirar a humanidade da entalada de confusão e pecado em que vai se enroscando cada vez mais.
 Por isso, tais apóstolos terão como sinal uma ardente e inigualada devoção à Mãe de Deus, de Quem serão perfeitos escravos de amor.
 Por isso o grande santo fala especialmente deles em seu Tratado quando fala de: “A devoção à Santíssima Virgem será especialmente necessária nesses últimos tempos” e do “Papel especial de Maria nos últimos tempos”.
 A devoção à Santíssima Virgem será especialmente necessária nesses últimos tempos
54. Deus não pôs somente inimizade, mas inimizades, e não somente entre Maria e o demônio, mas também entre a posteridade da Santíssima Virgem e a posteridade do demônio.”
 “Quer dizer, Deus estabeleceu inimizades, antipatias e ódios secretos entre os verdadeiros filhos e servos da Santíssima Virgem e os filhos e escravos do demônio.”
 “Não há entre eles a menor sombra de amor, nem correspondência íntima existe entre uns e outros.”
 “Os filhos de Belial, os escravos de Satã, os amigos do mundo (pois é a mesma coisa) sempre perseguiram até hoje e perseguirão no futuro aqueles que pertencem à Santíssima Virgem, como outrora Caim perseguiu seu irmão Abel, e Esaú, seu irmão Jacob, figurando os réprobos e os predestinados.”
  “Mas a humilde Maria será sempre vitoriosa na luta contra esse orgulhoso, e tão grande será a vitória final que ela chegará ao ponto de esmagar-lhe a cabeça, sede de todo o orgulho.”
 “Ela descobrirá sempre sua malícia de serpente, desvendará suas tramas infernais, desfará seus conselhos diabólicos, e até ao fim dos tempos garantirá seus fiéis servidores contra as garras de tão cruel inimigo.”
 “Mas, o poder de Maria sobre todos os demônios há de patentear-se com mais intensidade, nos últimos tempos, quando Satanás começar a armar insídias ao seu calcanhar, isto é, aos seus humildes servos, aos seus pobres filhos, os quais ela suscitará para combater o príncipe das trevas.”
 “Eles serão pequenos e pobres aos olhos do mundo, e rebaixados diante de todos como o calcanhar em comparação com os outros membros do corpo.”
 “Mas, em troca, eles serão ricos em graças de Deus, graças que Maria lhes distribuirá abundantemente.”
 “Serão grandes e notáveis em santidade diante de Deus, superiores a toda criatura, por seu zelo ativo, e tão fortemente amparados pelo poder divino, que, com a humildade de seu calcanhar e em união com Maria, esmagarão a cabeça do demônio e promoverão o triunfo de Jesus Cristo.”
 Os apóstolos dos últimos tempos
 “55. Deus quer, finalmente, que sua Mãe Santíssima seja agora mais conhecida, mais amada, mais honrada, como jamais o foi.”
 “E isto acontecerá, sem dúvida, se os predestinados puserem em uso, com o auxílio do Espírito Santo, a prática interior e perfeita que lhes indico a seguir.”
 “E, se a observarem com fidelidade, verão, então, claramente, quanto lho permite a fé, esta bela estrela do mar, e chegarão a bom porto, tendo vencido as tempestades e os piratas.”
 “Conhecerão as grandezas desta soberana e se consagrarão inteiramente a seu serviço, como súditos e escravos de amor.”
 “Experimentarão suas doçuras e bondades maternais a amá-la-ão ternamente como seus filhos estremecidos.”
 “Conhecerão as misericórdias de que ela é cheia e a necessidade que têm de seu auxílio, e há de recorrer a ela em todas as circunstâncias como à sua querida advogada e medianeira junto de Jesus Cristo.”
 “Reconhecerão que ela é o meio mais seguro, fácil, mais rápido e mais perfeito de chegar a Jesus Cristo, e se lhe entregarão de corpo e alma, sem restrições, para assim também pertencerem a Jesus Cristo.”
 Nuvens trovejantes contra o pecado, o mundo, o demônio e seus asseclas
 “56. Mas quem serão esses servidores, esses escravos e filhos de Maria?”
 “Serão ministros do Senhor ardendo em chamas abrasadoras, que lançarão por toda a parte o fogo do divino amor.”
 “Serão “sicut sagittae in manu potentis” (Salmo 126, 4) – flechas agudas nas mãos de Maria todo-poderosa, pronta a traspassar seus inimigos.”
 “Serão filhos de Levi, bem purificados no fogo das grandes tribulações, e bem colados a Deus, que levarão o ouro do amor no coração, o incenso da oração no espírito, e a mirra da mortificação no corpo e que serão em toda parte para os pobres e os pequenos o bom odor de Jesus Cristo, e para os grandes, os ricos e os orgulhosos do mundo, um odor repugnante de morte.”
 “57. Serão nuvens trovejantes esvoaçando pelo ar ao menor sopro do Espírito Santo, que, sem apegar-se a coisa alguma nem admirar-se de nada, nem preocupar-se, derramarão a chuva da palavra de Deus e da vida eterna.”
 “Trovejarão contra o pecado, e lançarão brados contra o mundo, fustigarão o demônio e seus asseclas, e, para a vida ou para a morte, traspassarão lado a lado, com a espada de dois gumes da palavra de Deus (Efésios 6, 17), todos aqueles a quem forem enviados da parte do Altíssimo.”
 “58. Serão verdadeiros apóstolos dos últimos tempos, e o Senhor das virtudes lhes dará a palavra e a força para fazer maravilhas e alcançar vitórias gloriosas sobre seus inimigos; dormirão sem ouro nem prata, e, o que é melhor, sem preocupações no meio dos outros padres, eclesiásticos e clérigos, “inter medios cleros” (Salmo 67, 14) e, no entanto, possuirão as asas prateadas da pomba, para voar, com a pura intenção da glória de Deus e da salvação das almas, aonde os chamar o Espírito Santo, deixando após si, nos lugares em que pregarem, o ouro da caridade que é o cumprimento da lei (Romanos 13, 10).”
 “59. Sabemos, enfim, que serão verdadeiros discípulos de Jesus Cristo, andando nas pegadas da pobreza e humildade, do desprezo do mundo e caridade, ensinado o caminho estreito de Deus na pura verdade, conforme o santo Evangelho, e não pelas máximas do mundo, sem se preocupar nem fazer acepção de pessoa alguma, sem poupar, escutar ou temer nenhum mortal, por poderoso que seja.”
 “Terão na boca a espada de dois gumes da palavra de Deus; em seu ombros ostentarão o estandarte ensanguentado da cruz, na direita, o crucifixo, na esquerda o rosário, no coração os nomes sagrados de Jesus e de Maria, e, em toda a sua conduta, a modéstia e a mortificação de Jesus Cristo.”
 “Eis os grandes homens que hão de vir, suscitados por Maria, em obediência às ordens do Altíssimo, para que o seu império se estenda sobre o império dos ímpios, dos idólatras e dos maometanos.” 
 “Quando e como acontecerá?...”
 “Só Deus o sabe!...”
 “Quanto a nós, cumpre calar-nos, orar, suspirar e esperar: Exspectans exspectavi (Salmo 39, 2).”
 (São Luís Maria Grignion de Montfort, “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem.” - 1717).”
 Revelações de São Francisco de Paula do século XV (15), sobre os “Santos Crucíferos” (Apóstolos dos últimos tempos) e demais revelações.
 Três cartas de São Francisco de Paula (1416-1507), fundador da Ordem dos Mínimos, ao sr.Simon de la Limena.
 Ao meu muito magnífico e virtuoso senhor, o senhor Simon de la Limena (...)
 Apercebam-se todos os príncipes espirituais e temporais do mundo para esperar o grandíssimo açoite que virá sobre eles. E qual será? Dos hereges e dos infiéis e depois virão os fidelíssimos escolhidos do Altíssimo “Santos Crucíferos”, os quais não podendo vencer primeiro com palavras os hereges, se moverão contra eles impetuosamente com as armas. Vencerão muitas cidades, castelos, fortalezas e vilas, com morte de infinitos bons e maus. Os bons serão mártires de Jesus Cristo e os maus do demônio.
 Os infiéis se moverão contra estas duas partes de hereges e católicos, matarão, arruinarão e saquearão a maior parte da Cristandade. Do outro lado se moverão os “Santos Crucíferos”, não contra os cristãos, nem dentro da Cristandade, mas sim contra os infiéis no paganismo, e os conquistarão todos com mortes de infinitos números de infiéis, e depois se voltarão contra os maus cristãos e o matarão a todos os rebeldes de Jesus Cristo, e os exterminarão todos temporalmente e espiritualmente como é da vontade da Divina Majestade.
 Regerão e governarão o mundo santamente in saecula saeculorum, amen. De vossa linhagem virá o fundador dessa gente santa. Mas quando? Quando será tal coisa? Quando serão as cruzes com os sinais, e se verá sobre o estandarte o crucifixo? Viva Jesus Cristo bendito, Gaudamus omnes nós que estamos no serviço do Altíssimo pois que se aproxima a grande visita e reforma do mundo e haverá um só rebanho e um só Pastor (...)
 25 de Março de 1460
 Ao meu muito magnífico (...)
 Já se vai aproximando a hora que a divina Majestade visitará o mundo com a nova religião dos “Crucíferos”, com o crucifixo levantado sobre o mais alto estandarte, e de maior lugar. Estandarte admirável aos olhos de todos os justos, que no princípio escarnecerão os incrédulos, maus cristãos e pagãos, mas depois de verem as maravilhosas vitórias contra os tiranos, hereges e infiéis, suas zombarias se converterão em lágrimas.
 Esta gente santa fará correntes como rios de sangue dos rebeldes à Divina Majestade. Oh quantas infelicíssimas almas se irão ao inferno, cujos corpos serão comidos pelos animais brutos, castigo merecido de todos aqueles que serão transgressores dos preceitos divinos, por obstinação e não por fragilidade! Porque aos frágeis penitentes a soberana misericórdia ordinariamente os perdoa benignamente. Oh “Santos Crucíferos” escolhidos do Altíssimo, quanto sereis gratíssimos ao bom Deus! Muito mais por certo que o foi o povo de Israel: mostrará Deus sinais mais maravilhosos por vós, que jamais mostrou por outro povo.
 Vós destruireis a maldita seita maometana; vós poreis fim a toda sorte de infiéis, hereges e seitas do mundo, e sereis a ruína de todos os tiranos: vós poreis silêncio com perpétua paz por todo o universo: vós fareis santos a todos os homens, ou por força, ou por vontade.
 Oh gente santa! Oh gente bendita da Santíssima Trindade! Senhor Simon, irmão em Cristo, e companheiro caríssimo, alegre-se vossa alma, que o grande Deus se digna por meio de descendente vosso, e filho meio bendito, dar uma religião tão santa ao mundo, a última de todas, e a mais amada da Majestade Divina. Vencedor, vencedor se chamará seu fundador; vencerá o mundo, a carne e o demônio. Laus Deo, e a todos os seus benditos. De nosso convento de Paula no dia 7 de Março de 1465.
 Ao meu muito magnífico (...)
 Temos entendido de boa parte, como sendo um parente vosso grande jogador, no qual havendo jogado toda sua fazenda, V.S. por piedade lhe dava algo com que passar a vida, exortando-o continuamente á paciência e dando-lhe algumas vezes dinheiro para suas necessidades (...)
 Virá depois de vós um descendente vosso, assim como muitas vezes o tenho escrito, e profetizado pela vontade do Altíssimo, no qual fará outros maiores feitos, e maiores sinais. Que V.S. está em que este Santo homem será grande pecador na juventude, e depois se converterá ao grande Deus, do qual será chamado com a eficácia de São Paulo; será o grande fundador de uma nova religião, diferente de todas as outras; ele a repartirá em três ordens, de cavaleiros armados, sacerdotes solitários e hospitalários piedosos.
 Será a última religião de todas, tomará maior fruto na Igreja de Deus que todas as outras últimas; extinguirá a maldita seita maometana; e todos os hereges ou tiranos do mundo se extirparão. Tomará por força de arma todo o espiritual e temporal, e será um ganho e um pastor, e reduzirá o mundo a uma santa vida, e reinará in saecula seculorum amen. Em todo o mundo haverá senão doze reis, um imperador, um papa, e pouquíssimos senhores, os quais serão todos santos.
 Viva Jesus Cristo, porque a mim, indigno pecador se foi tem dignificado de dar-me espírito profético com claríssimas profecias; não obscuras, como a outros servos os fez escrever e dizer de modo obscuro. Eu sei que dos incrédulos e gente condenada não serão senão queimadas minhas cartas, e que não as crerão; mas nos fiéis espíritos católicos que aspiram o Santo Paraíso, estas letras engendrarão tanta suavidade no amor divino, que se deleitarão lendo-as muitas vezes e procurarão fazer cópias delas com grandíssimo fervor que tal é a vontade do Altíssimo. Nestas letras se conhecerá qual é de Jesus Cristo bendito e quem é predestinado ou precito, e muito mais no santo sinal de Deus vivo, que a reverenciará, amará e trará, será santo de Deus (...)
 Visões da venerável Beata Anna Katharina Emmerich sobre a Igreja Católica e seu futuro.
–Nos últimos dias, em pequenos avisos recebidos, tenho sido instado a escrever sobre o futuro da Igreja. Aproveito então colocar abaixo parte das visões tidas pela grande mística Anna Katharina Emmerich, relativas ao calvário final da Igreja e a sua reconstrução rumo a Jerusalém Celeste. Algumas explicações serão dadas ao texto, que infelizmente recebi traduzido do espanhol por um programa de computador e nem sempre consegui dar a fidelidade devida. Desconheço a fonte, a autoria e o remetente. “A demolidora obra da maçonaria eclesiástica e laica nas Visões e Revelações à Venerável Anna Katharina Emmerich Tomada do Livro 3, Cap.XXV "Visões do Anticristo e do triunfo da Igreja.”
 Introdução.
– Entre o cúmulo de visões de acontecimentos passados e presentes, em alguns dos quais intervém misteriosamente Anna Katharina, alude-se reiteradas vezes à luta dos poderes das trevas contra os filhos da luz. Algumas podem ser consideradas proféticas, porque se referem a certos acontecimentos ocorridos com posterioridade à morte da vidente e a nossa época Entre outras, aplanasse quadros que julgamos apocalípticos, como os que descrevem a desolação da terra, a apostasia das massas, as tribulações dos cristãos sob o reinado do Anticristo e o Triunfo glorioso da Igreja de Cristo.
– A visão da besta "do mar" é semelhante à consignada no Apocalipse, com o adicionado, sobre o texto canônico, de que o monstro tem fila de peixe e várias cabeças que formam como uma coroa em torno da maior. As notas nas páginas contribuem a identificar algumas destas cenas com as de São João, cujo maravilhoso livro era desconhecido pela estigmatizada de Dülmen (Região da Alemanha onde nasceu e morreu Anna Katharina).
1. Maquinações dos malvados contra a Igreja. (Oitava de Natal de 1819)
Anna Katharina diz: Vi à Igreja de São Pedro e a uma grande multidão de homens afanados em destruí-la, enquanto outros trabalhavam em restaurá-la. Os trabalhadores estavam espalhados por todo mundo e me admirava a conformidade de seus trabalhos. Os obreiros que tratavam de destruir o templo, arrancavam pedaços do mesmo; entre estes distingui a muitos hereges e apóstatas. Trabalhavam de acordo a certas regras os que levavam mantos brancos, com bolsos, bordados com faixas azuis e planas sujeitas à cintura. Estavam vestidos com toda classe de trajes; entre eles tinham homens altos e corpulentos, com uniformes e estrelas; mas estes não trabalhavam, senão que indicavam nos muros, com a plana, onde e como tinham de demolir.”
 “Vi com espanto que entre eles tinham sacerdotes católicos. Às vezes, quando não sabiam como demolir, acercavam-se a um dos seus, que tinha um grande livro, no qual parece que estava indicado como estava feito o edifício e a maneira de derrubá-lo. Depois assinalavam com a plana uma parte dele, para que fora destruída, a qual, efetivamente se derrubava. Os que derrubavam o edifício faziam calma e seguramente, mas com timidez, secretamente, postos como em espreita.”
 “Vi ao Papa (Pio XI “11”) em oração rodeado de falsos amigos, que muitas vezes faziam o contrário do que se lhes mandava. Vi a um homem malvado, negro e de baixa estatura, trabalhar muito ativamente contra a Igreja. Enquanto o templo era destruído por estes em alguma parte, reedificando outros por outra parte, mas sem energia nem vigor. Vi também muitos eclesiásticos a quem conhecia entre eles o Vigário Geral, cuja vista me causou muita alegria. Passou sem turvar-se por entre os demolidores e dispôs o necessário para a conservação e restauração do templo.”
 “Vi também a meu confessor levar uma grande pedra, dando um bom rodeio. Vi outros sacerdotes, preguiçosos, rezar as horas com seu breviário e levar, muito de vez em quando, alguma pedrinha sob os hábitos ou alongar-se a outros. Parecia que nenhum tinha confiança nem gosto no trabalho, já que trabalhavam sem direção e sem saber o que faziam.”
 “Aquilo era aflitivo. Já estava destruída a parte anterior da Igreja e não ficava em pé mais do que o sacrário. Eu estava muito triste, pensando onde se acharia aquele homem com veste vermelha e bandeira branca, que se me tinha representado outras vezes sobre a mesma Igreja, salvando-a da destruição.”
2. A Santíssima Virgem protege a Igreja.
Anna Katharina diz: 
Então vi a uma grande Senhora, cheia de majestade, que vinha pela grande vaga que há adiante do templo. Tinha um manto estendido, sujeito com ambos os braços e se movia impassivelmente no ar. Deteve-se no alto da cúpula e estendeu seu manto, que brilhava como o ouro, sobretudo o recinto da igreja.”
 
Os demolidores deixaram de trabalhar naquele momento. Quiseram prosseguir sua obra de destruição, mas não puderam acercar-se ao espaço protegido pelo largo manto. Enquanto os que trabalham em reedificar a igreja, mostravam extraordinária atividade. Vieram muitos homens escuros, anciões e impedidos e muitos jovens vigorosos; mulheres e meninos, sacerdotes e seculares, e muito cedo esteve quase do tudo restaurada a Igreja.”
 
Vi então vir um novo pontífice em procissão. O Papa (Pio XII “12”) era bem mais jovem e enérgico que o anterior. Foi recebido com grande solenidade. Parecia que ia consagrar a igreja, mas ouvi uma voz que dizia que o templo não precisava nova consagração, pois a parte principal dele, o tabernáculo, não tinha sido destruída. Devia celebrar-se uma dupla festa em toda a Igreja: um jubileu universal e a restauração da Igreja.”
 
Antes que o Papa (Pio XII “12”) começasse a festa que tinha preparado aos seus e estes lançaram da assembleia, sem contradição nenhuma, a uma multidão de eclesiásticos, uns de elevado poder, outros de pouca significação, os quais saíram murmurando, cheios de cólera. O Pontífice tomou ao seu serviço a outros eclesiásticos e a outros seculares. Depois começou a grande solenidade na Igreja de São Pedro. Os que trabalhavam com mantos brancos mantiveram-se silenciosos, circunspectos e tímidos, olhando se alguém os observava.”
3. O Arcanjo São Miguel luta pelo Triunfo da Igreja. (30 de Dezembro de 1819)
Anna Katharina diz: 
Vi novamente a Igreja de São Pedro com sua grande cúpula. Sobre ela resplandecia o Arcângelo São Miguel vestido de cor vermelha, tendo uma grande bandeira de combate nas mãos. À terra era um imenso campo de batalha. Os verdes e azuis lutavam contra os brancos e estes sobre os quais havia uma espada de fogo parecia que iam sucumbir; nem todos sabiam por que causa combatiam.”
 “A Igreja era de cor sangrenta como o vestido do Arcanjo. Ouvi que me diziam: "Terás um batismo de sangue" . Quanto mais se prolongava o combate, mais se apagava a viva cor vermelho da Igreja e se voltava mais transparente. O Arcanjo desceu e se acercou aos alvos. O vi adiante de todos. Estes cobraram grande valor, sem saber de onde lhes vinha.”
 
O Anjo derrotou aos inimigos, os quais fugiram em todas as direções. A espada de fogo que estava sobre os alvos, desapareceu. No meio do combate aumentavam as filas dos alvos: grupos de adversários passavam a eles e uma vez passaram em grande número. Sobre o campo de batalha tinha no espaço, legiões de santos que faziam sinais com as mãos, diferentes uns de outros, mas animados do mesmo espírito.”
4. Vê a São Francisco de Assis e Santa Joana de Chantal. (Domingo de infra oitava da Santíssima Trinidade, 1820)
Anna Katharina diz: 
Para consolo meu vi quadros da vida dos dois santos: São Francisco de Assis e Santa Joana de Chantal. Diziam que os tempos que corremos são muito tristes; mas que depois de muitos desastres, virá um tempo suave e aprazível, em que os homens estarão muito unidos uns com outros e se amarão muito; então florescerão muitos mosteiros no verdadeiro sentido da palavra. Vi também uma imagem desses longínquos tempos, a qual não posso descrever; daí se afastavam as trevas da noite e surgiam a luz e o amor. Vi toda classe de quadros relativos ao Renascimento das ordens religiosas.”
 
Os tempos do Anticristo não estão tão próximos como alguns crêem. Têm de vir precursores do mesmo. Vi em algumas cidades mestres de cujas escolas poderão sair esses precursores.”
5. Vê a Igreja de São Pedro em perigo. (28 de Agosto de 1820)
Anna Katharina diz: 
Vi uma imagem da Igreja de São Pedro, onde me parecia que o tempo boiava sobre à terra e que muitos corriam pressurosos a pôr-se debaixo dele para transportá-lo, grandes e pequenos, sacerdotes e seculares, mulheres e meninos e ainda anciões impedidos. Eu sentia grande angústia e inquietude, pois estava vendo que a igreja ameaçava ruínas por todas as partes. Mas todas aquelas gentes se puseram em baixo dela sustentando-a com seus ombros; quando isto o faziam, todos tinham a mesma estatura.”
 
Cada um estava em seu posto: os sacerdotes em baixo dos altares; os leigos em baixo das colunas e as mulheres à entrada. Era tão grande o peso que todos suportavam que cri que seriam esmagados. Sobre a Igreja aparecia o céu aberto e os coros dos santos a sustentavam com suas orações e seus méritos e ajudavam aos que a sustentavam sobre seus ombros. Eu estava flutuando entre uns e outros. Vi que os que a levavam se moviam para diante e que uma fila de casas e palácios que havia defronte caíam por terra, como as espigas de um campo, ao passar sobre eles a igreja e que a mesma igreja foi posta ali sobre à terra.”
 
Então tive outra visão. Vi que a Santíssima Virgem estava sobre a Igreja e ao redor dela os apóstolos e bispos. Abaixo vi grandes procissões e solenidades (1950: O Jubileu " do grande retorno e do grande perdão"). Vi que todos os maus pastores da igreja, que tinham crido que podiam fazer algo com suas próprias forças, sem receber a virtude de Cristo, dos seus santos predecessores e da igreja, foram lançados e substituídos por outros. Vi que desde o alto recebiam bênçãos e que se faziam grandes mudanças. Vi ao Papa (Pio XII “12”) que dirigia todas estas coisas. Vi elevar-se a dignidade, a homens muito pobres e a jovens.”
OBS: Recorde-se que esta visão tem quase dois séculos. Abreviaram-se os tempos. Quando Anna Katharina fala do Anticristo o faz sempre como de uma pessoa e não de uma sociedade ou estado anticristão. Só num mundo anticristão poderá imperar o Anticristo. No mesmo sentido fala Santa Hildegarda em seu livro Scivias.
 6. Vê uma Igreja falsa na contramão da Igreja de Roma. (12 de Setembro de 1820) (Concílio Vaticano Segundo)
Anna Katharina diz: 
Vi construir uma igreja curiosa, falsa e perversa. Tinha no coro três divisões, cada uma de várias arquibancadas, umas mais altas do que as outras. Em baixo se estendia uma escura extensão cheia de trevas. Sobre a primeira destas divisões vi que arrastavam um assento, na segunda uma grande xícara cheia de água; sobre a mais alta tinha uma mesa. Não vi nenhum anjo presente na construção; mas estava a espécie mais ardente e curiosa de múltiplos espíritos imundos, destes que pesteiam os ares, que transportavam toda classe de objetos que depositavam debaixo daquele teto, e ali abaixo, certas pessoas envoltas numa espécie de mantas ou capas eclesiásticas, levavam todas essas coisas afora.”
 
Nada vinha do alto naquela igreja; tudo provia da terra e da escuridão, e os espíritos imundos o traziam e preparavam tudo. Só a água parecia ter em si mesma força saudável e em certo modo santificante. Vi trazer depois para dentro dessa igreja uma grande quantidade de instrumentos. Muitas pessoas e também meninos levavam utensílios e instrumentos da mais variada espécie para fazer e produzir alguma coisa; mas tudo era escuro, pervertido, privado de vitalidade e não se via mais do que separação e divisão.”
 
Perto desta vi outra igreja luminosa, plena de graças do alto; vi aos anjos subir e descer e vi ali vida e crescimento, ainda que também dissipação e negligência. (A verdadeira Igreja Católica mantida por verdadeiros fiéis, leais a verdadeira fé católica espalhados pelo mundo e em comunhão com os Santos do céu e as almas do purgatório). Apesar de tudo era uma árvore cheia de seiva e de força vital em comparação da pseudo-igreja (Falsa Igreja do Vaticano II), que parecia um sarcófago de relíquias mortas e de figuras. Uma igreja era como uma ave que voa e se remonta nos ares; a outra como um barrilete feito de papel pelos meninos, cheio de nodos, de enfeites e de bocados de papel de cores na fila, que se arrasta sobre um campo árido talher de estopa, em vez de remontar-se aos ares.”
 
Tenho visto que muitas das coisas reunidas naquela igreja estavam amontoadas na contramão da igreja vivente: assim vi dardos e flechas. Cada um se empenhava em levar aí dentro alguma coisa, como bengalas, varas, pompas de água, garrotes de toda classe, bonecos e espelhos. Ali tinha trombetas, chifres, foles e toda classe de objetos de toda classe e maneira. Sob a abóbada da sacristia se afanavam por fazer pão; mas não fermentou e ficou tudo abandonado. Vi àqueles homens com as mantas levar lenha adiante das arquibancadas sobre as quais estava o púlpito e acender fogo e soprar com os foles e com a boca e afanar-se muito; mas não saía de ali mais do que fumaça de uma escuridão horrível.”
 
Então fizeram uma abertura por cima e colocaram um tubo; mas aquele fogo não quis prender e se fez tão denso de fumaça que terminou por sufocar. Outros sopravam nas trombetas e clarins e se esforçavam de tal modo que parecia lhes saíam aos olhos pelas órbitas; mas tudo ficou ali abandonado no solo e depois desapareceu sob terra; de maneira que tudo era morto e fictício e vã obra humana.”
 
Esta igreja é em verdade feita pelos homens, em conformidade com a nova moda, como o é a nova igreja, não católica, de Roma, que é também dessa espécie.”
 – Não é preciso ter muito conhecimento para entender que ela está aqui se referindo a está falsa igreja moderna, voltada para o homem, que os inimigos de Deus estão construindo. Uma falsa igreja social, que nada tem a ver com o Santo Padre e a Igreja de Roma.
7. Vê a obra dos espíritos maus na falsa igreja. (12 de Novembro de 1820) (Vaticano Segundo)
Anna Katharina diz: Viajei por um país escuro e frio e cheguei a uma grande cidade. Ali dentro vi de novo a estranha grande fábrica da igreja; mas tenho visto que ali não há nada de santo, senão inumeráveis espíritos planetários (segundo Anna, estes são espíritos imundos, provenientes das classes mais baixas de anjos e de pouco poder, não tão culpados pela queda) que trabalhavam em torno dela. Vi tudo isto como se fosse real, de modo parecido, fazer-se uma obra eclesiástica católica de comum acordo entre os anjos, os santos e os cristãos; mas aqui as formas empregadas eram mecânicas, e as ajudas e os meios de outra espécie.”
 
Vi subir e baixar e enviar raios e luz por muitos espíritos planetários sobre aquela gente que trabalhava. Tudo se fazia e resultava segundo a pura razão humana. Vi lá acima, nas altas regiões, como um espírito fazia linhas e desenhava figuras e como depois aqui na terra se executava, porque via que um abria os alicerces e fazia aberturas ou planos. Tenho visto que a ação destes espíritos planetários, que trabalham para si e para essa grande fábrica, como estendiam seu influxo maléfico às mais remotas comarcas.”
 
Tudo aquilo que parecia necessário ou só útil à fabricação e existência desta igreja, vi excitá-lo e pôr-lo por obra nos mais apartados lugares e distâncias e vi porem-se de acordo homens e coisas, ensinos e opiniões para cooperar à esta obra. Tinha em todo esse quadro um pouco de admiravelmente egoístico, de orgulhosamente seguro e violento; e que tudo teve sucesso o vi num quadro múltiplo de coisas; mas não vi sequer um só anjo ou um santo coincidindo à obra. O quadro que vi era grandioso e perverso.”
 
Vi também bem mais longe e por trás daquele assento ou trono, um povo feroz armado de picaretas, e um rosto feio que sorria e dizia: "fabrica do modo mais sólido que puderes; nós a destruiremos". Penetrei ademais numa sala grande daquela cidade onde se celebrava uma cerimónia odiosa, uma horrível e falsa comédia. Tudo estava pintado de negro. Um foi posto dentro de um caixão e depois ressuscitou.”
 
Ele estava presente em pessoa e levava no peito uma estrela. Parecia que isto significava uma ameaça de que assim sucederia. Vi dentro ao diabo em mil formas e figuras. Tudo era densa e escura noite: aquilo era horrível.”
8. Vê novamente a igreja de São Pedro. (10 de Setembro de 1822)
Anna Katharina diz: “Vi a Igreja de São Pedro do tudo destruída, exceto o coro e o altar maior. São Miguel, armado e cingido, desceu à Igreja e com sua espada impediu que entrassem nela muitos maus pastores, e os impeliu para um ângulo escuro, onde se sentaram olhando-se uns a outros. Tudo o que tinha sido destruído da igreja foi reconstruído em poucos momentos de sorte que pudesse celebrar-se o culto divino. Vieram sacerdotes e leigos de todo mundo trazendo pedras para reedificar os muros, já que os alicerces não tinham podido ser destruídos pelos demolidores.”
9. Vê em êxtase à Igreja abandonada e afligida.
Anna Katharina diz: 
Vi a Igreja inteiramente abandonada por completo e só. Parecia que todos fugissem dela. Tudo é contenda em torno dela; pois de todos os lados vejo grandes misérias, ódio, traição e engano, inquietude, falta de auxílio e cegueira absoluta. De um lugar escuro vejo saírem mensageiros anunciando por toda parte más novas, que causam amargura nos corações dos que as ouvem, e acendem neles a cólera e o ódio.”
 
Eu rogo com muito fervor pelos oprimidos. Sobre os lugares onde alguns fazem oração vejo descer luzes, e sobre todos os demais, negras trevas. Este estado de coisas é horrível. Roguei a Deus que tenha misericórdia. ·Oh cidade!... (Roma) ·Oh cidade!... ·Que grande calamidade te ameaça!... A tempestade está próxima; prepara-te, pois. Confio, no entanto, em que tens de permanecer firme.”
10. Sobrevivência da Igreja e indignidade dos cristãos. (4 de Outubro de 1822)
Anna Katharina diz: 
Quando esta noite vi a São Francisco levando sobre seus ombros a igreja, segundo a visão que teve o Papa, vi que um homem de baixa estatura em cujo rosto tinha um pouco de judeu, levava a costas a Igreja de São Pedro, o qual me pareceu muito perigoso. Na parte norte, sobre a Igreja, estava Maria protegendo-a sob seu manto. Dir-se-ia que aquele homem ia cair. Parecia-me que o conhecia. Aqueles doze a quem sempre vejo como novos apóstolos vinham socorrer-lhe, mas demasiado devagar.”
 
Já ia cair, quando por fim chegaram todos e se puseram em baixo dela; também ajudaram muitos anjos. Tratava-se de salvar só o solo e a parte posterior da igreja, pois tudo o demais o tinham destruído pelas seitas e ainda os mesmos eclesiásticos. Aqueles levavam à igreja a outro lugar e parecia que a seu passo vinham por terra muitos palácios como se fossem campos de lavoura. Vendo em ruína à Igreja de São Pedro e os muitos eclesiásticos que tinham trabalhado em destruí-la sem que nenhum quisesse dizer adiante dos demais o que tinha feito, senti tal tristeza que tive de clamar em alta voz pedindo a Jesus misericórdia.”
– Como se sabe, existem estes artífices do mal infiltrados nos escalões elevados da Igreja, conforme o denunciam inumeráveis profecias e também o livro do Apocalipse de São João. Eles trabalham de forma solerte e bandida, escondidos por trás de vestes pomposas, mas na realidade são soldados de satanás, que não têm coragem de se declarar publicamente. Mas a revelação do 3º Segredo de Fátima virá colocá-los a nu.
 Então vi adiante de mim a meu Celestial esposo em figura de um mancebo, que falou longo tempo comigo. Disse-me que esta translação da Igreja significava que na aparência tinha de cair em terra por completo, mas que descansava nestas colunas e que delas tinha de surgir de novo; que ainda que não ficasse mais do que um só cristão católico no mundo, ela podia vencer, pois, não está fundada na razão nem no conselho dos homens.”
 “Depois me mostrou que na Igreja nunca tinham faltado fiéis que fizessem oração e padecessem por ela. Mostrou-me ademais o que Ele tinha padecido pela Igreja, a virtude que tinha comunicado aos méritos e trabalhos dos mártires e que tudo o voltaria a padecer de novo se fora possível. Também me mostrou em inumeráveis cenas a miserável conduta dos cristãos e dos eclesiásticos, em círculos cada vez maiores, em todo mundo e em minha pátria, e me exortou a orar com perseverança e a padecer por eles.”
 “Havia uma grandeza e tristeza incompreensíveis nesta cena, que não posso descrever. Também se me deu a entender que, já quase não restavam mais cristãos verdadeiros, bem como entendi que muitos judeus que agora existem, são fariseus e ainda piores do que os fariseus do tempo de Jesus. Só o povo de Judit na África está composto de antigos verdadeiros judeus.”
 
Esta visão me afligiu muito.”
– Inocêncio III aprovou o Instituto de São Francisco a raiz de ter visto num sonho misterioso como o santo sustentava em seus ombros à Igreja de São João de Latrão que estava a ponto de desaprumar-se.
– Desta Judit se fala extensamente no capítulo Visões de uma comunidade hebréia em Abissínia.
11. Visão da besta do mar e do Cordeiro de Deus. (Agosto a Outubro de 1820)
– Esta visão, segundo diz Brentano em suas anotações, está cheia de interrupções, porque Ana Catarina via as coisas em tal forma que lhe era muito difícil descrevê-las depois ordenadamente. Nota também que a visão tem muitas formas de semelhança com as revelações de São João, que ela não tinha lido antes.
 Anna Katharina diz: Vejo aos novos mártires, não de agora, senão de tempos futuros. Vejo sua aflição e vejo que se precipitam os fatos. Vi às sociedades secretas trabalhar e combater cada vez com maior intensidade para destruir à grande Igreja; e vi entre esta gente a um horrível animal, saído do mar.”
 
O monstro tinha escamas como de peixe, juba como de um leão e muitas cabeças ao redor de uma maior do que as outras, arrepiada, formando uma coroa. Suas fauces eram grandes e vermelhas. Estava manchado como um tigre e andava confiadamente entre aqueles sectários destruidores. Muitas vezes estava no meio deles, enquanto trabalhavam, e também eles iam procurá-lo na caverna onde costumava esconder-se.”
– Parece que a fera se esconde muito bem em algum subterrâneo, de onde maquina a destruição. Só os seus mais diretos colaboradores a visitam, entretanto não está longe o dia em que a apresentarão ao mundo como salvador.
 Enquanto estas coisas sucediam, vi aqui e lá, no mundo inteiro, muitos bons e piedosos homens, especialmente eclesiásticos, atormentados, encarcerados e oprimidos, e tive o sentimento interior de que um dia teria novos mártires. Quando a Igreja estava em grande parte destruída, de tal modo que não ficava mais do que o coro e o altar maior vi a estes destruidores, juntamente com a besta, entrarem na Igreja.”
 
Ali encontraram a uma Senhora grande e magnífica, que parecia estar em fita, pois caminhava lentamente. Os inimigos ficaram muito admirados e espantados, e a besta não pôde dar um passo mais. Estendeu furiosamente o pescoço para a Senhora, como se quisesse engoli-la, mas ela se voltou e caiu prostrada sobre seu rosto.”
 
Vi então à besta fugir de novo para o mar e aos inimigos correr, confundidos e desconcertados, atropelando-se uns aos outros: porque vi que, em torno da Igreja, vinham desde longe e se aproximavam grandes círculos, na terra e no céu. O primeiro círculo estava formado de jovens e de donzelas; o segundo, de pessoas casadas de todos os estados, entre eles reis e rainhas; o terceiro, de pessoas pertencentes às ordens religiosas; o quarto, de guerreiros, adiante dos quais vi a um ginete sobre um cavalo branco. O último círculo estava composto de lavradores e gente da comarca, muitos deles assinalados com uma cruz vermelha na testa. Enquanto se acercavam, os prisioneiros e oprimidos foram liberados e se juntaram com eles.”
 
E vi uma besta que subia do mar, a qual tinha sete cabeças e dez cornos, e sobre os cornos dez diademas e sobre as cabeças nomes de blasfêmias. E a besta que vi era semelhante a um leopardo e as patas como de urso e a boca como de leão” (Apocalipse 13, 1-2).
 Os destruidores e conjurados foram jogados de todos os pontos, reunidos adiante daqueles círculos, e se encontravam, sem saber como, juntos num esquadrão, envolvidos em confusão e trevas. Não sabiam nem o que tinham feito nem o que deviam fazer e com a cabeça baixa se precipitaram uns contra outros, como os vejo fazer com frequência. Quando todos estiveram reunidos confusamente, os vi abandonar a obra de destruição e perderem-se desorientados entre os diversos círculos.”
– Não restam dúvidas de que uma nova Torre de Babel acontecerá. Eles hoje estão edificando este monstro em lugar da Igreja e é como a antiga Babel. No momento oportuno Deus semeará a discórdia no meio deles, de modo que não conseguirão concretizar seus maléficos objetivos.
 Vi depois à Igreja, de novo, rapidamente restaurada, com maior esplendor que antes, pois as gentes de todos os círculos, de uma extremidade à outra do mundo, atingiam-se umas às outras as pedras para reedificá-la. Quando esses círculos se aproximavam, o primeiro ou o mais interno se colocava por trás dos outros. Parecia que se distribuíam entre eles as obras diversas de oração e como se o círculo dos guerreiros começasse obras de guerra.”
 
Neste círculo me pareciam confundidos amigos e inimigos de todos os povos. Eram verdadeiros soldados de nossa espécie e cor. Este círculo, no entanto, não estava do tudo fechado, senão que para o Setentrião tinha uma mancha ampla e escura, como uma abertura, como um abismo. Este abismo se estendia para baixo, nas trevas, precisamente como nos umbrais do Paraíso, naquele ponto onde Adão, arrojado, saiu afora.”
 
Parecia-me como se lá abaixo se estendesse um escuro e tenebroso lugar. Vi como se porções deste círculo ficassem atrás e não quisessem avançar e estes se mantivessem estreitados entre si e tristes os rostos, olhando-se uns a outros. Em todos estes círculos vi a muitos que serão mártires de Jesus Cristo, já que tinha também muitos maus e por esta causa teria outra divisão.”
 
Vi que a Igreja tinha sido do tudo restaurada, e sobre ela o Cordeiro de Deus, em cima do morro, e em torno dele, um círculo de virgens com palmas nas mãos, e os cinco círculos dos esquadros celestes, como os da terra. Os círculos celestes tinham avançado juntamente com os terrestres e faziam de comum acordo. Em torno do Cordeiro estavam às quatro imagens apocalípticas dos animais sagrados.”
12. Vê as abominações da Franco Maçonaria. (Falsa Igreja Católica do Vaticano Segundo comandada pela maçonaria)
Anna Katharina diz: 
Esta igreja maldita é pura imundícia, é com origem nas trevas. Quase nenhum dos seus conhece as trevas nas quais trabalha. Tudo é nela vã escuridão; seus escarpados muros nada contêm; o altar que usam, é uma cadeira. Numa mesa há uma caveira coberta, entre duas luzes; às vezes a descobrem. Em suas "consagrações" usam de mulheres nuas. Aqui está o mal sem mistura de bem; esta é a comunhão da gente não santa. Eu não posso declarar com palavras quão abomináveis são, e quão perniciosos e vãos as tentativas desta associação, desconhecidos em grande parte por seus mesmos adeptos.”
– Realmente hoje se sabe que são bem poucos os maçons e sabem, com toda profundidade, dos reais objetivos de sua entidade. Milhões de incautos são cooptados para a maçonaria, mas desconhecem o que está por trás disso, coisa somente permitida aos altos iniciados. É por isso que tantas pessoas defendem a maçonaria e pertencendo a ela se julgam no direito de permanecer católicos. São verdadeiros "bois de piranha", pois no final o projeto prevê a eliminação destes, depois que a fera tiver alcançado o poder. Serão então mortos ou exilados.
 Querem fazer-se todos um só corpo com algo que não é Jesus Cristo. Tendo eu apartado a um deles, encheram-se de furor contra mim. Quando a ciência se divorciou da fé, surgiu esta igreja sem Salvador, sem crença; esta comunhão de santos sem fé; esta anti-igreja, cujo centro é a maldade, o erro, a mentira, a hipocrisia, a fraqueza e a astúcia. Nasceu assim um corpo, uma comunidade fora do corpo de Jesus Cristo, ou seja, fora da Igreja; uma igreja falsa sem Salvador, cujo mistério é não ter mistério algum.”
– O Papa Pio VII (7) condenou a seita secreta dos Carbonários, nome com que se designavam os maçons "it alia" em Setembro de 1821. (Permanece, pois em vigor a condenação dos católicos que se filiarem à maçonaria, e isso em todos os lugares do mundo).
 Diferente em cada lugar, temporal, infinita, cortesã, egoísta, danosa e que apesar das obras boas de que se aprecia, conduz finalmente ao abismo da miséria. O maior perigo que oferece em sua aparente inocuidade. Em todas partes fazem e desejam coisas diferentes; em muitas fazem discretamente; em outras preparam ruínas sem que sejam conhecidos, senão de poucos, seus malvados planos. Assim coincidem todos com suas obras num centro que é o mau, e fazem e trabalham fora de Cristo, porque nele unicamente é santificada toda vida.”
13. Os trabalhos das seitas. (Festa da Candelária)
Anna Katharina diz: 
Nestes dias vi muitas maravilhas da Igreja. A Igreja de São Pedro estava quase destruída pelas seitas; mas os trabalhos destas foram aniquilados e todos seus pertences, mantos e utensílios, queimados num lugar imundo pela mão do verdugo. Tinha ali cabelo de cavalo que exalava tal fedor, que me causou muito dano. Nesta visão se me apresentou a Mãe de Deus exercitando seu poder a favor da Igreja. Desde então minha devoção a Maria é cada vez maior.”(Destruição das Igrejas católicas).
– Este ato de queimar as nossas imagens e objetos sagrados de culto, está também relatada no livro O Eclipse do Sol. Quando tais fogueiras forem acesas, o cheiro de fumo atingirá aos céus, e isso acenderá o fogo da divina Ira. Neste momento acredito que mais de metade da humanidade irá perder a vida, e isso em poucos minutos.
14. Visão da época do Anticristo. (não haverá mais a eucaristia).
– Depois de ter visto a cessação do santo sacrifício da Missa, na época do Anticristo, continuou narrando o seguinte:
 Anna Katharina diz: Vi um grande quadro eclesiástico, mas não sou capaz de reproduzir todo o conjunto. Vi a Igreja de São Pedro e em torno dela muitos campos, jardins, vizinhanças e bosques. Vi muitas pessoas contemporâneas nossas de todas as partes do mundo e muitíssimas outras que conheço pessoalmente ou por meio das visões, que entravam na Igreja, e parte delas passeavam com indiferença indo a outros postos diversos. Tinha dentro uma grande solenidade e sobre ela se via uma nuvem luminosa da qual desciam apóstolos e bispos santos, que se reuniam em coro sobre o altar. Entre eles vi a Agostinho e Ambrósio e a todos aqueles que fizeram muito pela exaltação da Igreja. Tinha uma grande solenidade e se celebrou a Missa.” (A verdadeira Igreja Católica que é o corpo místico de Cristo)
 
E eu vi no meio da igreja um grande Cristo aberto de cujo lado mais longo pendiam três selos; de cada um dos mais estreitos dois sós estava aberto mais bem para a parte anterior da igreja, que no centro da mesma. Vi também em cima ao evangelista João e soube que eram as revelações que teve na ilha de Patmos. Aquele livro estava apoiado sobre um átrio no coro. Alguma coisa tinha tido lugar antes que este livro tivesse sido aberto, mas esqueci o que foi. É uma verdadeira, lástima que aqui tenha um aviso em minha visão. O Papa (Francisco) não estava na igreja. Estava escondido. Creio que aquelas gentes que tinha na igreja não sabiam onde estava ele. Não sei já se ele estava em oração, ou tivesse morto.”
 
Vi na mão direita do que estava sentado no trono, um livro escrito por dentro e por fora, selado com sete selos.” (Apocalipse 5, 1)
– Este acontecimento, que lamenta não recordar, tivesse-nos dado uma pauta para interpretar alguns capítulos do Apocalipse. Mas para entender corretamente o livro Apocalipse leiam o livro “A Mística Cidade de Deus - Vida da Virgem Maria” da Sor Maria de Jesus Agreda do século XVIII (17), esse livro faz revelações únicas e ensina o real sentido do livro Apocalipse.
 “Vi pelos demais que todas aquelas gentes tinham que pôr a mão sobre certa passagem no livro dos evangelhos, estes eram eclesiásticos ou leigos, e que entre muitos deles desceu uma luz, como um sinal que os santos apóstolos e bispos lhes participavam. Vi também que muitos faziam este ato superficialmente.”
 
Fora da igreja vi aproximar-se a muitos judeus que queriam entrar, mas não o podiam fazer ainda. Ao fim chegou toda inteira a multidão que ao princípio não tinha podido entrar adentro. Era um povo inumerável. Então vi de improviso aquele livro ser tocado por um contato sobrenatural e fechar-se em seguida. Isto me fez lembrar como uma vez no convento, de noite, o demônio me apagou a luz e me fechou o livro.”
– Isso aponta para a conversão do povo judeu que finalmente aceitará a Jesus como Messias, entretanto isso acontecerá somente depois daquele esperado episódio do encontro do cálice e da Missa do Calvário. (Nota: Mas lembrando que o povo judeu espera pelo falso messias e provavelmente será enganado por ele antes de reconhecer nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo como único e verdadeiro Messias).
 Em torno de ali, mas na distância vi uma horrível e sangrenta batalha e vi uma gigantesca luta do lado do Setentrião e do lado do Ocidente. Este foi um quadro grande e muito sério. Sinto ter esquecido aquele lugar do livro sobre o qual os homens deviam pôr os dedos.”
15. Vê os estragos que causam os inimigos à Igreja e à futura restauração por meio de Maria. (Páscoa de 1820) (Embarca sete espaços determinados de tempo).
– Quando Ana Katharina teve está visão, o guia lhe disse que abarcava sete espaços determinados de tempo; não pôde depois, ao relatar, fixar os limites de cada tempo nem dizer qual desses tempos correspondiam a ditos acontecimentos.
 Anna Katarina diz: Vi à terra como numa superfície redonda, coberta de escuridão e trevas. Tudo estava corrompido e a ponto de perecer. Isto o vi muito detalhadamente em todas as criaturas, nas árvores, nos arbustos, nas plantas, nas flores, nos campos. Parecia como se as águas dos ribeiros das fontes, rios e mares fossem sorvidas e voltassem a sua origem. Fui pela terra desolada e vi aos rios como linhas delgadas, aos mares como negros abismos no meio dos quais só tinha algumas gotas com água.”
– Este fato é realmente espantoso e está relatado no artigo "O Caos", que já está no site. Num determinado momento todos os elementos que compõem a natureza se irão desagregar, descumprindo a ordem natural. Isso virá para esmagar a ciência arrogante, para que entenda finalmente que existe um Senhor e Criador de tudo. Então sim, se verá sim, a água como que espirrando para fora da terra e subindo para as nuvens. E rios e lagos inteiros serão sugados num abrir e fechar de olhos. Um horror!
 “Tudo o demais era lodo espesso e escuro onde via toda sorte de animal monstruoso e peixes lutando com a morte. Vi tanta distância ao redor que pude distinguir com toda clareza as orlas do mar onde em outra ocasião eu tinha visto que São Clemente foi submerso. Vi também lugares e multidão de gentes tristes e turvadas e muitas ruínas.”
 
À medida que cresciam a secura e a desolação da terra, aumentavam-se as obras tenebrosas dos homens. Vi muitas maldades, em particular reconheci a Roma e vi a opressão que padecia a igreja e sua decadência no interno e no externo. Vi grandes exércitos que se dirigiam a um mesmo ponto desde várias regiões e todos estavam empenhados em lutas e batalhas. No meio deles vi uma grande mancha negra a maneira de um enorme buraco e em torno dele os combatentes eram cada vez menos, como se caíssem naquele abismo como se ninguém os visse cair.”
– É um fato admitido que os judeus, constituídos já em nação reconhecerão finalmente que Jesus Cristo é finalmente Messias ao que desconheceram por tanto tempo e entrarão nas igrejas católicas. Alguns colocam este fato durante o tempo da pregação de Elias e Enoque. Entre outros muitos textos sobre a conversão dos judeus veja-se especialmente no Capítulo 11 da Epístola de São Paulo aos Romanos.
– São Clemente I, romano, governou a Igreja por nove anos; foi martirizado no Quersoneso Taurico, precipitando-se no Mar Morto no ano 100.
 Durante essa luta vi no meio de tanta ruína e corrupção a doze homens, em diferentes comarcas. Sem conhecer nem ter notícias os uns dos outros, receber como torrentes de água viva que deriva da vida eterna. Vi que todos eles trabalhavam no mesmo, em diferentes lugares e que não sabiam de onde lhes vinham os dons necessários, pois quando acabavam uma missão lhes encomendavam outra.”
 
Eram doze e nenhum deles passava dos quarenta anos. Três eram sacerdotes e algum outro queria sê-lo. Vi também que algumas vezes eu tinha contato com algum deles, como se lhe conhecesse ou estivesse cerca dele. Em seus trajes não tinha nada de particular; cada um deles vestia segundo o uso atual de seu país. Vi que obtivessem de Deus o que se tinha perdido e como em todas as partes faziam o bem. Todos eram católicos.”
 
No meio da tenebrosa corrupção vi falsos profetas e outras pessoas que trabalham contra os escritos destes doze apóstolos, os quais desapareciam com frequência no meio do tumulto e depois saíam outra vez mais resplandecentes que antes. Vi umas mulheres que estavam como em êxtases e junto a elas homens que as magnetizavam. Elas prediziam o futuro; mas a mim me causava aversão e horror, pareceu-me ver aquela mulher de Münster e pensei dentro de mim, com inquietude que ao menos o pai Limberg, não estaria junto a elas.”
 “Quando as filas dos que combatiam em torno daquele negro abismo se aclararam mais e mais, e no meio do combate desapareceu toda uma cidade, aqueles doze homens apóstolos aumentaram muito o número dos que brigavam a seu lado e desde a outra cidade saiu um cone de luz que penetrou no escuro disco. Vi por acima da igreja, humilhada e menoscabada, uma formosíssima Senhora com um manto azul celeste muito estendido e com uma coroa de estrelas na cabeça.”
 
Dela procedia a luz que penetrava cada vez mais na escuridão, e ali onde chegava essa luz, tudo era renovado e tudo voltava a prosperar. Os novos apóstolos entraram todos naquela luz. Eu cria ter visto a mim mesma com outros a quem conhecia, que estávamos diante, no alto. Numa grande cidade vi uma igreja, a menor entre outras, que chegava a ser a primeira. Os novos apóstolos foram alumiados pela luz. Creio ter visto com eles à cabeça, a outros que não conheço.”
 
Tudo voltou a florescer de novo. Vi um novo Papa muito severo (O novo e tradicionalista Pontífice Romano (Petrus Romanus) que virá muito provavelmente durante ou após o reinado do Anticristo). O abismo se fazia cada vez mais estreito: fez-se tão pequeno que podia ser coberto com um balde de água. Finalmente vi três exércitos ou comunidades que se uniam à luz. Tinha entre eles pessoas boas e ilustradas, as quais entraram na igreja. Tudo se tinha renovado e estava florescente. Vi que se edificaram igrejas e mosteiros.”
– Para mim isso significa finalmente a união das três grandes Igrejas, a Católica a Ortodoxa e a Protestante na verdadeira e tradicionalista Fé Católica, que se vergarão unidas diante de Jesus que chega, para formar um só rebanho e um só pastor.
 “Durante aquela tenebrosa aridez, fui transportada a um prado cheio de verdor e de cândidas flores que outras vezes tinha tido que recordar depois. Encontrei um valado de espinhas, com o qual me tinha lacerado e arranhado muito durante aqueles tempos ocorridos. Agora estava tudo florido e penetrei nele alegremente.”
16. As chagas do Senhor derramam bênçãos sobre a Igreja e o mundo.
Anna Katharina diz: 
O arcanjo São Miguel desceu da igreja e vi sobre ela, no céu, uma grande cruz luminosa, da qual pendia o Salvador. De suas chagas desciam sobre o mundo faixas de luz que se difundiam por toda parte. As chagas eram vermelhas e como brilhantes portas, e o centro delas, dourado como o sol. Não levava a coroa de espinhas, mas das feridas de sua cabeça saíam raios horizontais de luz que alumiavam o mundo. Os raios que saíam das mãos e dos pés eram como o arco íris e se dividiam em raios muito finos, e, muitos, iam alumiar aldeias, cidades e casas pelo mundo inteiro.”
 
Vi estes raios em muitos lugares ao mesmo tempo, perto e longe, descer sobre toda classe de moribundos e atrair com violência às almas, as quais, por um destas cores do arco íris, corriam-se para as chagas do Salvador. Os raios da ferida do custado desciam sobre a igreja que estava em baixo, como uma torrente larga e caudalosa. Desta sorte resplandecia a igreja e por este torrente de luz entravam a maior parte das almas no Senhor.”
 “Vi oscilar no céu um coração vermelho e brilhante unido com a cruz por uma faixa luminosa que dele saía para a ferida do custado do Salvador. Outra faixa luminosa, que partia também do coração, estendia-se sobre a igreja e sobre muitas comarcas. Estes raios de luz atraíam a muitas almas ao coração e passando através dele iam pela faixa de luz que o unia com a cruz e entravam no custado de Jesus. Se me disse que este coração era o de Maria.”
 “Além dos raios luminosos, pendiam das chagas umas escadas, algumas das quais não chegavam à terra. Estas escadas eram umas trinta, diferentes todas entre si: tinha-as largas e estreitas, umas com degraus juntos e outras com degraus separados, umas isoladas, outras juntas e agrupadas. Suas cores eram os mesmos do lugar de purificação, escuros, claros, cinzas, cada vez mais vivos à medida que se subia nelas.”
 
Por estas escadas vi subir trabalhosamente a muitas almas. Umas iam rapidamente, como se tivesse quem as ajudasse a estar com firmeza; outras se empurravam umas a outras e caíam nos degraus inferiores; algumas caíam na escuridão mais profunda. Aquela trabalhosa subida parecia mais comovedora quando se a comparava com a alegre entrada das que eram atraídas a modo de absorção. As que subiam sem retroceder com passo firme parecia que estavam mais unidas com a igreja que com as outras que se detinham ou esperavam ou ficavam sós.”
 
Por trás da cruz, muito adentro, lá no céu, vi muitas imagens da obra da Redenção no caminho da divina graça, através da história do mundo até seu cumprimento na Redenção. Eu não me detive em nenhum ponto; percorri a faixa luminosa vendo-a toda.”
17. Vê a proximidade do reino de Deus.
Anna Katharina diz: 
Quando teve cessado o combate na terra, a igreja e o anjo se tornaram brancos e resplandecentes, e o anjo desapareceu. Também desapareceu a cruz, e no lugar que ela ocupava apareceu uma Senhora alta e resplandecente, em cima da igreja, estendendo sobre ela seu dourado e brilhante manto. Em baixo na igreja se ouviram vozes de mútua humilhação e reconciliação.”
 
Vi então os bispos e pastores acercar-se e mudar seus livros (mudar sua doutrina, sua falsa teologia). As seitas reconheceram à igreja por sua admirável vitória e pela luz da revelação que tinham visto resplandecer nela. Quando vi essa união, senti profundamente a proximidade do reino de Deus. Vi um resplendor e uma vida superior em toda a natureza e um santo impulsiono em todos os homens, como quando se aproximava o nascimento de Jesus, e de tal maneira senti a proximidade do reino de Deus, que me vi obrigada a sair a seu encontro. (Nesta parte da visão, orava em alta voz).”
 
Da vinda de Maria tive um vivíssimo pressentimento. Vi a sua estirpe enobrecer-se à medida que se ia acercando a esta flor. Vi a Virgem Maria: como a vi, não poderia dizê-lo. Da mesma maneira sinto a proximidade do reino de Deus. Só posso comparar aquele sentir com este modo de ver. O reino de Deus o vi acercar-se e se cumprindo o anseio de muitos fiéis atraídos pela fé humilde e o ardentíssimo amor.”
 
Vi aparecer na terra muitos rebanhos pequenos e luminosos de cordeiros, apascentados por pastores; vi que estes eram verdadeiros pastores daquele que, como Cordeiro, deu seu sangue por nós; e vi que um amor infinito e uma virtude divina reinava entre os homens. Perto de mim vi pastores, de quem eu sabia que não pensavam em nada disto, e desejei vivamente que acordassem de seu sonho.”
18. Vê a Igreja de Roma. (27 de Dezembro de 1820)
Anna Katharina diz: 
Vejo à Igreja Romana resplandecente como o sol. Dela saíam raios a torrentes que se dilatavam pelo mundo inteiro. Foi-me dito que isto se referia à revelação de São João, mediante os quais alguns cristãos deviam receber parte dessa luz e que está recairia por inteiro a favor da igreja. Vi a respeito disto um quadro muito preciso, mas não o posso expressar com palavras.”
19. Vê à Igreja depois do combate.
Anna Katharina diz: 
Vi à igreja depois do anterior combate resplandecente como o sol. Nela se celebrava uma grande solenidade e vi que entravam muitas procissões. Vi um novo Papa muito severo e rigoroso. Antes de começar a festa tinha despedido a muitos bispos e pastores, porque eram maus. Vi que coincidiram à celebração desta festa os santos Apóstolos especialmente.”
 “Então vi muito próximo o cumprimento destas palavras: "Senhor, vinga a nós o teu reino". Parecia-me ver descer do alto, luminosos jardins celestiais e unir-se com lugares inflamados da terra e tudo ali submergir-se na luz primitiva. Os inimigos, que tinham fugido do combate, não foram perseguidos, mas se dispersaram.”
20. Visão da Jerusalém celestial.
Anna Katharina diz: 
Vi nas brilhantes ruas da cidade de Deus muitos palácios e jardins resplandecentes, nos quais tinha inumeráveis coortes de santos, que discorriam louvando a Deus e derramando suas graças sobre os homens. Na celestial Jerusalém não há nenhuma igreja: o mesmo Cristo é a igreja. Maria reina na cidade de Deus, e sobre ela estão Cristo e a Santíssima Trindade. Desde Ela desce sobre Maria celestial orvalho, que se difunde sobre toda a santa cidade.”
 
Vi embaixo da cidade de Deus, à igreja de São Pedro e me regozijei porque, apesar da negligência dos homens ela recebe sempre do céu a verdadeira luz. Vi os caminhos que vão à Jerusalém celestial e aos santos pastores que conduziam a ela às melhores almas de seu rebanho. Estes caminhos não estavam muito cheios.”
 
Vi também o caminho por onde eu tenho de ir à cidade de Deus, e vi, como desde o centro de um amplo círculo, a todos aqueles a quem de algum modo tinha eu ajudado. Vi a todos os meninos e aos pobres a quem tinha cozido algum vestido e me admirei e me alegrei especialmente ao ver as diversas maneiras em que os tinha cortado.”
 
Depois vi todas as cenas de minha vida em que tinha sido útil a algum, já com meu exemplo, ou com auxílios, orações e trabalhos. Vi o proveito que de aqui se tinha seguido em forma de jardins nascidos de minhas próprias obras. Estes jardins tinham sido cultivados de diferente modo por seus diferentes modos; alguns os tinham deixado perder-se. Vi que sorte coube a cada uma daquelas almas em quem eu tinha causado alguma impressão.”
Comentário final:
– Lendo o relato destas visões, tenho a certeza de que Anna Katharina Emmerich é tão perseguida e odiada, até por gente que se diz católico, porque na verdade ela incomoda muito ao demônio. De fato, ele não quer que o mundo saiba da vitória da Igreja e da mudança radical que haverá na terra, depois que ele for expulso daqui, e para sempre.
– Estas visões tidas há quase dois séculos, compõem um dos mais claros exemplos da ação de Deus em favor dos homens. Isso porque através delas nos é dado saber um pouco do futuro esplendor da Igreja Católica, depois que Deus tiver submetido aos pés de Jesus todos os poderes que ousaram algum dia desafiá-la. Porque é eterna a frase: as portas do inferno não irão prevalecer contra ela.

Capítulo 61. Os 3 dias de escuridão, dia do Senhor e o juízo final.

(Amós 5, 20) (Sofonias 1, 15) (Daniel 12, 1) (Marcos 13, 24-27)
 Jesus Cristo voltará em toda sua glória e se dará início ao dia do juízo, porém antes a humanidade deverá pagar por seus crimes.
 O Senhor Jesus vem em sua segunda vinda após os 3 dias e 3 noites de escuridão, ou 72 horas, todo aquele que disser que ele vem antes ou se dizer ser o Cristo é um falso profeta e um falso Cristo.
 No evangelho de São João diz que o espirito da verdade ainda deveria fazer muitas revelações que para aquela época não deveriam ser conhecidas ainda.
O livro de Apocalipse vem se cumprindo nesses 2000 anos e Santos como São Gaspar de Búfalo, Irmã Maria de Jesus Crucificado, Santa Anna Maria Taigi, São Padre Pio de Pietrelcina e Marie Julie Jahenny, Santa Faustina e demais místicos e místicas católicos vem profetizando a séculos em comum acordo oque devera de acontecer nos últimos dias que antecederão o dia do Senhor.
 Antes do dia do Senhor haverá 3 dias de trevas ou 72 horas, a escuridão dominará toda à terra. Fogo Celestial, o inferno e demônios em toda à Terra.
 Profecia de Marie Julie Jahenny sobre os 3 dias de escuridão.
 Revelações à Marie Julie Jahenny (1850-1941).
 Marie Julie anunciou os três dias de escuridão durante os quais os poderes do inferno serão desencadeados e correrão todos os inimigos de Deus.
 Profecia do dia 04 de janeiro de 1884: “A crise explodirá repentinamente, os castigos serão compartilhados por todos e acontecerão um após o outro sem interrupção.”
 “Os três dias de escuridão será a QUINTA, SEXTA E SÁBADO. ”
 “Os dias do Santíssimo, da Cruz e de Nossa Senhora.”
 Mensagem de Nossa Senhora em 20 de setembro de 1882: “E o inferno será liberado na terra. Trovões e relâmpagos farão com que aqueles que não têm fé nem confiança em Meu Poder morram de medo.”
 “Durante esses três dias de escuridão aterradora, nenhuma janela deverá ser aberta, porque ninguém será capaz de ver à terra e a terrível cor que terá nesses dias de castigo sem morrer no ato.”
 “O céu estará ardendo, à terra se partirá. Durante esses três dias de trevas que se acenda a vela abençoada em toda parte, nenhuma outra luz brilhará...”Mensagem de Nossa Senhora do dia 08 de dezembro de 1882: “Ninguém fora de um abrigo sobreviverá. À terra tremerá como no juízo e o terror será enorme. Sim, ouviremos as orações de vossos amigos; nenhum perecerá. Precisaremos deles para publicar a glória da Cruz.”
 “Apenas as velas de cera BENTA darão luz durante essa terrível escuridão.”
 “UMA VELA só bastará para a noite dessa noite de inferno. Nas casas dos ímpios e dos que blasfemam estas velas não darão nenhuma luz.”
 “Tudo será sacudido menos o móvel em que repousa a vela benta Não tremerá. Vocês vos ajuntem ao redor do crucifixo e minha Santa Imagem. Isto é o que manterá afastado esse terror.”
 “Durante esta escuridão, os demônios e os ímpios tomar forma das mais horríveis, nuvens vermelhas de sangue se moverão pelo céu.”
 “O trovão estrepitoso estremecerá à terra e sinistros relâmpagos riscarão os céus fora do tempo. À terra será sacudida desde seus alicerces. O mar se levantará e suas ondas furiosas se estenderão sobre os continentes.”
 “À TERRA SE TORNARÁ UM ENORME CEMITÉRIO.”
 “Os corpos dos ímpios e dos justos cobrirão o solo.”
 “Três quartos da população mundial desaparecerão.”
 “Metade da população da França será destruída.”
 O único remédio para se proteger: Engolir um pedaço de papel muito fino sobre o qual será escrito: “Ó JESUS, CONQUISTADOR DA MORTE, SALVE-NOS. O Crux Ave.”
 PARA PROTEGER OS ANIMAIS.
 “Deve-se colocar em volta dos seus pescoços, a medalha de São Bento.”(Nossa Senhora adverte a todas as pessoas a usarem a medalha de São Bento - Nossa Senhora das Rosas, Nossa Senhora das Graças, Maria Auxiliadora das Mães).
 DURANTE TERREMOTOS, GUERRAS, INUNDAÇÕES, ETC.
 Recitar a seguinte oração à Santa Cruz: “Eu vos louvo, eu vos adoro, eu vos abraço, Ó Cruz adorável do meu Salvador, protegei-nos, guardai-nos, salvai-nos. Jesus vos amo tanto, pelo Seu exemplo, eu vos amo. Pela vossa Santa Imagem, acalmai meus temores para que eu sinta apenas paz e confiança.”
 GRANDES TEMPESTADES.
 A oração a seguir, revelada por Nosso Senhor, deve ser recitada: “Ó Crux Ave, spes única. Et Verbum caro factum est. Ó Jesus Conquistador da morte, salve-nos.”
 Em caso de GUERRAS E REVOLUÇÕES.
 Nosso Senhor revelou durante um êxtase: “Para dispersar todo o medo e terror, você tocará a sua fronte com um retrato Santo ou uma medalha da Maria Imaculada.”
 “Seu espírito permanecerá calmo. Seu coração não temerá a aproximação do terror dos homens.”
 “Seu espírito não experimentará os efeitos da Minha Grande Justiça.”
 Quando atingido por DOENÇAS DESCONHECIDAS (dado por nosso Senhor durante um êxtase).
 “Uma medalha do Meu Divino Coração, uma medalha sobre o qual está traçada a Cruz adorável. Você a mergulhará num copo de água às duas imagens - feitas de papelão ou metal.”
 “Você beberá está água duas vezes abençoada e duas vezes purificada. Uma gota apenas na sua comida, uma pequena gota, será suficiente para afastar não um flagelo, mas os flagelos da Minha Justiça.”
 OBJETOS DE PROTEÇÃO.
  A Santa Virgem fala: “Sempre tenham prontos e a alcance das mãos, seus objetos de proteção: suas velas bentas, suas medalhas, seus retratos, e objetos Santos  dos quais emanam todas as bênçãos.”
 FOGO TERRENO E CELESTIAL DURANTE OS 3 DIAS DE TREVAS (Mensagem do dia 23 de fevereiro de 1938).
 Nosso Senhor diz: “O calor será terrível. Um sinal da Cruz feito com água benta diminuirá o calor e afastará as faíscas. Você beijará cinco vezes as pequenas cruzes indulgenciadas, pequenas cruzes aplicadas às cinco chagas de Jesus Crucificado sobre a Santa Imagem.”
 “Pois tal proteção pode beneficiar almas, pobres pecadores, invocando a Minha Mãe Imaculada, Mãe do Salvador, Refúgio e Reconciliação dos pecadores.”
 “Meus amados, há três lugares de refúgio (para o tempo das tribulações): Meu Divino Coração, Minha Divina Cruz, e a Minha Amada Mãe Imaculada.”
 O MODO DE PREPARAR O ESPINHEIRO ALVAR (PILRITEIRO) COMO INDICADO POR NOSSA SENHORA.
 “Haverá uma doença grave que a ciência humana não será capaz de aliviar. Esta doença atacará primeiro o coração, depois o espirito, e ao mesmo tempo, a língua. Será horrível!”
 “A febre que a acompanha será um fogo devorador insuportável e tão intenso que os membros do corpo afetado se tornarão vermelho - um insuportável vermelho-fogo.”
 “Ao fim de sete dias está doença semeado como semente num campo (período de incubação) se espalhará em todo o lugar rapidamente e fará um grande progresso.”
 “Meus filhos, eis o ÚNICO remédio que poderá salva-los. Vocês são familiares com o espinheiro que cresce em praticamente todas as cercas. As folhas de espinheiro, não os galhos, podem evitar o progresso desta doença.”
 “Vocês juntarão as folhas, não o galho. Mesmo secas, elas mantêm a sua eficácia.”
 “Vocês as colocaram dentro d'água fervente e deixá-las-ão por 14 minutos, cobrindo o receptáculo para que o vapor permaneça ali. No início da doença, vocês deverão usar este remédio três vezes ao dia.”
 “Esta doença produzirá um contínuo vômito e náusea. Se o remédio é administrado muito tarde, a parte do corpo afetada tornar-se-á negro e nesta parte negra aparecerá uma espécie de listras amarelo e pálido.”
 Revelações de Jesus Cristo ao estigmatizado Frei Pio de Pietrelcina (Foggia - Itália) 1949-1950, sobre os 3 dias e noites de escuridão/trevas, ou 72 horas.
 Jesus diz: “Das nuvens, espalhar-se-ão sobre toda a terra, furacões e fogo em movimento, ventanias e tempestades, trovões e terremotos irão se suceder ininterruptamente. Continuamente uma chuva de fogo descerá sobre a terra, cobrindo-a durante dois dias. Isto vai provar que Deus está acima de tudo.
 Reze e faça penitência. Avise aos outros para fazer o mesmo porque o tempo está próximo. Persevere na oração, para que seu adversário não tenha domínio sobre ti. Diga ao meu povo para que esteja preparado, porque Meu julgamento deve vir repentinamente e ninguém escapará das Minhas mãos. Protegerei os justos. Observe o sol, a lua e as estrelas do céu e quando elas parecerem estar desordenadas sem razão, saiba que o dia não está longe. Fique unido em oração e espere até que o anjo da destruição tenha passado por sua porta. Ore que estes dias sejam curtos.
 Aqueles que confiam em Mim e Creem em Minha Palavra nada têm que temer, porque Eu não os abandonarei. Também não se perderão os que espalharem a Minha Revelação. Nada pode acontecer a quem estiver em estado de Graça e procurar a Proteção de Minha Mãe.
 Mantenha as suas janelas bem cobertas. Não olhe para fora. Acenda uma vela abençoada, que será suficiente por muitos dias. Reze o rosário. Leia livros espirituais. Faça atos de Comunhão Espiritual, também atos de amor, que Nos agradam tanto. Reze com os braços esticados, e prostrado no chão, a fim de que muitas almas sejam salvas. Não saia de casa. Proporcione-se alimentos suficientes. Tenha coragem e estarei no meio entre você.
 A hora está perto! Mas não terei piedade. Será uma punição aterrorizante. Meus anjos, que são os executores deste trabalho, estão prontos com suas espadas afiadas! Eles terão um cuidado especial em aniquilar todos aqueles que zombaram de Mim e que não acreditaram em Minhas revelações.
 Para que possais vos preparar para estes acontecimentos Eu vos dou esses sinais: A noite será muito fria; o vento bramirá. Depois de algum tempo o trovão reboará. Então fechem bem todas as janelas e as portas; não falem a ninguém de fora da casa. Ajoelhem-se diante do Crucifixo, arrependam-se dos seus pecados e peçam a proteção de Minha Mãe. Enquanto a terra tremer não olhem para fora, pois a ira de Deus é santa. Eu não quero que olhem a ira de Deus, pois ela deve ser considerada com temor e tremor. Quem não seguir este conselho instantaneamente se perderá. O vento levará consigo veneno e o espalhará por toda a terra. Aquele que sofrer e morrer de forma inocente será considerado mártir e estará Comigo no Meu Reino. O demônio triunfará (nestes dias). Mas na terceira noite cessarão os terremotos e o fogo, e no dia seguinte o Sol aparecerá. Anjos descerão do Céu e derramarão sobre a terra o espírito da paz. Dos que se salvarem subirá ao um profundíssimo sentimento de gratidão. O tribunal criminal que será erigido não pode ser comparado a nenhum outro, desde a criação do mundo. Uma terça parte da humanidade perecerá.”
 Nesses 3 dias de trevas os infernos estarão na terra e o demônio irá prevalecer. A noite será muito fria e o vento bramirá, então um pouco depois trovões terríveis começarão e não pararão mais e também tornados. Terremotos abalarão toda à terra, o fogo devorador estará em toda parte, os demônios vão estar soltos pelo ar e vão atormentar não exclusivamente, mas principalmente os ímpios e os inimigos da verdadeira Religião. O calor será intenso e aqueles que não estiverem em um abrigo não vão sobreviver.
 Para sobreviver as pessoas deverão se abrigar em suas casas ou abrigos, as portas e janelas deverão ser fechadas e cobertas de modo que não dê para ver nada do lado de fora e não se deverá falar com ninguém de fora da casa, apenas as velas de cera bentas darão luz e uma vela apenas dará luz para os 3 dias, nada poderá apaga-la e a casa que ela estiver acesa não tremerá, nada mais dará luz e as velas de cera bentas nas casas dos ímpios não darão luz alguma. Em hipótese alguma as pessoas dentro da casa deverão olhar para fora, sair da casa, abrir janelas ou espiar para fora, se fizerem isso morrerão imediatamente. As pessoas deverão ficar de joelhos e de braços estendidos rezando e deverão se arrepender de seus pecados, ter imagens Sacras de Nossa Senhora e outras, ter crucifixos e outros sacramentais e rezarem o Santo Rosário e demais orações católicas, ler livros religiosos e oferecer sacrifícios de amor ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria, com a Sagrada Cruz, velas bentas, a medalha de São Bento e a medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças e o escapulário de Nossa Senhora do Carmo. Deverão ter alimento e água estocados para passarem por esses 3 dias de trevas.
 Após os 3 dias de trevas o mundo se tornará um grande cemitério e três quartos da população mundial morrerá (contando desde o início dos castigos e tribulações), então durante a terceira noite as coisas vão começar a cessar e ao amanhecer o sol brilhará e os anjos do Senhor derramarão o espirito da paz sobre à terra e as pessoas que sobrevirem vão ser tomadas por um profundo sentimento de gratidão a Deus, então se dará início a um gigantesco tribunal jamais visto na terra.
 As profecias desses Santos são avisos e devem ser estudadas e seguidas para as pessoas se prepararem, devem ser divulgadas e quantas almas vão se salvar por esse meio.
 Quanto mais pessoas saberem de tudo isso melhor, pois cada alma tem um valor inestimável e para a glória de Deus Uno e Trino o maior número possível delas deve ser salvo.

Capítulo 62. O Reino Eterno de Deus.

 Nada nesse mundo se compara a glória que é ir para o céu.
 Meus Irmãos, após tudo isso acontecer como tem de acontecer Lúcifer e os seus seguidores serão trancados para sempre nas profundezas do inferno e Deus junto de seus eleitos e justos será eternamente servido e glorificado.
 Então lute, lute por sua salvação e pela salvação do maior número de almas possível. Se mantenham fiéis a Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Juntos de Nossa Senhora que é nossa Mãe e Mãe de Deus, de São Miguel Arcanjo o príncipe da Igreja e general dos exércitos do Senhor, junto dos Santos que estão intercedendo por nós. E na Santa e verdadeira Igreja Católica que é nossa casa, manter uma fervorosa fé católica tradicional e lutem o bom combate.
 Tenham fé, amem a Deus de todo coração, Jesus Cristo é nosso Senhor e único Salvador, a Santíssima Virgem Maria é mãe de Deus e nossa Mãe, a verdadeira Igreja e Fé católica são tradicionalistas, Jesus fundou a Igreja e não as Igrejas, a fé Católica tradicionalista é a única religião verdadeira. Por isso, conversão em massa.
 Sigamos os mandamentos, amemos uns aos outros, pratiquemos as virtudes, na fé e na caridade, praticando boas obras e em busca da salvação e a bem-aventurança eterna. Não sabemos a hora que Deus nos chamará, por isso estejamos em dia, para não sermos pegos de surpresa e despreparados.
 O Céu é possível para todos.

Conclusões finais e agradecimentos

  Existe apenas um Deus verdadeiro, um Deus Uno e Trino, em 3 pessoas. Existe apenas uma Igreja verdadeira, apenas uma religião revelada por Deus.
 A fé católica, uma fervorosa fé católica tradicionalista que é a verdadeira fé católica, a moral católica, os costumes e tradições devem ser inseridas e praticadas em sua vida. Fé e Boas Obras, Sagrada Tradição e Sagradas Escrituras, autoridade de interpretar a bíblia somente do Sagrado Magistério da Igreja.
 O Senhor Jesus só volta após os 3 dias de escuridão.
 Deus é amor, é misericordioso para com nós miseráveis pecadores.
 Em comunhão com toda a verdadeira Igreja fundada por nosso Senhor Jesus Cristo, agradeço primeiramente a Deus pois sem ele essa obra não seria possível, a Virgem Maria Mãe de Deus e nossa Mãe, ao meu Anjo da Guarda que sempre me amparou, São Miguel Arcanjo e a todos os anjos bons e aos Santos os quais fazem a Igreja tão rica e a minha família toda, em especial meus pais, meu irmão e minha irmã, minha noiva, aos meus parentes mais próximos e aos amigos verdadeiros. Agradeço a todos aqueles que me ajudaram direta e indiretamente.
 Agradeço aos meus professores; Padre Paulo Ricardo de Azevedo Junior, o qual me ensinou muito sobre a doutrina da Igreja, Professor Felipe Rinaldo Queiroz de Aquino o qual me esclareceu muito sobre a história da Igreja, ao Pregador Paulo Leitão de Gregório com o qual aprendi que a doutrina da Igreja está toda na bíblia e ao grande Filósofo e Professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho. Agradeço ao Mosteiro da Sagrada Família, defendendo a verdadeira e tradicional Igreja e Fé católica. São Gaspar Bertoni, rogai por nós.
 O Anticristo será um Antipapa, um Falso Papa, que governará de Roma, um líder carismático que enganará a muitos, um herege que negará que Jesus é o Messias (muito cuidado com mortos que supostamente vierem a ressuscitar, pois, não passarão do demônio travestido deles), negará os dogmas irrevogáveis da Santa e verdadeira Igreja Católica, negará os ensinamentos de Cristo, da tradição que vem dos Apóstolos e dos Santos Padres dos primeiros séculos, a autoridade dos Papas da antiguidade e dos séculos passados, o Anticristo se colocará ele próprio como o verdadeiro messias e será e auto proclamará como sendo Deus. O Anticristo exigirá ser adorado e também exigirá que todos tenham sua marca na mão ou na testa e por isso, prefiram ser martirizados ou morrer por falta de alimento e água por amor a Jesus Cristo e receberão a coroa da vida eterna, do que adorá-lo e aceitar sua marca e irem para o inferno. A Igreja Católica verdadeira está em grande parte eclipsada por uma falsa Igreja Católica e ainda vai piorar muito. As pessoas devem manter uma fé católica muito tradicional em suas casas, ter uma grande devoção ao Sagrado Coração de Jesus e ao Sagrado Coração de Maria, a Sagrada Cruz, rezar o Santo Rosário e orações católicas e serem fiéis até a morte a nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, para assim podermos receber a coroa da vida. Mantenham firme a fé católica verdadeira em suas casas e sejam fiéis até a morte a nosso único Senhor e Salvador Jesus Cristo que disse: “ Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos Céus.” E por fim diz: “Sejam fiéis até a morte, e eu vos darei a coroa da vida.”
 A verdade é apenas uma, as heresias que são muitas. Jesus quando se referiu, se quando ele viesse na sua segunda vinda encontraria fé no mundo. Jesus não se referia aos cismáticos, aos protestantes ou a falsa fé católica criada a partir do Concílio Vaticano Segundo, Jesus falava da verdadeira e tradicional FÉ católica que está quase extinta e que é guardada e praticada por muito poucos, a qual é o único caminho de salvação para as almas.
 Então sigamos na Oração, Penitência e mudança de vida.
Essa obra deve ser divulgada com URGÊNCIA, espalhada por todos os meios possíveis de informação e comunicação, deve ser traduzida para todas as línguas e chegar a todos os povos de todas as nações.
 As pessoas devem publicar por iniciativa própria este livro, devem divulgá-lo em suas famílias, amigos, conhecidos e para quem puderem, deve ser espalhado nos grandes e pequenos centros e deve ser levado às localidades mais distantes e isoladas, deve ser lido para aqueles que não saberem ler, deve ser transmitido para aqueles que tiverem alguma limitação física, mental ou emocional e não puderem conhecer ou compreender seu conteúdo. E por fim deve chegar às pessoas por meio virtual e principalmente físico.
 O Manual Católico, formação, confirmação e convite a verdadeira conversão deverá chegar a toda parte.
 Esse livro deve ser distribuído e disponibilizado gratuitamente, não deve ser vendido.
 Quantas almas se salvarão, e como será um grande golpe no Império de trevas de satanás essa obra. Deus é maior que o demônio e então sigamos lutando pela nossa salvação e pela salvação do maior número de almas.
 Coloque em pratica tudo o que viu e ouviu nesse livro e ajude a seus irmãos, combatam o bom combate verdadeiros guerreiros da luz. Reconquistem a verdadeira e tradicionalista Igreja e Fé Católica por toda parte. DEUS VULT!!! (Deus o quer). Lute, lute, lute e nunca desista, o céu é possível para todos.
 Se o mundo parece perdido a verdadeira fé católica é a solução, Jesus Cristo é o mesmo de 2000 anos atrás e busquemos a Jesus e com humildade esperemos que ele nos aceite. Sigamos os mandamentos com alegria. E que a paz do Senhor nos acompanhe.
 E se por algum instante ensinei errado por ignorância ou de forma distorcida, então faço minhas as palavras de São Tomás de Aquino; “...Se, por ignorância, fiz ao contrário, revogo tudo e submeto todos os meus escritos ao julgamento da Santa Igreja Romana (a verdadeira).”
 “Por fim o meu Imaculado Coração triunfará.” - Nossa Senhora de Fátima 1917.
A verdade agora é conhecida e o evangelho será pregado por toda parte!

Referências

http://www.derradeirasgracas.com/
http://www.dicionariodafe.com/
http://www.bibliacatolica.com.br/
http://www.rainhamaria.com.br/
http://www.igrejacatolica.org/
https://caiafarsa.wordpress.com/
http://www.mulhervestidadesol.com.br/
http://www.ofielcatolico.com.br/
https://padrepauloricardo.org/
http://www.catolicismoromano.com.br/
http://www.acnsf.org.br/
https://www.fsspx.com.br/
http://www.veritatis.com.br/
http://www.acidigital.com/
http://www.universocatolico.com.br/
https://aparicaodelasalette.blogspot.com.br/2014/12/os-apostolos-dos-ultimos-tempos-e.html?m=1
http://filhosprediletosdemaria.blogspot.com.br/2012/05/visao-da-beata-anna-catharina-emmerich.html?m=1
https://www.youtube.com/watch?v=tkfi-7ETdNY
http://www.apologistascatolicos.com.br/
http://www.sacralidade.com/
http://www.oprincipedoscruzados.com.br/p/profecias-diversas.html?m=1
http://cleofas.com.br/
http://www.fatima.org.br/
http://www.amrc.org.br/
http://www.arcanjomiguel.net/
http://manualcatolico.blogspot.com.br/2016/12/manual-catolico-formacao-confirmacao-e_6.html
http://www.montfort.org.br/
http://www.amen-etm.org/Anticristo.htm
http://w2.vatican.va/content/leo-xiii/pt/encyclicals/documents/hf_l-xiii_enc_18840420_humanum-genus.html
https://w2.vatican.va/content/pius-x/pt/encyclicals/documents/hf_p-x_enc_19070908_pascendi-dominici-gregis.html

Dados do Autor: João Luiz Bertoni, Brasileiro, 26 anos, noivo, Católico Apostólico Romano, graduado em Administração, segundo filho de um total de 3.

Esse livro foi inicialmente concluído no dia 08/12/2016, no dia da Imaculada Conceição de Maria, mas, revisado e finalmente concluído no dia 16/07/2017, no dia de Nossa Senhora do Carmo.